terça-feira, 27 de julho de 2010

Harvard University Comprova Cientificamente os Efeitos da Meditação - [Ciência Honesta e Lúcida]

Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? [Clique Aqui]

Estudo da Harvard University sobre meditação prova que ela dá certo e provoca efeitos materiais autênticos que podem ser comprovados científicamente, abaixo do vídeo mais informações.

Monges Budistas Praticantes do Tummo - Provas do Poder Psíquico - Harvard University:

Nessa foto um monge budista tem seus sinais vitais medidos quando se prepara para entrar em um estado avançado de meditação Tummo. Durante a meditação, o corpo do monge produz calor suficiente para resistir e secar lençóis molhados colocados sobre os seus ombros em uma sala com temperatura muito fria (Foto cedida por Herbert Benson).

Mudanças de Temperaturas Durante a Meditação
Mente controla corpo em experiências extremas
Por William J. Cromie [18 de Abril de 2002]

Em um monastério no norte da Índia, mal vestidos monges tibetanos sentam-se calmamente em uma sala onde a temperatura esta num frio de 04 graus Celsius. Mas como conseguem resistir a esse frio sem casacos? Eles dizem usar uma técnica conhecida como Yoga Tum-mo que é possível ativar ao entrar em um estado de meditação profunda. Outros monges então pegam cobertores encharcados em água fria (de 5 graus) de 1 metro e meio por 3 metros e os coloca sobre os ombros durante a meditação. Para as pessoas inexperientes, os invólucros frios provocam tremor descontrolado. Se a temperatura do corpo continuar a cair sob estas condições, a morte será certa. Mas não demorou muito e o vapor começou a subir a partir dos cobertores como resultado do calor corporal produzido pelos monges durante a meditação. As cobertas ficaram secas em cerca de uma hora (se estivessem apenas sobre objetos inanimados, não secariam nem em 1 ano...). Auxiliares então removem os cobertores, e em seguida cobrem os meditadores com um segundo invólucro encharcado. Cada monge precisa ser capaz de secar três cobertas ao longo de um período de poucas horas. Por que alguém faria isso? Herbert Benson, que vem estudando o Yoga Tum-mo durante 20 anos, responde que   - “os budistas sentem que a realidade em que vivemos não é a final. Há uma outra realidade que podemos tocar, está é afetada por nossas emoções, mas fica invisível no mundo cotidiano. Budistas acreditam que este estado de espírito pode ser alcançado fazendo o bem aos outros e pela meditação. O calor que geram durante o processo é apenas um subproduto da meditação Tum-mo” -

Benson é um professor adjunto de medicina na Harvard Medical School e presidente do Mind/Body Medical Institute e do Beth Israel Deaconess Medical Center, em Boston, ele proporciona a sim mesmo um momento de silêncio em um rio calmo perto de seu escritório em Boston

Ele acredita firmemente que estudar formas avançadas de meditação – “pode revelar capacidades que vão nos ajudar a tratar melhor de doenças relacionadas ao estresse”. Benson desenvolveu a resposta para o relaxamento, que ele descreve como - “um estado fisiológico em frente ao estresse” -  É caracterizada pela diminuição do metabolismo, a respiração, freqüência cardíaca e pressão arterial. Ele, e outros, acumularam provas de que ele pode ajudar aqueles que sofrem de doenças causadas ou agravadas pelo stress. Benson e seus colegas usam as descobertas para tratar a ansiedade, depressão leve e moderada, pressão arterial, batimento cardíaco irregularidades, raiva excessiva, insônia e até infertilidade. Sua equipe também usa esse tipo de meditação simples para acalmar aqueles que foram traumatizados(as) pela morte dos outros, ou diagnósticos de câncer e outras dolorosas, doenças potencialmente fatais.
Meditação, efeitos comprovados científicamente

- “Mais de 60% das visitas aos médicos nos Estados Unidos é devido a problemas relacionados ao estresse, a maioria são mal tratadas por medicamentos, cirurgia ou outros procedimentos médicos desnecessários” - afirma Benson. A Mind/Body Medical Institute faz hoje a formação de pessoas para usar o relaxamento para ajudar as pessoas que trabalham no “Marco Zero” em Nova York, onde dois aviões derrubaram as Torres do World Trade Center em Nove de Setembro de 2001 [Clique Aqui] (NOTA: artigo feito logo após os atentados de 11 de Setembro). Instalações foram criadas na vizinha da Capela de São Paulo para ajudar as pessoas a continuar trabalhando na desobstrução de destroços e corpos. Qualquer pessoa que se sente estressado por aqueles terríveis acontecimentos pode também obter ajuda na capela – “Estamos a reconstruir as pessoas que reconstroem aquele lugar” - diz Benson. A resposta do relaxamento envolve a repetição de uma palavra, som, frase ou oração curta ignorando os pensamentos intrusivos – “Tal prática é fácil de dominar, e pode trazer as mudanças notáveis que observamos” - diz Benson – “Eu quero investigar quais as formas avançadas de meditação, e o que podem fazer para ajudar os processos físicos de controle da mente que se pensava ser incontrolável” -

Resultados de Tirar o Fôlego

Algumas práticas de Tum-mo são difíceis e muitas vezes leva anos para alcançar os níveis de especialização como os alcançados por monges budistas. Na tentativa de encontrar grupos que ele pudesse estudar, Benson encontrou ocidentais que afirmavam ter dominado as técnicas avançadas, mas que eram, nas suas palavras, “uma fraude”. Benson decidiu que ele precisava localizar um estabelecimento religioso autentico, onde a mediação avançada é uma prática tradicional. Sua oportunidade veio em 1979 quando o Dalai Lama, líder espiritual do Tibete, visitou a Universidade de Harvard.

Herbert Benson com Dalai Lama na Harvard University

- “Sua Santidade concordou em me ajudar” - lembra Benson. Essa visita foi o início de uma longa amizade e várias expedições ao norte da Índia, onde muitos monges tibetanos vivem no exílio.
Herbert Benson foi para o Tibet e Índia pesquisar sobre os efeitos da Meditação com lamas experientes

Durante as visitas aos mosteiros remotos na década de 1980, Benson e sua equipe estudou os monges que vivem nas montanhas do Himalaia, estes podem, por meditação Tum-mo, elevar a temperatura de seus corpos, mesmo estando num ambiente de 10 graus abaixo de Zero. É preciso ainda ser investigado como os monges são capazes de gerar tal calor. Os pesquisadores também fizeram medições em praticantes de outras formas de meditação avançada em Sikkim, na Índia. Eles ficaram surpresos ao descobrir que estes monges poderiam reduzir seu metabolismo em 64%, - “Foi um surpreendente resultado” - exclama Benson. Para colocar em perspectiva, essa diminuição metabólica do consumo de oxigênio cai apenas 10% ou 15% por cento no sono, e aproximadamente 17% durante a meditação simples. Benson acredita que essa capacidade poderá ser útil nas viagens espaciais. Os viajantes podem utilizar a meditação para aliviar o stress, e também diminuir o consumo de oxigênio em vôos longos para outros planetas.

Estudos sobre meditação podem ser úteis para futuras viagens espaciais na imagem, turismo espacial da virgin, e sua nave Virgin Galactic

Em 1985, a equipe fez um vídeo da meditação dos monges na provação da secagem dos cobertores encharcados de água fria. Também documentaram monges no passar de uma noite de inverno em uma saliência rochosa de 15.000 pés no alto do Himalaia. O sono-teste teve lugar em Fevereiro (inverno no hemisfério norte), na noite de lua cheia no inverno, quando a temperatura chegou a -15º graus Celso. Vestindo apenas roupas leves, e alguns finos xales de lã, os monges prontamente adormeceram na borda rochosa, eles não se amontoam para se aquecer e o vídeo não mostra prova de tremores. Eles dormiram até o amanhecer, e em seguida voltaram ao seu mosteiro, pessoas comuns teriam morrido congeladas.

Superando os Obstáculos

Trabalhar em mosteiros isolados no sopé dos Himalaias mostrou-se extremamente difícil. Alguns líderes religiosos procuram manter seus processos meditativos como um segredo bem guardado. Os dispositivos médicos de medição precisam de energia elétrica e exigem tomadas de parede que nem sempre estão disponíveis. Além disso, tentar meditar enquanto estranhos estão há medir a temperatura *retal não é algo que a maioria dos monges fiquem felizes em fazer.(*Via retal ou per rectum, esfíncter anal interno). Para evitar esses problemas uma instrutora em psicologia, Sara Lazar, uma colega de Benson, utilizou imagens de ressonância magnética funcional para escanear o cérebro de meditadores no Massachusetts General Hospital em Boston. Os indivíduos do sexo masculino, com idades entre 22 e 45 que tinha praticado uma forma de mediação avançada chamada Kundalini foram examinados diariamente por pelo menos quatro anos. Nesses experimentos, os obstáculos de frio e isolamento foram substituídos pelas dificuldades de tentar meditar em uma máquina, abarrotada de fios e equipamentos medidores, com coisas coladas no corpo. No entanto, os resultados, publicados na edição de 15 Maio de 2000, da revista NeuroReport, acabou por ser significativo.

Herbert Benson, que desenvolveu uma técnica simples de relaxamento para reduzir o stress

Ele dirige um estudo avançado de meditação para descobrir capacidades que podem ajudar a tratar de doenças relacionadas com stress. - “Sara Lazar encontrou uma acentuada diminuição no fluxo sanguíneo no cérebro inteiro” - explica Benson – “Ao mesmo tempo, certas áreas do cérebro se tornou mais ativo, mais especificamente aqueles que controlam a atenção e funções automáticas como a pressão sanguínea e o metabolismo. Em suma, ela mostrou o valor de usar este método para registrar as mudanças na atividade do cérebro durante a meditação” – A maior obstrução nos estudos, seja na Índia ou em Boston, sempre foi o dinheiro. A pesquisa avançou lentamente e de forma intermitente até Fevereiro de 2001, quando a equipe de Benson recebeu uma doação de R$1.250,00 milhões de dólares [um milhão duzentos e cinqüenta mil dólares] da Kalpa Foundation, fundada pelo magnata da cerveja Loel Guinness, criada para estudar as capacidades humanas extraordinárias. Os recursos permitiram que os pesquisadores trouxessem três monges tibetanos experientes em meditação Tum-mo a uma propriedade de Guinness, na Normandia, França, em Julho passado (esse artigo é de 2002). Os monges praticaram por 100 dias para atingir sua plena capacidade de meditação.

Monges tibetanos experientes ajudam a ciência moderna

Aconteceu uma infecção ocular em um dos monges [o que não tem nada a ver com a pratica do Tum-mo], mas os outros dois se mostraram bem capazes para demonstrar a “secagem a Frio” de cobertores molhados enquanto usavam sensores que registrava as alterações no metabolismo na produção de calor. Embora a equipe tenha obtido dados muito valiosos, Benson conclui que - "a sala não estava frio o suficiente para fazer os testes de forma adequada" - Sua equipe vai tentar novamente no próximo Inverno, com seis monges. Eles vão começar a prática no final do Verão e deverá estar pronto durante a parte mais fria do inverno. Benson tem certeza essas tentativas de compreender a mediação avançada conduzirá os melhores tratamentos para doenças relacionadas ao estresse  - "Minha esperança" - diz ele - "é que a auto-suficiência da mente vai igualar ao efeito de medicamentos, cirurgia e outros tratamentos que são usados para aliviar o sofrimento físico e mental. Junto com a nutrição e exercício físico, abordagens mente/corpo podem ser parte de práticas de auto-atendimento que poderia salvar milhões de dólares anualmente em custos médicos" - “Meditação ... Aqui o coração, pode dar uma lição útil para a cabeça” - [William Cowper, Poeta Inglês].



Mais Sobre Paranormalidade Provada pela Ciência:



Fontes:

Índice artigos sobre paranormalidade e Potencial humano:
http://seteantigoshepta.blogspot.com/2010/01/indice-capacidades-paranormais-provadas.html


Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: Harvard University,harvard,comprova,Cientificamente,meditação,Ciência,Honesta,Lúcida,sobrenatural,poder psiquico,chikung,paranormal,poderes paranormais,potencias,força da mente,mentalismo,poder da mente,inexplicável,

Um comentário:

Roder disse...

Interessante... É bom saber que ainda existe ciência honesta, lúcida e consciente nesta realidade que está prestes a ser dominada por completo pelos escravistas. Valeu mais uma vez por essa matéria.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]