domingo, 5 de julho de 2009

Evolução - Charles Darwin

Aqui nesse excelente vídeo, o Dr. Steven A. Austin um Ph.D. em Geologia pela Universidade do Estado da Pennsylvania [EUA] prova por A+B que Darwin se equivocou sobre uma questão cientifica quanto ao mundo natural.

Esse claro foi um dos MUITOS erros de Darwin, um Naturalista Inglês amador que exercia o oficio de Biólogo a título de Hobby e não de carreira (ele estudou para ser pastor Anglicano).



Darwin, por causa de pré suposições referentes a Natureza, ele se equivocou em inumeras opiniões, inclusive sobre a Teoria da Evolução.

O Dr. Steve então explica o que por ele errou, e deixa claro que o erro ocorreu por causa de 3 fatores principais (que servem para explicar todos os erros interpretativos dos evolucionistas desde então).


- 1) Ponto de vista corrompido por pré-suposições fortes antes mesmo de ver por si mesmo o local (vale do Rio“Santa Cruz”, Argentina).

- 2) Lia o livro errado, por isso levava no mente os pensamentos de um cientista que defendia teses inadequadas para interpretar a natureza.

- 3) Usava de uma metodologia equivocada, uma ciência imprecisa, uma forma errada de ver o mundo.

Esses 3 fatores como “lentes”, distorcia a visão de Darwin fazendo assim com que se equivocasse quanto as suas hipóteses.

O Dr. Steve termina dizendo:

Darwin errou aqui no Santa Cruz, onde mais ele pode ter errado?

Esse exemplo brilhante e simples (como uma boa teoria cientifica deve ser) demonstra com clareza o por que os Darwinistas em geral erram ao interpretar a natureza.

Esses 3 exemplos podem ser estendido a todos os Darwinistas.

Desde 1859, pouco “evoluiu” a perspicácia dos defensores da Teoria da Evolução. Uma vergonha para a classe cientifica, uma tragédia para a ciência.

A Teoria da Evolução tem sido contestada por vários ramos da ciência moderna, físicos, cosmólogos, químicos, geólogos, paleontologistas, arqueólogos, biólogos, etc... tem se juntado ao coro dos que querem a Teoria da Evolução enterrada e esquecida para sempre.

Darwin, motivo de Piada entre os maiores e mais brilhantes intelectuais do mundo moderno

Uma ameba não se transforma em uma Vaca, nem Sapos viram príncipes, nem Macacos viram Homens...

Há não ser é claro na cabeça sonhadora dos Ultra-Neon-Darwinistas que não querem enxergar a realidade tão obvia da Natureza.



A Teoria da Evolução é PURA INSANIDADE!


Uma Dissensão Científica Contra o Darwinismo


"Nós somos céticos das afirmações da capacidade da mutação aleatória e da seleção natural explicarem a complexidade da vida. Um exame cuidadoso da evidência a favor da teoria darwinista deve ser encorajado."

Durante décadas recentes, novas evidências científicas de muitas disciplinas científicas como a cosmologia, física, biologia, da pesquisa de "inteligência artificial", e de outras áreas fez com que os cientistas começassem a questionar o dogma central darwinista da seleção natural e a estudar com mais detalhes a evidência que a apóia.
Mesmo assim, os programas das TVs públicas, os documentos das políticas educacionais, e os livros-texto de ciência têm afirmado que a Teoria da Evolução de Darwin explica completamente a complexidade das coisas vivas.

Ao público tem sido assegurado que toda a evidência conhecida apóia o darwinismo e que virtualmente todo cientista no mundo acredita que a teoria é verdadeira.

Livro a "Origem das Espécies", uma vergonha para a ciência, um equivoco que vai manchar a história da ciência para sempre.

Os cientistas nesta lista contestam a primeira afirmação e se levantam como testemunho vivo contradizendo a segunda. Desde quando o Discovery Institute lançou esta lista em 2001, centenas de cientistas têm se manifestado corajosamente para assinarem seus nomes.

A lista está crescendo e inclui cientistas da Academia de Ciências dos Estados Unidos, das Academias de Ciências Nacionais da Rússia, da Hungria, da República Checa, do Brasil, e de universidades como Yale, Princeton, Stanford, MIT, UC Berkeley, UCLA, e outras (UNICAMP, USP).

Uma Dissensão Científica do Darwinismo:

"Nós somos céticos das afirmações da capacidade da mutação aleatória e da seleção natural explicarem a complexidade da vida. Um exame cuidadoso da evidência a favor da teoria darwinista deve ser encorajado."

Clique aqui para o download do PDF da cópia da lista da Dissensão Científica do Darwinismo
Clique aqui para saber como você adicionar o seu nome à lista da Dissensão Científica do Darwinismo
Quem pode assinar a declaração?

Os signatários da lista da Dissensão Científica do Darwinismo devem ter o grau de Ph. D. numa área científica como a biologia, química, matemática, engenharia, ciência da computação, ou uma das outras ciências naturais; ou devem ser médicos e atuarem como professor de medicina.

Os signatários também devem concordar com a seguinte declaração:

"Nós somos céticos das afirmações da capacidade da mutação aleatória e da seleção natural explicarem a complexidade da vida.Um exame cuidadoso da evidência a favor da teoria darwinista deve ser encorajado."

Se você preenche estes requisitos, favor considerar a assinatura da declaração enviando por e-mail a seguinte informação para:

Coloque:

1) - NOME QUE VOCÊ DESEJA QUE CONSTE NA DECLARAÇÃO.

2) - GRADUAÇÃO (inclusive ÁREA e UNIVERSIDADE – e.g., Ph. D. em Biologia Molecular, UFMG –Universidade Federal de Minas Gerais).

3) - POSIÇÃO ATUAL (e.g., Professor de Astronomia, UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, ou cientista pesquisador, Corporação XYZ). Se você estiver trabalhando atualmente na área privada, você será identificado pela sua graduação em vez de sua posição.

4) - COMENTÁRIOS — Por favor, se você quiser, declare brevemente por que você duvida do Darwinismo.

Artigos relacionados:


- Pagina de índice, todos os artigos que vão contra a Teoria da Evolução:

Nenhum comentário:

GoogleAnalytics

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]