sábado, 8 de maio de 2010

Filme de Chico Xavier - Biografia do Médium

O filme estreou em 02 de Abril de 2010, justamente quando ele faz aniversário, e não vamos esquecer que 02 de Abril é Celebrada a Paixão de Cristo (vai do dia 02 até 04), que se trata da crucificação e posterior ressurreição do cristo. Então acho que não é a toa que ele (Chico Xavier) se encarnou nesse dia, pois de fato sofreu a vida toda principalmente na infância.


Trailer do Filme




Será que Chico Xavier carregou “cruz” por toda a sua longa vida? (desencarnou com 92 anos), ao que tudo indica sim.


Uma coisa que as pessoas geralmente não pensam é por que ele teve essa vida tão difícil. Eu já questionei alguns espíritas sobre o assunto, e as idéias deles(as) são insanas! (Risos).


A hipótese que fazem é que ele é uma “alma muito pura e perfeita”, ou um “anjo enviado por Jesus” para ajudar os pecadores da Terra. Ele sofreu para dar o “exemplo”, ou até quem sabe, sofrer por nós, para pagar nossos pecados (Risos)


Bem, eu acho todas essas hipóteses uma tolice. Ingenuidade a nível muito infantil.


O próprio Chico Xavier não soube por que veio para a Terra nesse estado tão precário. Se soube nunca contou a ninguém...


Lendo sobre sua vida, vendo esse filme e notando como o tal de Emmanuel se comporta com ele (Emmanuel é a alma mentor dele) a forte impressão que fica é que Chico Xavier deve se tratar de uma alma com varias pendências.


Sua sofrida infância e sua vida de trabalho intenso e cheia de aborrecimentos é compatível com o padrão de alma arrependida que quer compensar o seu mal com o bem. Ai ele por ignorância, aceita encarnar em condições precárias e começar uma missão difícil, complicada e cheia de turbulências.


Duvido muito que uma alma “pura”, “perfeita”, “divina” viria ao mundo dos encarnados para cumprir uma missão em condições tão toscas. A lógica diz que deveria vir como "Rei do mundo", como um multibilionário, ou super poderoso ser. Que provaria a toda a humanidade que é divino, iluminado e sábio.


Ai essa “super alma” seria eleita(o) como o Rei ou Rainha do planeta e comandaria a humanidade para um futuro de glórias e prosperidade infinitas. Isso sim faria todo o sentido.



Mas não é isso que vemos acontecer... a razão eu sei, vou contar no meu livro, aguardem.


E não venham dizer que Jesus é esse tal “Ser Divino Super Puro”, por que ele sequer existiu...


E mesmo que tenha existido, ele sofreu mais e pior que o Chico Xavier, então ele pode ser qualificado como “Alma com grandes pendências” assim como ele (Chico).


Agora falando do filme em particular, eu achei ótimo. Foi um filme bem equilibrado, ele mostrou as vitórias e algumas derrotas do Chico. Em particular vesse a intenção clara dos produtores de peitar os Pseudocéticos, pois mostrou-se alguns dos mais importantes confrontos que ele teve com essas víboras.


Os destaques foram: o caso Revista Cruzeiro, Sabatina no programa “pinga fogo”, e a vitória sobre o ceticismo do diretor do programa, esse ultimo Pai de um rapaz que foi morto por um amigo. Ele (o diretor) e mulher acusavam José Divino Nunes de matar seu filho Maurício Henriques.


Mas uma carta psicografada por Chico Xavier de Maurício convenceu os Pais, e estes retiraram a acusação contra José Divino. O Juiz aceitou a carta como autentica.


O Pai de Maurício disse ser Ateu, mas reconheceu a carta como sendo do filho dele.


Isso me faz ter muita alegria, pois foi um tapa na cara de todos os Pseudocéticos idolatras do materialismo.


Foi uma glória sair do cinema e olhar a cara de abobalhado deles (Pseudocéticos) após ver o filme.


O filme acaba justamente com esse caso, causando uma grande comoção em todos os espectadores.


Achei genial, por isso recomendo muito.


O filme de Chico Xavier é Ótimo, o filme que é baseado na Obra intitulada “Nosso Lar” psicografado pelo próprio Chico deverá ser melhor ainda, já que é uma super produção milionária de Hollywood [a produtora é a super poderosa 20 Century Fox, que dentre outros filmes, produziu Avatar, recordista de bilheteria de todos os tempos no planeta]


Sobre o filme Nosso Lar, Clique Aqui!


Mas você sabia que esses filmes já eram para ter sido feitos décadas e décadas atrás?


Não?


Não foram feitos antes por que o Chico Xavier foi sabotado por “virtuosos irmãos de senda”, no caso os diretores da FEB (Federação Espírita do Brasil), para os quais ele ingenuamente tinha doado todos os direitos autorais sobre suas obras.


Chico Xavier já era para ser conhecido no mundo todo há muitas décadas, mas graças a esses “cristãos reticentes” a sua fama demorou a engrenar. É bem provável que já teríamos visto filmes baseados nas obras psicografadas dele há muito tempo.


Mas também devemos deixar claro que o próprio Chico Xavier foi um grande tolo em varias ocasiões.


Por seguir filosofias equivocadas que falam de “ser humilde”, “a pobreza purifica”, a “modéstia [exagerada] é santa”, etc... ele falhou em tomar as rédeas de sua missão, a deixou nas mãos de tolos e estes só atrasaram a divulgação das mensagens, mensagens estas que não pertencia a eles, nem os Chico, mas sim as almas que as psicografaram.


Então toda essa atitude molenga desse pessoal (incluindo o Chico Xavier) foi acima de tudo uma ofensa contra essas almas. E lógico, contra toda a humanidade.


Imaginem quantas pessoas morreram sem nem saber que o tal de Chico Xavier existiu? Quantos não poderiam ter ficado em situação melhor, ao desencarnar, se tivessem tido a oportunidade de ler essas obras?


Pois é... nisso que dá seguir filosofia baratas de quinta categoria.


Eis aqui um pouco de filosofia de verdade:


- “Sejam humildes, mas não aponto de os vermes terem que olhar para baixo, para não tropeçar em vocês”. [Bruno G. Moraes]


- “Moderação é aconselhável para tudo, inclusive para a demonstração de virtuosidade”. [Bruno G. Moraes]


- “Não exagere na humildade, pois quanto mais se agacha, mais o C#*% aparece” [Bruno G. Moraes]



Leiam agora um texto sobre o assunto:



Obras de Chico Xavier proibidas de serem traduzidas


Por Alamar Régis:


Em 1991, numa viagem que fiz a São Paulo, como sempre fazia, fui à Federação Espírita do Estado de São Paulo, FEESP, naquele prédio da Rua Santo Amaro, na Bela Vista.


Chegando lá fui procurar conhecer o pessoal da divulgação, os que faziam o "Jornal Espírita" e "O Semeador", respectivamente João Gianini Pascale e Altamirando Carneiro que me apresentaram a outras pessoas da diretoria, que manifestavam uma certa alegria em me conhecer, já que o meu nome ali não era estranho, porque eu me tornara conhecido pelos jornais espíritas, por causa do programa da Embratel.


Dentre estas pessoas, fui levado à sala do presidente, senhor Teodoro Lausi Sacco, que me recebeu com uma deferência muito especial logo no primeiro dia.


No terceiro dia que fui lá, ao chegar, encontrei logo de cara com o presidente, Lausi, que parecia já estar me esperando, conduzindo-me à sua sala para uma conversa, segundo ele, "muito importante" e séria. Ele se dirigiu ao cofre antigo, abriu, retirou algumas pastas com vários papéis dentro, colocou sobre a mesa, sentou-se e disse:


- "Alamar, não sei porque, mas eu tenho que mostrar isto aqui para um espírita dinâmico, corajoso e destemido que pode, talvez, um dia reverter este quadro e recuperar algo de muito precioso que o Espiritismo perdeu. Anteontem, quando você estava aqui nesta sala, trazido pelo Altamirando, alguma coisa me disse que esta pessoa seria você. Preste bem atenção na história que vou lhe contar".


E começou a contar-me uma história, mostrando-me os papéis correspondentes a cada ponto que ele abordava. A história é a seguinte:


Consta que no início de abril do ano de 1969, veio ao Brasil um grupo de empresários americanos, de uma megaeditora dos Estados Unidos, para ter um encontro com o Chico Xavier, objetivando informá-lo que eles queriam traduzir todos os seus livros para o inglês, além de todos os outros livros espíritas que ele recomendasse, editá-los nos Estados Unidos e lançar as obras no mundo inteiro. Queriam saber se ele concordava com a idéia e se autorizaria.


Ao fazerem a proposta em Uberaba, o Chico emocionou-se tanto e deu mil graças a Deus por aquilo que ele chamou de "uma bênção".



- "Claro, meus irmãos, que eu concordo! Quanta alegria vocês me trazem, como um verdadeiro presente de aniversário! Isto é uma benção, mas acontece que os direitos das obras foram todos doados à Federação Espírita Brasileira, que certamente autorizará."



Consta que o velho mineiro ficou tão feliz, os convidou para almoçar, eles ficaram três dias em Uberaba, conheceram os trabalhos e um deles até recebeu uma mensagem psicografada, em inglês, de um parente desencarnado.



De lá os homens partiram para Belo Horizonte e em seguida para Brasília, para um encontro com a diretoria da FEB. A reunião aconteceu, a proposta foi feita a então diretoria e, pasmem senhoras e senhores, vejam a resposta:



- "Nós não autorizamos. O problema de tradução é muito sério, vocês vão adulterar as obras e o prejuízo para o Espiritismo vai ser muito grande. Lamentamos, mas não autorizamos".


De fato, não restam dúvidas de que a tradução de obras literárias de um idioma para outro geralmente causa problemas sérios de interpretação de orações, porque os tradutores não podem se limitar apenas a traduzirem as frases como elas aparecem, mesmo com as colocações verbais e gramaticais corretas, porque existe um fator indispensável a considerar que é "como as pessoas do País de origem da língua da obra entendem determinada frase ou determinada colocação".


Este é um problema muito sério e, por incrível que pareça, até mesmo em traduções das obras básicas, do Francês para o Português, existem contradições ao pensamento de Allan Kardec e aos pensamentos dos Espíritos, conforme está no original.


As traduções da Bíblia, por exemplo, trazem absurdos terríveis, por causa disto. Mas não é esta a questão que estamos analisando agora.


Concordando com a preocupação da FEB, pertinente com certeza, os editores americanos propuseram o seguinte:



- "Então os senhores indicam uma equipe de tradutores juramentados para acompanharem todo o trabalho de tradução, que nós bancamos todas as despesas e honorários. Só publicaremos cada obra, após o acordo da FEB, para manter a integridade da mesma".


Mesmo assim a FEB não autorizou.


Consta que os homens ficaram uma semana em Brasília, voltando lá diversas vezes, solicitando serem atendidos, foram atendidos apenas uma vez, do lado de fora, com todos em pé, e não mais foram recebidos, quando ouviram um funcionário lhes transmitir um recado da diretoria que dizia que o assunto estava encerrado.


Consta que o Chico estava num clima parecido de "lua de mel", tamanha a sua felicidade, com aquela nova idéia, que só poderia ser trabalho da espiritualidade maior, até que lhe veio a notícia:


A FEB NÃO AUTORIZOU!


Quase o Chico desencarna quando soube daquilo. Custou a acreditar no que estava ouvindo. Tentou falar com alguém da diretoria da FEB, mas consta que não encontrou ninguém que pudesse atendê-lo para falar sobre o assunto. O notável médium entrou num processo de ira tão grande, chegando a passar mal e até a ser levado a um hospital.


A partir daí decidiu a nunca mais doar os direitos e muito menos autorizar que a FEB publicasse qualquer livro escrito sob a sua psicografia.


Se todos procurarem checar o assunto e observarem a relação de livros psicografados pelo Chico, notará que, de fato, a partir de uma determinada época não consta mais livro nenhum do Chico editado pela FEB.


Existem alguns livros editados, inclusive no ano de 1971, pela FEB, que são, se não me engano, o "Rumo Certo", que é um livro de mensagens do Emmanuel, e o "Antologia da Espiritualidade", um livro de poesias de Maria Dolores.


Acontece que o Chico havia doado esses direitos antes do acontecido, já que nem sempre os livros eram publicados no ano que o direito foi cedido. A partir daí, podem observar, os livros começaram a ser editados apenas pelas editoras Clarim, CEC, Edicel, GEEM, FEESP, IDE, LAKE, CEU etc.


No ano de 1992, voltando a São Paulo, já amigo do Teodoro Lausi Sacco, voltei à FEESP para conversar sobre o assunto, indignado ainda com aquilo, e lhe pedi maiores detalhes e informações sobre o acontecido. Ele me disse que pouca gente, do movimento espírita, sabia daquilo e que a lembrança do fato fazia o Chico muito triste.


Eu já tinha uma certa amizade com o Nestor João Masotti, que hoje é presidente da FEB mas na época (1992) era um dos seus vice-presidentes (a FEB tem mais de um vice-presidente).


Ele sempre me tratou muito bem, com muita atenção... aliás, o Nestor sempre trata bem a todo mundo, é um "gentleman", um espírita do mais alto nível, um homem digno de estar onde está hoje. Não é um espírita de rótulo. Do aeroporto fui direto à FEB e começamos a conversar a respeito do fato.


Eu imaginava que o Nestor soubesse daquilo, por ser um espírita muito influente no País e até no exterior, inclusive ex-presidente da USE (União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo).


Hoje ele é presidente do Conselho Espírita Internacional. Cheguei até a perguntar a mim mesmo: "Puxa vida, como é que pode, o Nestor um homem de São Paulo, atuante no movimento espírita paulista, não saber disto que me foi informado pelo presidente da FEESP, também grande nome do espiritismo paulista?".


Mas são coisas da vida, ou melhor, coisas de movimento espírita.


Conversamos muito, relatei para ele tudo o que o Lausi Sacco havia me dito e ele manifestou-se surpreso com a notícia. De volta ao seu gabinete o Nestor me disse que iria procurar ver se existiam registros acerca do fato nos livros de atas da FEB, arquivados desde a sua fundação.



Entraria em contato comigo e me diria alguma coisa, caso existisse ou caso não existisse nada registrado. Um mês depois, mais ou menos, ele me ligou para Belém e me disse o seguinte:



- "De fato o episódio aconteceu. Há registros, sim. Mas aconteceu em uma época em que a FEB atravessou um dos momentos mais difíceis da sua história, momento este em que quase há um rompimento até mesmo com as federativas estaduais...".



Na oportunidade questionamos, eu e ele:



- "Que tal a idéia de tentarmos descobrir quem são essas editoras americanas hoje, esses homens e vermos se eles ainda existem e estão dispostos a darem continuidade à idéia.".


Pela cabeça do Nestor Masotti, tenho certeza de que uma idéia desta jamais seria reprovada. Mas será que todos os outros dirigentes espíritas, mesmo os atuais, pensariam como ele?


Será que, pela coisa ser grande demais, não seria reprovada mais uma vez pelos espíritas donos da "pureza" doutrinária que, em nome da "humildade", continuam a reprovar tudo o que é grande, na concepção equivocada de que pelo Espiritismo só se podem fazer coisas pequenas?


Será que a pessoa espírita brasileira, indicada para acompanhar os americanos no processo das traduções, pessoa esta que certamente seria bem remunerada, obviamente pelas poderosas editoras, não seria acusada de ganhar dinheiro às custas do Espiritismo?


Fica aí a história para a reflexão de todos...


Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

12 comentários:

galeraounivercidade disse...

Bruno, parabéns pelo blog !

Vi quase a maioria dos documentários.

Achei muito interessante.

Mas uma coisa ainda não entendi quando você coloca em evidência aos casos sobre espiritismo.

Respeito muito sua opinião.

Mas eu me coloco assim:

Com todo o respeito por todos os credos e religiões do mundo, e sem querer generalizar, porque
existem exceções, na humanidade em que vivo há uns bons anos, enquanto ser humano, verifico que
somos um coletivo estigmatizado muitas vezes por um sofrimento mental, por ensinamentos
que incluam o medo e a culpa em nós, e temos dificuldade em ser verdadeiramente responsáveis em
espiritualidade.

Construímos e instalamos no coletivo uma onda de cisão em que o significado da existência
fica-se pela superfície adornada de pura materialidade.

Em poucas palavras,perdemos a esperança e a fé na luz que somos.

E o pior, a covardia, a falta de coragem e o receio do que o vizinho irá pensar de nós, golpeia
de forma contundente cada minuto de vida que nos foi dado para sermos espirituais em amor
profundo no mundo.

Muitos de nós estão cansados, eu diria mesmo MUITO CANSADOS, de conflitos segregativos!

Não queremos SOBREVIVER regidos por politiquices maquiavélicas e credos que não nos ensinam a
respirar por nós próprios.

Queremos simplesmente VIVER neste mundo e partilhar equitativamente sabedoria e amor!

DEUS é único.
DEUS é o criador de todas as coisas.
Somos todos filhos dele.
A Fé, essa sim, é a base de toda a experiência espiritual.
Agarre-se mais à espiritualidade para contatá-lo.
Pois só assim caminharemos rumo à nossa ascensão espiritual.

O Amor que a gente cobra dos outros não é nossa missão... A nossa missão mesmo é propagar nossa Luz, a Caridade e o AMOR...

Anônimo disse...

Eu, definitivamente, acho esse papo de "espiritismo" uma graaaandeee perca de tempo!
Leiam "Filhos Do Fogo", é a pura verdade sobre os "espíritas"!

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Anônimo, filhos do fogo? Aquele livro evangélico? Affff!!!

Vai estudar...

galeraounivercidade disse...

Os Protestantes adoram se exibir. Dizendo-se a a religião predominante do país.

Pra mim é tudo gente sem conteúdo e pseudo-intelectuais.

A raça humana devia estar focada somente na espiritualidade.

Diga não a Religião e sim a Jesus !!

O que tem de errado com a religião é sua própria existência.
Deus não criou religião, nem igrejas, nem escreveu bíblias ou evangelhos.
Tudo isso foi feito pelo homem de acordo com a conveniência de cada
religião que criaram.
E com certeza, Jesus não precisaria de bíblia pra ser conhecido.
le não deixou nada escrito, usou somente o dom da palavra que tem um poder
e uma vibração muito maior do que qualquer escrita.
Religião é apenas um comércio e exploração da fé alheia.
Uns te fazem crer que Deus é um ser severo e que castiga aquilo que
consideram pecado.
Outros fazem de Jesus um ser preconceituoso e materialista, porque só
"salva" quem é da mesma religião e paga o dízimo.
Se esquecem que Deus é amor, e que Jesus veio pra nos ensinar isso.

A Religião não salva ninguém !!
A Religião não te dá o livre arbítrio !!!

O único que salva e te dá o livre arbítrio é DEUS !!

Eu sigo as leis divinas !! Sigo à espirititualidade !!

DEUS nos deu JESUS para ser o nosso "MENTOR" ou "MESTRE" maior para direcionar os espíritos
deste mundo para a evolução... Irmão, guia e modelo de toda a humanidade.
Exemplo de perfeição a que o homem pode aspirar sobre a Terra.

DEUS nos deu JESUS para propagar a caridade e o Amor !

Graças à DEUS, JESUS veio aqui para fazer mais coisas, como:

Ensinamentos sobre espiritualidade,ética,perseverança,Autoconfiança,
lições do amor incondicional,equilíbrio,educação,reencarnação e
exercícios para a Paz interior.


Todas as RELIGIOES já estão falando dos espíritos e também falando com eles.
Mas eles não dão o braço a torcer... Ganância,Poder,Dinheiro, é tudo o que eles mais querem...
O raciocínio divino não combina com essa fórmula.

Jesus é um poder e não adianta desafiá-lo.

Em todas as guerras que aconteceram no mundo existe só um único motivo por ter desencadeado
tantas discórdias, tanto ódio, tanto preconceito e a violência entre humanos, e esse motivo
com certeza é a criação da palavra Religião.

Quem somos nós para criar ?
Quem somos nós para julgar ?

Será mesmo que precisamos de castelos de pedras pra acalmar nossa PAZ de espírito ?
Precisamos mesmo de impérios criados por nós mesmos pra apaziguar nossos corações ?

DEUS é único.
DEUS é o criador de todas as coisas.
Somos todos filhos dele.
A Fé, essa sim, é a base de toda a experiência espiritual.
Agarre-se mais à espiritualidade para contatá-lo.
Pois só assim caminharemos rumo à nossa ascensão espiritual.

JESUS é filho de DEUS e veio com uma importante missão:

Ame-se e propague o amor !! O resultado será a evolução de nossa espécie.

Continue crendo, crendo, crendo...E acredite que a sua fé pode SIM te colocar no topo, pode
romper barreiras, pode fazê-lo feliz se assim quiseres.
Liberte-se e sorria sempre pra vida, pois é a ela que muito nos tem dado os motivos para o nosso
contentamento.


DEUS é único ! Deus é tudo ! Deus é minha Vida !

galeraounivercidade disse...

O ser humano tem a capacidade de inteligencia limitada a 10%, por isso inventa crenças, e conceitos irreais, reforçando a necessidade de entendermos a vida.
Porém não se iluda, com religião.

galeraounivercidade disse...

O problema maior, é a ignôrancia, a intolerância e o Fanatismo, e pessoas que não tem uma
opnião formada, e são meramente enganadas, esse é o nosso grande problema cultural.
Religião não salva e nem muda ninguém, quem muda somos nós quando somos ispirados por Deus.
Somos eternos, estamos sempre reencarnando em nossa morada que é o nosso grande planeta Terra.
A Luz e a Paz estão dentro de nós! Encontre-os! E viveremos bem melhor!!!

galeraounivercidade disse...

Porque a minha Felicidade é plena, e isso causa espanto aos infelizes...
Porque o meu eu interior é cheio de Luz, e puro, e isso causa espanto aos que olham de fora..
Porque a minha paz é inabalável, indestrutível e ninguém pode com a minha alegria....
Porque a minha fé não precisa de castelos de pedras pra ferir minha espiritualidade...
Porque a velocidade de meu sucesso não precisa de degraus alheios...
Porque a minha vontade de viver é pura Gula, e causa ira dos intrigantes... Que venha a inveja, que venham as tempestades,os obstáculos...
Que venha tudo contra mim...
Pois já estou preparado pra tudo isso.
No final das contas quem manda em minha vida, sou eu mesmo....
Deus deu uma vida pra cada um,e se ele quisesse que a gente cuidasse de mais de uma vida ele nos dava outra...
É realmente triste saber que existe ainda uma enorme percentagem de pessoas atrasadas e pobres de espírito que guardam os sentimentos de rancor, ódio e inveja.
Portanto,se cada um cuidasse de sua vida, o mundo já estaria em ordem e progresso.
Pois esse nosso Brasil, tem muito o que melhorar.
Pra começar,a população deveria estar mais ligada à espiritualidade do que a crença.
Pra começar,a população deveria estar mais ligada à caridade do que ficar assistindo
excomungações e textos mentirosos e blasfemosos, ouvindo calúnias pastorais e até julgando a si mesmo e a alheios.
Deveria estar mais ligada em estudos,ao trabalho e mais colada na solidariedade.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Hã? Jesus? bíblia? Religião? Afff!!!!


-“A Religião é o Ópio da Humanidade” [Karl Marx, filósofo, historiador e teórico político]

-“Eles devem achar difícil... Aqueles que tomaram a autoridade como verdade, ao invés da verdade como autoridade”. (Gerald Massey, Egiptólogo)

“As religiões são prisão da mente, presídios onde a essência real das pessoas ficam encarceradas, sendo oprimidas por dogmas sem sentido” [Bruno G. Moraes]

- “O sistema, ‘ciência e religião’ se combinaram para deixar bilhões cansados de viver, mas ao mesmo tempo com medo de morrer”. [J. W. Bautista Vidal, físico, engenheiro e escritor]

Pagina índice, tudo sobre Religião:

http://seteantigoshepta.blogspot.com/2010/05/pagina-indice-tudo-sobre-religiao.html

pesquisadora disse...

Bruno guerreiro, O espíritismo é uma GRANDE mentira! Como ele pode acreditar em emanuel(jesus cristo)Se Jesus disse que ao homen está ordenado morrer uma só vez vindo depois disso o juizo,para deixar claro que não existe reencarnação!Outro fato é que eles não falam claramente mas ,acreditam que o xico era a reencarnação de jesus,e se pensam assim é porque se baseiam na bíblia,e se acreditam na bíblia,sabem que jesus ressuscitou,ou seja não está morto;então como pode alguém que não morreu reencarnar?E aliás,eles acreditam na bíblia sim,tanto que se dizem os tradutores dela para os sem entendimento,como por exemplo o livro:"oração do pai nosso segundo o espiritismo,pelo espírito meimei". A verdade é que nenhum seguimento sobrevive á ganancia pelo poder do homen!

pesquisadora disse...

galeraodauniversidade...Jesus ensinou pra vocês a reencarnação? Aonde? Na bíblia,ou vei por carta?E ensinou a humildade?Acho que você só aprendeu o orgulho...

Bob disse...

Mas é claro que o sol
Vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei…

Escuridão já vi pior
De endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem…

Tem gente que está
Do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar…

Tem gente enganando a gente
Veja nossa vida como está
Mas eu sei que um dia
A gente aprende
Se você quiser alguém
Em quem confiar
Confie em si mesmo…

Quem acredita
Sempre alcança…

Esses comentarios sao bem a prova da desconexao do homem com a verdade. Ninguem sabe mais em que acreditar. Tem gente que nao acredita em si mesmo, como vai conseguir acreditar em algo ou alguem?

Se vc quer fundamentar uma pesquisa, a primeira coisa a fazer eh se despir de conceitos proprios.

Cansei de buscar respostas externa e parti pra busca interior. Mesmo assim terei uma trabalho imenso de fazer com que minhas experiencias passadas nao se transformem em um "DeJa Vu" como respostas.

Bob disse...

Mas é claro que o sol
Vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei…

Escuridão já vi pior
De endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem…

Tem gente que está
Do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar…

Tem gente enganando a gente
Veja nossa vida como está
Mas eu sei que um dia
A gente aprende
Se você quiser alguém
Em quem confiar
Confie em si mesmo…

Quem acredita
Sempre alcança…

Esses comentarios sao bem a prova da desconexao do homem com a verdade. Ninguem sabe mais em que acreditar. Tem gente que nao acredita em si mesmo, como vai conseguir acreditar em algo ou alguem?

Se vc quer fundamentar uma pesquisa, a primeira coisa a fazer eh se despir de conceitos proprios.

Cansei de buscar respostas externa e parti pra busca interior. Mesmo assim terei uma trabalho imenso de fazer com que minhas experiencias passadas nao se transformem em um "DeJa Vu" como respostas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]