segunda-feira, 2 de abril de 2012

Ayahuasca - Santo Daime - Tabu Brasil - National Geographic - Documentário

Nesse documentário do National Geographic é apresentado algo sobre a Ayahuasca, uma “planta de poder” que provoca um efeito que a grande maioria das pessoas identificam como “abertura da percepção”. Eu dono desse site nunca experimentei, mas já conversei com dezenas de pessoas que a tomaram, e segundo essas pessoas, a tal bebida não provoca nenhum mal, apenas benefícios, e trás algum entendimento sobre a natureza do universo e da vida. Se bem que reconhecem que o “Salto” aplicado por mim trás mais e melhor autonhecimento. 

Chá feito com a planta amazônica Ayahuasca pode ser milagroso
 
Pelo sim ou pelo não, considero que o caso merece ser investigado, e é isso que o National Geographic faz, mostrando evidencias a favor e contra. Se bem que as opiniões infelizes dos pseudocéticos apresentados bem que poderia ter sido dispensado...

Veja o documentário, apesar de dividido em varias partes no Youtube, aqui ele passará como se fosse apenas um de longa duração. Ps. As duas ultimas partes é de outro DOC, e mostra algumas informações interessantes, esse do History Channel

Lista de Reprodução: [Clique Aqui]

Segue uma descrição sobre Ayahuasca:

Substancias da natureza podem trazer abertura de consciência momentânea

Ayahuasca é uma bebida produzida a partir de duas plantas amazônicas: Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis. O nome significa cipó dos mortos. O nome ayahuasca designa tanto o cipó como a bebida dele preparada entre as traduções para esse nome estão "cipó do homem morto" (aya significando espírito, morto ou ancestral, e huasca significa vinha ou corda) liana das almas', cipó dos espíritos, cipó da pequena morte', vinho da alma'. Os nomes além do significado literal referem-se à elementos de sua significação cultural a exemplo de 'professor dos professores', planta professora, entre outros. Nas religiões hoasqueiras o cipó é conhecido como mariri ou jagube e a folhas do arbusto da família das Psychotria como chacrona ou rainha e a bebida como hoasca, daime ou vegetal. A Banisteriopsis caapi e a bebida são também conhecidas por seus nomes indígenas.

Índios bebem há milênios 

Segundo algumas correntes de defensores do seu uso religioso e ritualístico, a hoasca não é um alucinógeno. Seus defensores preferem utilizar o termo enteógeno (gr. en- = dentro/interno, -theo- = deus/divindade, -genos = gerador), ou "gerador da divindade interna" uma vez que seu uso se dá em contextos ritualísticos específicos. Segundo os relatos dos usuários, a hoasca produz uma ampliação da percepção que faz com que se veja nitidamente a imaginação e acesse níveis psíquicos subconscientes e outras percepções da realidade, estando sempre consciente do que acontece - as chamadas mirações. Os adeptos consideram esse estado como supramental "desalucinado" e de "hiperlucidez" ou êxtase. Num contexto religioso, tais fenômenos são atribuídos à clarividência, projeção da consciência, acesso a registros etéricos (arquivos akáshicos) ou contatos espirituais. Noutras experiências, dependendo da formulação de cada grupo e tolerância particular, o estado alterado se dá pelas visões interiores próximas de um estado meditativo, em que o usuário consegue distinguir tais visões ou "mirações" pessoais da "realidade exterior". A hoasca provoca alteração da consciência sem causar danos físicos.


Muitos consumidores atribuem à substância propriedades curativas, como reativar órgãos danificados e melhoras em quadros de dependência química, por exemplo. De fato, não há dependência física conhecida, ainda que a necessidade intrínseca do uso da planta em todos os ritos para se atingir estados alterados seja visto por alguns como manifestação de uma dependência psíquica bastante estimulada pelo contexto religioso e social. Existe também um estudo, realizado com desenho duplo-cego controlado com placebo, que demonstrou que a ayahuasca, administrada de forma aguda para consumidores com larga experiência com a bebida, reduz sinais relacionados ao pânico, diminui a desesperança e não altera os sinais relacionados com a ansiedade.


Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

14 comentários:

Anônimo disse...

Eu conversava isso com um amigo meu e ele concorda que, na Amazonia deve existir diversas plantas capazes de tudo literalmente, assim como em outras partes do mundo A Amazonia dispensa comentarios de tanta beleza e diversidade. BRASILEIROS ACORDEM, POIS ELA É NOSSO TESOURO E QUEREM ROUBÁ-LA.. Infelizmente nos mantém na ignorancia.

Anônimo disse...

Qualquer pessoa pode tomar essa substancia? Teve um caso ai que o cara tomou e matou a familia.. eu achei muito suspeito isso porque a tempo que usam e nunca houve nada e agora de "repente" aconetece.

Anônimo disse...

Pesquisem por ANTONIO CARREIRO. Ele é o maior hipnólogo do brasil, e ele disse que essa substância é muito benéfica em se tratando de hipnotismo e curas da consciência. Ele disse que tomar equivale a ser hipnotizado.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Debate no face:

Pessoa:
Mensagens subliminares comandamm hehehe

Bruno Guerreiro de Moraes: não j., ela é a nossa VERDADEIRA SALVADORA! Leia o artigo

Pessoa:
Nos salvou de que ?

Bruno Guerreiro de Moraes: veja o artigo, Rsrsrsrs

Pessoa:
Vi o artigo, na minha ultima sessão com santo daime, eu vi que Jesus cristo existia sim....

Bruno Guerreiro de Moraes: e santo daime é fonte fidedigna?

Pessoa:
É sim, experiência com o DIVINO.

Bruno Guerreiro de Moraes: Ótimo, então diga para mim, ele existiu, e fazia milagres, morreu e ressuscitou... cadê o homem? Se está vivo, por que não aparece?

Pessoa:
Se ele existiu ou não, a mensagem que ele deixou, durará POR TODA ETERNIDADE... Eu vi na minha ultima sessão, cantou uma canção no universo, de uma poesia que eu havia feito, confirmando que o AMOR regia toda a criação.... Jesus só pregou o amor... I Coríntios 13 1 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o símbolo que retine. 2 E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. 3 E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. 4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, 5 não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; 6 não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; 7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8 O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; 9 porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos; 10 mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado. 11 Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. 12 Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido. 13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor

Bruno Guerreiro de Moraes:
as "mensagens" dele não é mais linda, nem mais sabias, que as mensagens de Budha, Lao Tse, Confúcio, Apolônio de Tiana, Etc.... então por que "jesus" é tão importante? Ele no máximo apenas repetiu o que outros já tinham dito séculos antes dele.

Pessoa:
Não, ele simplesmente DIVIDIU a historia da humanidade.. Tu tem noção da magnitude que é isso ? Pra dividir a historia e obvio que ele existiu, e eu ja li livros que confirmam a existência dele... O ser humano não tem capacidade de criar um personagem perfeito como ele... e o conhecimento dele era muito superior ao da época... ele fez milagres sim, e muitos de nós podemos ser como eles... basta ter amor... apenas... ele é UMA PARTE DE VOCÊ, pois somos todos um... Jesus disse que nos somos DEUSES...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Pessoa:
Tudo que ele proferiu no Novo Testamento são verdades eternas...

Bruno Guerreiro de Moraes: Dividiu a historia? Fala de usar o marco do "suposto nascimento" dele em antes e depois? Isso é apenas um marco j., qualquer outro marco poderia ser usado, por exemplo a construção da muralha da China, ou a destruição do império romano pelos bárbaros, ou qualquer outra coisa.

Pessoa:
Rsrsrs, se ele existiu ou não, a mensagem dele foi e será e sempre será A VERDADE... A verdade reside no amor. E se ele foi criado por alguém, esse alguém que o criou é um humano MUITO FODA!!! O que eu quero dizer Bruno, é que DEUS, esse homem andando nas nuvens, ou até mesmo um humano chamado Jesus não existem de fato.. são apenas energias de alta vibração... são amor, pois DEUS É AMOR...

Bruno Guerreiro de Moraes:
o Marco do ano 'Zero' dos chineses é um, o ano zero dos judeus e outro, dos islâmicos é a tomada de Meca, e assim vai... J., jesus é pura ficção, não há nada de "maravilhoso" nesse personagem, figuras de ficção como o Super Homem o superam enormemente, o Neo do Matrix também se sacrificou por nós, onde está as falhas no personagem Neo?

Pessoa:
Bruno ele era apenas uma energia elevada, que se adentrou num corpo humano pra trazer a verdade ao mundo... ele sabe do poder do pensamento, da crença, e ACREDITANDO EM SI MESMO foi o mais sábio dos homens. Rsrsrsrs, o caramba, JESUS É VOCÊ, SOU EU, É TODOS... somos UM...

Bruno Guerreiro de Moraes: A Katy Perry em suas musicas fala de amor, compreensão, esperança, amor, por que a Katy é ignorada, e devemos idolatrar um mero personagem de ficção como Jesus?

Pessoa:
O NEO (one= um), não era escolhido porra nenhuma, ele ERA TU, VOCE, EU, SUA MAE, SEU CACHORRO, ELE É O SER IMUTAVEL... a Katy ainda não é uma deusa, Jesus se tornou um DEUS COM 33 ANOS DE IDADE....

Bruno Guerreiro de Moraes:
o personagem Goku do dragon ball z é SUPER BONZINHO, hiper amigo, cara de personalidade profundamente boa, ele batalha pela humanidade, morreu varias vezes e foi ressuscitado, para lutar de novo, e de novo por NÓS j.,! E por que ninguém abre uma igreja sobre Goku?

Pessoa:
Deus é um processo... todos somos deuses em processo. "Não está escrito na vossa lei: eu disse, sois deuses?...Ver mais VÓS SOIS DEUSES - Forum Espírita www.forumespirita.net
Porque Jesus disse que todos nós somos deuses. Os Evangelhos registram que, antes de sua paixão e morte, três vezes os judeus tentaram matar a

Bruno Guerreiro de Moraes: Tá vendo por que não dou o mínimo credito para a ayahuasca/santo daime? Se a tal bebida trás as pessoas verdadeiros entendimentos sobre a vida e o universo, por que uma verdade tão simples, tão obvia não é "revelada" aos usuários? Então o Daime apenas faz as pessoas fantasiarem baseado nas crenças acalentadas que já possuem? Se for verdade, e parece ser mesmo, então esse chá é pura perda de tempo... Glauco cartunista de sucesso foi morto por Carlos Eduardo Sundfeld Nunes usuário de ayahuasca que se viu como a reencarnação de Jesus Cristo. Mas Carlos Eduardo não fez água vira vinho, ele fez o sangue de inocentes jorrar usando arma de fogo, e munição de verdade. Então cadê a "grande iluminação" que a ayahuasca supostamente trás? Nem Glauco, líder religioso do Santo Daime teve clarividência para prever o que li aconteceria.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Assassinato de Glauco põe Santo Daime em nova polêmica: http://www.consciencia.net/assassinato-de-glauco-poe-santo-daime-em-nova-polemica/

Por Caroline Barros em 15 de março de 2010

É de muito pesar que nesta última sexta-feira, o cartunista Glauco e seu filho, Raoni Villas Boas, foram assassinados à queima roupa na grande São Paulo, na cidade de Osasco.

Este parecia mais um caso comum de violência gratuita em grandes centros urbanos, se não fosse o fato da vítima ser famoso em sua área profissional e líder espiritual de uma doutrina cristã conhecida como Santo Daime. Como “agravante”, o suspeito, além de íntimo da família da vítima, freqüentava os cultos religiosos liderados pelo cartunista.

Em síntese, a religião do Santo Daime é uma doutrina cristã ao qual faz uso religioso do ayahuasca/santo daime - uma bebida de origem ameríndia, feita à base de plantas tipicamente amazônicas e que possui capacidades enteógenas, ou seja, desperta o seu Eu superior.

Recentemente, após 20 anos de luta pela legalização e estudos científicos, o ordenamento jurídico brasileiro autorizou o uso da ayahuasca para fins religiosos, em nome da liberdade de culto religioso e seu caráter cultural indígena, vide RESOLUÇÃO Nº 1 do CONAD (Conselho Nacional de políticas sobre drogas).

Há uma oposição à legalização da ayahuasca que não aceita o seu uso, e que vem sem êxito querer denegrir a imagem desta religião.

Tentar convencer a população que tal bebida causa alucinações no usuário, e que o suspeito cometera os crimes porque era daimista, além de ser um absurdo, é desrespeitar a dor da família de Glauco, e de sua religiosidade.

É a mesma coisa que dizer que um padre pedófilo, ou pastores traficantes de armas representam fielmente as doutrinas de suas respectivas religiões. Quanto absurdo!

Eu, no meu papel de operador do direito, tenho a obrigação de informá-los que a AYAHUASCA / SANTO DAIME / VEGETAL NÃO É UMA DROGA e está LEGALIZADO O SEU USO RELIGIOSO!

Além disto, o CONAD, bem como o Grupo Multidisciplinar de Trabalho, composto por médicos, psicólogos, antropólogos, dentre outros profissionais, chegaram à conclusão de que a ayahuasca não causa danos à saúde. Que tem função curativa, dentro do contexto religioso.

As igrejas do Santo Daime estão AUTORIZADAS a fazer o USO SACRAMENTAL da referida bebida, com algumas ressalvas:

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 2:

Assassinato de Glauco põe Santo Daime em nova polêmica: http://www.consciencia.net/assassinato-de-glauco-poe-santo-daime-em-nova-polemica/

Por Caroline Barros em 15 de março de 2010

“Tendo em vista a inexistência de suficientes evidências cientificas e levando em conta a utilização secular da Ayahuasca, que não demonstrou efeitos danosos à saúde, e os termos da Resolução nº 05/04, do CONAD, o uso da Ayahuasca por menores de 18 (dezoito) anos deve permanecer como objeto de deliberação dos pais ou responsáveis, no adequado exercício do poder familiar (art. 1634 do CC); e quanto às grávidas, cabe a elas a responsabilidade pela medida de tal participação, atendendo, permanentemente, a preservação do desenvolvimento e da estruturação da personalidade do menor e do nascituro.” (Extraído do Relatório Final do GMT – Ayahuasca – Grupo Multidisciplinar de Trabalho).

Ainda, pessoa que estejam com distúrbios psicológicos ou em tratamento, bem como usuários de substâncias psicoativas, não estão autorizadas a participar do ritual com Ayahuasca.

Há testemunhos de que o principal suspeito da autoria dos crimes era freqüentador assíduo do Santo Daime, mas que fora afastado das atividades, pois estava em tratamento para se livrar da dependência de drogas.

Sob o crivo da consciência, é necessário que seja feito uma leitura do caso na forma mais imparcial possível.

Com a mesma força que luto pela punição do assassino, zelo pelos direitos das minorias.

O fato é que Glauco e seu filho estão mortos.

Lamentamos muito por isto.

Votos de força e de perdão

Utilidade Pública:

RESOLUÇÃO Nº 1 do CONAD ( Conselho Nacional de políticas sobre drogas) publicada em 26 de janeiro de 2010. http://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=57&data=26/01/2010 ) .

Sobre a autora
Caroline Barros é Bacharel em Direito pela Universidade Federal Fluminense, advogada tributarista e livre pesquisadora em direito e sociologia. Contato: mmecarol@gmail.com ;www.twitter.com/carolinebarros

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Justiça de Goiás decidiu que Carlos Eduardo Nunes não precisa mais ficar internado em uma clínica psiquiátrica: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2013-08-09/com-3-anos-de-internacao-assassino-de-glauco-e-liberado.html


Com a justificativa de proporcionar o melhor tratamento ao louco infrator, a Justiça de Goiás decidiu esta semana que Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, o Cadu, 27 anos, assassino do cartunista Glauco Vilas Boas e do filho dele, Raoni Vilas Boas, não precisa mais ficar internado em uma clínica psiquiátrica. Ele pode até viver em Osasco (SP), local dos crimes, se pedir e a Justiça autorizar.

A desinternação era prevista desde março, quando encerrou o período de três anos de medida de segurança, internação exigida para doentes mentais infratores. O assassinato ocorreu em 12 de março de 2010. A liberação foi determinada na quarta-feira, 07, pela juíza Telma Aparecida Alves, titular da 4ª Vara de Execuções Penais de Goiânia.

O advogado de Cadu, Gustavo Henrique Badaró, estava viajando nesta sexta-feira, 09, não foi encontrado para dizer se o rapaz já teve alta da clínica particular onde estava internado e se ficará na casa da família em Goiânia, ou se o defensor vai solicitar autorização para que ele se mude. "Podemos autorizar (a mudança para outras cidades), como ocorreria com qualquer pessoa que foi absolvida, como ele", explicou a magistrada. A absolvição ocorreu quando ele ainda estava no Paraná.

Periculosidade

Além dos prazos legalmente previstos pelo Código Penal, a juíza Telma Aparecida disse que levou em consideração os relatórios psiquiátricos que assinalavam que a periculosidade da esquizofrenia sofrida por Cadu estava sob controle e que ele não oferece ameaça. Também pesou uma avaliação pela junta médica do Tribunal de Justiça, ocorrida em junho.

Entretanto, a juíza disse que a alta hospitalar tem restrições, tais como continuar o tratamento ambulatorial e visitar o médico todos os meses, enviando o relatório a 4ª Vara, sob pena de voltar a ser internado.

Da decisão de livrar Cadu da internação não cabe recurso judicial.

Diagnosticado com esquizofrenia paranoide, Cadu havia sido considerado inimputável pelas mortes, a tiros, ocorridas durante um surto psicótico, após consumir maconha, haxixe e uma mistura de ervas fornecida pela igreja Céu de Maria, fundada por Glauco, que seguia a doutrina do Santo Daime e oferecia aos praticantes um chá alucinógeno.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Tomei o chá Oaska, na União do Vegetal.
Oaska, diferente de Ayahuasca, pois como dito pelo Mestre do local e pelos frequentadores, há outra profunidade em sua ação, devido a maneira como é preparado, assim como ao guiar diferenciado da cerimônia que o Mestre, como é chamado, lidera.
A experiência é de fato única. Nunca, nem de longe, senti algo como senti lá.

Me senti muito bem ao final da cerimônia, e após pouco tempo fui "guiado" ao Salto e a toda esta realidade nova.

Por outro lado, como já comentei com o Bruno no Salto, tal estado de transe pode ser perigoso pois há exposição total por muitas horas...
E na União do Vegetal, apesar do Mestre ler pensamentos, dizer lembrar das vidas passadas e ser absolutamente coerente em palavras, comportamento, linguagem corporal, eles veneram o senhor Jesus...

Minha opinião, e é só minha opinião, é que pode ser legal tomar na União do Vegetal, e se houvesse certeza de que no tal estado de transe não houvesse a possibilidade de sermos prejudicados com implantes, é um GRANDE meio de evoluir com maior velocidade.

Nunca tomei a Ayahuasca, mas me parece algo meio "solto"... qualquer um vai, toma, não têm muitas pessoas "fiscalizando", "responsáveis" pelo processo... mas não sei, nunca fui.

Aliás, eu comentei com o Bruno com o objetivo de saber da possibilidade ou não de sermos prejudicados no decorrer das tais cerimônias com chás.

Penso, mesmo, que é um grande meio para ajudar neste processo evolutivo, então, sugiro a quem possa querer ajudar, que já seja clarividente e tenha as habilidades requeridas para tal análise, que compareçam a um local como a União do Vegetal (apesar de o acesso a participar da cerimônia não ser muito simples, assim como não haver a possibilidade de apenas assistir), ou um local em que se tome a Ayahuasca, e nos relatem sobre. Penso que poderia ajudar todo mundo!

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Outra Opinião:

Já tomei por 3 vezes no santo daime e a experiência foi fantástica, também tomei um ano antes de realizar o Salto com o Bruno e por todas as 3 vezes que tomei e participei de 3 cerimônias diferentes foi fantástico, tirando a religiosidade da estoria o chá é maravilhoso se eu pudesse tomava todo dia, mas ainda tenho que cuidar da família e ganhar a vida, a experiência é única e maravilhosa, senti todos os chacras pulsando, senti o prana entrando por minhas vias respiratórias e saindo pelo chacra umbilical, vi pessoas que não estavam no recinto que apareciam e desapareciam, ativei a clarividência e a clariaudiência durante os rituais e o mais maravilhoso de tudo é escutar o verdadeiro som das coisas e das musicas tocadas, você é capaz de escutar cada instrumento em separado mesmo sendo tocados juntos e o som é completamente diferente do som que escutamos normalmente, você pode ver o movimento das plantas e ao encostar nelas você sente a sua energia entrando pelo seu corpo e percorrendo todo o caminho até sair do outro lado, o céu também fica fantástico com o chá. O interessante é que é totalmente controlável, você controla tudo que quiser ver ou fazer. Experiência impar, feliz de quem pode tomar sempre, abraços.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Pessoa por email:

Olá Bruno Guerreiro, Boa Tarde!

Resolvi escrever esse e-mail para você com uma esperança ainda que pequena que alguém possa me dar uma direção ou orientação do que tenho e que posso fazer. Se você ler essa mensagem e puder me responder, tenha certeza que eu farei todo o possível para me ajudar. Não estou pedindo nada que não seja uma resposta lógica para o que estou enfrentando.
Em 2012 após passar por momentos terríveis de medo e ter decidido que iria me suicidar, encontrei uma meditação da Louise Hay e acredito ter dado o salto quântico. Em novembro de 2011 iniciei as meditações e em dezembro era outra pessoa. Passei a viver bem, feliz, raciocinava com clareza e enxergava tudo mesmo, tudo mesmo. Fiquei confiante algo que nunca aconteceu em meus trinta e quatro anos de idade. Foram os 6 meses mais maravilhosos da minha vida. Sentia amor, liberdade, alegria e felicidade.

Em julho de 2012 fui a São Paulo realizar um curso de coaching pois como sou representante comercial e sempre estudei muito, decidi investir no curso. Ao chegar em Porto Alegre já não era mais o mesmo. Começei a sentir medo novamente. Eu é lógico que tentei as meditaçãoes e todo meu empenho e intenção até o presente momento é em voltar ao estado que eu chamo de iluminação. Iniciei Ressonancia harmônica, orações e sinceramente não estou tendo sucesso.
Eu sei que existe a cura total, sou prova viva disso e imagine como estou sabendo que existe algo por trás de tudo isso.

Se você tiver alguma palavra eu ficarei imensamente grato pois é difícil alguém entender o que senti e enxerguei.

Resposta:

interessante, você ficou fascinado por algum tempo, meses, mas depois tudo voltou a "normalidade", esse estado ao qual relatou é chamado de "Nirvana", o estado de Paz Profunda, porém esse estado é muito parecido com um alucinógeno provocado por qualquer droga forte, tal como Cocaína, Heroína, LSD, etc... pois apesar de ser sentir bem por dentro, nada muda aqui fora. Isto é... você pode por conta dessa mente alterada achar que as plantas estão mais belas, mas não que elas tenham ficado mais belas, é só a sua percepção delas que mudou.

Como é artificial essas alterações não duram, elas sempre acabam passando. Pois é apenas um estado fascinado do cérebro, não uma mudança verdadeira.

No caso chegou a isso por meio de uma meditação da Louise Hay, mas não é que a meditação dela seja milagrosa, é apenas você que tinha vocação para a coisa e foi estimulado.

Cair novamente nesse estado alterado, onde não percebe o mundo coo todos, como deve ser, não é assim uma "grande vantagem" na verdade é uma fuga, é como tomar uma injeção de anestésico para parar de sentir dor, por conta de um corte, mas o anestésico curou? Não... ele apenas disfarçou...

Se puder venha se submeter a iniciação o Salto, com certeza vai ser bom para você, assim como é para todos.

- Salto Quântico Genético, a Maior Revelação que Traz: Sobre a Terra, Sobre Quem Somos, Por que Estamos Aqui, e Como...:
http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2015/03/salto-quantico-genetico-maior-revelacao.html

- Entrevista com Bruno Guerreiro de Moraes - Por Fator Quântico - o Salto Quântico Genético: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2014/01/entrevista-com-bruno-guerreiro-de.html

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 1: CONFIRMADO! Religião foi a culpada pela morte do neto de Chico Anysio
Por Josias Oliveira - março 9, 2016

http://afolhabrasil.com.br/religiao/confirmado-religiao-foi-a-culpada-pela-morte-do-neto-de-chico-anysio/

Laudo psiquiatra confirmou que prática religiosa polêmica foi a culpada pelo surto psiquiátrico que levou a morte o neto do humorista Chico Anysio. O pior é que este ritual alucinógeno é liberado no Brasil.

A polêmica sobre a morte de Rian Brito, de 25 anos, neto de Chico Anysio e filho de Nizo Neto, não ficou restrita ao meio artístico. Correntes ligadas à psiquiatria iniciaram um amplo debate sobre as práticas xamânicas, baseadas em chás e rituais que utilizam bebidas derivadas de plantas como a ayahuasca (o Santo Daime), com o objetivo de trazer desenvolvimento espiritual aos participantes.

As controvérsias tiveram início a partir do momento em que a mãe de Rian, Márcia Brito, insinuou pelas redes sociais que as práticas do Porta do Sol, Centro de Estudos Xamânicos de Expansão da Consciência teriam sido responsáveis pela morte do filho, cujo corpo foi encontrado no último dia 3 em praia de Quissamã (RJ).

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Z4VrXNbU1zM

O psiquiatra forense Guido Palomba, membro emérito da Academia de Medicina de São Paulo e diretor da Associação Paulista de Medicina, acredita que seja plausível a influência desses rituais na morte do jovem, que, segundo a mãe, ingeria os chás do Santo Daime.

— Ele pode sim ter se matado. Não há dúvida disso, é uma coisa muito estranha. Ele pode ter se matado ou sido vítima de uma viagem psicodélica que dão essas drogas, causando um acidente. Quantos casos a gente não conhece disso? Às vezes, a pessoa acha que é pássaro e se joga pela janela. No fundo, isso é uma droga consentida e as pessoas entram nesses rituais que são verdadeiras psicoses coletivas.

Palomba considera que o aspecto curativo atribuídos a esses rituais são, na verdade, prejudiciais. E que tais plantas deveriam ter o consumo proibido.

— Faz muito mais mal, desencadeando quadros psicóticos e deixando as pessoas entorpecidas quando voltam para a vida normal. É mascarado com termo de seita, mas, no fundo, não passa de psicose. Quando essa ayahuasca é ingerida, as pessoas acabam entrando em quadro psicótico de ruptura com a realidade. Aí falam que viram isso, aquilo, abriram a mente…são viagens iguais àquelas de quando foi sintetizado o LSD. Esse rapaz, provavelmente, caiu em uma situação dessas, se for confirmado que ele fazia uso dessas drogas.

PAI DE RIAN BRITO DIZ: “Meu filho era uma pessoa normal até tomar o Santo Daime. Perdi um filho pra esta raiz“

Nizo Neto, filho de Chico Anysio, fez duras críticas ao consumo de ayahuasca, que ele julga ter sido responsável pelo destino de seu filho.

Segundo o ator, Rian sempre foi uma pessoal normal até começar a tomar o chá e que psiquiatras contaram que a Ayahuasca foi de fato um fator que levou à morte do rapaz.

Proteja seus filhos deste mal…

Santo Daime potencializa doença psíquica

O Santo Daime contém a substância alucinógena dimetiltriptamina, que torna mais graves casos de esquizofrenia.

E, embora o efeito agudo da droga dure cerca de 24 horas, o usuário pode ter o que se chama flashbacks dias depois de ingerir a substância.

Alucinógenos, como o Santo Daime, agem justamente sobre os receptores dopaminérgicos do cérebro, potencializando este desarranjo químico:

Tomar o Santo Daime acentua a desorganização cerebral. E faz até com que remédios antipsicóticos tenham efeito atenuado ou mesmo anulado.

VOCÊ PRECISA VER ESTE VÍDEO: APRENDA A USAR A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL PARA RESOLVER SITUAÇÕES PENDENTES EM SUA VIDA

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

04/04/2016 11h40 - Atualizado em 04/04/2016 13h54
Assassino do cartunista Glauco, Cadu é morto em presídio de Goiás
Segundo secretaria, ele foi morto por outro detento durante uma briga.
Cadu estava preso desde 2014 por matar universitário e agente prisional.

http://g1.globo.com/goias/noticia/2016/04/assassino-do-cartunista-glauco-cadu-morre-em-presidio-de-goias.html

Cadu morre dentro de presídio em Goiás (Foto: Reprodução/Fantástico)
Preso há quase dois anos em Goiás, Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, conhecido como Cadu, de 30 anos, foi morto, na manhã desta segunda-feira (4), no Núcleo de Custódia, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Assassino confesso do cartunista Glauco e do filho, ele cumpria pena por matar duas pessoas durante assaltos, em Goiânia.

Cadu foi morto com uma arma artesanal, durante uma briga com outro detento, no banho de sol, informou a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás (SSAP-GO). O órgão disse que agentes penitenciários perceberam a movimentação e intervieram, mas não conseguiram evitar o homicídio.

De acordo com a SSAP-GO, o interno suspeito de matar Cadu se apresentou à direção do Núcleo de Custódia. "Disse ter usado uma arma artesanal para se defender durante uma briga que, segundo o suposto autor, teria sido iniciada pela vítima", informa a nota.
O caso será investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios de Aparecida de Goiânia (GIH).
O G1 tenta contato com os familiares e advogados de Cadu, mas as ligações não foram atendidas.

Prisão

Cadu estava detido no Núcleo de Custódia desde setembro de 2014, um ano depois de ter deixado uma clínica psiquiátrica da capital. Ele havia sido submetido à internação após a morte de Glauco Vilas Boas e do filho dele, Raoni Vilas Boas, em Osasco, em 2010.

A prisão em Goiás ocorreu após ele matar duas pessoas em Goiânia, em agosto de 2014, crimes pelos quais foi condenado a 61 anos de prisão. As vítimas são o agente prisional Marcos Vinícius Lemes da Abadia, 45 anos, e o estudante de direito Mateus Pinheiro de Morais, 21 anos. Eles morreram durante assaltos.

04/04/2016 11h40 - Atualizado em 04/04/2016 13h54
Assassino do cartunista Glauco, Cadu é morto em presídio de Goiás
Segundo secretaria, ele foi morto por outro detento durante uma briga.
Cadu estava preso desde 2014 por matar universitário e agente prisional.
Paula Resende
Do G1 GO
FACEBOOK
Cadu Fantástico Goiás (Foto: Reprodução/Fantástico)
Cadu morre dentro de presídio em Goiás (Foto: Reprodução/Fantástico)
Preso há quase dois anos em Goiás, Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, conhecido como Cadu, de 30 anos, foi morto, na manhã desta segunda-feira (4), no Núcleo de Custódia, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Assassino confesso do cartunista Glauco e do filho, ele cumpria pena por matar duas pessoas durante assaltos, em Goiânia.


CADU E CASO GLAUCO
Assassino do cartunista morreu na prisão.
morte de cadu
condenação por latrocínios
cadu: 'crime é vício'
morte de glauco e filho
assassino tem alta médica
últimos laudos
Cadu foi morto com uma arma artesanal, durante uma briga com outro detento, no banho de sol, informou a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás (SSAP-GO). O órgão disse que agentes penitenciários perceberam a movimentação e intervieram, mas não conseguiram evitar o homicídio.
De acordo com a SSAP-GO, o interno suspeito de matar Cadu se apresentou à direção do Núcleo de Custódia. "Disse ter usado uma arma artesanal para se defender durante uma briga que, segundo o suposto autor, teria sido iniciada pela vítima", informa a nota.
O caso será investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios de Aparecida de Goiânia (GIH).

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 2: Assassino do cartunista Glauco, Cadu é morto em presídio de Goiás
Segundo secretaria, ele foi morto por outro detento durante uma briga.
Cadu estava preso desde 2014 por matar universitário e agente prisional. http://g1.globo.com/goias/noticia/2016/04/assassino-do-cartunista-glauco-cadu-morre-em-presidio-de-goias.html

O G1 tenta contato com os familiares e advogados de Cadu, mas as ligações não foram atendidas.

Prisão
Cadu estava detido no Núcleo de Custódia desde setembro de 2014, um ano depois de ter deixado uma clínica psiquiátrica da capital. Ele havia sido submetido à internação após a morte de Glauco Vilas Boas e do filho dele, Raoni Vilas Boas, em Osasco, em 2010.

A prisão em Goiás ocorreu após ele matar duas pessoas em Goiânia, em agosto de 2014, crimes pelos quais foi condenado a 61 anos de prisão. As vítimas são o agente prisional Marcos Vinícius Lemes da Abadia, 45 anos, e o estudante de direito Mateus Pinheiro de Morais, 21 anos. Eles morreram durante assaltos.

O caderno especial “Gibi do Glauco”, editado pelo jornal Folha de S.Paulo em 2010, se transforma em exposição paralela do 39° Salão Internacional de Humor de Piracicaba. (Foto: Divulgação/Salão de Humor)
Cartunista Glauco Vilas Boas e o filho foram mortos por Cadu em 2010 (Foto: Divulgação/Salão de Humor)
Histórico.

Cadu foi preso em 2010 ao tentar furar um bloqueio da Ponte da Amizade, fronteira entre o Brasil e o Paraguai, dois dias depois de ter matado o cartunista Glauco e o filho dele. O crime aconteceu em 12 de março, no sítio onde a vítima morava, em Osasco (SP). Ele invadiu a propriedade e atirou contra as vítimas.
O acusado frequentava a Igreja Céu de Maria, fundada por Glauco, que seguia a doutrina religiosa do Santo Daime. No dia do crime, Cadu estaria sob efeito de maconha e haxixe.

Cadu também foi acusado de três tentativas de homicídio contra agentes federais, roubo, porte de arma com numeração raspada e tortura. Após ser preso em Foz do Iguaçu, ele acabou indo para o Complexo Médico-Penal do Paraná e, depois, transferido para Goiânia, onde ficou internado em uma clínica psquiátrica e teve alta em 2013.

Mesmo após cometer o duplo homicídio contra o cartunista Glauco e o filho dele, Cadu ficou em liberdade após receber alta porque possui esquizofrenia e a Justiça o considerou inimputável, ou seja, incapaz de perceber a gravidade de seus atos. A doença mental não tem cura, mas tem controle, desde que seja tratada.

Latrocínios em Goiânia

Cerca de um ano depois de ter alta da clínica psiquiátrica, Cadu foi preso suspeito de cometer dois latrocínios em Goiânia. Ele foi flagrado em um carro roubado.
O primeiro crime foi contra um agente prisional, baleado no dia 28 de agosto de 2014. Ele morreu após ficar quase um mês internado. Câmeras de segurança flagraram o momento em que ele reage a um assalto e luta com Cadu, que atira na cabeça do servidor e foge com a ajuda de um comparsa.

Sobre essa acusação, Cadu alegou aos psiquiatras que atirou porque a vítima reagiu. "Você não viu o que ele fez? Ele meteu a mão no meu revólver. Aí já dei dois tiros", afirmou na época.

O outro crime foi contra o estudante de direito Mateus Pinheiro de Morais, de 21 anos, ocorrido em 31 de agosto de 2014. O jovem morreu ao ser baleado quando deixava a namorada em casa, na Rua T-29, no Setor Bueno.

Em 26 de agosto de 2015, Cadu foi condenado a 61 anos de prisão em regime fechado pelos dois latrocínios cometidos em Goiânia. A pena também está relacionada aos crimes de receptação e porte de arma de fogo, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Goiás informou na época.

GoogleAnalytics

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. (Bruno Guerreiro de Moraes)