quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Alguns Esclarecimentos Sobre: Viagem Astral, Plano Astral, Desdobramento, Consciência fora do Corpo

Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? [Clique Aqui]

Pessoa perguntou sobre viagem astral, plano astral e consciência fora do corpo:

Pessoa: Eu fiquei pensando nas pessoas que vivem saindo fora do corpo e vão ajudar os que estão no umbral, o que dizer dessas pessoas? Elas realmente estão prestando ajuda a alguém ou isso não passa de uma ilusão criada pela própria mente da pessoa?

Resposta: Não posso dizer que é apenas "imaginação" ou esquizofrenia. Eu creio que na verdade é real sim, pode se tratar de grupos de pessoas que estão de fato emprestando a sua energia do corpo de carne e osso para ajudar almas que estão atoladas em densas camadas do astral inferior. A nossa carga energética (de quem está encarnado) é próxima da carga predominante no plano astral inferior, que é uma frequência da matéria mais próxima da nossa própria (dos encarnados). Por isso faz todo o sentido para mim. Esses aliás são conceitos divulgados pelos espiritas e eu concordo com eles. Quero ainda deixar claro que tenho lá as minhas críticas quanto ao espiritismo de Kardec, mas não considero ele todo errado. Ele, assim como as várias crenças religiosas, tem acertos e erros, conceitos corretos e outros incorretos, sendo que no caso do Espiritismo há mais acertos e coisas verdadeiras do que tem no cristianismo das igrejas. O espiritismo de Kardec é cristianismo, porém melhorado. Mas ainda longe de ser perfeito.

Pessoa: Penso nisso e me vem muitas questões, mas tem uma aqui que eu realmente gostaria de saber, por que a maioria só projeta no plano astral? Dificilmente alguém diz ter se projetado no plano mental? E o que dizer a respeito do tal plano mental? Será que realmente existe?

Resposta: Primeiro é preciso saber o que é "plano astral", e toda essa estória de 'Terceira dimensão', eu pessoalmente não reconheço esses conceitos confusos. O que existe de fato é as muitas frequências da matéria do universo, que são como as frequências de rádio ou televisão, cada "canal" tem a sua "banda", e todas existem ao mesmo tempo, e ocupam o mesmo espaço. Se você se liga no canal "tal" todos os outros canais ficarão "invisíveis" para você. Mas isso não quer dizer que eles deixaram de existir, eles estão lá ainda, é apenas você que não está na mesma frequência que eles. No caso da TV você troca de canal e pode ver a programação do outro passando, ele não deixou de existir, é você que estava cego(a) para ele.

Então esse é o meu conceito, isso de "plano astral" e "terceira dimensão" é uma ideia dos terráqueos e os extraterrestres não reconhecem isso, (estou respondendo me baseando nas memórias ativadas por meio do ‘Salto’ inclusive memórias de pessoas que viveram em outros planetas) por que nós encarnados estaríamos na terceira dimensão? Será que, em termos de Universo, nós na verdade estamos na frequência 578? Ou na 2.960? Ou ainda na 10.345.567? Quantas camadas frequenciais tem o Universo?

Sobre "plano mental" eu nunca entendi e nem reconheço esse conceito, aliás podemos considerar que o nosso mundo, com as formas materiais é um plano "mental" afinal a mente trabalha com imagens, cores, sons, texturas... o que seria afinal o “Plano Mental”? Como assim? Você tem mente e sabe como se processa seus pensamentos. É por meio de imagens, formas, cores, sons etc... a mente processa o que percebemos com os sentidos que possuímos, então nós somos seres mentais...

Pessoa: Por outro lado no que as projeções astrais podem ser uteis a alguém?

Resposta: Na verdade todas as pessoas fazem “viagem astral” todos se projetam fora do corpo. A diferença para esses praticantes de desdobramento astral é que eles(as) se projetam e depois lembram de suas aventuras (ou desventuras) em outras camadas da consciência. Se projetar e lembrar depois o que ocorreu fora do corpo parece não ter muita utilidade não, todos os que dizem fazer viagem astral (leia-se, lembrar do que ocorreu fora do corpo, pois o problema é lembrar, e não o ‘fazer’, pois todos na verdade já fazem) nunca trouxeram de lá, do outro lado, uma ideia brilhante para criar uma nova invenção, nem fórmula para curar alguma doença, nem ideias filosóficas revolucionárias.

Tudo isso é trazido a Terra por pessoas que geralmente não lembram de suas aventuras no plano astral, e no máximo tem uma leve intuição, que talvez seja fruto de aventuras no astral, mas não lembram claramente o que ocorreu. As pessoas além disso são sugestionadas por desencarnados e seres de outras frequências da matéria do Universo, por isso não podemos ter certeza sobre as “vantagens” de lembrar o que ocorre fora do corpo físico. Lembrar o que ocorreu fora do corpo serve basicamente para a pessoa ficar ciente que a consciência sobrevive a morte do corpo de carne e osso.

Lembrar o que você faz, ou deixa de fazer, no plano astral é interessante, mas dizer que isso vai te trazer enormes vantagens? Fantásticas Percepções? Extraordinários Resultados? Não... ao que tudo indica não, pois pessoas que dizem serem capazes de lembrar perfeitamente o que ocorreu fora do corpo nunca apresentaram nenhuma ideia espetacular ou muito revolucionária, nunca resolveram nenhum problema insolúvel. Por isso não sei se vale muito a pena se esforçar tanto para conseguir lembrar de suas aventuras fora do corpo, você sai de um plano de ilusão e alienação (plano material) e vai para outro plano de ilusão e alienação (mundo das almas), então não adianta muita coisa... 

Na verdade acho até que piora a situação, é ilusão em dose dupla e deixa tudo ainda mais confuso do que já é. Exemplo: Você se projeta e lá no plano das almas vê um ser com aparência de 'Jesus', mas na verdade não é Jesus, é uma alma maldosa querendo te enganar. Mas a pessoa acredita piamente, pois “o viu no plano das almas”, e mesmo que diversos cientistas, arqueólogos, historiadores digam que não há qualquer evidencia cientifica da existência de Jesus, (nem mesmo sabemos qual é sua verdadeira aparência, pois na verdade ele nunca existiu) você vai contestar, pois “sabe” que Jesus existe, ele está lá no plano das almas, você "viu"... mas as almas podem moldar qualquer forma que quiser, seja de Jesus, seja do suposto “demônio” seja de qualquer outra figura religiosa ou não. O plano das almas desencarnadas é o Mundo das Profundas Ilusões.

Citação - Não se colhe uma flor no plano astral, sem que esta não venha com uma serpente enrolada no seu caule. A região astral, o mundo psíquico das percepções super-sensuais e das visões ilusórias - o mundo dos médiuns, é a grande “serpente astral” de Éliphas Lévi. Nenhuma flor colhida nesse mundo foi alguma vez trazida para a Terra sem que não viesse junto uma serpente enroscada na haste. É o mundo da grande ilusão, da mentira e da enganação. [Livro - A VOZ DO SILÊNCIO - por Helena Petrovna Blavatsky]. (Bruno GM: Eu concordo com a Blavatsky sobre esse assunto, apesar de não concordar em outros pontos abordados por ela, mas como tudo na vida, ela acerta em varias questões, e erra em outras). Algumas ponderações sobre ela, clique aqui.

Pessoa: Seu post me fez questionar tudo a respeito disso! Obrigada por tá sempre me ajudando a entender dessas coisas que eu não entendo, em meio a tanta desinformação, é muito difícil saber o que é verdade e o que é mentira ou distorcido/equivocado.

Resposta: Ok, e quando você for iniciada no “Salto” poderá ver por si mesma, e não terá que acreditar em mim apenas por Fé. Abraço.

(Obs. o Post do qual ela se refere é esse: Magia Negra - Rei Salomão - Lúcifer - Hierarquia Angelical - Baal - Moloch - Sociedades Secretas - Ocultismo. Para acessar [Clique Aqui].


Na cena amparadores intervém para fazer a pessoa encarnada realizar o desdobramento astral consciente. Se desdobrar todo mundo já faz toda vez que dorme, mas lembrar o que acontece no plano das almas é a questão... O mundo das almas é tão cheio de alienações, enganos e equívocos como o mundo material. Aliás o mundo material (dos encarnados) é a sombra refletida do plano das almas.

(Atualização 29/09/2017): Pessoa - Gostei de sua explicação, lembra que uma vez comentei que eu saia fora do corpo quando criança? Isso durou até a pré-adolescência, e nesse meio de tempo eu cheguei a prestar ajuda por lá, e quando me deparei com o seu post, fiquei a me questionar, será que realmente ajudei os espíritos por lá? Será que foi real? E fiquei na dúvida pois já havia visto explicações no espiritismo, mas como ele tem muita desinformação, não dava para confiar apenas no que ele (Doutrina do Espiritismo) diz, então achei melhor pedir sua opinião.

Lendo a sua explicação a respeito das frequências de matéria do Universo pensei nas dimensões, talvez o que existe sejam infinitas dimensões paralelas certo? Não isso de “Terceira Dimensão”, “Quarta Dimensão”, “Quinta Dimensão”, etc... mas infinitas, uma vez que existem inúmeras frequências de matéria.

Eu consegui entender a inutilidade da projeção astral (Obs. Na inutilidade de lembrar o que ocorre durante o desdobramento). Parece mais algo para colocar a gente em furada do que ajudar-nos a crescer como pessoa, amadurecer. Eu já vi muitos dizerem que ajuda a conscientizar-nos da realidade a nossa volta, ajuda a amadurecer, ficarmos melhores como pessoa, etc... mas tô vendo agora que não é bem assim, eles estão escondendo os podres disso! Há um ponto aqui que acho importante a gente conversar, por que os projetores se veem tão envolvidos no plano astral? Por exemplo: um projetor astral que finalmente quer parar de se projetar e também quer parar de lembrar do que ocorreu, eu já notei que há pessoas que não querem, nem sempre estão dispostas a sair e mesmo assim, parecem forçadas a irem para lá?

Me lembro de um amigo que eu tinha anos atrás, ele nem sempre tava disposto a ir lá no umbral socorrer os espíritos, queria ficar de boa, sem projetar mas acabava indo por obrigação, até por que os tais ‘amigos espirituais’ dele já o preparava para ir, sem nem mesmo respeitar o fato de que ele não tava querendo ir, ele não falava nada pra mim, mas eu saquei que ia por obrigação. Eu sei que é um tema que dá vazão a muitas questões, por isso coloquei aqui as que realmente gostaria de entender melhor!

Resposta: Sobre essa situação onde o seu amigo era ‘obrigado’ a ir no umbral ajudar as almas, talvez o motivo de não respeitarem a vontade dele seja por que ele está devendo... Ele pode ser alguém com muitas pendências, pode ter cometido muitos crimes em vidas anteriores e por isso está sob regime de condicional, obrigado a colaborar senão... sofrerá as consequências de seus atos. Um típico caso de compensar o mal com o bem.

Pessoa: Oi Bruno eu vi o post, e gostei que vc publicou, pois tem muitas pessoas que tem essas dúvidas que eu tenho, outras se encontram completamente ignorantes, sem nada saber a respeito dos perigos que envolvem a projeção astral. Já vi muita gente alienada que nega a admitir que existem perigos em estar no plano astral, já vi pessoas que se deram muito mal por lá, saíram prejudicadas, outras acabaram atraindo espíritos inferiores que jamais desejariam encontrar, ou até mesmo sofrer perseguição deles! Quem sabe se soubessem dessas informações antes de entrar de cabeça no plano astral, desistiriam de entrar numa roubada dessas, as chances de estarem sendo enganadas é muito maior, é um mundo que meche muito com a mente, eu já vi muitos que além de estarem alienados, estavam também tendendo a insanidade, a depressão, loucura... já notei que há pessoas nesse meio que aparentam estarem equilibradas, mas no fundo sofrem sim de desequilíbrio emocional, e ir pra lá não melhora isso, na verdade piora! Talvez o sonho seja mais proveitoso do que a própria projeção. Esse meu amigo ele me falava que tinha muito medo até de morrer, pois já sabia que iria ter que deparar com inimigos cruéis, que o perseguiam... faz sentido isso que você disse.

Pessoa (outra, não é a mesma que respondi até aqui): Oi, Bruno! Tudo bem? Já faz um bom tempo que não conversamos. Estive lendo alguns dos seus últimos posts e constatei com bastante satisfação que sua linha de estudo, a científica, continua a mesma. E suas conclusões são fruto de alguém que quer conhecer a verdade, doa a quem doer. É bom sempre estar voltando a ler e reler seus posts com seus comentários, pois essa experiência, por assim chamá-la, que estamos vivendo neste planeta nos puxa constantemente para o mundo das ilusões/alienação. Foi excelente seu comentário sobre ‘viagem astral’ pois até nessas saídas do corpo, que todos fazemos, como você bem disse, durante o sono, somos levados a reafirmar o engano, me referindo aos que vivem no engano... se tem alguma utilidade é apenas para a pessoa ficar ciente que a consciência sobrevive fora matéria.

Resposta: Sim, reforçando esse ponto, a viagem astral serve mais para alienar do que para esclarecer, pois a pessoa que acredita muito em Jesus vai, por uma questão de vibração/compatibilidade, interagir mais com almas alienadas (como ela própria) e com ambientes compatíveis com suas aspirações fantasiosas do que com a verdade dos fatos.

No plano astral dificilmente se tem contato com algo verdadeiro, fidedigno ou sólido. Nada ali pode ser levado a sério. Ali é o último lugar onde deve ser procurada a verdade dos fatos. Quem acredita em Maomé, vai ver Maomé, quem acredita em Krishna, vai ver Krishna, e assim por diante. Mas vai ser verdade? Não... vai ser uma miragem, uma enganação, almas alienadas e tolas guiando almas alienadas e tolas.

Lembrar das ocorrências fora do corpo é a questão, pois sair do Corpo todos saem quando dormem

Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: Viagem astral, plano astral, desdobramento astral, consciência fora, do corpo, Pessoa perguntou, sobre, viagem astral, plano astral, consciência fora do corpo, vida após a morte, mundo das almas, espíritos, almas, mente, Consciência, fora do Corpo,

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Curiosidade: Logo Depois do Evento do Sol Negro na América do Norte - Super Furacões e Terremotos se abatem sob o Continente

Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? [Clique Aqui]

Acompanhe as Tempestades ao Vivo! [Clique Aqui]
Sol Negro nos EUA em 2017, logo após o eclipse total do Sol o continente Norte Americano está sendo vítima de Terremotos e Super Furacões, todos recordistas de intensidade, e isso é apenas o começo...

Estou achando muito curioso esses fenômenos. Antigamente os Eclipses eram interpretados como sendo ‘portadores de maus presságios’... isso claro, hoje em dia é considerado como superstições de povos semi-analfabetos antigos. Numa época sem metodologia cientifica, onde não se podia contar com a ciência/racionalidade, onde a Religião imperava brutalmente e os surtos psicóticos/esquizofrênicos eram a fonte da “sabedoria”. (Clique Aqui) as superstições imperavam.

Mas veja que curiosidade interessante... logo depois do evento de eclipse mais longo do século, percorrendo todo o território dos EUA de costa a costa (veja imagem abaixo) a América do Norte está sendo castigada por super furações (todos recordistas históricos) e Terremotos (no México, o maior dos últimos 100 anos) os super furacões estão se formando e batendo contra o continente, sendo que é um atrás do outro, é um pior que o outro, o Harvey foi o mais poderoso furacão a atingir o Texas em 50 anos, provocou prejuízos da ordem de 180 bilhões, o maior prejuízo de toda a história dos EUA! Mas o IRMA é ainda maior e mais poderoso! E o seu raio de evento é de tamanho similar ao Texas (parecido com o tamanho de Minas Gerais). O Furacão Katia atingiu o México e ficou um bom tempo estacionado na costa do país, agravando mais os danos. E agora tá vindo o furacão JOSÉ, que poderá se igualar ou até mesmo superar o IRMA. E  a temporada de furacões no Atlântico Norte apenas começou... (IRMA, KATIA E JOSÉ).

Eu não sou supersticioso, nem muito menos religioso, mas salta aos olhos essa “coincidência”. E no caso esses fatos merecem um debate. O que é um eclipse? Nada demais... é apenas a conjunção da Lua com o Sol o que causa alguns minutos de escuridão (o dia vira noite numa pequena faixa do planeta) e é só... mas desde os tempos mais antigos (Babilônia, Egito antigo, Índia) esse evento banal sempre foi classificado como um mal sinal, tipo, como se os Deuses (ou o Deus) estivesse bravo, e por isso ele estava avisando que as coisas ficariam feias logo, logo. E por coincidência (ou não) de fato ocorriam alguns eventos catastróficos (de grandes proporções) que validavam essa crença supersticiosa (?).

O Sol Negro - Eclipse total do Sol nos EUA em 21 do 08 de 2017, avião passa bem no momento da escuridão máxima

Dá para entender a cabeça dos povos antigos perante tal fenômeno raro, o Sol que fornece a vida, energia, que permite que estejamos vivos, do nada sem motivo aparente, é “derrotado” pela Lua, que então fica escura, negra, preta como carvão (Sol Negro). A escuridão dura minutos apenas, mas era suficiente para causar pânico em pessoas e nos animais. Sim os animais ficam atemorizados... o que é bem curioso, pois eles também percebem quando vai haver um terremoto. E também ficam em pânico pouco antes de um maremoto. Aí fica a pergunta de alguns bilhões de dólares (de prejuízo), será que os eclipses por alguma razão ainda desconhecida trás de fato uma frequência baixa, uma maldição, ou coisa do tipo, que então desencadeia eventos catastróficos como esse que estamos verificando na América do Norte? Ou na verdade isso tem a ver com a força do pensamento coletivo de milhões e até bilhões de pessoas? Será que o pensamento pessimista coletivo de pessoas sentindo medo perante o fenômeno tão banal como o eclipse, causa uma onde negra de eventos agourentos?

Isso até poderia ser falado em se tratando de povos antigos e desprovidos de ciência. Mas hoje em dia quem se assusta com Eclipses? Na verdade, é justamente ao contrário, a maioria se diverte, comemora, aproveita para ter folga. Não faz sentido então, não é mesmo? Então houve o fenômeno do Sol Negro na América do Norte, e logo em seguida Super Furacões (ciclones) surgem para arrasar o sul do continente (Obs. pessoalmente eu considero como América do Norte o Caribe e México também, pois falar em América central só se for politicamente). Junto com isso também terremotos recordistas. O que tá acontecendo? Apenas coincidência? Nada demais? Ou de fato eclipses são portadores de maldições vindo de sei lá onde?

Rota do Sol Negro pelos EUA, a sombra da Lua percorreu todo o território do país. Depois disso Super Furacões e terremotos se abateram contra a América do Norte

Sol Negro, NASA transmitiu ao vivo o evento

Eclipse total do Sol no Brasil: (NasaEm 03 de Novembro de 1994 (eu tinha 14 anos) presenciei o primeiro eclipse solar (ou o mais forte) da minha vida. Época, aliás, sem internet, com apenas 1 TV em casa (sou de origem humilde) apesar dos 14 anos tinha mentalidade de criança, pois sem acesso a informação como temos hoje o amadurecimento demorava mais a acontecer. E posso dizer que ali, na altura da minha inocência intelectual, na hora de maior escuridão eu senti como se toda a atmosfera tivesse ficado “pesada”, senti um pouco de medo, e frio na barriga. Um sentimento “sublime” surgiu (claro que isso é difícil de descrever, mas quem pratica a meditação e alcança bons níveis de aprofundamento sabe do que estou falando). Mas aquilo de sentir calafrios como se o ambiente tivesse ficado “tenso” foi a coisa mais forte, o coração acelerou também.

Mas agora, já com 37 anos, medito sobre o assunto e me pergunto, todas essas sensações fortes por causa de um evento tão banal (luz do sol abstruída) foi apenas uma bobagem da minha parte, por ser tão ingênuo e ter pouco conhecimento sobre o assunto? Ou será que se tratou de uma percepção extra-sensorial? Meus familiares comentaram sobre esse evento ser “mal pressagio”? Não! A TV no jornalismo comentou isso? Também não! E na escola? Alguém falou coisa do tipo? Ali muito menos!

Então por que da percepção de algo “ruim” na hora mais escura do eclipse? Forças negras de alguma forma aproveitam esse evento banal para canalizar negatividade para a Terra a partir da Lua? Essa era a crença dos antigos, mas caiu no escarnio depois da revolução cientifica. Mas talvez seja algo a se considerar. Fica o tema para meditação. (Obs. Eu estava em SP capital durante o Eclipse total do Sol, mas o clímax foi (e sempre é) no sul do País, principalmente no Estado de Santa Catarina).

Rota do Sol Negro no Brasil passa pelo Estado de Santa Catarina

Fragmentos de Reportagens:

- Eclipse solar mais longo do século inspira maus presságios: Tanto na Índia como na China, lendas e mitologias associam a este fenómeno astronómico maus presságios. Em caso de eclipse, alguns hindus (80 por cento dos 1,17 mil milhões de indianos) acreditam que os demónios Rahu e ketu "engolem" o Sol, tornando os alimentos e a água impróprios para consumo. Na China imperial, os eclipses eram anunciadores de catástrofes naturais ou da morte do imperador e essas crenças e superstições não desapareceram. "A probabilidade de que ocorram violências ou uma guerra por ocasião de um eclipse total é de 95 por cento", segundo o site chinês na Internet Baidu.com

- Crendices tornam eclipse um sinal de mau presságio: Enquanto os astrônomos equipados com sofisticados materiais se preparam para observar hoje o primeiro eclipse solar do novo milênio com a maior definição científica possível, os zimbabuanos mais supersticiosos temem que o mesmo seja um presságio de guerras, epidemias e fome. O fenômeno será visível na África austral e no Oceano Índico. Segundo crenças tradicionais africanas e europeias, um eclipse pode ser uma advertência do desencadeamento de desgraças: morte de dirigentes, guerra, seca, inundações ou enfermidades.

‘‘O eclipse do sol não é uma bênção para nós. Quer dizer que haverá problemas, derramamento de sangue e epidemias’’, declarou Peter Sibanda, porta-voz da Associação Nacional de Curandeiros do Zimbábue (Zinatha), para a France Presse. ‘‘Na África acreditamos que se Deus está aborrecido com os homens, isso é manifestado através do Sol ou da Lua’’, acrescentou. Aeneas Chigwedere, historiador e vice-ministro de Cultura, explicou que os astros tinham grande importância para as populações da África austral antes da colonização. As populações do Leste se identificavam com o Sol e as do oeste com a Lua. Todo eclipse – solar ou lunar – significava para eles ‘‘algo negativo’’, explicou. Para contra-atacar esses efeitos malignos, é preciso realizar cerimônias rituais dedicadas aos antepassados. Os paranaenses poderão assistir a parte do eclipse na manhã de hoje, entre as 7h01 e 8h35. O melhor ponto para visualizá-lo será no Litoral do Estado, porque o sol nasce em cima do mar, sem obstáculo para observação. (Fonte: France Presse De Harare).

- Como o eclipse deixou de ser mau presságio e se tornou momento de celebração: A revista Economist analisa de que forma a humanidade e sociedade foram mudando a forma de encarar um eclipse. No passado, o fenômeno era claramente associado ao terror. "Vinte e seis séculos atrás, os povos de Lídia e de Medes estavam ocupados lutando uns contra os outros - no território que hoje pertence à Turquia - até que um eclipse escureceu o céu. Os dois exércitos jogaram suas armas e acabaram com a briga. Como se fosse um sinal ou algo estivesse por vir", conta o artigo. Culturas antigas costumeiramente "culpavam" lobos, cachorros e dragões por tentar "comer" o sol. As pessoas carregavam potes e panelas com elas ou arremessavam flechas com fogo em direção à "esfera escura", tentando espantar os "demônios" que estavam causando aquela escuridão toda. Os eclipses eram presságios, auspícios ocasionalmente, mas sempre vistos com grande importância.  Em 1133, um eclipse marcou a morte do rei Henrique I da Inglaterra. A história virou lenda, principalmente porque o historiador medieval Guilherme de Malmesbury definiu a coincidência de eventos - a morte com o eclipse - como "a manifestação da tristeza que acometeu o local após a partida de um grande homem". Após a sua morte, uma luta pelo trono lançou o reino ao caos e à guerra civil.

Toda essa atmosfera de tristeza, mau presságio e augúrio associada a um eclipse não é a interpretação que domina atualmente. "O eclipse de hoje, por exemplo, parece mais uma desculpa para uma celebração e soa como um tributo à astronomia amadora", analisa a Economist. O misto de exotismo, previsibilidade e raridade que cerca os eclipses atraem milhares de "devotos" que vão ao encontro deles - onde quer que estejam. A Economist conta o caso de Francisco Diego, do University College, em Londres, que já observou 20 eclipses - a partir de lugares como a Ilha de Páscoa - um dos locais mais isolados da Terra - até a costa sul de Cornwall, que é provavelmente o local mais isolado da Inglaterra. Ele é um astrônomo, mas a maioria dos caçadores de eclipse são amadores. Uma grande parte do apelo, diz o Diego, é o drama que envolve o evento em si. "No momento em que o sol está em torno de 70/80% obscurecido, você começa a notar que está ficando escuro". Ele diz também que o evento ainda assusta muitas pessoas. "Mesmo que você saiba exatamente o que esperar, a experiência pode ser assustadora, pois a sombra se move em toda a superfície da Terra a vários mil quilômetros por hora. As pessoas não podem evitar, elas começam a gritar e gritar, os animais ficam tão confusos", diz. Site da NASA especialmente sobre o Eclipse do ano de 2017.

Depois do Sol Negro na América do Norte, o continente coincidentemente está sendo alvo de Super Furacões e Terremotos muito violentos...

Sol Negro nos EUA - 21 de Agosto de 2017 - Eclipse total do Sol - Estados Unidos - NASA:

O Super Furacão IRMA chega na Flórida - Full HD - Fantástico da Rede Globo - Maior da História:

Imagens - o Sol Negro de 2017 - Os Super Furacões e o Super Terremotos:



Mais Três Furacões Ativos no Atlântico Norte em (18 do 09 de 2017):



Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Veja a apresentação Oficial da Apple: https://www.apple.com/apple-events/september-2017/

Tags: Curiosidade,Logo Depois,Evento do, Sol Negro,América do Norte, América, EUA, Super Furacões,Terremotos,abatem, sob o Continente, Norte Americano, frequência, ciclones, aquecimento, global, aumento na temperatura, atmosfera, Rede Globo, Globo, 

GoogleAnalytics

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. (Bruno Guerreiro de Moraes)