sexta-feira, 20 de junho de 2014

Série - Jesus Cristo Uma Fraude - [3 de 9] - Simão o Mago o Deus Sagrado - O Verdadeiro Poder de Deus

Jesus Nunca Existiu, [Clique Aqui] - Salomão e Davi nunca Existiram, [Clique Aqui]
Você Sabe o que é "O Salto Quântico Genético"? [Clique Aqui] - Veja o Documentário:

Ilustração que retrata a disputa de Pedro contra Simão o Mago como relatado na Bíblia 

Simão o Mago é difamado na Bíblia cristã, em Atos dos Apóstolos, mas as fontes históricas e arqueológicas contam outra historia. Simão é tido como um homem santo, poderoso, sábio, e até uma estátua para ele foi erguida em Roma, a inscrição dizia - "Para Simão, o Deus Sagrado" - Ao que tudo indica a figura de Simão foi difamada pelos cristãos por que ele era um rival formidável de Jesus na época, então para se aproveitar da fama dele, que era grande, inventaram a estória do confronto entre ele e Pedro. A ocorrência comentada em Atos dos Apóstolos pelo que tudo indica é invenção, nunca aconteceu, é por essas e outras que Roma vivia em estado de guerra civil, pois o caos era completo, com os seguidores de varias seitas inventando mentiras, um sobre os outros, numa constante controvérsia retórica, algo parecido com o que vemos hoje entre os políticos, mas naquela época era ainda pior, da imaginação as pessoas criavam difamações, e a espalhava e a grande maioria nunca conseguia saber se era verdade ou não.  Ainda hoje, cristão tolos e ignorantes continuam com a difamação a Simão, é o caso dos Gnósticos, que apesar de toda a 'sabedoria' de seu fundador ele não conseguiu perceber que a religião no geral é pura insanidade, e Jesus e outras figuras bíblicas apenas personagens de ficção. Então o Samael Aun Weor não é tão sábio assim não é verdade?

Sobre Simonia:

Simonia é a venda de favores divinos, bênçãos, cargos eclesiásticos, prosperidade material, bens espirituais, coisas sagradas, objetos ungidos, etc. em troca de dinheiro. É o ato de pagar por sacramentos e conseqüentemente por cargos eclesiásticos ou posições na hierarquia da igreja. A etimologia da palavra provém de Simão Mago, personagem referido nos Atos dos Apóstolos (8, 18-19), que procurou comprar de São Pedro o poder de transmitir pela imposição das mãos o Espírito Santo ou de efetuar milagres. O Direito Canônico também estipula como simonia atos que não envolvem a compra de cargos, mas a transação de autoridade espiritual, como dinheiro para confissões ou a venda de absolvições. A prática da simonia no final da Idade Média provocou sérios problemas à postura moral da Igreja. O poeta Dante Alighieri condena os simonistas ao oitavo círculo do inferno, onde encontra o Papa Nicolau III enterrado de cabeça para baixo, com as solas dos pés em chama. O exemplo de Nicolau III serve como aviso e previsão aos Papas Bonifácio VIII, o Papa contemporâneo à "Divina Comédia", e Clemente V, seu sucessor, pela prática de tal pecado. Escritores menos devotos, como Maquiavel e Erasmo de Roterdã, também condenaram a simonia séculos mais tarde. A prática de simonia foi uma das razões que levaram Martinho Lutero a escrever as suas "95 Teses" e a rebelar-se contra a autoridade de Roma. Hoje a doutrina católica, pune com excomunhão latae sentientae, ou seja, automaticamente, a todo e qualquer ato de simonia, que alguns de seus membros vierem a praticar. A Igreja da Inglaterra também viu-se envolvida com a prática de simonia após ter-se separado da Igreja Católica. Atualmente a prática da simonia é muito freqüente nos meios Pentecostais e principalmente nos neo-Pentecostais através da propagação da Teologia da Prosperidade.

Difamações Contra Simão o Mago dura até os Dias de Hoje, e são tão insultuosas e dementes como as de antigamente, saídas de mentes doentes e muito imaginativas:
Cristão Fanáticos, semi-analfabetos, e muito alienados criaram mais e mais difamações contra Simão, tudo claro saído de suas cabecinhas dementes 

Os Psicóticos Gnósticos Sobre Simão o Mago -  “Certa vez, faz tempo, eu, através dos meus poderes, transformei o ar em água, e a água novamente em sangue, e, solidificando-a em carne, formei uma nova criatura humana – um menino – e produzi um resultado muito mais nobre do que o Deus Criador. Ele o criou da terra, mas eu o fiz do ar – uma tarefa bem mais difícil, depois eu o desfiz e o dissolvi novamente no ar.” (Simão o Mago, Apophisis Megale, século I d.C.). O QUE DANTE ESCREVE SOBRE SIMÃO MAGO -  Canto XIX - Vala dos Simoníacos, Ó Simão o Mago, e todos aqueles que te seguiram, profanando e vendendo as coisas de Deus pelo preço de ouro e prata! Em vossa homenagem devo soar a trombeta, pois é aqui, nesta terceira Vala onde estais! Já estávamos no meio da ponte sobre a terceira Vala. De lá eu vi nas encostas e nos fundos da pedra gelada redondos furos escavados de igual tamanho. Da boca dos furos pendiam os pés de um penitente, cujo corpo estava enterrado nos buracos com a cabeça para baixo. Nas plantas dos pés ardiam chamas, que escorriam por seus calcanhares. Os sofredores, desesperados, agitavam seus pés freneticamente, na vã esperança de livrarem-se das dores causadas pelas chamas - Mestre – perguntei -, quem é aquele que se debate mais que os outros, e que é torturado por uma chama mais vermelha? - Se quiseres – respondeu – eu te levarei até ele, e lá poderás perguntar quem ele é e de onde veio. Concordei e ele me ajudou na descida difícil, me segurando enquanto passávamos pelas beiras esburacadas. Só quando eu estava diante do pecador foi que ele me soltou.

Poesia:
Ó Simão o Mago, ó míseros sequazes
Por quem de Deus os dons só prometidos
A virtude, em rapina contumazes,
Por ouro e prata estão prostituídos!
Por vós tange ora a tuba sonorosa:
Jazeis na tércia cava subvertidos.
À outra tumba chegamos temerosa,
Da rocha nos subindo àquela parte,
Que, a prumo ao centro, eleva-se alterosa.
Saber supremo! Que inefável arte
Mostras no céu, na terra e infernal mundo!
Oh! teu poder quão justo se reparte!

O QUE DIZ  SAMAEL AUN WEOR SOBRE SIMÃO MAGO? - Estando nos Mundos Suprassensíveis, chegaram às minhas mãos duas obras: Uma era de Simão o Mago e a outra era do samaritano Menandro, que chegou ao pináculo da Ciência Mágica. Depois de consultar essas duas obras, invoquei a Simão o Mago. Essa invocação a fiz em nome do CRISTO. Então, Simão o Mago contestou, dizendo-me: “Em nome do Cristo não me chames, chama-me em nome de Pedro”. Então compreendi que Simão o Mago era o pólo contrário de Simão Pedro. Penetrei em um precioso recinto, onde encontrei Simão o Mago com seu colégio de fiéis discípulos. Quando Simão me viu entrar, em tom áspero me disse: “Saia daqui!” E acercando-se a mim me tocou certos chakras do baixo ventre. Então entendi que Simão o Mago é realmente um Mago Negro. Procedi defendendo-me com minha Espada Flamígera, e ante as torrentes de fogo ardente, aquele mago negro ficou anulado, e sem se atrever a mirar minha Espada, permaneceu absorto. Eu conheci Simão o Mago na antiga Roma, e o ouvi predicando a seus discípulos. O mal é tão fino e delicado que até a mesma Mestra Blavatsky chegou a crer firmemente que Simão o Mago era um Mestre da Loja Branca. Huiracocha também acreditou que Simão o Mago era um grande Mestre Gnóstico, e nos diz que tudo o que Papus e outros autores ensinaram acerca da magia nos últimos anos era tomado de Simão o Mago. O único que não se equivocou com respeito a Simão o Mago foi Dante Alighieri, em sua Divina Comédia. Dante chama de “simoníacos” os discípulos de Simão o Mago. 

Os romanos erigiram a ele estátuas com a inscrição: Simoni Deo Sancto. Sem embargo, estudando atentamente as obras de Simão o Mago, aparentemente não há nada que possa ser considerado condenável, como Magia Negra. O mal é tão fino no Mundo da Mente… o mal é tão delicado e tão sutil no plano do entendimento cósmico, que realmente se necessita de muita intuição para não se deixar enganar pelos demônios do Mundo Mental. No Plano Mental os magos negros são milhões de vezes mais refinados e delicados que os magos negros do Plano Astral. Diz Simão o Mago o seguinte:  “O Pai era Uno; porque contendo em si mesmo o pensamento, estava só. Sem embargo, não era o primeiro, ainda que fosse preexistente; senão que manifestando-se a si mesmo de si mesmo, chegou a ser o segundo (ou dual). Não foi chamado Pai até que o pensamento lhe deu este nome. Portanto, desenvolvendo-se de si mesmo, manifestou-se de si mesmo seu próprio pensamento, e assim também o pensamento manifestado não se atualizou senão que viu ao Pai oculto nele, isto é, à potência oculta em si mesma. E a potência (dunamis) e o pensamento (epinila) são masculino-feminino, porém ao corresponder-se reciprocamente (porque a potência de modo algum difere do pensamento), são um só. Assim, nas coisas de cima está a potencia, e nas de baixo o pensamento. Ocorre, portanto, que se bem é uno o manifestado por ambos, aparece duplo, pois o andrógino leva em si o mesmo elemento feminino. Assim, a Mente e o pensamento são inseparáveis um do outro por serem uno, ainda que apareçam em dualidade”. (Pág. 190. Apontamento 2: A Doutrina Secreta, HPB, Sexto Volume.) 

Realmente quem ler esse parágrafo não poderá encontrar nada que possa condenar a Simão o Mago como Mago Negro. A chave é dada a nós por Dante em sua obra intitulada 'A Divina Comédia'. Dante nos pinta em seu Inferno a Simão o mago e a todos os feiticeiros, aos que Dante denomina Simoníacos, caminhando em seu inferno com a cabeça para trás… A Magia Negra de Simão o Mago consiste em que ficou mirando para o Passado, e não quis aceitar o Cristo ou a nova Corrente Crística. Esta é uma rebelião contra as Hierarquias Divinas, e de fato Simão o Mago ficou colocado nos mundos da magia negra. Quem atentamente estudar os ensinamentos de Simão o Mago poderá comprovar que Simão o Mago não fala uma só palavra a favor do Cristo. Simão o Mago viu que a Chispa se desprendia da chama em si mesmo sem recordar-se daquelas palavras do Divino Rabí da Galileia:  “Ninguém chega ao Pai senão por mim”. Simão o Mago viu ao Pai oculto nele e quis realizá-lo em si mesmo, porém rechaçando ao Cristo, e assim foi como de fato caiu na magia negra…

SIMÃO O MAGO CAIU NA MAGIA NEGRA POR PURO ORGULHO!
Agora difamado, Simão o Mago é sempre retratado pelos cristãos como um homem Feio, carrancudo

Simão o Mago não quis aceitar ao Cristo por puro orgulho. Coisa semelhante está acontecendo agora neste século 20 com muitos espiritualistas que não querem aceitar meus ensinamentos por puro orgulho. Essa classe de seres “Simoníacos” caem na Magia Negra por puro orgulho. Simão o Mago conheceu o Grande Arcano, e é absolutamente casto. O Mestre Huiracocha, na página 50 da Igreja Gnóstica cita um parágrafo do livro 'A Prédica, de Simão o Mago', que literalmente diz: Para vós falo em metáforas; porém deveis compreender-me… Duas espirais de toda seriedade há em um princípio sem fim. Ambos vêm de uma raiz, ou seja, do Poder Infinito, do Silêncio Invisível. Uma das espirais vai para cima. É o poder, o entendimento do Grande Todo que a tudo chega, e é masculino. O outro tende para baixo. É a Grande Mente, o produtor incansável, e é feminino. Na união de ambos está a resolução de todo o problema. O poder de si mesmo é masculino e feminino por sua vez”. Simão o Mago conheceu, pois, a fundo a Alquimia Sexual e o Grande Arcano. Porém, caiu na Magia Negra porque ficou olhando para o passado, e não quis aceitar CRISTO. A mente é, pois, o animal mais perigoso do Alquimista. Se Simão o Mago tivesse dominado a mente com o Látego da Vontade não teria caído no abismo. O Alquimista que se deixa levar pelos raciocínios da Soberba da Mente fracassa na Grande Obra e cai no Abismo. O Alquimista deve ser muito humilde ante as Hierarquias Divinas para não fracassar na Grande Obra. A Mente deve humilhar-se ante as Hierarquias Divinas. A Mente deve voltar-se como uma criança humilde e simples. A Mente deve humilhar-se ante a Majestade do Íntimo. É impossível subir ao Pai sem elaborar o Menino de Ouro da Alquimia Sexual. Esse Menino de Ouro é o Eu Cristo. Há que se formar ao Cristo em nós para subir ao Pai. Em nosso trabalho com a Pedra Bendita se apresentam sutilíssimos perigos que o Alquimista deve conjurar valorosamente. No Mundo Mental há magos negros que se parecem com Adeptos da Fraternidade Branca. Esses magos negros têm sublimes presenças e deliciosa cultura Espiritual. 

Quando esses magos falam, só falam de Amor, de Luz, da Verdade e da Justiça. Parecem seres inefáveis, e só viemos a descobrir que são magos negros quando em tom muito fino e delicado nos aconselham então a ejaculação seminal. Se nesse momento gritamos em sua presença: VIVA O CRISTO, ABAIXO JAVÉ, então os veremos levantar-se iracundos contra nós para tirar-nos de seus recintos. Todos esses irmãos da sombra aconselham a ejaculação seminal e odeiam a força crística. Assim, pois, o mal se reviste de tão sutis enganos que o discípulo deve sempre abrir bem os olhos e viver alerta e vigilante, como o vigia em época de guerra. Há Adeptos da sombra que, disfarçados de Mahatmas se nos apresentam nos Mundos Internos para nos dizer que já estamos caídos, que já fracassamos em nosso anelo rumo à Luz, que já perdemos os graus adquiridos etc... Assim, então, se o discípulo se resvalar nessas cascas, cai no Abismo inevitavelmente. A mente não deve raciocinar. A mente deve fluir integralmente sem o batalhar das antíteses, a mente deve se converter em um instrumento flexível e delicado onde possa se expressar majestade do Íntimo. O orgulho fez Simão o Mago cair nos Abismos da Magia Negra.  - “E como viu Simão que pela imposição das mãos dos Apóstolos se dava o Espírito Santo, lhes ofereceu dinheiro.”-  Dizendo: Dai-me também a mim esta potestade, que a qualquer que puser as mãos por cima receba o Espírito Santo. Então Pedro lhe disse: ‘Teu dinheiro pereça contigo, que pensas que o Dom de Deus se ganha por dinheiro. Não tens parte nem sorte neste negócio; porque teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te pois desta tua maldade, e roga a Deus, se quiçá te será perdoado o pensamento de teu coração. Porque em fel de amarguras e em prisão de maldade vejo que estás.’ Respondendo então Simão, disse: ‘Rogai por mim ao Senhor que nenhuma coisa dessas que haveis dito venha sobre mim’. (Atos dos Apóstolos 8: 18 a 24). Com esses versículos das Sagradas Escrituras fica absolutamente comprovada nossa afirmação de que Simão o Mago é um perigosíssimo mago negro. (Samael Aun Weor, Alquimia Sexual).

Meu comentário depois que li tanta asneira:

Poxa vida... quanta ASNEIRA esse Samael escreveu em... fico besta de ver. Quer dizer que para ser "abençoado" TEM QUE CONCORDAR com ele, mas quem não concorda, se ferra... sei, sei.. papo de evangélico esse em, se não acreditar em Jesus, se não der os 10% vai pró inferno. Engraçado... (bocejo). Ai o Samael Aun Weor vem falar de "sagradas escrituras" aceitar Jesus, único salvador, não pode ejacular, Putz! Ai meus zoio...



Simão o Mago - O Verdadeiro Poder de Deus - Rival de Jesus
Aqui Simão, cometendo a Simonia, hoje em dia tanto a igreja católica, como a evangélica fazem isso em LARGA ESCALA sem medo de serem felizes!

Pedro o 'virtuoso'? Se nem Jesus existiu, qual a possibilidade do discípulo ter existido?

Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: Série, Jesus Cristo,Uma Fraude,Simão o Mago,Deus Sagrado,Rival de Jesus Cristo,pedro,bíblia,igreja,evangelho,de pedro,o grande poder de deus,magico,mago,bruxo,simonia,compra de bênção, milagres,

Um comentário:

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Sobre Gnose, por um ex-membro:

Cara sou meio que metido com o estudo de ocultismo e esoterismo desde 2007 mais ou menos .Meus pais são evangélicos e ainda moro com eles . Sempre fui o estranho por aqui .Gostos estranhos e tudo mais , uma vez viajei pra São Luis pra fazer uma iniciação em uma ordem (Gnose ) e foi a maior confusão , chamaram até a policia pra me procurar ,por que minha mãe teve um sonho em que eu participava de um ritual que uma pessoa colocava uma espada no meu ombro e tal(e aconteceu isso mesmo ela descreveu até as roupas que usava no dia ), e ela só podia ver de longe sem fazer nada , ai ela foi no meu quarto achou todos meus livros e deu uma confusão boa .Mas deu certo .
Alguns colegas que eram da ordem e saíram dela junto comigo é que não acham a ideia do salto não tão legal (sem muitos argumentos da parte deles ),e me desaconselharam a fazer e investir meu dinheiro nisso .Não dou ouvidos .Mesmo meus pais nunca aprovando e esses meus colegas achando o que acham eu sinto que tenho que fazer o salto.


Resposta:

Então você é envolvido com Gnose, http://www.gnose.org.br/ a gnose é cristianismo bizarro. O cristianismo já é muito bizarro, e o Samael Aun Weor conseguiu criar uma bizarrice ainda maior.

Eu considero a Gnose uma fonte infinita de desinformação, uma fabrica de esquizofrênicos.

Eu tenho muitos conflitos com esse pessoal simplesmente por que contesto Jesus, a Bíblia, e os dogmas/ideias da religião New Age.

As memórias de vidas passadas das pessoas não confirma praticamente nada sobre tudo que é tido como "verdade estabelecida" pelos idolatras da Gnose.

Eu tenho uma pagina critica a eles, se puder ler, leia: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2014/06/serie-jesus-cristo-uma-fraude-3-de-9.html


Pessoa:

Infelizmente fui .Preferia ter começado minha "vida espiritual" por outro caminho .Isso "fudeu" com muitas partes da minha vida .Dediquei anos da minha adolescência a essa causa e ainda bem que percebi que estava sendo ingando e perdendo tempo .
Esse link que tu me mandou é um grupo dissidente da antiga ordem . Fazia parte dessa: http://www.movimentognostico.org.br/
Tenho muitas coisas a limpar dessa época negra da minha vida .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]