sábado, 28 de janeiro de 2017

Alta Magia Praticada na África - Materialização das Entidades - Os Zangbeto - Togo - Benin - Senegal - Mistérios Fantásticos - Vodo, Voodoo

Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? [Clique Aqui]

Para os que querem acreditar, nenhuma prova é necessária, para os que não querem, nenhuma será suficiente
[ditado popular]

Eis um tópico extremamente interessante e importante, se trata de praticantes da verdadeira magia/bruxaria na África realizando fenômenos paranormais milagrosos e incontestáveis. Você já ouviu falar dos Zangbeto? Na língua dos povos da África Ocidental Zangbeto significa Guardiões, esses guardiões não são pessoas usando armações de palha e saindo por aí fazendo desfile, se trata na verdade de almas que “veste” essas palhas e prestam serviço espiritual e de vigilância, (SIM! Isso mesmo que você leu!) Veja a série de vídeos abaixo que reuni mostrando as almas animando essas armações de palha, não há ninguém embaixo dessas palhas! E ainda por cima ocorre o fenômeno das materializações! Assista:

As Melhores Cenas dos Fenômenos Praticados na África Ocidental - Zangbetos
((Mistérios Fantásticos))

Videos mais Longos Parte 01 - Alta Magia Praticada na África - Materialização das Entidades - Os Zangbeto, do Togo, do Benin e do Senegal - Magia Vodu:


Videos mais Longos - Parte 02 - Alta Magia Praticada na África, Zangbeto - Togo - Benin - Senegal:


Assuntos Relacionados:

Magia da África - Palo Mayombe - Ocultismo - Tradições - Clique Aqui
Mitologia Africana - Magia, Feitiçaria, Encantamentos - Deuses da África Negra - Clique Aqui

Momento Impossível ser Uma Pessoa, em 1:06:23 do vídeo [Clique Aqui] Confira!
Momento Impossível ser Uma Pessoa, em 1:06:23 do vídeo [Clique Aqui] Confira!
Momento Impossível ser Uma Pessoa, em 1:06:23 do vídeo [Clique Aqui] Confira!
Momento Impossível ser Uma Pessoa, em 1:06:23 do vídeo [Clique Aqui] Confira!

Zangbeto se trata de armações de madeira com palha que simplesmente são controlados por almas invocadas por bruxos da tradição vodu, magia principalmente praticada no Benin, Togo e Senegal

São muitos os vídeos, uns mais antigos, outros mais novos, com diferentes qualidades, alguns são Full HD gravados a pouco tempo, outros são bem ruins, vídeos gravados há décadas atrás, mas todos mostrando o fenômeno sobrenatural das almas tomando, e de alguma forma fazendo essas armações de palha se mexerem como se de fato tivesse alguém ali embaixo. Mas como vai notar, se assistir as gravações, em várias ocasiões essas armações de palha ficam de lado, se mexendo, e dando assim para ver claramente que não tem ninguém dentro, e nem há pessoas a volta colocando a mão, e até mesmo de ponta cabeça a armação fica! É realmente incrível.

Então note como isso é SURPREENDENTE essas armações de palha que são até mesmo pesadas, grandes, simplesmente se mexem sozinhas animadas pelas almas invocadas pelos sacerdotes da magia africana! Isso é algo tão poderoso, tão revolucionário que obviamente os materialistas ateus não tiveram a menor vontade de ir lá “desmascarar” a bruxaria... pois é claro que não vão conseguir, e terão de admitir que a sua religião, o materialismo/Ateísmo que tem como base de Fé a Teoria da Evolução está completamente errada. Pois como dizia David Lee Hull: (escritor americano, historiador, Filosofo da Ciência, ex-presidente da Associação Filosófica da Ciência e da Sociedade para sistemas Biológicos): “Os cientistas frequentemente suprimem ideias com as quais eles discordam. Uma conspiração de silêncio é a arma mais eficaz da comunidade científica, a melhor resposta para um ataque é... nenhuma resposta! Somente se os ataques começarem a atrair convertidos podem os cientistas ser agitados a se defenderem” (The Metaphysics of Evolution -  Stony Brook NY: State University of New York Press, p. 276.).

Materialista/Ateu pseudocético corre do fenômeno da verdadeira Bruxaria da África Ocidental como o rato corre do gato. Eles não querem nem ouvir falar disso... vão meter a mão em ninho de marimbondo? E os cristãos então nem se fala... logo classificam tudo como “coisa do Satanás” e fogem desesperados para debaixo da cama... nem nessas horas o suposto “Salvador”, (jesus), vem socorre-los...

Zangbeto que continua a se mexer mesmo ficando de lado e de ponta cabeça, veja na série de vídeos acima, Clique AQUI!

Segredos e Mistérios que Nunca Foram Revelados:

Muito infelizmente essas tribos da África Ocidental (falo de tribos do Togo, Benin e Senegal) se negam a revelar como são capazes de realizar esses fenômenos. Eles têm uma péssima política de manter sobre sigilo os métodos usados. O motivo para esse sigilo é por que os Zangbeto se tratam de “super armas” que são usadas contra outras populações que queiram invadir e domina-los por alguma razão, (se assistir o vídeo acima o Mago do Togo está falando isso). Não sei se existem histórias dos Europeus na época da colonização tendo problemas por causa disso, mas um fato é inegável,  os Franceses e Ingleses, que dividiram entre si aqueles territórios por muitos anos, tem grande interesse nesses fenômenos e já sabem deles há muito tempo, tanto é que a maioria das filmagens que chegou na internet é de Europeus Franceses e Ingleses que foram lá conferir e registrar os fenômenos.

Aquela região da África sempre foi, e é, bem problemática... aconteceram grandes guerras recentemente como foi o caso da guerra da Libéria e de Serra Leoa, (financiada pelos diamantes de Sangue) existe até o caso dos canibais de combate e seu general que sacrificava crianças antes de cada batalha [Clique Aqui], então como se trata de uma região muito conturbada, com conflitos internos constantes desde tempos imemoriais de alguma forma praticantes do ocultismo deram um jeito de criar essas super armas. Como eles fizeram isso, como começou essa tradição de alta magia nós não sabemos... por que eles não contam! É tipo um segredo “militar”.

Os Zangbeto são criados e colocados para vigiar as aldeias (e agora as cidades) eles capturam agressores, ladrões, e combatem em guerras, (não há vídeos mostrando isso) causam tanto terror que grupos de etnias não praticantes desse Vodun sofisticado ficam longe. Toda aquela região é dominada por etnias rivais que guerreiam entre si desde tempos imemoriais, são bruxos contra bruxos, Zangbetos contra Zangbetos no final vence o melhor bruxo vodu, o que prevalece é os melhores ocultistas.

Mapa da África Ocidental, no centro Togo e Benin, mais acima Senegal, destacados em Vermelho
(Clique Aqui para ver ampliado)

Caso do Bruxo General e Canibal de Combate da Guerra da Libéria, [Clique Aqui] veja o vídeo:   

Como armas de guerra, os segredos de como criar Zangbetos é mantido sob sigilo, apenas algumas etnias dominantes sabe como fazer, eles não revelam aos outros, e assim toda a população fica desunida e em constante estado de guerra

Infelizmente a raça negra tem essa tendencia/característica, é uma raça 'muito furiosa' que se mata mutuamente, muito constantemente, e mesmo entre populações que sabe e pratica a espiritualidade eles parecem serem incapazes de se unirem e manter uma paz duradoura, hoje em dia com a influência ocidental, com a melhoria no conhecimento, tecnologia e medicina a situação está ficando melhor, cada vez mais tranquila, mas ainda é uma região conturbada. Dali daquela região saíram muitos milhões de escravos vendidos aos europeus para serem levados a Cuba, EUA e também Brasil, mas como pode isso? Se esses povos são praticantes de Magia verdadeira e muito poderosa, então como os Europeus (em sua maioria católicos ou Ateus) foram capazes de invadir e escravizar essa gente?

Para compreender é simples... na verdade os Europeus não invadiram ali inicialmente só mais recentemente houve ocupações não violentas, eles apenas comercializavam com os negros, e esses negros (de etnias diferentes e inimigas) faziam guerras entre si (como sempre fizeram) e nessas guerras capturavam os negros inimigos de outras etnias e vendiam para os europeus esses capturados, entre os próprios negros havia sistema de escravidão, (literalmente uma etnia escravizava membros de outras etnias, sendo que todos eram negros). Foi assim que bruxos vodu acabaram virando escravos na mão dos europeus, eles eram bruxos que foram derrotados por outros bruxos mais poderosos... Com esse comércio de escravos para os Europeus foi incentivada mais ainda as guerras na África, e durante séculos o continente Africano foi banhado de sangue como jamais tinha acontecido em toda a sua história até então. Tripos de africanos invadia outras tribos de africanos com a única intenção de capturar seus semelhantes para estes serem vendidos aos Brancos. Os negros então foram (e são) parceiros comerciais dos Europeus, os europeus nunca dominaram aquelas regiões usando de força.

E na linha de frente de toda essa guerra civil africana estava os Magos/Bruxos praticando a sua alta magia para se protegerem, e para dominar e escravizar seus semelhantes. Mais recentemente depois da escravidão ser abolida pela maioria dos países do mundo, (por conta da influência dos Ingleses), a Inglaterra e França passaram a “tomar conta” de toda essa região, e dividiram esse território e população entre eles, mas essa “dominação” na verdade não foi violenta, ela foi conveniente para os negros, os ingleses anexaram muitos territórios africanos em seu “império ultramarino” para protege-los de outros europeus que viessem a querer explora-los, agiram para educar e desenvolver essas populações, e criar assim mercado para seus produtos industrializados, os franceses logo em seguida começaram a fazer a mesma coisa.


Alta Magia sendo pratica na África até hoje, isso que está vendo não se trata de uma pessoa 'vestida' com uma fantasia de palha, é na verdade uma alma que de alguma forma consegue usar essa palha para interagir com os encarnados, é o Zangbeto do Senegal, veja foto abaixo a sequência quando a alma “dança” deixando claro que não tem ninguém dentro, clique AQUI

Veja a cena toda no vídeo acima postado, clique aqui

E foi um sucesso, tanto para Europeus como para os Africanos, essa colonização seguiu até recentemente. O que terminou com isso foi a segunda guerra mundial, os EUA impuseram uma condição a Inglaterra, ela deveria se desfazer de todos os territórios de seu imenso império concedendo independência a todos em troca da ajuda norte americana para derrotar os Alemães. o Império Francês já tinha caído nas mãos dos Alemães e quando esses foram derrotados todos os territórios foram liberados. Assim a partir do fim da segunda guerra mundial todos os países da África foram libertados do “domínio” europeu e voltaram a sua antiga rotina de guerras civis constantes e intermináveis.

Ali no ocidente africano o território que estava sob domínio inglês e francês foi todo fracionado em pequenos e fracos países que vivem em guerras entre si e internamente, os países sede da alta magia tais como Togo, Benin, Gana, Nigéria, Senegal, etc... sofreram com sucessivos golpes políticos e guerras civis, a mais recente foi a guerra na Libéria e Serra Leoa, dois países vizinhos desses da alta magia, mas mesmo na Libéria e Serra Leoa se pratica magia, porém de nível menos especializado. É interessante para se meditar do por que essas populações que praticam a alta magia se atolam em guerras constantes, se matando mutuamente.

A alta magia pode te dar acesso ao mundo espiritual, mas isso não quer dizer que o que virá de lá é exatamente bom... pelo conjunto de todos os fatos históricos daquela região fica claro que aquela população tem sido vítima de forte influência negativa oriunda do plano das almas, talvez justamente por eles deterem os segredos da inteiração com as outras dimensões até esse nível de excelência, mas em vez de usarem esse precioso conhecimento e poder para coisas construtivas curiosamente essas populações a usam de forma bastante destrutiva. Não acho que isso seja “apenas” por causa dos encarnados, da tendencia da raça negra, creio que as almas tem forte participação nisso, a porta é aberta e boas almas passam por ela, e as más também...

Zangbeto fica até mesmo de ponta cabeça, veja o vídeo acima, clique aqui 

De qualquer modo esse conhecimento não deve ser menosprezado, ou classificado como “mal” ele está apenas nas mãos de pessoas que "parece" não estão preparadas para lidar com isso, é como dar um maçarico na mão de uma criança de 5 anos, é obvio que o resultado não será bonito... Mas esse conhecimento e poder nas mãos de gente competente certamente vai fazer a diferença. Ele será usado de forma construtiva, e eventuais influencias negativas poderão ser evitadas, essas influências negativas só não foram evitadas até agora por que esses praticantes não são tão competentes como deveriam,(?) certamente é um caso de se estudar muito bem o método e toda a lógica que isso envolve e ai verificar as falhas e corrigi-las. Mas isso não pode ser feito até que essas etnias privilegiadas que detém o conhecimento o abram para todos. O preço do egoísmo e da ignorância é isso que vemos na África ocidental, a esperança é o compartilhamento e aprimoramento desses conhecimentos para o bem de todos, e com a união mútua.

Ps. Na china existe essa mesma política de segredos, e proibições, (Taoismo) e eles também sofrem as consequências, sofreram no passado com guerras constantes, foram dominados e humilhados pelos europeus, e mesmo hoje em dia continuam sem aprender a lição, o conhecimento nunca é ruim, a ignorância sim é prejudicial.

Momento ‘Impossível ser uma Pessoa Embaixo’, em  23:14 de duração do vídeo:






Mais um “momento impossível ter alguém dentro” - [Clique Aqui, veja toda a sequência]:


Entrevista com a Sociedade Grupo Zangbeto, da cidade de Sigbehoue no Togo
Traduzido e Legendado por Manuela Di Calafiori 
(Transcrição de toda a Legenda do vídeo acima):
Zangbeto fazendo excelente apresentação ao rodar de lado, nos videos que reuni você poderá ver isso também, clique AQUI

O nome da nossa sociedade é Grupo Zangbeto, da cidade de Sigbehoue. Prefeitura de Lake, no sul de Togo. É uma vila localizada à cinquenta quilômetros a leste de Lome, justo na divisa com a fronteira de Benin. Sigbehoue é uma pequena cidade cosmopolita, as pessoas não vivem da pesca, da agricultura, da pecuária, como na maioria das aldeias africanas.

A nossa cidade existe desde a década de 1950. Nossos pais sentiam a necessidade de ter dentro de sua sociedade o que nós chamamos de Vodu, que é sagrado. Vodu é um *fetiche, (Objeto a que se atribui poder sobrenatural ou mágico e se presta culto), criado para proteger nossas vilas contra a ação de criminosos. Quando dizemos “Zangbetos” estamos falando sobre os Guardiões da Cidade. Em todas as sociedades existem pessoas que ameaçam a sua vida ou o que você faz. Portanto, pode existir uma outra população que pretende aniquilar os nossos poderes, assim poderiam dominar-nos ou prejudicar.

É comum as pessoas circularem entre aldeias. Então, alguém de outra aldeia passa por Denin ou por aldeias vizinhas, esta é a forma como as nossas pessoas compartilham os guardiões, os Vodus, alguém de passagem pela aldeia vê que o Vodu local pode proteger nossa vila, então ele se comunica com os praticantes da nossa aldeia, uma vez chegando a um acordo, viajamos para a aldeia do visitante para levar o Vodu a sociedade dele.

O nosso Zangbeto comparado ao de Benin, é o mesmo. Nossos povos foram separados pelo colonizador, mas a população sempre viveu junto. Falamos o mesmo idioma, estamos isolados na mesma planície.

O nome comum de Zangbeto é Azu, mas existem diferentes tipos de Zangbeto. Eles possuem nomes específicos tais como Yagbano, Yagbadede, ou mesmo Abagnoke, nós trouxemos hoje Sakote e Heyusu. Quando falamos em Zangbeto estamos falando da demonstração de seus poderes místicos. Por exemplo, um ovo, podemos pôr um ovo dentro do Vodu. Se dermos a alguém um bastão de madeira, mesmo que o homem seja forte, mesmo que fossem dez homens, tentando quebrar esse ovo com o bastão, ele não vai quebrar, só vai escapulir, saltar.

O homem é produto do meio e sua sociedade evolui, desta forma o Zangbeto, obviamente, evolui também. Da última vez, em uma aldeia vizinha eu vi um show onde um Zangbeto dirigia uma moto. Nós usávamos o telefone, mesmo antes de inventarem os telefones celulares. Porque temos esse poder, das estatuetas sagradas. Se eu tiver uma estatueta, e outra pessoa, mesmo que longe, tiver outra, conseguimos nos comunicar um com outro, podemos nos falar remotamente. Essas demonstrações de força são públicas. As pessoas podem ver isso.

Ás vezes o Zangbeto está em uma lagoa e ele pode mover-se sobre a superfície dessa lagoa para chegar à margem oposta. Durante esses eventos você pode ver como nos comunicamos com o Zangbeto. Você vai ver as pessoas na margem oposta que controlam o Zangbeto com suas estatuetas. Além disso, você vai ver que onde o mago quer que o Zangbeto vá ele vai.

O que é Vodu? É uma brisa. É uma brisa. Certo? É quando se repete encantamentos que ganham vida. O homem africano sempre crê em algo maior, sabendo disso, eu pessoalmente, acredito que quando Deus criou os homens, ele deixou algo aqui embaixo para que nós tivéssemos conhecimento do seu poder”.

Vídeo analise dos mistérios dos Zangbeto, será que se trata de truque?

Respondendo as Criticas
(Sempre que eu encontrar alguma Critica contra esse fenômeno vou procurar rebater e exibirei aqui para todos lerem)
Pseudocéticos... tem pior praga que essa? Tá para ser inventada coisa pior que isso. Tendência humana é completamente voltada para o Pseudocetismo

Como tudo nessa vida, mesmo o fenômeno da alta magia praticada na África é colocada em dúvida por pessoas que defendem outras ideologias tais como o Cristianismo e o Materialismo/Ateísmo. A frase que coloquei bem no inicio do artigo resume o panorama lamentável que podemos verificar. Pois o ser humano é assim, a natureza humana é essa que vemos, as pessoas são pseudocéticas, cínicas, preconceituosas, medrosas, teimosas, mesquinhas, desonestas, preguiçosas e demasiadamente apegadas a sua zona de conforto. Por isso qualquer coisa que venha a contestar, ou eventualmente revolucionar a visão de mundo de alguém é (por padrão) imediatamente rejeitado. A pessoa com a sua “Zona de Conforto em Perigo” fica desesperada e procura qualquer motivo que seja para não aceitar aquela nova informação que a “incomoda”, mesmo que essa nova informação seja melhor, mais clara, e mais justa. No inicio as pessoas num geral rejeitam por padrão qualquer ideia nova, apenas por causa disso, por que é 'nova'. 

Um bom exemplo foi o caso da chamada “Revolta da Vacina” que aconteceu no RJ em 1904 quando multidões de revoltosos protestaram contra a campanha de vacinação contra a varíola. As pessoas são assim e não há muito o que se possa fazer, o que dá para fazer é aguentar (e esperar) as reações alérgicas contra novas descobertas e esclarecer o máximo possível para que as pessoas passem mais depressa da etapa do “Negar, apenas por Negar” para o entendimento, e finalmente a aceitação. E é isso que farei aqui, vou pegar uma critica tola, completamente descabida (bem ignorante) feita por um pseudocético sobre o fenômeno dos Zangbetos e rebate-la. Não vai ser muito longo por que na verdade rebater essa critica é simples, é muito fácil por que ela foi baseada em pura ignorância. Certamente o critico não leu a nossa página, então tá boiando mais do que boi no meio da enchente. É rir para não chorar...

O Youtuber Nino Denani teve a ousadia de fazer uma pesquisa medíocre, consultar fontes contaminadas (desqualificadas) e com muito orgulho espalhar o resultado pífio fazendo um vídeo horroroso (como poderão conferir). Como poderão notar, o pobre rapaz é completamente sem noção do ridículo, é mesmo muito patético... se conseguirem assistam o que esse pseudocético divulgou, ai depois leia o meu comentário que postei lá.

Titulo: Zamgbetos, os Caminhantes da Noite (opinião de um pseudocético - Nino Denani) - Vídeo AQUI
Nino Denani, pseudocético, pesquisar medíocre, incompetência, fonte de desinformação

Meu comentário (postei lá, mas aqui no site vai ser mais completo): ??????? Oh... Nino, eu ouvi bem? Você disse que “desmistificou” essa história de “sobrenatural” dos Zangbeto? Diz que tem pessoas embaixo das armações, e você o “velho chato” conseguiu provar? É sério que acredita nisso? Você deve estar de brincadeira né? Isso é uma piada né Nino Denani?? Ai você (como o incompetente e passa fome que você é) apenas liga, ou manda e-mail para pessoas da Nigéria, um país rival do Benin e do Togo, que inclusive fala inglês, que inclusive é dominada por cristãos e islâmicos, sendo que apenas uma minoria da população Nigeriana pratica (e sabe) das tradições antigas, e pede para ELES te dizer o que acham?! Você liga para pessoas da área acadêmica para perguntar se os Zangbetos são movimentados por almas? E ACREDITA no que eles te conta? É sério isso? Você mesmo não foi lá pessoalmente levantar as armações e dar umas porradas nos neguinhos que ficam fingindo que são almas?

Ai depois de consultar Pseudocéticos cristãos e islâmicos tem coragem de vir aqui no Youtube dizer que “desmascarou essa farsa toda”? Você não tem vergonha na cara não né Nino Denani? Qual a sua ideologia? Homem de Barro ou Macaco Pelado? Cada coisa que se acha na internet... Putz!

Prosseguindo: A Nigéria é uma país que foi governado e era parte do império inglês. Os ingleses educaram os nativos impondo a sua religião e procurando desqualificar a deles. Eles tiveram muito sucesso, a grande maioria da população da Nigéria é de Cristãos, sendo que o Islamismo também foi disseminado lá por povos árabes do norte da África e por isso a segunda religião dominante é o Islamismo. Apenas uma pequena parcela da população ainda cultua e pratica a antiga magia dos seus ancestrais. Veja os números: AQUI 49,3% da população é de cristãos, 48,8% são de islâmicos e apenas 1,9% se declaram ateus ou praticantes de cultos ancestrais. Isso sem contar que as etnias da Nigéria são inimigas/rivais de etnias do Togo e Benin. Pois os magistas de verdade, os Bruxo de alto nível estão nessa área do Benin e Togo. Já nesse vasto território que abrange a Nigéria os povos ali são bem mais ignorantes e por isso mesmo foram feitos de 'gato e sapato' pelos europeus. A vantagem foi que a população foi educada falando inglês o que possibilita (facilita) o crescimento da economia.

Então é como eu disse, a fonte de onde ele foi buscar informação/opiniões foi a pior possível, pior que isso só perguntando para o Richard DawkinsSe alguém tem dúvidas sobre se tem pessoas dentro das palhas, se as materializações são fraudes, então vá lá no Togo e no Benin, assim também como no Senegal e presencie pessoalmente. Verifique lá com seus próprios olhos e mãos, se tem mesmo gente fingindo ser alma, dentro das armações. E inclusive se acharem por bem, mete a porrada nesses eventuais charlatões. Afinal né? São apenas “neguinhos desnutridos, safados metendo o loco na galera toda”. E Boa Sorte! Vão precisar... 

Links recomendados para pesquisa:

- PseudoCéticos - Quem são Eles? Você é Um?? - Ciência Honesta e Lúcida - Ceticismo: https://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/08/pseudoceticos-reconheca-os-arme-se.html

- Sofistas - Falsos Sábios, Ilusionistas do Saber - Os Malandros da Grécia Antiga - Retórica - Controvérsias: https://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/10/sofistas-falsos-sabios-ilusionistas-do.html

Os Tambores da África bateram forte ontem pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva - em 11/02/2006
[Fontes, Clique Aqui e Aqui

Os adversários políticos não tem nenhuma chance, magia verdadeira garante vitória na maioria das vezes, caso Collor Clique Aqui

Cidade de OUIDAH (Benin), (AG) - Os tambores da África bateram forte ontem pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Se estava preocupado com a urucubaca lançada pelos adversários no Brasil, (como disse recentemente), ele pode ter saído do Benin, berço do vodu, com o corpo fechado para enfrentar a ferrenha disputa que se anuncia esse ano (reportagem de 2006). O presidente passou a tarde toda sendo reverenciado com orações e danças feitas por feiticeiros vodus, líderes tribais e pelos descendentes de escravos brasileiros que formam uma espécie de colônia de brasileiros em Ouidah, nos arredores de Cotonou, capital do paupérrimo Benin (África Ocidental). Todos os preparativos para recepcionar e pedir proteção ao presidente brasileiro foram feitos pelo “chachá” (Xáxá) Feliciano Julian de Souza, descendente e herdeiro do milionário baiano Francisco Félix de Souza, o maior traficante de escravos do país para o Brasil no século XVIII (esse traficante aliás é Negro, diga-se de passagem).

O ritual começou com Lula passando por cima de uma água muito limpa oferecida numa cuia por uma menina de 11 anos. De um lado, três feiticeiros, chamados de fantasmas vodus, dançavam e oravam por ele. (veja sobre os Zangbetos Clicando Aqui) Segundo um líder local, são espíritos de pessoas mortas que voltam para abençoar e fechar o corpo da pessoa homenageada contra tudo o que tem de ruim. (veja mais sobre o assunto no link acima indicado). Do outro, um grupo de africanos e africanas faziam a dança. Os beninenses adoram os espíritos vodus como deuses, (Benin e Togo são as nações que praticam a mais alta magia da África, depois vem Senegal).

Enquanto participava de uma solenidade na “Maison Chachá”, (Mansão do X´xá) uma enorme construção inacabada onde ele mora com oito mulheres e 23 filhos, Lula respondeu com um largo sorriso se tinha tido o corpo fechado com as rezas e batuques. Com a gargalhada, seguiu dançando no embalo de um grupo típico local e de mulheres africanas que dançavam, batiam palmas e entoavam ritmadamente um canto em que diziam: “brigado presidente Lulá!”. No final do dia Lula confessou que deixava Ouidah mais leve.

- “Vocês estavam acompanhando o tempo todo. Acho que até vocês estão mais leves” - disse o presidente. Em Ouidah existem dois portais que se abrem para o mar. O primeiro se chama “Portão do não-retorno”. Dali partiram milhares de escravos para o Brasil e para outras partes do mundo. O outro monumento se chama “Portão do Bom retorno” e é uma referência aos escravos que conseguiram retornar. Ou aos que o corpo não voltou, apenas o espirito. Lula depositou flores no primeiro.

Em seguida ele foi recebido na casa do vice-rei do Dahomé Julien de Souza, num cortejo formado por suas oito mulheres e negros africanos que os protegiam com duas tendas coloridas e bordadas. Tudo muito parecido com os hábitos dos antigos reinos africanos. O oitavo Chachá é reverenciado como o verdadeiro rei pela comunidade local. É um poderoso senhor de terras e dono de uma fortuna de U$ 51 milhões. Mas para não pagar imposto nunca pintou seu palácio. O primeiro ato de Lula, entretanto, foi descerrar uma placa de inauguração da obra inacabada.

Desta vez Lula não chorou nem pediu perdão pelo grande número de escravos embarcados para o Brasil. Mas anunciou que seu governo faria tudo para ajudar o Benin, na área de assistência médica, agricultura, cultural e educacional, com o recebimento de jovens beninenses para estudar nas universidades brasileiras. - “O Brasil deve muito ao povo africano. Muitos homens e mulheres livres foram vendidos e comercializados como escravos na América. Lá, com sofrimento e trabalho, ajudaram a construir o meu país. Não adianta ficar só chorando o que aconteceu no passado. É preciso construir o futuro. Nunca mais o Brasil voltará as costas ao povo africano” - disse Lula, sendo aplaudido e ovacionado com os gritos de guerra das famílias Silva e Souza presentes. Em Ouidah, no Museu Histórico, Lula inaugurou a exposição do antropólogo e fotógrafo brasileiro Milton Guran sobre a comunidade de descendentes brasileiros no Benin.

Imagens dos Zangbeto o fenômeno sobrenatural ainda praticado hoje em dia na África Ocidental 






Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: materialização de espíritos, almas, alma, espirito,allan kardec,chico xavier, psicografia,zangbeto como funciona, zangbeto explicação, zangbeto falso, zangbeto fake, zangbeto explained, zangbeto verdade ou mentira, zangbeto é real, zangbeto o que é?, zangbeto farsa, zangbeto como funciona, zangbeto explicação, zangbeto fake, zangbeto explained, zangbeto falso, zangbetos wikipedia, zangbeto e farsas, zangbeto falso, zangbeto fake, zangbeto farsa, Revelado a farsa, fake, como funciona, truque, revelado,Edelarzil Munhoz, Votuporanga, A Mulher do Algodão,Fenômeno do Algodão,Super Paranormal, Autêntica, Verdade, padre quevedo, Rede Globo, globo, globo repórter, Nino Denani, livro Se meu pai é Ogum, demônios, diabo, jesus, africa, Alta Magia, na África, africana, Full HD, hd, Materialização, das Entidades, Os Zangbeto, Togo,Benin,Senegal,Mistérios, Fantásticos, fenômenos, bahia, ilha de itaparica, salvador, fenômeno, paranormal, vodo, vodu, pai de santo, mãe de santo, psíquico,Alta Magia na África,Materialização, das Entidades,Os Zangbeto, togo, benin,Senegal,Vodo, Voodoo, bruxaria, bruxo, ,fiesta, vodun,Benin, Zangbeto Celebration, Voodoo in Benin, voodoo, Vodoun, Zangbéto, du Bénin, Sètinmé - Vodoun Zangbéto BENIN, Culto a, Babá Egún, na África,Alta magia, em Benin, Togo, Senegal,  Zangbetos, Miracles of, Zangbeto, Fenômeno, Sobrenatural,Ritual de Magia, em Benin,África,Poltergeist,Materialização,Bruxaria, Culto de Egúngún, Senegal,Materialização, de espíritos, espírito, espíritos, materializados, fenômeno, aparição, de espíritos, espiritismo, allan Kardec, livro dos espíritos, doutrina espírita, Chico Xavier, Waldo Vieira, nosso lar, Conscienciologia, Projeciologia, materialização de espíritos, materializações em uberaba, materialização de almas, Zamgbetos, os Caminhantes da Noite, entrevista de Nino Denani https://tamboresdeorunmila.blogspot.com.br/2013/05/entrevista-com-nino-demani-autor-do.html, Fake, farsa, truque, fraude, mentira, magica, truque de mágica, 

21 comentários:

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Zangbeto são os tradicionais vodu guardiões da noite, na religião iorubá de Benin e Togo , que são conhecidos como o "Nightwatchmen". Semelhante a egunguns , eles são altamente reverenciado e agir como uma força policial não oficial patrulhando as ruas, cuidando de pessoas e rastrear criminosos e apresentá-las à comunidade para punir. Originalmente criado para assustar o inimigo para longe, Zangbeto vai passear pelas ruas para detectar ladrões e bruxas, e para obter a lei e a ordem.

Zangbeto é um traje que se assemelha a um palheiro esse traje é então tomado por uma alma e pode sair se mexendo como se tivesse alguém ali em baixo controlando, mas na verdade não tem. Os sacerdotes que criam esse fenômeno sobrenatural são capazes de cair em um transe que, de acordo com a tradição, permite que seus corpos sejam habitados por espíritos que possuem um conhecimento especial das ações das pessoas.

Tradicionalmente os sacerdotes criadores dos Zangbetos eram os policiais do Benin e eram os principais guardiães do direito no país antes do estabelecimento da lei oficial. Diz-se que eles formam uma sociedade secreta que só pode ser rigorosamente atendida por Zangbetos, e quando em transe são ditos ter habilidades mágicas, como engolir fragmentos de vidro sem chegar a qualquer dano e assustar até mesmo bruxas. Em um transe, o Zangbeto são disse para evocar um poder que habitou a terra muito antes do aparecimento do homem e fornecer uma fonte de sabedoria e continuidade para o povo do Benin.

Anônimo disse...

Pena que o artigo anterior, sobre a magia na África, não esteja mais acessível na versão para celular.
Os artigos ultimamente têm sido muito bons. Acho que deveriam ficar disponíveis por mais tempo na versão para android.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Não entendi anônimo, todas as paginas do Sete Antigos Heptá estão disponiveis em todos os formatos online, esse problema que deve estar encontrando não tem a ver com o site mas sim com algum problema no seu celular.

Artigo: Magia Africana - Candomblé - Umbanda - Vodu - Voodoo - Magia da África - Palo Mayombe - Ocultismo - Tradições: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2014/05/magia-africana-candomble-umbanda-vodu.html

Anônimo disse...

Essa matéria é extremamente interessante. Parabéns !
Nunca tinha sequer ouvido falar nisto, apesar de vivermos num país onde a raça negra predomina. Mas os negros que vieram pra cá já sofreram miscigenação e a sua religião ou crenças, quando não foram combatidas pelos fundamentalistas cristãos, acabaram sofrendo com o sincretismo e se descaracterizando muito. Desse modo, os cultos "africanos" no Brasil têm realmente muito pouco de africano agora. O que se vê é muito pai-de-santo boiola e mãe-de-santo trambiqueira - todos só pensando em arrancar a grana das pessoas, como fazem os mafiosos evangélicos. Mas ainda assim, é possível encontrar algumas excessões entre os praticantes dos cultos de origem africana.

Porém, perto desses cultos africanos legítimos mostrados na matéria, o que se vê por aqui em termos de umbanda, e no candomblé, é coisa que fica muito aquém. Vemos, lá na África, manifestações e fenômenos autênticos e poderosos. E sem aquelas firulas de querer ficar ocultando as coisas, pois tudo é demonstrado ostensivamente pra qualquer um ver, até mesmo em plena luz do dia.
Magnífico.

Antonio Jorge disse...

Impressionante !!!
Tudo isso é de arrepiar !!!

Brenerr Brener disse...

Existe uma diferença muito grande no que os nativos acreditam ser e o que é de fato, eles conseguem invoca-los mas sera que seu entendimento
a respeito do que e de fato pode ser considerado como verdadeiro?

foi mencionado que um cristão chamaria isso de satanás mas em certo momento o text diz:

Zangbeto se tratam de “super armas” que são usadas contra outras populações que queiram invadir e domina-los

se esse fenômeno tem o poder de causar algum mal ao ser humano acredito que chama-los de demônios ou satanás não seria tão descabido rsrs


Respeitando a crença dos nativos no que eles acediam ser, seria interessante entender o motivo da materialização, entender por que e como são conjurados e principalmente se ''aquilo" possui algum tipo de consciência
é impossível determinar o que é a não ser pelo ponto de vista dos próprios nativos.


Mais é de fato impressionante, um fenômeno capaz de rever crenças e conceitos, algo que realmente desafia a ciência.



Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Brenerr Brener até onde eu pesquisei se trata de almas dos ancestrais deles, são guerreiros que já morreram, e de alguma forma os magos/bruxos dessa tradição conseguem semi-materializa-los o suficiente para eles conseguirem mover as palhas, e causar algum dano aos inimigos da Tribo.

Sobre chamar isso de "demônios" é pura ignorância, é coisa que só os bossais cristãos fazem.

Se eles fazem mal aos "seres humanos", sim... se esses forem inimigos da tribo do Bruxo, um policial faz mal para as pessoas? Para os bandidos sim, inclusive os bandidos costumam chamar os policiais de "demônios".

Os Zangbetos protegem a tribo, e o Bruxo de todas as outras populações. São fieis a sua tribo.

Anônimo disse...

Eu gostei muito da entrevista com o membro da Sociedade Zangbeto. Aquela entrevista devia ter sido melhor explorada por que a pessoa disse coisas muito relevantes.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Pai de Santo Materializa - Fenômeno - Luiz Tayandô - Babalorixá - Pajelança: https://www.youtube.com/watch?v=xEOBoLl8nTE Materialização de Sangue, espinhos de peixe venenoso e um escorpião preto.

Rangel Silva disse...

É a primeira vez que vejo e leio algo a qual eu desconhecia totalmente...extremamente interessante e até um pouco assustador ! Não deixa duvidas da existencia de espiritos ou seja la como se queira chamar.!

Anônimo disse...

Que super armas kkkk uma bosta de um espírito pulando debaixo de uma palha kkkk, não e em vão que a África vive um inverno, pois entregam sua segurança a um fantasma que roda na palha kkkkkk

Saulo Galindo disse...

GOSTO DE PESQUISAR SOBRE A CULTURA AFRO. MAS ISSO É DIFERENTE ESTOU IMPRESSIONADO, QUERO ACREDITAR QUE EXISTA ALGUEM ALI DENTRO. SE NÃO TENHO EU MESMO REVER MEUS CONCEITOS.PORQUE SERÁ QUE SE CALAM QUANTO A ESSE "FENÔMENO" SERÁ QUE É PORQUE OS QUE COMBATEM ACHAM QUE TUDO É TRAMBICAGEM E SE DEPARAM COM ALGO QUE NÃO CONSEGUEM REFUTAR?

Saulo Galindo disse...

AMIGO, O QUE MAIS EXISTE NA ÁFRICA QUE NÃO SABEMOS NESSE MESMO SENTIDO. TEM PESQUISADO MAIS ALGUMA COISA? POR FAVOR MEU EMAIL saulogalindo2@gmail.com

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Zamgbetos, os Caminhantes da Noite (opinião de pseudocético)- Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=5MJ1nXOFrdQ

Nossa Resposta: ??????? Oh... Nino, eu ouvi bem? Você disse que "desmistificou" essa história de “sobrenatural” dos Zangbeto? Diz que tem pessoas embaixo das armações, e você o "velho chato" conseguiu provar? Você deve estar de brincadeira né? Isso é uma piada né Nino Denani?? Ai você (como o incompetente e passa fome que você é) apenas liga, ou manda e-mail para pessoas da Nigéria, um país rival do Benin e do Togo, que inclusive fala inglês, que inclusive é dominada por cristãos e islâmicos, sendo que apenas uma minoria da população Nigeriana pratica (e sabe) das tradições antigas e pede para ELES te dizer o que acham? Você liga para pessoas da área acadêmica para perguntar se os Zangbetos são movimentados por almas? E ACREDITA no que eles te conta? É sério isso? Você mesmo não foi lá pessoalmente levantar as armações e dar umas porradas nos neguinhos que ficam fingindo que são almas? Ai depois de consultar Pseudocéticos cristãos e islâmicos tem coragem de vir aqui no Youtube dizer que “desmascarou essa farsa toda”? Você n]ao tem vergonha na cara não né Nino Denani? Qual a sua ideologia? Homem de Barro ou Macaco Pelado? Cada coisa que se acha na internet... Putz!

- Alta Magia Praticada na África - Materialização das Entidades - Os Zangbeto - Togo - Benin - Senegal - Mistérios Fantásticos - Vodo, Voodoo: https://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2017/01/alta-magia-praticada-na-africa.html

- PseudoCéticos - Quem são Eles? Você é Um?? - Ciência Honesta e Lúcida - Ceticismo: https://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/08/pseudoceticos-reconheca-os-arme-se.html

- Sofistas - Falsos Sábios, Ilusionistas do Saber - Os Malandros da Grécia Antiga - Retórica - Controvérsias: https://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/10/sofistas-falsos-sabios-ilusionistas-do.html

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

No Youtube pessoa comentando no vídeo sobre os Zangbetos, onde uma porção de cristãos estão maldizendo o povo africano por que eles "Idolatram Demônios" Por BigBoss Bio:

Depois de ler alguns comentários. Definitivamente não quero mais papo com o cristianismo. Eu não entendo pra que tanto ódio gratuito. Ficam achando bem feito na desgraçada alheia por causa da religião. Sério isso? Dizem que eles vão pro inferno e vocês vão pro céu é? Ficar se gabando de quem se fudeu e cantanto aleluia. Ahhh vão se ferrar. Eu tenho respeito e mesmo não sabendo nada sobre o que vi neste vídeo, fiquei impressionado, mas nem por isso tô fazendo cu doce religioso. "tadinho deles vão pro inferno". Se eles forem mesmo, tu também vai seu intolerante escroto.

andré disse...

Prezado, esse vídeo do vodum girando sobre uma vara, em alguns vídeos no youtube parece, eu digo parece, que a gente vê dois pezinhos de vez em quando, pisando o chão. Mas de fato, nesse que você postou, há um momento em que a vara fica em um ângulo impossível de se explicar sem que se justifique pela magia.

andré disse...

Sr. Bruno, lamento te informar, não fique bravo comigo, ok? Sou iniciado no Candomblé. Mas há nessa palha uma pessoa. Analisamos o vídeo, peço que dê uma olhada nesse site onde fizemos uma análise, com fotos:
https://vk.com/topic-73679981_35651917?post=753206
Há um momento, na verdade em menos de um segundo, em que se vê a silhueta de uma pessoa, isso lá pela 1h6m23s.
Veja a análise e tire suas próprias conclusões.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Senhor Prof. André Greff (perfil do Blogger diz que é Professor/Advogado de Dourados, MS, Brasil). Eu respondi lá no debate que indicou. https://vk.com/topic-73679981_35651917?offset=160

Obrigado pela indicação, e vamos seguir por lá agora ok?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Pessoa no Youtube: Ghost Gameplays - Egungum é o espírito ancestral de pessoa importante, homenageado no culto aos egunguns. Esse culto é feito em casas separadas das casas de orixá. No Brasil, o culto principal a egungum é praticado na ilha de Itaparica, no estado da Bahia, mas existem casas em outros estados. Normalmente, é chamado de Babá (pai) Egun e Babá-Egun. Também pode ser referido como Êssa, nome dos ancestrais fundadores do Aramefá de Oxóssi (conselho de Oxóssi, composto de seis pessoas). Ou Esa, espírito dos adoxu e dignitários do egbe (casa). Os nagôs cultuam os espíritos dos mais velhos de diversas formas, de acordo com a hierarquia que tiveram dentro da comunidade e com a sua atuação em prol da preservação e da transmissão dos valores culturais. E só os espíritos especialmente preparados para serem invocados e materializados é que recebem os nomes egum, egungum, Babá Egun ou simplesmente Babá (pai), sendo objetos desse culto todo especial.

Porque o objetivo principal do cultos dos eguns é tornar visíveis os espíritos dos ancestrais, agindo como uma ponte, um veículo, um elo entre os vivos e seus antepassados. E, ao mesmo tempo que mantém a continuidade entre a vida e a morte, o culto mantém estrito controle das relações entre os vivos e mortos, estabelecendo uma distinção bem clara entre os dois mundos: o dos vivos e o dos mortos (os dois níveis da existência). Assim, os babás trazem, para seus descendentes e fiéis, suas bênçãos e seus conselhos mas não podem ser tocados, e ficam sempre isolados dos vivos. Suas presença é rigorosamente controlada pelos ojé (sacerdotes do culto) e ninguém pode se aproximar deles.

Os egunguns se materializam, aparecendo para os descendentes e fiéis de uma forma espetacular, em meio a grandes cerimônias e festas, com vestes muito ricas e coloridas, com símbolos característicos que permitem estabelecer sua hierarquia. Os Babá Egun ou Egun Agbá (os ancestrais mais antigos) se destacam por estar cobertos com uma roupa específica de egum, chamada de eku na Nigéria ou "opá" na Bahia: são enfeitadas com búzios, espelhos e contas e por um conjunto de tiras de pano bordadas e enfeitadas que é chamado abalá, além de uma espécie de avental chamado "bantê", e por emitirem uma voz característica, gutural ou muito fina.

Os Aparaká são eguns mais jovens: não têm abalá nem bantê e nem uma forma definida; e são ainda mudos e sem identidade revelada, pois ainda não se sabe quem foram em vida. Acredita-se, então, que, sob as tiras de pano, encontra-se um ancestral conhecido ou, se ele não é reconhecível, qualquer coisa associada à morte. Neste último caso, o egungum representa ancestrais coletivos que simbolizam conceitos morais e são os mais respeitados e temidos entre todos os egunguns, guardiães que são da ética e da disciplina moral do grupo. No símbolo egungum, está expresso todo o mistério da transformação de um ser deste mundo num ser do além, de sua convocação e de sua presença no Aiyê (o mundo dos vivos). Esse mistério (Awô) constitui o aspecto mais importante do culto.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Thamara Romana no Youtube: Meu avô de 95 anos q nunca vê tv e nunca assistiu tais programas, disse-me q seu pai (meu bisavô) era um curandeiro e desaparecia tbm na frente das pessoas qdo assim o desejasse. Ele fazia garrafada e benzia matas em chamas para ñ matar os gados, apenas com uma vara riscando no chão e rezas. Todos da cidade conhece o nome do meu bisavô. Ele nasceu e morou e morreu em Monte Santo-Bahia.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

San Castil: Oct 29, 2017 at 14:45:36

Escravidão começou entre os próprios negros, Os negros mais fortes, poderosos, vendiam os negros "indefesos", que não tinham poder nenhum. Começaram a guerrear e se escravizar entre si.Era negros contra negros.
São guardiões destas aldeias.E esse grupo Zangbeto era pra proteger as aldeias de ladrões.Só algumas etnias sabem controlar os Zangbetos.
Eles não espalham.É um segredo muito bem guardado.Ninguém sabe como surgiu isso, como eles conseguem fazer isso... mistério que precisa ser estudado.

GoogleAnalytics

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. (Bruno Guerreiro de Moraes)