sábado, 16 de janeiro de 2010

Vida após a Morte Provada Cientificamente - Ciência de Vanguarda

    Por: Manoel Fernandes Neto, Jornalista da Revista NovaE:               

Você Sabe o que é "O Salto Quântico Genético"? [Clique Aqui] - Paranormais Provados Cientificamente, Clique Aqui - O assunto não tem nada a ver com religião, apesar de falar de vida após a morte. Sonia Rinaldi há mais de 20 anos pesquisa o assunto e prepara-se para um desafio hercúleo, levar para um ambiente totalmente cético (na verdade pseudocético) algo que comumente é tratado com crença. Ela vai defender, a partir deste ano, uma dissertação de mestrado na PUC – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – intitulada:

- “Transcomunicação: Interconectividade entre Múltiplas Realidades e a Convergência de Ciências para a Comprovação Científica da Comunicabilidade Interplanos” -

Sonia Rinaldi uma cientista de verdade, segue o método científico, diferente dos Pseudocéticos que distorcem tudo para as suas ideologias insanas.

Com a qual pretende comprovar que após a morte do corpo físico a consciência sobrevive. Essa consciência, segundo Sonia, classificada de vários nomes, mantém sua individualidade, história, aquisições morais e intelectuais, além de ter capacidade de comunicação com o mundo da matéria. Atualmente, como uma das coordenadoras do Instituto de Pesquisas Avançadas em Transcomunicação Instrumental, Sonia passa seus dias conectando aparelhos de gravação de áudio e vídeo, buscando contato com o que convencionamos chamar de “o outro lado da vida”. Para a pesquisadora, o fato deste tipo de abordagem adentrar o mundo acadêmico é uma conquista que só será percebida no futuro, mas que trará benefícios para toda a Humanidade.

A ciência já provou, a vida após a morte existe, agora Sonia fará todos da classe cientifica reconhecer esse fato.

Sonia Rinaldi - “É chegada a hora de sair da infância e encarar a realidade da nossa evolução contínua” - Acompanhe a entrevista exclusiva concedida por Sonia Rinaldi ao editor da NovaE

NovaE - Após 20 anos de pesquisa, como a ciência clássica, baseada em conceitos da matéria, vem encarando o seu trabalho?

Sonia Rinaldi - A *Ciência, de forma ampla, está longe de se interessar. Uns tantos cientistas mundo a fora vêm trabalhando no sentido de documentar a realidade da sobrevivência após a morte. (*leia-se, pseudociencia do materialismo/ateísmo). Porém, quer nos parecer que nenhum fenômeno é mais concreto - e, portanto, suscetível de toda sorte de análises e investigação, como requer a Ciência - do que a Transcomunicação Instrumental – ou seja, a comunicação com o Outro Lado da Vida através de gravações em computador e vídeo. Este ano de 2009 traz uma nova rota para nossa pesquisa, pois inicio Mestrado na PUC – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - justamente para levar a Transcomunicação ao meio acadêmico, coisa que jamais ocorreu na História. Veremos, daqui a uns anos, o que teremos conseguido.

NovaE - Como foi o processo de aprovação de sua tese de mestrado, sobre este assunto tão avesso ao mundo acadêmico?

Sonia Rinaldi - Chegaram a me chamar na PUC para eu mudar minha tese, mas não aceitei. Tenho premência em conduzir a pesquisa conforme a proposta, pois minha tese não será simples – propus uma mega-tese multidisciplinar, pois já considerei o fato de que eu, sozinha, seria inapta para comprovar qualquer coisa. Propus a participação de engenheiros, físicos e matemáticos – todos com doutorado, para que sejam eles que avaliem, dentro dos parâmetros requeridos pela Ciência, que o fenômeno é real. A minha parte é levantar a ocorrência do fenômeno – a deles será endossar a autenticidade e – dentro das possibilidades – tentar explicá-lo.

Sonia como uma verdadeira cientista, pesquisou, testou, analisou e concluiu: Os desencarnados existem e podem se comunicar com os vivos

NovaE - Quem serão os maiores beneficiados com a comprovação científica da sobrevivência após a morte?

Sonia Rinaldi - A meu ver, a própria Humanidade, que deixará de se enganar. É como se fosse chegada a hora de sair da infância e encarar a realidade da nossa evolução contínua.

NovaE - Você pode explicar aos nossos leitores, em sua maioria, leiga neste assunto, o que seria a hipótese "sobrevivencialista" em contraposição à hipótese "psi"?

Sonia Rinaldi - Quem é a favor da sobrevivência após a morte vê a coisa como sendo o ser humano composto de um corpo e uma alma, ou espírito. Na morte do corpo físico, esse espírito ou consciência, prosseguiria na jornada. Esse é o ponto de vista dos espiritualistas. Já uns tantos parapsicólogos acham que os fenômenos paranormais não são resultado de uma intervenção espiritual, mas sim, produto da própria mente de quem produz o fenômeno. No caso da Transcomunicação, exaustivamente essa segunda hipótese fica descartada, por uma série de fatores que não arrolaremos para não nos estendermos. Mas sumarizamos dizendo que as Vozes que gravamos falam de coisas que ninguém sabia, dão nomes de pessoas, cidades de origem, etc., que o transcomunicador nunca ouviu falar. Filhos falecidos mencionam peculiaridades que só a família sabe, etc. Não há a menor possibilidade de ser produto da mente de alguém. Necessariamente, os contatos mostram que estamos em contato com seres que já partiram.

NovaE - Como são realizadas suas experiências de gravação? Qual é sua rotina de pesquisadora?

Sonia Rinaldi - Agora, com o Mestrado, tudo girará em função disso, e as gravações serão feitas para que os cientistas que participarão da tese possam ter mais e mais elementos de estudo. Fora disso, vou continuar dando uma aula por mês de como gravar para as pessoas interessadas.

NovaE - Nos workshops realizados por você, como as pessoas têm reagido ao contato com entes que se foram? Na mesma linha desta questão, a saudade e a necessidade de um contato não podem prejudicar uma análise racional?

Sonia Rinaldi - Em todos os cursos (workshops) que damos, todos obtêm resultados de seus falecidos e aprendem a gravar. Não há como comprometer a interpretação, porque, ou a resposta está lá ou não está. Nossas gravações há anos são bem claras... não deixam margem de dúvida ou permita dúbia interpretação. Se a gravação/resposta não for clara, será descartada.

NovaE - Quando se fala em vida após a morte, as pessoas fazem logo uma conexão com religião, que, no sentido clássico, vai na contramão da pesquisa científica. Como você lida com isto?

Sonia Rinaldi - Religião que se esconde atrás de dogmas e não respeita a lógica deve estar com os dias contados. A globalização e o avanço tecnológico despertaram a racionalidade, e a visão setorizada tende a mudar. Ou algo é "verdade" ou não merece crédito. E tudo que é "verdade" tem que ser passível de análise e investigação. Há de chegar o tempo em que o ser humano dispensará supostas leis divinas, sejam lá quais forem, que não passem pelo crivo da lógica racional.

NovaE - Considerando a hipótese sobrevivencialista, quais as diferenças deste contato em relação à psicografia, já que as gravações captam pequenas frases, às vezes com uma estrutura gramatical inversa, bem diferente dos livros mediúnicos, que são verdadeiros tratados, romances, com estruturas complexas...

Sonia Rinaldi - A diferença fica por conta de que tudo que não pode ser matematicamente investigado, fica excluído do interesse da Ciência. Até hoje, centenas de médiuns têm dado importante contribuição no sentido filosófico e social; porém, fica fora da possibilidade da comprovação da realidade disso. Já no caso da Transcomunicação, qualquer "alô!" vem com um peso incontestável diante dos olhos de um cientista. Por isso, penso que a Transcomunicação Instrumental é o veiculo mais poderoso para comprovar que se vive depois da morte, além, claro, de levar consolo a milhares de pessoas que sofrem com a perda de alguém querido.

Não deixamos de existir após o fim da vida do corpo físico, como os Darwinistas querem nos fazer acreditar, a vida prossegue em outros níveis da matéria do universo. (Obs. Clique nas palavras em azul para maiores esclarecimentos)

Matéria publicada na Revista NovaE, em 18 de abril de 2009.

Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

20 comentários:

Anônimo disse...

E possivel alguem que desejou e tentou suicidio por varias veses.Uma noite desejar tanto que chega a acreditar ter conseguido.E até não estar certo do seu passado que horas parece se lembrar,outras não e ter certeza ser agora ser outra pessoa com lembranças diferentes e até habito alimentar diferente a ponto de não conseguir se alimentar.Até não conseguir o fazer?E já até chegar ao ponto de desconhecer valor de dinheiro,bens materiais,habito sexual elevado.Enfim na maior parte do dia e noite ter certeza de ser outra pessoa.Até mesmo perder sono durante cinco meses?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Hum, por que pergunta isso anônimo? Aconteceu com você?

Conte mais do assunto...

Alien disse...

Kkkkkkkk O Anônimo está com problemas!!! Kkkk além de escrever mto mal neh, convenhmos! Aff

#vemprosulBrunoMoraes

Alien disse...

Bruno, tenho uma pergunta para t fazer, ñ sei se aqui é local mas... lá vai: Quem são os sete antigos? Pq esse nome e de onde ele vem, o q significa? Vc trabalha sozinho ou com outras pessoas junto?

Abrzz

utopia disse...

Sônia Rinaldi, se de fato vc conseguiu gravar usando instrumentos eletrônicos, não deixando uma sombra de dúvida quanto a autênticidade da gravação., isto será a maior revolução que o mundo já teve.
Sônia vc disse que ensina a gravar, em suas palestras, isto tem algum custo financeiro? Haveria a possibilidade de vc disponibilizar neste site o método usado? Falo isto pelo fato de vc estar tentando provar para a comunidade cientifica sua descoberta e nos meios acadêmicos. Não seria mais interessante vc começar a ensinar pessoas mais simples que nunca participaram ou participarão de palestras intelectualizadas, e não entenderiam as palavras usadas pelo palestrante?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Vixe!!! Pergunta difícil em Alien...
Para entender teria de ler o meu livro, ou vir na iniciação o Salto.

Lamento, mas não posso dispor de tempo para te responder aqui. Lamento.

Anônimo disse...

Acredito na possibilidade de existir vida após a morte. A Bíblia comenta o tempo todo sobre isso, aliás Deus é espirito.

Anônimo disse...

hum...
acabo de assistir uma entrevista dela no programa do Jô(youtube), sinceramente não me convenceu muito os materiais apresentados(audios)... assistam também... todavia vou procurar mais materiais no youtube, aquela entrevista no Jô é de 2000...

Anônimo disse...

tenho lembranças de alguns mestres os quais pedem para que eu cumpra a missão neste plano a qual se relaciona ao santo graal e por toda minha vida levo comigo essas recordações e mesmo que eu tente ou queira esquecer não é possível levo uma vida normal dentro das minhas possibilidades não sou um alguém que se possa chamar de paranormal mais tenho uma força que me protege quando estou em risco suporto um ataque em condições em que outras pessoas teriam provavelmente morrido estive em uma uti a alguns anos atacado por uma força traiçoeira a qual pude reagir a tempo provocando alguns acontecimentos estranhos como um apagão da eletricidade não aconteceu nada com os pacientes ,pois até um dos médicos reclamou que estava muito tranquilo o ambiente . como explicar ou fugir do que não se aprende nos livros mais que vive programado em nossa mente espero que a ciência possa contribuir para nos esclarecer de que a vida é uma eterna aprendizagem alem dos dominios terrenos.

São Geraldo GTA SA disse...

O ser humano não aceita a realidade de que morrendo nunca mais vai existir. Morrendo a pessoa se torna nada tudo que se passou em vida é como se nunca tivesse acontecido!

São Geraldo GTA SA disse...

o ser Humano não aceita o fato de que, morrendo deixa de existir, torna-se como se nunca tivesse existido pois tudo que se passou em vida se torna zero!

Anônimo disse...

Olha nao se sabe exatamente o que aconteceu, sim a hipotese dos seres espirituais ter se comunicado tem, mas por favor não deixem de acreditar em Deus. quando eu era criança dormi pensando como Deus teria se originado. sonhei com deu e mais seis, seis irmãos sendo que Deus era o mais velho e cada irmão teve uma missão, criar a mais perfeita dimenção. bem para essa dimensão ja se passaram mais de cinco mil anos, mas para nois talvez para deus so foram apenas horas, esses irmãos eram espiritos, e eles existem. bobagem isso que escrevi, mas é melhor acreditar nisto do que duvidar de deus.

Anônimo disse...

Só uma pergunta: Como é que ela pode ter certeza que está gravando informações de pessoas que já partiram? E se existirem seres que não podemos ver, nem tocar, mas que se passam por pessoas que já foram? E se esses seres tiverem o dom de saber tudo o que se passa por aqui?

Tá, eu sei que estou fantasiando um pouco, mas se for possível existir vida além da vida... porque não seria possível existir "pilantras" além da vida? Isso é, seres enganadores se passando por pessoas que já se foram?

A pergunta não é se existe vida após a vida. A pergunta é: Devemos realmente confiar nessas "pessoas" que dizem ser outras pessoas que partiram?

cicera disse...

Acredito sim em vida apos morte,para quem acredita gracas a Deus e para quem nao acredita,dificil será a sua chegada ,pois na vda espiritual nao chegará com nenhum conhecimento,daí sua adaptacao será constrangedora para entender o lugar onde se encontra.

Má Sim disse...

Tenho tantas provas de que existe vida após a morte que se fosse começar a falar não pararia nunca.
Mas taí uma coisa que não vou perder tempo: fazer os outros acreditarem em algo que pra eles é surreal.
Vou deixar por conta do tempo.. um dia eles saberão da verdade.

marcelus disse...

O mundo jaz no maligno como diz a palavra de Deus ,e foi entregue ao domínio satânico ,e como o diabo tem seus poderes ,ele manipula tudo isso e tipo de situações e pessoas q ele usa para enganar a humanidade e também tipo de situações como essa ,de doutorado na puc , ja pensou no peso q isso tem " " enquanto isso,elevai usando e manipulando essas situações , rindo e curtindo na sua mentiras vcficoam como platéia ,kkkk,tb na bíblia diz q somos o palco desse mundo , se vcs pudessem abrir seus olhos espirituais e ver ,a guerras no mundo espiritual talvez acordariam e nao se deixariam mais enganar pelo diabo , também isso serve p discos voadores e outros tipos de coisas supernaturais incompreensíveis a humanidade ,somos palco desse mundo ,e cuidado q Jesus esta p voltar e vcsserao pegos de calca curta envolvidos nesse mistério de mentiras procurando a saída dolabirinto de angano e morte p vcs mesmo, mark dungan

Anônimo disse...

I was wake up Dead...

Anônimo disse...

marcelus, o que vc ``acha´´ que são esse seres não tem a mínima Relevância aqui! isso não é um site cristão, ninguém vai te dar atenção e vc não vai converter ninguém com essa palhaçada bíblica!!!

Anônimo disse...

Eu não duvido de nada !!!
nos somos apenas humanos num mundo cheio de coisas sobrenaturais .
tudo isso existe espíritos,lobisomens,e demônios. por isso não devemos brincar com nada .
só basta ter fé em deus pq deus existe ele éo soberano .
C vcs acham q eu sou loco vao fazer pesquisas sobre coisa sobrenaturais .
onde tem fumaça tem fogo!

arthur kaun disse...

Eu sou kardecistas acreditamos a vida apos a morte e queria saber se e possível se comunicar com esses espíritos sem aparelhos por que já ouvi falar do Chico Xavier ele falava com esses espíritos e psicografava

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

Triste Realidade:

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma super potencia do universo local”. [Bruno G. Moraes]