sábado, 3 de outubro de 2009

IDA Darwinius Masillae - Mais uma Farsa dos Evolucionistas - Teoria da Evolução Provada Falsa - Darwin Caiu

Mentiras, fraudes, desonestidade intelectual, apresentação de dados distorcidos, falácias, retórica sofista, etc... os defensores da Teoria da Evolução não medem conseqüências para defender sua religião. Eles estão ficando cada vez mais loucos, e na defesa de suas ideologias insanas distorcem e mentem descaradamente. Ciência não faz mais parte de seus discursos, apenas as fantasias delirantes...

Os Darwinistas como autênticos religiosos ortodoxos que são, não economizam nos recursos mais revoltantes e desonestos para defender seus axiomas. Para ver alguns documentários que explicam mais sobre as fraudes dos evolucionistas - [Clique Aqui] - Canal Design Inteligente Brasil.

Mas esse caso da “IDA Darwinius Masillae” foi demais! Dessa vez eles exageraram na cara de pau! (Risos), enfiaram o pé na jaca mesmo!! Sério gente, leia o artigo e vão concordar comigo... Vejamos o que os fundamentalistas do materialismo/Ateísmo estão falando sobre o seu “histórico achado” um verdadeiro milagre concedido pelo divino e onipotente Charles Darwin!

“Perante a estupidez entronizada, não há melhor arma que a troça” – (Tomás de Aquino)

- Durante a cerimônia no Museu Americano de História Natural, Jørn Harald Hurum (paleontólogo norueguês) declarou - "Este espécime é como encontrar a Arca Perdida para os arqueólogos" [e] "É o equivalente científico do Santo Graal. Este fóssil será provavelmente aquele que estará impresso em todos os manuais durante os próximos 100 anos!"

[Darwinius_masillae.jpg]
Jørn Harald Hurum, babando encima do fóssil fajuto dos evolucionistas...

O Prof. Hurum disse que quando viu o marco da evolução pela primeira vez - o "mais bonito fóssil do mundo" - ele disse - "não consegui dormir por dois dias!" - Um filme caseiro registra o momento dramático - "Isto é realmente algo que o mundo nunca viu antes, este é um espécime único, totalmente único" - diz ele, claramente emocionado! Disse ainda seus colegas evolucionistas - O impacto do IDA sobre o mundo da paleontologia será - "um pouco como um asteróide a cair na Terra!".

Harald Hurum, e seu IDA Darwinius Masillae imaginário, imaginar e sonhar é o que ele faz melhor, ciência? Não... ele não gosta disso não...

Na imprensa científica (digo Pseudocientífica...), o fóssil foi caracterizado como o "fóssil de primata mais completo alguma vez descoberto"; Sir David Attenborough (diretor da BBC) descreveu-o como "extraordinário", referindo que a descoberta do fóssil teria entusiasmado até Darwin, e que será a "pequena criatura" a mostrar como o homem está ligado ao resto dos mamíferos.

Mostrei a língua quando li isso! (Risos)

O Google comemorou a descoberta com um logotipo temático para o dia 20 de Maio de 2009:

[Ida+darwinisus+google-missinglink.gif]
Tsk,tsk,tsk... que vergonha para o Google! Pagou mico... digo, um King Kong!!

O diário Nova-Yorquino Daily News observou que - A revelação do fóssil chegou como parte de uma campanha publicitária orquestrada pouco habitual em descobertas científicas” [Nota: É mas esqueceram da ciência né? Deixaram ela em casa lavando a louça..]

Eis um exemplo, faltou pouco para eles falarem que o fóssil irá acabar com a fome, as guerras e as doenças, e também vai aumentar o salário de todos os trabalhadores, e unir o mundo todo num governo de paz e prosperidade! Jesus Voltou em Forma de Fóssil!

O artigo científico (ops! Digo pseudocientífico...) sobre o fóssil foi acompanhado de um documentário intitulado: “Uncovering Our Earliest Ancestor: The Link”, feito pela produtora Atlantic Productions do Reino Unido, a fim de ser transmitido no Canal História (History Channel, EUA) e na BBC One (RU) - dirigido por Tim Walker e produzido por Lucie Ridout. O livro “The Link: Uncovering Our Earliest Ancestors”, por Colin Tudge, e um site na internet, foram também lançados com o objetivo de explicar o significado do fóssil a uma audiência mais vasta.

The History Channel, canal por assinatura está sendo usado pelos pseudocientistas para divulgar suas fraudes grosseiras, como os donos das TV´s são leigos, é fácil faze-los de tolos...

Agora veja as fotos desse “extraordinário achado”, o “Santo Graal” dos evolucionistas, é como se Darwin tivesse voltado do Reino dos Mortos!!!

Dedos! Ele tem Dedos!! (Evolucionista delirando...)

Ossos! Ele tem ossos!! (Evolucionista ainda delirando...)

Meus DEUS!! É muita emoção gente! Acho que vou desmaiar!! (Evolucionista ainda delirando...)

Oh! Minha nossa! É lindo, é lindo de mais minha gente!! Coisa mais bonita do papai!! (Evolucionista delirando mais...)

........ [silêncio] (Evolucionista depois de desmaiar de tanta emoção)


O que acharam? Fantástico? Maravilhoso? Sublime? Um milagre? A prova do “poder glorioso” de Darwin (O divino!)??

Agora vejam aqui alguns exemplos de IDA Darwinius bem vivos e exatamente iguais ao do fóssil de 47 milhões de anos:
Oi! Eu sou um IDA Darwinius Masillae, mas a turma lá da minha quebrada me chamam de Lêmure!

Olá, eu sou você ontem (segundo os evolucionistas) Rsrsrsrsrs!!

Eu não sou seu ancestral! Então não me venha reivindicar herança!

Não perturbe, IDA´s Darwinius Masillae´s Meditando!... Digo Lêmures meditando!!

Neon-Darwinista e seu IDA Darwinius Masillae de estimação... não é lindo?

Enganaram a Paris Hilton! Disseram que era um irmão desaparecido, agora ela vai dividir a fortuna dela com o IDA Darwinius Masillae em vez de dar para mim, depois de eu casar com ela... Búaaaaa!!

Esse IDA Darwinius Masillae está assistindo o Chaves, o programa mais querido entre os Darwinistas!
Oi! Nós somos vocês ontem! (Segundo os macacos pelados de Darwin!)

Um salto evolutivo milagroso! Só se for na cabeça vazia dos Evolucionistas...

IDA Darwinius Masillae gêmeos! Que emoção!!

Tô de olho em vocês Neon-Darwinistas!!

Menina e seus "Pais" segundo os evolucionistas e suas férteis imaginações!

Os próprios Darwinistas confessam, é apenas um Lêmure... dá para entender?

Ohooo!! Kut, kut, kut...!!
Quando os Darwinistas viram essa carinha, não conseguiram resistir!
Tinham que dizer que esses bichos eram nossos ancestrais!

Oi amoreco! Me dá um beijo! Eu sou um IDA Darwinius Masillae, apareci na TV!!

Eu seu treta Vô? Nem F#@#∓*! Seu Macaco Pelado!

Fumei, umas e outras, com os meus amigos Darwinistas e fiquei doidão!! Assim como eles são sempre!

Vovó e a Vovó do Darwin agora você sabe de onde ele puxou a barba branca...

Sou um IDA Darwinius Masillae, vai encarar?

Entenderam certo? Na verdade esse fóssil de cerca de 47 milhões de anos não é de um ancestral humano, mas sim apenas um fóssil de Lêmure antigo, um antepassado dos Lêmures atuais, quase que completamente igual ao que vemos hoje em dia. Esse caso é como as fraudes antigas dos Darwinistas, vejam artigos que descorem sobre outras fraudes descaradas muito parecidas com essa:

- Aves não são Dinossauros "evoluídos" – Archeopteryx (Clique Aqui)

- Tiktaalik roseae - Mais uma Fraude dos Evolucionistas (Clique Aqui)

- Documentários, todos os vídeos que vão contra a Teoria da Evolução (Clique Aqui)

Agora vejam a reação dos cientistas honestos e lúcidos contra mais essa fraude evolucionista - Um fóssil que foi comemorado no ano passado como um possível "elo perdido" entre os humanos e os primeiros primatas é na realidade um ancestral dos atuais lêmures e dos lorinae, de acordo com dois artigos de cientistas da Universidade de Texas em Austin, da Universidade Duke e da Universidade de Chicago. Num artigo agora disponível online no Journal of Human Evolution, quatro cientistas apresentam evidência de que o Ida Darwinius Masillae de 47 milhões de anos de idade não é um primata haplorhine como são os seres humanos e os macacos, como a pesquisa de 2009 reivindicava. Eles também observaram que o artigo sobre o Darwinius publicado no ano passado na revista PLoS ONE ignora duas décadas de pesquisa publicada mostrando que fósseis semelhantes são na verdade Strepsirrhini, o grupo de primatas que inclui os lêmures e lorinae - "Muitas linhas de evidência indicam que o Darwinius não tem nada a ver com a evolução humana," diz Chris Kirk. Ler mais em ScienceDaily (Mar. 3, 2010) [Clique Aqui].

- Um dos co-autores do artigo científico que descreve o Darwinius , o paleontólogo Philip D. Gingerich, manifestou ao The Wall Street Journal a sua insatisfação com a campanha sensacionalista da mídia, dizendo que tinham optado por publicar na revista PLoS porque existia "uma companhia de TV envolvida e pressão sobre o tempo" e que tinham sido pressionados para finalizar o estudo. "Não é assim que gosto de fazer ciência", concluiu Gingerich - Peritos independentes têm demonstrado preocupação com o fato da publicidade estar a exagerar a importância do achado antes que a informação possa ser escrutinada com mais profundidade. A este respeito, Matt Cartmill um antropólogo da Universidade Duke, disse que -  "A campanha de Relações Públicas acerca deste fóssil é, creio eu, uma história maior que o fóssil em si." - A paleoantropóloga Elwyn Simons, da mesma universidade, declarou que é um espécime maravilhoso, mas muita da informação já era conhecida, e o paleoantropólogo Peter Brown, da Universidade da Nova Inglaterra declarou que o artigo científico não continha evidências suficientes de que Darwinius era o antropóide ancestral - Outros têm também criticado as alegações de que o fóssil representa o "elo perdido da evolução humana", argumentando que não existe semelhante coisa, a menos que a evolução seja vista como uma corrente, uma vez que existe um vasto número de ramos em falta; e que, embora o fóssil seja um primata, não existem evidências que sugiram que a sua espécie seja um ancestral direto dos seres humanos.

Por Kevin H. Wirth, ARN Diretor de Desenvolvimento de Produtos e Relações com a Mídia

20/05/09 - ESTARDALHAÇO DE ALERTA Nova York, NY [ARN]

Artigo no idioma original (Clique Aqui- Num exemplo estelar de colocação do vestido de gala evolucionário, o dia de ontem assistiu ao lançamento no Museu de História Natural em Nova York do último e mais importante fóssil transicional (não são todos eles?) que se diz estar ligado ao homem. "IDA", um primata fóssil alegadamente com 47 milhões de anos encontrado na Alemanha, está sendo aclamado como o mais importante elo na evolução humana já descoberto. Teremos que verificar novamente dentro de alguns anos para ver se ele chama mais atenção do que chamou LUCY na sua recente visita sem brilho em Seattle (bocejo). A exposição do Rei Tut, que abriu no passado mês de Outubro no Museu de Arte de Dallas portou-se muito melhor, com lucro. [1] - Os “mídia” e os *especialistas evolucionários (*digo, pseudocientistas) por todo o mundo parece que fizeram macacos de si mesmos (manchete do Guardian ...) uma vez que literalmente tropeçaram todos uns nos outros com expressões e exclamações extravagantes e ícones sonantes para transmitirem o significado deste achado fóssil. Aqui estão apenas alguns exemplos 

- PEDRA DE ROSETA "É realmente uma espécie de Pedra de Roseta", comentou o co-autor do estudo, o Professor Philip Gingerich, do Museu de Paleontologia da Universidade de Michigan. [2]

- FÓSSIL PATRIMÔNIO MUNDIAL "Este é o primeiro elo para todos os seres humanos ... realmente um fóssil que liga patrimônio mundial", cientista de fósseis norueguês de renome mundial, o Dr. Jorn Hurum, Museu de História Natural da Universidade de Oslo . [2] Relatos dos media referem que Horum continuou a enumerar de que forma este fóssil era único...

- O SANTO GRAAL e a ARCA PERDIDA O Dr. Jorn Hurum, o cientista no coração do projecto, fez os paralelos mais exóticos. Ele exibiu fotografias da Mona Lisa e da Pedra de Roseta, sem explicar, embora as implicações sejam evidentes. Ele descreveu de forma variada o fóssil como o Santo Graal da paleontologia e como a Arca Perdida de arqueologia. [4]

- O PRIMEIRO ELO NA EVOLUÇÃO HUMANA e a NOSSA MONA LISA "Este é o primeiro elo na evolução humana. Um achado como este é algo para toda a humanidade. Ele conta-nos uma parte da nossa evolução que tem estado oculta até agora ... Esta é a nossa Mona Lisa e vai ser... pelos próximos 100 anos. " - Paleontólogo Jorn Hurum [5]

- "O" ELO PERDIDO (e quantas vezes ouvimos esta?) "Esta pequena criatura vai nos mostrar a nossa ligação com todo o resto dos mamíferos. A ligação que teriam dito até agora que estava faltando ... já não está faltando". Radiodifusor e naturalista de renome Sir David Attenborough. [2]

- ESTE FÓSSIL MUDA TUDO Nancy Dubuc do History Channel disse que o Ida "prometeu mudar tudo o que pensávamos que compreendíamos sobre a origem da vida humana".

A mais sublime imagem foi a de Michael Bloomberg ao lado da caixa de vidro da Ida, o braço sobre os ombros de uma menina da escola que estava vestindo uma camiseta com o logótipo da TV: "O Elo. Isto muda tudo". A principal coisa que Bloomberg estava presumivelmente à espera que isto mudasse era a possibilidade de ganhar um inédito terceiro mandato como prefeito de Nova York nas próximas eleições. [4]. Tora Aasland, ministro da educação superior no governo norueguês ... apareceu a pensar que a Ida era uma maravilha da ciência norueguesa em oposição a uma maravilha da evolução pré-histórica. [4]

E, claro, há também a obrigatória (e muito especulativa) história de como a IDA morreu e acabou sendo preservada para que pudéssemos ver e analisá-la 47 milhões de anos mais tarde - [Os cientistas acreditam que ela foi envolvida por dióxido de carbono, enquanto bebia no lago Messel: as águas tranqüilas do lago eram freqüentemente cobertas por uma fina manta de gás como resultado das forças vulcânicas que formaram o lago e que ainda estavam ativas. Fragilizada pelo seu pulso partido, Ida escorregou para a inconsciência, foi engolida pelo lago, e afundou para o fundo, onde as condições únicas a conservaram por 47 milhões de anos.] [2]

Afinal, será que a IDA realmente faz jus a toda a aclamação? Historicamente, a resposta é um retumbante NãoApesar de toda a promoção sensacional e extravagante em torno da IDA, um fato chave permanece esquivo e desconhecido - que faria da IDA um achado evolucionário verdadeiramente espetacular? Não se conhecem precursores ou antepassados. Como é o caso da maior parte dos fósseis, não há conhecimento de ancestrais ou precursores diretos para a IDA. Que criaturas precederam a sua espécie? Não temos nenhuma pista, apenas especulações. Em que tipo de espécies é que ela evolui depois? Mais uma vez, os especialistas mantêm-se silenciosos - porque não temos evidências fósseis. No entanto, parece que a sua mera existência é suficiente para qualificar como um "elo perdido", sem uma clara compreensão de quais as criaturas a que ela se liga, de e para... Este é um dos mais consistentes aspectos de persuasão enganadora da evidência fóssil utilizada para promover a evolução. Todos os fósseis são considerados como uma peça do quebra-cabeça evolucionário que falta, que nos leva cada vez mais perto de melhor compreender a nossa alegada “herança evolutiva”, mas que nunca nos leva finalmente lá... Mas ALGUM DIA vamos finalmente começar a preencher os espaços vazios, ou pelo menos é o que os *especialistas nos dizem...(Risos).

Entretanto, e até lá, a IDA é apenas mais um exemplo de uma criatura sem um patrimônio, não obstante a promoção sensacional dos meios de comunicação sobre o seu significado. Para se qualificar como um fóssil de "transição", é preciso haver muito mais do que uma espécie prima ao lado de uma outra espécie prima. Tem que haver uma clara ligação evolutiva demonstrando de que criaturas evoluiu a IDA. Mas a distância evolucionária (ou seja, homóloga) entre a Ida e sua suposta "parente" é tão grande que você poderia colocar uma série de exemplos antes e depois dela, e afirmam que eles estão relacionados. Isso não é "evidência" científica convincente - são apenas especulações e conjecturas imaginativas ousadas e pouco prováveis – Típicas de Darwinistas. Está na altura dos evolucionistas começarem a demonstrar o quanto eles realmente não sabem, em vez de apresentarem criaturas fúteis como a IDA como um outro “grande exemplo” de evolução. Ela não é nada disso...

Para além de ficar muito bem nos livros de ciência das nossas crianças, francamente, não existe qualquer evidência que nos leve a acreditar na sua linhagem evolutiva. Como um dos meus colegas já comentaram a "Ida não é o primeiro fóssil a ser sobrevalorizado, e certamente não será o último". Na minha opinião, este é apenas mais um espetáculo oportunistico da publicidade dos mídia para dar a mais um fóssil um imerecido pilar no panteão evolutivo dos chamados "elos de transição evolutivos". Eu prevejo que não vamos encontrar os antepassados mais próximos da Ida ou os seus descendentes evolutivos. Depois de toda esta promoção sensacional arrefecer, ela vai continuar a ser apenas mais um ramo a tracejado no arbusto conjectural evolutivo para os primatas. Mas, ei, Warren Beatty parece-se um pouco como eu. Visto que estamos a construir relações evolutivas baseadas nas aparências, acho que ele poderia passar por meu primo à muito perdido? Talvez se nós realizássemos uma conferência de imprensa para mostrar a nossa semelhança poderíamos obter alguma boa publicidade... é rir para não chorrar...

[1] NY Times, March 13, 2009 - "They Didn't Love Lucy" - http://www.nytimes.com/2009/03/19/arts/artsspecial/19bust.html?_r=2&pagewanted=all


[4] The Guardian [UK] "To get a glimpse of the Ida fossil, the media make monkeys of themselves" - http://www.guardian.co.uk/science/2009/may/19/ida-fossil-primate-media-us

[5] The Hindu, May 20, 2009 - "Backgrounder to Ida Fóssil" http://www.hindu.com/holnus/008200905201041.htm (por Kevin H. Wirth)



Assuntos Relacionados:

- Pagina de índice, todos os artigos que vão contra a Teoria da Evolução:

Fontes, site Sete Antigos Heptá:

Tags: IDA Darwinius Masillae,Darwinistas,evolução,evolutivo,elo perdido,humanos,macaco,teoria da evolução,charles darwin, darwin,darwin evolução,icones,prova,provas,provada,evolução comprovada,macacos e seres humanos,

3 comentários:

Lucas Nogueira disse...

Não acreditam que um ser pode se adaptar a um ambiente de acordo com a suas necessidades, mas acreditam que de um sopro divino na areia surge o homem e das costelas deste, surge a mulher... meio contraditório. Quem é o louco por aqui?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Dãaaaaaaa!!!

Cacetada que comentário idiota! (Risos), quem tá falando de religião aqui infeliz?

Vai estudar! Afffff!!

Anônimo disse...

Tudo o que você falou contra a Teoria da Evolução é fato, só não enxerga a verdade quem não quer.
E as legendas das fotos estão ótimas
kkkkkkkkkkkkkkkkk

GoogleAnalytics

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]