quinta-feira, 19 de abril de 2012

Edelarzil Munhóz - Vulgo “mulher do algodão” - [4 de 5] - Paranormal Materializadora - Realidade Fantástica

Veja Todas as Partes do Artigo - Clique nos Links: [Parte 1] - [Parte 2] - [Parte 3] - [Parte 4] - [Parte 5]

“Para os que querem acreditar, nenhuma prova é necessária, para os que não querem, nenhuma será suficiente” [ditado popular]
Endereço e meios de contato com ela [Clique Aqui] - Edelarzil Vs. Quevedo [Clique Aqui]


                                            Marcas Famosas nos Objetos que Materializam?                                        

Quando você for ser atendido pela Edelarzil, vai notar que em algumas coisas materializadas, existe marcas de produtos famosos, tais como o Boticário, Natura, Panasonic, Fashion Model, etc... Mas por que disso? As entidades por acaso estão fazendo propaganda dessas marcas? (Risos).

Não, nada disso... o que acontece na verdade é que tais objetos foram teletransportados de lixos para dentro do algodão, acredite se puder... mas além de materializar, a Edelarzil teleporta as coisas, como ficou claro no caso do Menino que engoliu pregos.

Assim, eu não sei por que exatamente, as entidades resolvem teletransportar esses objetos. A intenção das entidades parece ser de informar para quem recebe as materializações, que tipo de energia negativa foi cortada.

E para isso eles usam até mesmo frascos de produtos que estão no lixo de alguém em algum lugar do mundo...

Isso é extremamente bizarro não é mesmo? Por que elas fazem isso? Qual o propósito? Não poderiam usar esse recurso para teleportar coisas mais interessantes, tais como Barras de Ouro perdidas nos oceanos, pedras preciosas também naufragadas, dinheiro enterrado, etc... ?

Eu não sei qual o propósito dessas entidades, o que posso garantir é que não tem como a Edelarzil colocar esses objetos ali, na hora, bem na frente de todo mundo, sem ninguém perceber.

Então temos de concluir que entidades muito poderosas e sabias, simplesmente usam uma super paranormal, para ... para... teleportar lixo para dentro do algodão... sim isso mesmo! (Risos)

Mundo estranho não é mesmo? Veja abaixo uma reunião de fotos de objetos de marcas famosas que apareceram para mim e para pessoas que vieram comigo.

                                                     Galeria Objetos de Marcas Famosas                                                       





Clique nas Imagens para vê-las Ampliadas

Ela é uma Religiosa? Uma Cristã Católica?


Como podem notar, pelas rezas que temos que fazer, e também pelos discursos que ela faz, a Edelarzil parece ser uma religiosa. 

Eu sou o ministrador da iniciação o ‘Salto’, não sou religioso, por que tanto as memórias despertadas como a ciência, vem provando dia após dia que a Religião, digo todas elas, são pura perda de tempo e esforço. 

As religiões são apenas prisões para mente, soníferos ministrados a humanidade para tornar os seres humanos dóceis e manipuláveis. 

Não se ganha nada com as religiões, apenas perdesse enorme tempo, recursos e oportunidades, pois as pessoas se fecham para todas as outras possibilidades. Achando que já encontraram “a salvação final”, o caminho para a “verdade absoluta” as pessoas ficam cegas, assim, basicamente, devem apenas pagar o dizimo, acreditar em alguma figura mitológica, e esperar a morte chegar, para então entrar no “reino dos céus”. 

Sinceramente, não sei como alguém minimamente inteligente pode cair numa ladainha dessas... Mais sobre o assunto? Leia esses outros artigos: [Jesus nunca existiu?] – [Tudo sobre Religião]

Mas aqui estou eu falando 'mal' das religiões e seus seguidores... e a Edelarzil? Ela é uma religiosa? Então por que estou apoiando-a? Bem... em primeiro lugar, independente se ela for uma religiosa mesmo, ou não, nós não podemos ser preconceituosos, pois o poder paranormal é autentico, então a pessoa pode ser o que for, cristã, hinduísta, xintoísta, islâmica, não importa, se apresenta poder paranormal autentico, então merece ser investigada, respeitada. 

Mas no caso da Edelarzil, na minha consulta particular, ela não mostrou um pingo de religiosidade, me pareceu muito racional, e sensata. Ela foi criada na simplicidade, numa cidade minúscula do interior de SP, [cidade de Parisi] e sua educação foi muito precária. 

As entidades que apareceram para ela desde o começo, [ela tinha apenas 5 anos], talvez para não complicarem demais as coisas, se apresentaram no formato de figuras conhecidas dos mitos cristãos. 

Eu não sei os detalhes sobre o assunto, por isso posso falar muito pouco, mas ela diz claramente, em suas palestras, que a mentora dela é a “Nossa Senhora do Rosário”, e o mentor de “*transporte” é o “Santo Antônio”. [Nota*ela precisa do auxilio das entidades para materializar, e teleportar os objetos, como comentei na historia do Mago Negro de Ribeirão].

A tal “nossa senhora”, pelo que tenho pesquisado, realmente existe, mas fica claro para todos que já estudaram o conjunto das aparições Marianas, que tal entidade não é realmente relacionada com o cristianismo, ela na verdade parece ser uma antiga entidade que já aparece para a humanidade desde tempos imemoriais, ela muda de nome de tempos em tempos, para que sua mensagem seja levada a sério.  

         Mais sobre o assunto, acessem: [Aparições Marianas] – [O Terceiro Segredo] – [Guadalupe, Provas Reais]          

A minha opinião sobre o assunto então, e que as entidades preferiram se mostrar no formato de figuras religiosas, por que se a menina começasse a falar que estava vendo “Ets” ou seres estranhos, tipo, sacerdotes egípcios, monges do tibet, ou coisa parecida, não teria apoio dos pais, nem das pessoas da comunidade.

A taxaria como “possuída por demônios”. Mais tarde ela não atrairia devotos católicos e evangélicos para serem atendidos. Como ela mesma relatou, houve ocasiões onde fanáticos religiosos atacaram o centro onde ela atendia, até mesmo botando fogo no local.

Então imagine se ela falasse que as tais entidades que estavam ali ajudando eram seres fora do contesto religioso local? A oposição seria muito maior, muito pior. Mas atualmente, a Edelarzil já ta bem fora dessa linha mais “cristã”, ela já não fala tanto de bíblia, Jesus, etc... mas como as entidades continuam a se mostrar como a “nossa senhora” e “Santo Antônio” ela continua a fazer as rezas. 

Antigamente, anos atrás, a Edelarzil tinha pintado na parede uma imagem de Jesus, mas atualmente ela cobriu a imagem, como pode ver abaixo:

Atualmente a imagem de Jesus foi apagada 

Nos discursos, ela não fala de religião, comenta que tem de estar aberto as entidades que vão trabalhar, que tem de confiar, tem de ser humilde, e se penitenciar para “alcançar a graça” isso de se penitenciar é comum nas mensagens da entidade que sempre aparece, desde tempos imemoriais, que atualmente conhecemos como “nossa senhora”, realmente esse aspecto parece ser importante, as pessoas devem “merecer” ser ajudadas.

A Edelarzil então, na minha opinião, já ta saindo bem fora do fanatismo religioso, ela talvez por causa da educação dos próprios guias, está deixando de lado as crenças supersticiosas, e se virando para algo mais racional, autentico.

Talvez já tivesse feito essa transição completamente, se não fosse a total falta de tempo, ela tem muito pouco tempo para si mesma, praticamente vive apenas para materializar, dia após dia, sem parar. Não pode estudar, não tem tempo para ler livros, ver documentários, nem conversar com as pessoas.

Eu no caso, quando fui atendido por ela em particular, percebi uma carência muito grande [da Edelarzil] por trocar idéias, conversar com as pessoas. Ela atende milhares e milhares a cada ano, centenas dessas pessoas devem ter as respostas que ela procura, mas como sempre fica “distante” dos meros mortais, acaba isolada, reclusa. O que é uma grande pena.

Eu deixei o meu cartão com ela, disse que sou um terapeuta de vidas passadas especial, e que a atenderia de graça, iria lá iniciá-la no ‘Salto’, mas até hoje não me ligou. 

Ela tem essa crença muito forte, que deve trabalhar intensamente para a ajudar o máximo que puder por que é uma pecadora, fez coisas muito ruins em vidas passadas, e agora deve compensar o seu mal com o bem.

Acredito que por isso não liga para seu próprio bem estar. Entre ajudar aos outros, ou a ela, prefere auxiliar o próximo em detrimento a si mesma. Não acho que ela está certa, mas por enquanto não posso fazer nada para mudá-la.

Continua...

Veja Todas as Partes do Artigo - Clique nos Links: [Parte 1] - [Parte 2] - [Parte 3] - [Parte 4] - [Parte 5]

34 comentários:

Zé Fábio disse...

Olá Bruno.

Não imaginava haver uma pessoa com tais poderes paranormais e relativamente perto da minha cidade (130 km).

Comentando com meu pai ele já havia ouvido falar a muito tempo da Edelarzil mas porque motivos não sei ele ainda não havido ido. A situação chega ser até engraçada hehe. Dessa vez ele animou e com certeza iremos.

Muito obrigado pelo post desse assunto e vou continuar acompanhando suas matérias com certeza.

Grande abraço.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Fico muito feliz por ter animado você e seu pai a visita-la.

Esse super artigo ainda está em construção, em breve a parte 4 e 5 serão terminadas, volte depois para ler.

Abraço.

Fabio disse...

Gostaria de alertar a todos sobre a Fraude que essa senhora está praticando. Sinto a obrigação de alertar a todos pois como cidadão não posso permitir que as pessoas sejam enganadas. Ví pessoas doentes, desesperadas, que viajam milhares de quilometros, atravessam estados para serem ludibriadas por esta senhora e sua família. Estive por 3 vezes no centro dessa senhora e pude, com olhar atento descobrir como a farsa é realizada. Não existe materialização, não existe milagre, não existe fenômeno. O que existe é um truque, simples que qualquer um pode ver, pois ele é feito na frente de todos. Ao lado do tanque onde ela realiza as materializações existe uma sala que fica sempre fechada. Dentro desta sala existem várias peneiras que são preparadas com os objetos a serem "materializados". Antes do inicio da sessão um dis filhos dessa senhora coloca essas peneiras ao lado do tanque, junto com a peneiras que os visitantes preparam. Essas peneiras que os visitantes preparam são usadas apenas como objeto de cena e o algodão dentro delas é colocado sobre a peneira que já foi preparada por eles para dar volume. Fui, ví e constatei por 3 vezes o truque. Não se deixem enganar, não percam seu tempo com essas bobagens. Se não acreditam, então peçam para ela deixar você colocar uma peneira que você encheu de algodão dentro do tanque e peça para ela retirar os objetos dessa peneira. Garanto que ela não vai deixar você fazer isso...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Fabio seus argumentos são furados, completamente falsos, uma pena a Edelarzil ser tão passiva, eu no lugar dela te processaria, e pediria uma indenização milionária. Você claramente nem leu esse artigo inteiro, nem deve ter lida essa parte 4 imagine as outras.

Eu vou te responder,usando seu texto, as próximas postagens minha vai ser de respostas a suas acusações injuriosas, injustas e insanas.

Aguarde...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Minha Resposta ao Fabio, Parte 1:

Fabio:

Gostaria de alertar a todos sobre a Fraude que essa senhora está praticando. Sinto a obrigação de alertar a todos pois como cidadão não posso permitir que as pessoas sejam enganadas. Ví pessoas doentes, desesperadas, que viajam milhares de quilometros, atravessam estados para serem ludibriadas por esta senhora e sua família. Estive por 3 vezes no centro dessa senhora e pude, com olhar atento descobrir como a farsa é realizada. Não existe materialização, não existe milagre, não existe fenômeno. O que existe é um truque, simples que qualquer um pode ver, pois ele é feito na frente de todos.

Resposta: Duvido muito que seu nome seja Fabio, você o inventou, pois não teria coragem de colocar seu nome inteiro, telefone de contato, endereço, e falar com a cara limpa. Como um covarde que é, se esconde atrás de um nome falso, por meio da internet. Se acha que tem razão, então é simples o que tem de fazer “Oh grande cidadão brasileiro”. Entre com um processo contra a Edelarzil, prove em tribunal que ela usa de truques, e ponto final, se tiver razão ela vai ser presa, e você vai ser ovacionado como o “grande cidadão brasileiro” que acha que é.

Mas... entretanto, porém... se ela provar que está certa, que faz a materialização, ai meu amigo, é você que vai ter de pagar, e caro, sua ousadia. Uma pena mesmo não ser comigo, eu te processaria e pediria uma indenização milionária.

Fabio:

Ao lado do tanque onde ela realiza as materializações existe uma sala que fica sempre fechada.

Resposta: Essa “sala” ao qual se refere se trata de um banheiro, eu já vi a porta aberta, ela entrando e saído dali. Em diversas fotos aqui no site a porta aparece.

Fabio:

Dentro desta sala existem várias peneiras que são preparadas com os objetos a serem "materializados".
Resposta:
Oh... é mesmo? Você pode provar isso? Se a policia quiser ir com você ali, vai conseguir provar o que diz? Já fui vezes lá em que mais de 150 pessoas foram atendidas, uma atrás da outra, sem tempo para “preparar” nada, a quantidade de coisas diversas que materializou-se lotaria aquela sala completamente, isso sem falar na carniça, nos bichos vivos, tais como baratas, moscas, sapos. Tudo isso estava dentro de uma ‘sala’ que é um banheiro minúsculo? Por favor...

Fabio:

Antes do inicio da sessão um dis filhos dessa senhora coloca essas peneiras ao lado do tanque, junto com a peneiras que os visitantes preparam. Essas peneiras que os visitantes preparam são usadas apenas como objeto de cena e o algodão dentro delas é colocado sobre a peneira que já foi preparada por eles para dar volume.

Resposta: Mentira, eu já fui lá 5 vezes, e vi diversas vezes eles colocarem peneiras vazias encima do tanque, e só encherem de algodão na hora, o algodão claramente pesando nada. Das vezes que eles pegam as peneiras já com algodão, elas claramente são leves, pois não fazem força alguma para move-las.

Aqui mesmo no site existe diversas fotos mostrando as peneiras com algodão, uma encima da outra, e não tem peso algum, senão amassaria as de baixo. Você claramente nem leu o artigo inteiro, senão, não teria escrito tal insanidade. Tem fotos que mostram os sacos pretos, cheios de algodão desfiado, eles usam o algodão desses sacos para encher as peneiras, na hora, na frente de todos, eles despejam o algodão, e claramente não há nada dentro, após isso ela se concentra e começa a sair dali ossos enormes, correntes grossas, figuras de gesso pesando 5 quilos ou mais, pés de cabra preta, crânios, queixadas de animas, como pode ver nas fotos publicadas aqui no artigo.

Scheila Adriane Grade disse...

Engraçado como tem pessoas que se dão o trabalho de falar mal de coisas que visivelmente não compreendem. Eu fui lá, observei com muita atenção todo processo e não há nada de enganação. Mas como é uma coisa considerada "paranormal" pra quem não entende nada de física quântica, só resta argumentar dessa forma pobre. Apoio muito a racionalidade e a verdade, e a Edelarzil está lá para quem quiser estudar e pesquisar seu método. A questão é: quão limitada é sua mente? Na hora de provar mesmo, ninguém aparece...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Minha Resposta ao Fabio, Parte 2:

Fabio:

Fui, ví e constatei por 3 vezes o truque. Não se deixem enganar, não percam seu tempo com essas bobagens.

Resposta: não há truque algum, você precisa usar óculos, sou eu que estou perdendo tempo aqui te respondendo, e as pessoas que estão perdendo tempo lendo as suas asneiras. Vai se tratar que pelo jeito deve sofrer de alguma doença mental grave.

Fabio:

Se não acreditam, então peçam para ela deixar você colocar uma peneira que você encheu de algodão dentro do tanque e peça para ela retirar os objetos dessa peneira. Garanto que ela não vai deixar você fazer isso...

Resposta:

Garante? Você diz que garante? Por acaso pediu a ela para fazer isso? Duvido muito! Aconteceu um caso parecido com esse, o padre Quevedo fez o seguinte teste, ele trouxe de casa uma bacia, como aquelas de lavar roupa, era uma bacia de alumínio, ele trouxe de casa o algodão, desfiou ali na frente da Edelarzil e da TV globo, ele então pediu para ela materializar ali dentro da bacia. E ela materializou!

Como ele explicou isso? Disse que ela “escondeu” os objetos dentro da roupa, e de alguma forma muito prodigiosa, conseguiu colocar as coisas dentro da bacia, muito rapidamente, sem ninguém ver, apesar disso estar sendo feito bem na frente dele, e das câmeras, as câmeras não pegaram nada... então pelo menos ele admitiu que a Edelarzil movesse a velocidade da luz... (Risos).

Nas palestras que ela dá, ela diz com toda clareza que já foi, e ainda vai, nas casas de varias pessoas para materializar, ela materializa no tanque de lavar roupa! Ou na pia da cozinha!

Como? Convidou ela para materializar lá na sua casa? Claro que não... tem medo da vergonha que vai passar né?

Vai se tratar senhor “Fabio”, você sofre de uma doença grave, muito cuidado com suas acusações injustas, ou vai acabar pagando uma indenização milionária para a Edelarzil e sua família.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Trecho da parte 1 do artigo, que certamente o 'Fabio' não leu:

Além de tudo isso, o algodão usado é desfiado pelas próprias pessoas que vão ser atendidas, se os objetos já se encontram dentro do algodão antes dele ir para a peneira, então em que momento eles são colocados?

E mesmo essa hipótese, é totalmente descartada, já que primeiro, as peneiras com o algodão ficam ali na frente de todos, e qualquer pessoa pode verificar o peso deles, são leves como deveria ser, segundo, na maioria das vezes, o algodão seco é colocado na hora, e fica claro que não há nada dentro de tais porções secas, vi varias vezes eles colocando o algodão seco na peneira, para depois saírem objetos pesados tais como, correntes grossas, cabeça de porco com carne ainda, ossos enormes como fêmur humanos, dentadas de animais grandes como cavalos, bois, etc...

Só o peso de um fêmur humano pesa em media uns 5 quilos, e como poderia ser escondido numa porção pequena que cabe numa mão ?

Perante essa realidade extraordinária, de materialização e teleportação de objetos físicos, as pessoas que tem lá seus conceitos e dogmas, ficam escandalizadas, pois admitir que realmente coisas físicas estão aparecendo do nada através de uma senhora de hábitos simples, é jogar para o céu todos os axiomas que a grande maioria adota como verdade estabelecida.

A zona de conforto, que é o conjunto de possibilidades que as pessoas acreditam serem plausíveis dentro de um limite cultural, quando agredida por fatos como esse, faz a grande maioria ficar sem teto e sem chão, as pessoas num geral são imaturas, apegadas, preguiçosas e até... burras... e muitas vezes preferem negar a realidade, que ter de admitir que suas crenças, alimentadas por décadas e décadas, não passam de equívocos, mentiras, e ilusões deprimentes.

Além disso, as pessoas são orgulhosas, prepotentes, e quando alguém vem e prova que elas estavam erradas em seus conceitos fundamentais, preferem negar cegamente, como crianças birrentas, em vez de ter a maturidade e humildade de admitir que estavam erradas, e que de fato perderam tempo e energia acreditando em ilusões que nunca a levarão a nada.


E ai seu "fabio", cadê você?

Sérgio disse...

http://obraspsicografadas.haaan.com/2012/a-mdium-do-algodo-um-investigao/

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Obrigado Sergio por ter postado o link para o site do Fabio, ele como grande 'defensor' dos cidadãos brasileiros, estranhamente não ousou deixar o link da pagina escrita por ele, onde está difamando a Edelarzil e sua família aqui.

Curioso não? O que ele teme? Deveria ter deixado o link aqui desde o inicio...

Bem, fui lá no site e postei varias mensagens, mas até agora [ás 23:44, do dia 30/04/2012] nenhuma delas foi publicada, ele publicou outras, de pessoas também pseudocéticas, que foram escritas depois que eu comecei a mandar, mas as minhas não. Isso só prova mais uma vez que ele é covarde, e que as 'certezas' parecem estar se transformando em incertezas... (Risos).

Vou publicar os textos que eu deixei lá, como prometi para ele, vou deixar as copias aqui, assim, mesmo que ele não as publique lá, aqui elas serão exibidas para quem quiser ver:

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 1:

Tsk, tsk, tsk... Fabio Figueiredo... uma pena mesmo eu não estar no lugar da Edelarzil. Se estivesse, com toda certeza te processaria, pediria uma indenização milionária. Difamando a mulher aqui, publicamente... Tsk,tsk...

É lamentável que ela seja tão passiva...

Eu fiz um longo artigo sobre ela no meu site, vejam, link para a parte 1: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2012/04/ederlazil-munhoz-vulgo-mulher-do.html

O artigo todo tem 5 partes. Um tal de "Sergio" postou o link para esse artigo [do Fabio] em uma das minhas paginas nos comentários.

O Próprio Fabio comentou na minha pagina, jogou lá os argumentos, eu respondi e o "corajoso" Fabio não retornou... precisou o "Sergio" agir para postar o link.

Ficou com medo Fabio? Por que desde o inicio não postou o link para essa sua pagina? Se acovardou?

Leiam o meu artigo, ele está lotado de fotos, e evidencias reais que provam que o negocio ali com a Edelarzil é real, fantástico... mas muito real.

Li seu fraco artigo Fabio, e a única coisa que me fez arquear as sobrancelhas foi a referencia a sala "misteriosa" cuja porta de entrada fica bem ao lado do tanque, ali onde diz que as peneiras são "preparadas", eu tenho uma foto no meu site que mostra o outro lado, e ali tem um portão grande, realmente estranho, vejam a foto: http://2.bp.blogspot.com/-prVZSTFWKK0/T5fv_KVB9QI/AAAAAAAAHsc/OUE6ezTfJM4/s1600/Edelarzil+objetos+28.JPG

Não faço a mínima idéia do por que desse portão... mas ai dizer que ali é a "sala do truque", já é demais...

continua...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 2:

Eu te respondi muito detalhadamente no meu site, e ai? Vai aceitar o desafio de chamar a policia e invadir o local lá para provar as suas ousadas afirmações?

Sabe o que vou fazer? Eu vou voltar lá... vou imprimir esse seu site, vou fazer printscreen da pagina e apresentar para os filhos dela, você aqui claramente está atacando não só a Edelarzil, mas todas as pessoas que trabalham com ela.

Ela pode até não querer te processar, mas os filhos e outras pessoas que estão sendo acusados aqui, certamente!

Eu vou repetir o que te respondi lá no meu site, e vou colocar esse texto que escrevi aqui lá também.
O seu ataque insano, infundado e injusto vai ser exposto, e a escolha vai ser sua, manter essa pagina no ar, com sério risco de ser processado e condenado a pagar enorme indenização, por cada dia que ela ficou no ar, ou retira-la imediatamente diminuindo seu ônus, que ainda assim será grande, caso os filhos da Edelarzil resolvam te processar do mesmo jeito.

Eu vou fazer de tudo para que eles venham e te processe, se a decisão fosse minha, já teria comunicado meu advogado, e o processo já seria iniciado.

Pode provar em tribunal que eles todos ali usam de truques como estes supostos por você? É bom que possa...

Minha resposta ao Fabio, lá no meu site, depois que dei as respostas ele nunca mais apareceu, “corajoso” ele né?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

A pagina onde o difamador Fabio Figueiredo está postando suas acusações e ofensas: http://obraspsicografadas.haaan.com/2012/a-mdium-do-algodo-um-investigao/

Além dele, tem outros, que nunca foram ver a Edelarzil, e mesmo assim a xingam e acusam injustamente. Meu nome também rola na conversa, e o link dessa nossa pagina foi postada lá, o que achei muito bom, e justo.

Agora veremos qual vai ser atitude que o Fabio vai tomar, certamente a Edelarzil e a família vai ficar sabendo dessas difamações publicas, e espero, que eles ajam como eu agiria, com severidade, e justiça.
Eu certamente processaria o Fabio,e pediria uma indenização enorme e exigiria que a pagina fosse retirada do ar, e outra com pedidos de desculpas, fosse criada.

Fabio, você se meteu numa grande encrenca, está preparado para as conseqüências?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Dias se passaram e eu fui lá na Pagina do Fabio, refutar suas acusações. Os textos acumulados são enormes, eu vou postar parte deles aqui, e daqui a alguns dias, criarei uma ou mais paginas, com as perguntas dos pseudocéticos e minhas respostas:

Postarei o link para essas paginas aqui.

Então vamos as perguntas e minhas respostas:


E aos pseudocéticos, uma recomendação. Antes de continuarem com as difamações, por favor... leiam as 5 partes do artigo que eu escrevi sobre a Edelarzil. Nesse link: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2012/04/ederlazil-munhoz-vulgo-mulher-do.html

De tudo o que o Fabio escreveu, a única coisa que me deixou com duvidas, foi sobre a "sala" atrás do tanque onde ela materializa, essa sala tem do lado de fora um portão grande de duas folhas, e realmente é estranho, não sei para que propósito ela seria usada, fraude? Duvido... mas é bom conferir... nunca perguntei sobre isso lá.


________________________________________
Fabio:

Bruno, vai estudar cara, eu não estou difamando ninguém!

R: Vai estudar? (Risos) ?

Eu apenas analisei a situação e com olhar criterioso descobri que é truque.

R: Mesmo? Estão esperando o que então? Chamem a policia, vão lá acompanhados com mandado de busca, invadam aquele lugar e descubram a farsa! Por que não faz isso? Hã, já sei... pode ser tudo verdade, e ai o feitiço vai virar contra o feiticeiro, é você que vai ser preso (Risos)

Fabio:

E sim, eu tenho o direito de contar para quem eu quiser isso porque ela alega ter poderes que não tem.

R: Ah sim, o direito de esculachar, difamar injustamente, criticar sem base, é verdade, esse é um direito assegurado pela constituição... vou consultar meu advogado sobre esses seus "direitos".

Fabio:

Quem tem que decidir se quer continuar sendo enganado ou não não é você mas as pessoas. Vivemos num país livre com liberdade de expressão, informação e pensamento.

R: Ah sim, o direito ao esculacho novamente... (Risos)

Fabio:

Se eu descubro que é fraude tenho a obrigação de contar senão estaria sendo conivente.

R: Você não descobriu nada, está apenas "supondo" segundo as suas porcas investigações. Eu fui lá 5 vezes, levei pessoalmente 7 pessoas até hoje, muitos outros foram, e ninguém viu fraude alguma. Entre essas pessoas estão, psicólogos, médicos,advogados, etc... não só dessa turma, mas de outras que conhecemos ao ir lá. Mas todos foram enganados né Fabio? Só o "grande e muito inteligente Fabio" é que descobriu a "verdade", depois de 60 anos "enganando as pessoas" precisou do "super fabio" para desvendar o enigma...

Fabio:

Se ao invés disso ela informasse que se trata de truque duvido muito que alguém fosse lá.

R: hã???

E me diga uma coisa, vc é parente dela?

R: Não...

Tem procuração para falar em nome dela?

R: Não...

Quem sabe eu não pense em processar ela e pedir uma indenização pelos meus gastos com as três viagens que fiz para votuporanga já que eu fui para lá enganado,

R: Opa! É assim que se fala! Isso mesmo, afinal você tem "certeza" que é fraude, certo? Então não tem motivo nenhum para não processá-la, nem chamar a policia para ela. Faça isso, tá esperando o que? Você já não está convencido? Chama o Biasetto para ir junto com você encarar a "veia charlatona", os dois estão tão seguros em suas convicções... (Risos)

Fabio:

pois achava que veria um milagre e na verdade não passa de um truque barato. Conhece o código penal bruno? Artigo 171, leia.

R: Só blá,blá,blá... pseudocetico é assim, adora jogar conversa fora no lixo. Vai lá Fabio, processe ela! Chama a policia, prove em tribunal que ela usa de truque, e pare de lenga, lenga... (Bocejo)

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Biasetto, a Edelarzil é como um astro do Rock, ela é super ocupada, nunca atende o Tel. , não acessa a internet, e a única chance de falar com ela seria ir lá pessoalmente, e mesmo assim, teria de falar com um dos filhos dela, para "quem sabe" poder falar com ela em particular.

Ela já recebeu, em mais de 60 anos de trabalho ininterrupto dezenas de Equipes de TV, Radio, Revistas, Etc...

Um exemplo pode ser visto nesse site, onde um repórter da Rede Globo arrependido relata como foi a experiência dele, quando foi lá entrevista-la, e ela os recebeu com muito cordialidade. Na reportagem eles a difamaram, e agora ele se arrepende:

http://www.viomundo.com.br/arquivo/loucuras-que-eu-vi/sobrenatural-de-almeida/

Nesse programa de TV a apresentadora fala sobre as dificuldades de conseguir marcar uma entrevista com a Edelarzil, por conta das traições que ela sofreu de pessoas mal intencionadas como esse repórter da globo acima citado.

http://www.youtube.com/watch?v=eXCI7Xqmetc

Ela é uma "super astro", você querer ter um "sessão particular, e controlada" com ela é de uma arrogância sem tamanho. Eu posso comentar sim do caso, não pretendo ir lá tão cedo de novo, já fui 5 vezes. Eu poderia sim "tentar" conversar com a mulher, talvez se eu apelar a ela, dizendo que tenho um site defendendo ela e seu trabalho, ai talvez me dê alguma atenção.

Posso falar que vocês aqui a estão difamando sem qualquer base, etc... mas duvido muito que ela vá fazer uma sessão exclusiva só para vocês, é muita arrogância. Mas posso tentar...

Eu no caso, se a coisa ficasse feia mesmo, iria para lá, e denunciaria esse site. Teria esse trabalho, já que considero essas acusações injustas. Mas mesmo assim corro o risco de ser ignorado.

Afinal o Fabio deve saber, ela não quer mais que ninguém vá procurá-la, ela fala isso em todas as palestras, ela diz que pede aos "guias" para que ninguém mais venha, mas as pessoas continuam a cruzar quilômetros e mais quilômetros para ir vê-la.

Quem sabe né? Talvez vocês aqui sejam a materialização do desejo dela, difamando-a, as pessoas que querem ver se é verdade ou não, acabariam desanimando, a noticia iria correr internet a fora, e talvez assim menos gente iria lá visitá-la.

Mas gente chata como eu, que gosta da verdade, da honestidade, não permite que esse processo aconteça. (Risos).

Eu tenho paginas defendendo-a, eu preciso responder a essas acusações, minha reputação também está em jogo.

________________________________________
Eu vou dormir agora, mas antes de ir, quero postar uma nota.

A tal "sala" escondida, parece ser um tipo de vestiário, dela e dos trabalhadores do local, é ali que trocam de roupas, se lavam, talvez tomem banho [nunca entrei lá], e também eles lavam as peneiras, que no final de um dia de trabalho ficam sujas com terra, que surge miraculosamente junto com os objetos.

As roupas da Edelarzil ficam imundas por conta dos objetos sujos, e alguns muito nojentos, que se materializam. Ali deve ser a lavanderia.

Então seria banheiro, vestiário, lavanderia, e local de guardar objetos tais como as peneiras, sapatos, objetos pessoais dos funcionários, etc...

Se tenho certeza disso? Não... mas certamente vou perguntar sobre o assunto numa próxima visita.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Continuação...

Um fato que aconteceu ali, que refuta as afirmações do Fabio, está relatado na parte 3 de meu longo artigo sobre a Edelarzil
http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2012/04/edelarzil-munhoz-vulgo-mulher-do_17.html

Vou reproduzir aqui (Obs. algumas partes foram cortadas, pois são irrelevantes para o debate, se quiserem ver o texto completo, acessem o link acima indicado):


Quarta Visita - Dia 16 de Novembro de 2011

Um dos iniciados não pode ir, vamos chamá-lo aqui de Luiz, ele tinha tempo, mas não dinheiro para custear viagem, hotel, etc... mas me pediu para 'tirar' por ele.


Durante as materializações das outras pessoas, uma que me chamou atenção foi a de um homem, de uns 40 ou 50 anos, para ele se materializou uma cabra preta morta inteira! Isso mesmo que você leu, uma cabra preta inteira saiu daquele algodão.

Era uma cabra filhote, mas mesmo assim grande, foi então a materialização mais horrível de todas, se bem que a que vou relatar a seguir, chega bem perto dessa, eu não tirei fotos dessa cabra por que estava aguardando minha vez, eu não poderia sair da sala, depois quando fui para o local onde as pessoas abrem as sacolas, o tal homem já tinha partido, uma pena...


[obs. Nesse dia eu entrei na terceira turma de 30, mais de 80 pessoas já tinham sido atendidas até chegar minha vez, nessa turma, eu fiquei bem atrás, um dos últimos da fila, por isso vi dezenas e dezenas de materializações, inclusive vi eles encherem a peneira encima do tanque, com algodão novo, varias vezes. Outras peneiras eram preparadas ali mesmo, na frente de todos, elas não saiam da “sala misteriosa”, todo mundo podia ver que o algodão seco, branco, sem nada dentro era colocado nas peneiras, não havia barulho de correntes, nem vidro, nem de coisa alguma]


Carne Podre, Moscas e Baratas Vivas: o dia, parece, esta ‘inspirativo’, eu fiquei por ultimo na minha pequena turma de 3, os dois foram antes de mim, eu iria pedir novamente por mim, pedir por mais duas pessoas e finalmente para o Luiz, as materializações para mim foram dentro do normal, exceto por três baratinhas que surgiram, uma delas tentou subir pelo braço da Edelarzil, que a matou, e as outras duas foram presas em chumaços de algodão, eu as vi mais tarde quando abri as sacolas, eu matei uma e a outra fugiu, já para as outras pessoas foi tranqüilo, apenas velas, pequenos objetos, nada demais, porém quando chegou a vez de materializar para o Luiz, derrepente subiu um cheiro de carniça forte que tomou todo o recinto.

O pouco algodão que tinha na peneira ficou endurecido, com aspecto escuro. A Edelarzil e seu filho comentou que era por que a energia negativa era muito forte, ela preferiu então jogar fora o algodão endurecido e pegar uma peneira cheia, com algodão novo.
(Obs. Preparada ali mesmo, na frente de todos)

Colocou a peneira nova, e começou a se concentrar (ela coloca as duas mãos no algodão, e invoca a ajuda dos guias), ai o cheiro de carniça subiu novamente.

A primeira materialização para ele foi uma carne mole, que parecia ser um coração ou fígado (não deu para entender exatamente o que era), essa carne mole estava completamente tomada por vermes vivos... sim, fervilhava de vermes! A Edelarzil até gemeu de nojo, pois como já dito, ela não tem controle sobre o que aparece.

O cheiro de carniça ficou mais forte, as pessoas atrás, que estavam esperando, começaram a comentar do forte cheiro. Foi ai que começou a aparecer moscas, dezenas de moscas varejeiras surgiram em segundos, e vinham de “lugar nenhum”, esse foi um fato inédito até então, nas minhas primeiras visitas, nunca tinha visto mosca alguma ali, mesmo sendo um lugar rural, com animais freqüentando, não notei mosca alguma em toda a propriedade.


Agora, do nada surge dezenas delas. A Edelarzil continuou materializando para o Luiz, surgiu então mais dois pés de cabra preta, também tomados por vermes, e fedendo a carniça.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

E mais moscas apareciam, quando ela finalmente terminou, havia tantas moscas que ela começou a espantar, eu comentei com ela que achava aquilo estranho, ela disse então que as moscas estavam se materializando também. Concordei, e fiquei espantado, estava sendo testemunha de um fato surpreendente.


[Nota: Ai eu pergunto a vocês, se as carnes podres já estavam ali, escondidas dentro do algodão, que havia sido previamente preparado dentro da “sala misteriosa”, sendo que eu deixei claro que não, que na ocasião as peneiras estavam sendo preparadas na hora, e na frente de todos. Por que o cheiro de carniça só subiu no momento que ela começou a materializar para o Luiz? Sendo que eu já estava na posição, e ela [edelarzil] já havia materializado para mim, e para outras pessoas para quem eu pedia? Não faz sentido, se a carne podre estava lá desde o inicio, então já era para estar fedendo desde o inicio]

Continuando:


Sai do recinto e fui abrir as coisas, eu infelizmente teria de tirar fotos de tais nojeiras. Essas fotos poderão ver abaixo, mas como são muito nauseantes, eu vou postar apenas os links que levam a elas, assim só clique no link se tiver estomago, estou avisando, são bem desagradáveis as imagens.

Prosseguindo, eu fui abrindo a sacola com as coisas dele [Luiz], e ai mais e mais moscas começaram a surgir! Do nada, mais moscas se materializaram.


Isso foi inédito, mesmo depois de ter saído da presença dela, as moscas continuavam a se materializar. Quando finalmente tirei fotos de tudo, o que não levou nem 5 minutos, havia um enxame de moscas a minha volta! (Risos), jogando por baixo, devia ter pelo menos umas 100 ou 150

As pessoas que estavam no recinto até saíram para fora, o fenômeno foi surpreendente. Eu com as minhas mãos cheias de sujeira dos objetos que tinha manipulado, não pude pegar a câmera para filmar, chamei o Altair e fizemos esse primeiro vídeo abaixo, [nota, nesse primeiro vídeo não está na mesa a carne podre, eu a havia colocado dentro do saco novamente, por que estava enojando as outras pessoas] após ele desligar a câmera, mais moscas surgiram. Houve então um momento de 'Pico', era como uma nuvem de moscas, eu quis filmar esse momento. Mas ele, Altair, já tinha saído, o chamei mas ele tinha saído para fora, estava conversando com alguém.

Eu então comecei a colocar as materializações dentro do saco novamente, por que na hora pensei que deveria guardar tudo, por que estava incomodando as outras pessoas.

Guardei tudo, mas boa parte das moscas continuaram ali, eu peguei a câmera e fiz o segundo vídeo, onde inclusive uma senhora comenta das moscas.




Vídeo 1: http://www.youtube.com/watch?v=6qOwo2pQNIQ

Vídeo 2: http://www.youtube.com/watch?v=myN134KGMcc


Mas o momento de “pico” não foi registrado, uma pena... só eu estava com “estomago” para querer filmar e tirar fotos de tudo, as outras pessoas só sabiam ficar longe, esperando que eu terminasse.

Pensando agora, eu acho que deveria ter insistido no registro, deveria, sei lá, ter tirado as coisas do saco novamente e filmado melhor. Mas naquele momento, meu “amor fraternal” pelas pessoas enojadas se sobrepôs a necessidade cientifica. Fica então essa lição...

Mesmo com essa falha de registro, deu para tirar varias fotos, pegar um pouco das moscas em vídeo, então acho que foi uma atuação “razoável”.

Esse fenômeno parece, foi incomum mesmo para a equipe da Edelarzil, um de seus filhos veio ver o que ocorria, eu comentei com ele que as moscas continuaram a se materializar, e ele ficou impressionado. Então concluímos que o Luiz, tem [ou tinha] sérios problemas. Fotos da Carniça , Fotos das materializações relatadas, aviso novamente, são muito repugnantes, se não tiver estomago forte, [muito forte], não clique nos links:
Carne Podre 1: http://1.bp.blogspot.com/-fxwXoc9di6E/T4HOc32J45I/AAAAAAAAHOg/-AavBh7motk/s1600/carne+podre+2.JPG

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Carne Podre 2: http://2.bp.blogspot.com/-vK_ErIT1vD0/T4HlJd6LYeI/AAAAAAAAHOo/pVf9Cv_NCKo/s1600/carne+podre+3.JPG
Carne Podre 3: http://3.bp.blogspot.com/-Dked0vU22PQ/T4HMirPhzOI/AAAAAAAAHOY/7rAiAEEOldE/s1600/carne+podre+1.JPG
Pé de cabra Preta 1: http://2.bp.blogspot.com/-YZ08S1u3mPs/T4HmiAaP4fI/AAAAAAAAHOw/jt0G9OzNazQ/s1600/p%C3%A9+de+cabra+3.JPG
Pé de cabra Preta 2: http://3.bp.blogspot.com/-YZ2okQyFMIE/T4HrGXzreJI/AAAAAAAAHPA/tT34alH6tkU/s1600/p%C3%A9+de+cabra+2.JPG
Pé de cabra Preta 3: http://4.bp.blogspot.com/-FOdBktw9JuA/T4HprBdSDEI/AAAAAAAAHO4/7gfqsrCxAew/s1600/p%C3%A9+de+cabra+1.JPG
Repito o argumento, se já estavam ali, desde o inicio, por que o cheiro de carniça só subiu na hora que ela começou a materializar, para ele, Luiz? Sendo que enquanto ela materializava para mim e para outras pessoas pelo qual pedia, não havia cheiro algum?
Continua...
________________________________________
Continuação...

O Biasetto dias atrás comentou sobre falar com ela pessoalmente, pedir para ela fazer uma demonstração de materialização bem documentado, etc... eu disse que isso poderia ser feito, mas que é muito dificultoso falar com ela, etc... mas depois que escrevi isso,me lembrei da consulta particular que qualquer pessoa pode agendar . Bastando para isso que essa pessoa tenha passado pelo menos uma vez pelo atendimento normal. Ela exige que a pessoa passe pelo atendimento normal, por causa da palestra que ela faz. No atendimento individual, ela não faz palestra.
Você não sabia disso Fabio? Você já pode agendar um atendimento individual com ela, e poderá ficar sozinho com ela, olho no olho, por 20 minutos. Ela joga os búzios e lê as cartas de Tarô, mas você pode dizer a ela que não quer, que prefere usar os 20 minutos para tirar algumas duvidas, e fazer alguns pedidos.
Sobre o atendimento individual vocês podem ler nessa minha pagina [a mesma que relata o fenômeno das carnes podres e moscas]: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2012/04/edelarzil-munhoz-vulgo-mulher-do_17.html
Reproduzindo:

Quinta Visita Dia 24 de Janeiro de 2012

A quinta e ultima visita [escrevo isso em 08/04/2012], foi numa terça-feira, e foi no atendimento particular, esse atendimento tem de ser agendado com muita antecedência, eu o havia marcado dia 16 de Novembro, pedi para me encaixar na data mais próxima disponível, e a próxima era 24 de Janeiro de 2012, [nota: isto é todos os dias de atendimento normal estavam lotados. Mais de dois meses de espera...]


A regra é que você só pode ir no atendimento individual, se passar pelo menos uma vez pelo atendimento normal.

Nesse atendimento individual, não há palestra da Edelarzil, ela atende as pessoas pela ordem de inscrição, e como dito acima, se trata de uma consulta que dura 20 minutos onde você poderá falar com ela em particular. Então essa paranormal tão potente será “sua” por 20 minutos (Risos)

Nesse tempo poderá fazer perguntas a ela, acredito que mesmo que não queira tirar as cartas, ou jogar os búzios, você poderá gastar esse tempo conversando com ela, e talvez tirando algumas duvidas.

Eu no caso ultrapassei esse tempo, tanto que um dos filhos dela veio ver por que estava demorando comigo. O conteúdo dessa consulta é muito pessoal, e acho, não interessa aos leitores.

Mas posso dizer que ela disse coisas coerentes, acertou vários aspectos sobre a minha vida, e de fato, mais uma vez, mostrou ser autentica, uma verdadeira paranormal que merece nossa admiração e respeito.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

A Edelarzil é uma paranormal de primeira grandeza, pena ela ser tão tímida, e exageradamente modesta, senão poderia sair pelo mundo mostrando a todos os seus poderes, provando assim a autenticidade dos fenômenos paranormais.

Depois da consulta as pessoas saem e aguardam ela atender a todos, feito isso a turma toda [cerca de 15 ou 20] entram no salão de atendimento para receber suas materializações. Ela não dá palestra no atendimento individual, fala apenas por uns 15 minutos e já começa a materializar.

Como dito acima, no atendimento individual é cobrado R$120,00 reais, e está incluso 5 materializações.

Então Fabio, tem coragem de ir lá encarar a Edelarzil ? Sua conversa com ela deverá ser muito tensa, se ela descobre que você está falando mal dela, publicamente aqui na WEB, por causa de porcas evidencias, não sei qual vai ser a reação... eu recomendo que você seja muito humilde, muito educado, e peça com gentileza, que ela, por exemplo, permita a você ser um ajudante dela por um dia, você junto com os filhos dela poderá encher as peneiras com algodão, já que ela faz materializações depois de atender a todos.
O único “inconveniente” disso é que teremos de esperar cerca de 2 há 3 meses depois de marcar o atendimento individual.
Nesse caso eu vou lá com você, onde você mora? SP capital? Se aceitar, eu ligo para a equipe dela, e marco nosso atendimento individual.

Roberto para Fabio;
O teu depoimento é bem legal, faz levantarem-se suspeitas, mas, como te disse antes, não prova de fato nada, apenas levanta suspeitas.
Vai ver a tua peneira tava bichada, por isso tiraram de cima da pia, aliás, tu poderia ter colocado em cima da pilha e não em cima do tanque pois pensa bem o irmão da mulher, chega lá e tem uma peneira acomodadinha lá, que não foi ele que colocou, aí um cético fanático abestado foi quem colocou a peneira lá com um escorpião dentro, com uma cobra coral, e aí, como é que fica?
Se fosse eu tirava também. Quem mandou fazer as coisas escondido tipo bandido?
Se eu for contigo lá vou te ensinar a ser macho, branco e franco, sem ficar se escondendo, de soslaio, camuflado, cheio de mequetrefes.

Boa Roberto! Essa deve ser a explicação do por que tiraram a peneira dele de cima do tanque, a lógica é simples:
Eles sabem muito bem que tanto os religiosos fanáticos, como ao materialistas/ateus fanáticos, ficam com ódio da Edelarzil por que ela está pondo a baixo toda a visão de mundo que esses dois grupos tinham, se for verdade o que ela faz, então cadê a “autoridade de Jesus”, que não desce lá do céu e faz como ela? Os fanáticos cristãos a classificam como “coisa do demônio”.
Os materialistas Ateus então... a mulher teletransporta e materializa coisas físicas, palpáveis, ela diz que é poder paranormal, que tem almas que a ajudam nessa tarefa! Ela prende as más influencias áuricas nesses objetos que são então materializados para serem incinerados. Para a Religião do Materialismo/Ateísmo/ Reducionismo, isso é uma verdadeira bomba que põe abaixo toda a construção filosófica construída desde o tempo de Darwin, a religião materialista/ateu simplesmente não pode explicar isso, os dogmas de fé dessa religião estranha [que acredita que peixe pode virar macaco, e um tipo de lobo pode pular no mar e virar baleia] cai por terra completamente. Esses idolatras do materialismo ortodoxo terão de admitir que estavam errados, que defendiam e acreditaram em mentiras e equívocos.
Certamente esses dois grupos de fanáticos religiosos e supersticiosos tem motivos de sobra, para por exemplo, colocar um bomba no meio de algodão, para explodir a pobre mulher. (Risos)
E isso é muito sério, já teve ocasião em que o centro de atendimentos dela foi invadido, e queimado. Como ela mesma relata na entrevista do programa mistério: http://www.youtube.com/watch?v=AMRvyc9jGwI
Então eles tomam cuidados para que nenhum fanático venha a causar problemas. O tal rapaz que retirou a sua peneira e colocou outra, deve ter tirado-a para verificar se tinha alguma coisa dentro.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Uma pegadinha que os pseudocéticos poderiam fazer, era colocar algo dentro da peneira, e ai quando ela retirasse esse algo e colocasse na sacola de alguém, os pseudocéticos iriam usar de sofisma para dizer algo como: “há há!!! Tá vendo, ela não percebeu que o negocio que colocamos não era materialização!” – Uma pegadinha dessa poderia render muitos sofismas, e retóricas sem fim.

Se um misero episódio em que a peneira do Fabio é retirada e colocada outra no local já rendeu toda essa polemica aqui na pagina, imagine um fato desses?

É por isso que eles ali da equipe da Edelarzil faz questão de verificar as peneiras, e certificarem-se que nenhum pseudocético colocou coisas dentro do algodão, seja um bomba, seja qualquer outra coisa.

Continua....
________________________________________
Continuação:

Estou vendo a atitude de alguns pseudocéticos aqui, e achando curioso, o Fabio diz que a peneira dele foi tirada, e outra foi colocada no lugar, mas ele apresentou algum vídeo, ou série de fotos para provar sua afirmação? Não, nada... mas os pseudocéticos imediatamente acreditam nele. Quem garante que a peneira dele foi retirada, e outra colocada no local?

Por que a palavra dele vale, e a minha não? Sendo que estou apresentando muito mais fotos e evidencias?

Simples, os pseudocéticos só ouvem o que eles querem ouvir, vêem apenas o que querem ver, aceitam apenas o que querem aceitar, independe da ciência, da verdade ou da historia, os pseudocéticos querem apenas afirmar seus dogmas, defender sua religião. Não estão interessados na verdade, estão interessados na ideologia.
A frase do inicio de meus artigos sobre a Edelarzil ilustra bem esse defeito do ser humano:

“Para os que querem acreditar, nenhuma prova é necessária, para os que não querem, nenhuma será suficiente” [ditado popular]
Continua...


Continuação:


Fabio:

Bruno última pergunta e seja sincero na resposta: Quando você diz que viu eles colocando outras peneiras no tanque e enchendo elas com algoão. Esssas peneiras que eles colocaram no tanque estavam completamente vazias ou continham algum algodão e eles completaram com mais algodão?

R: Estavam vazias.


Pergunto isso porque todas as vezes que eu vi eles colocando peneiras em cima do tanque elas já tinham algodão dentro. O que eles faziam era completar com mais algodão das outras peneiras que estavam no chão ao redor.

R: Pois é, você teve muito azar, muito mesmo, pois eu vi eles encherem peneiras totalmente vazias, encima do tanque, na hora, e também ali bem ao lado, na frente de todos, tirando algodão dos sacos pretos e pondo nas peneiras vazias, veja fotos com os sacos pretos dispostos:
1: http://4.bp.blogspot.com/-FVbvTVMTSVc/TshQTzqyQuI/AAAAAAAAGJ4/v4tXnrMcBgw/s1600/Ederlazil%2BLocal%2Bde%2BTrabalho%2B11.JPG
2: http://2.bp.blogspot.com/-YWV5fWpSHSk/TshM8XN-xMI/AAAAAAAAGJc/X7uvafVi9Bs/s1600/Ederlazil%2BLocal%2Bde%2BTrabalho%2B1.JPG

3: http://4.bp.blogspot.com/-6c8qhHNomXg/Ts1epGwcAdI/AAAAAAAAGOY/MOHEc04QPJc/s1600/Ederlazil%2BLocal%2Bde%2BTrabalho%2B7.JPG

Você disse que viu eles tirarem peneiras já com algodão daquela “sala misteriosa”, eu pessoalmente não vi isso acontecer nenhuma vez. Tem certeza que está sendo sincero nesse ponto? Por acaso sua memória não está ruim nesse quesito?

Se for verdade que eles tiraram peneiras já cheias da sala, a explicação pode ser a seguinte:

Ao mexer com aquele algodão todo, desfiado, levantasse muita microparticulas de algodão, como se fosse fuligem mesmo, você vê a fuligem de algodão no ar, e quem é alérgico passa mal, como alias eu sou.

Talvez, o pessoal da equipe dela sabendo disso, resolveram mexer com o algodão dentro da “sala misteriosa” para diminuir a fuligem provocada. Pode ser essa a explicação, mas repito o que disse, nunca vi ninguém sair da sala com as peneiras já prontas. E fui lá 5 vezes...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Fabio:

Acho que você não prestou atenção direito.

R: Prestei sim, como pode supor que não? Tanto que tirei dezenas e dezenas de fotos, fiz vídeos, levei outras pessoas comigo, nenhuma delas relatou qualquer fraude.
Nesse outro vídeo, eu filmei a parte de trás do local de atendimento, onde se vê um grande portão com duas folhas: http://www.youtube.com/watch?v=bhNIoPucR1k
Não faço a mínima idéia do por que tem um portão tão grande ali, quando nós dois fomos lá, vamos perguntar [com humildade] que portão a esse.

A coisa elevada que aparece é a “lixeira gigante” onde a equipe da edelarzil junta todas as sacolas deixadas pelas pessoas, para o caminhão de lixo da cidade de Votuporanga vir e levar embora, para incinerar.
Isso é uma coisas “rastreavel” ela diz que recebeu varias multas das prefeituras da região, por que pedia as pessoas que vinham, para jogar as materializações em rios, teve uma época que os rios de toda região ficaram entupidos! Nisso ela firmou acordo com a prefeitura de Votuporanga para incinerarem o lixo, creio até que construíram um incinerador, só por causa dela.

Continua...

________________________________________

Continuação:


Não importa Bruno, se você é da primeira ou última turma que vai entrar na sala.

R: como não? Você diz que as “peneiras com coisas dentro” são preparadas previamente, e que apenas elas são usadas. Mas se temos um grupo de até 150 pessoas, e cada uma pede uma média de 30 materializações, então é obvio que as peneiras previamente preparadas vão esvaziar rápido, e terão de encher com mais algodão.

Ficar no final de um grupo de 30 pessoas não é só importante, é EXCENSIAL para se comprovar isso. Na minha opinião você foi preguiçoso e desleixado. Foi lá com má vontade, e por isso “viu o que queria ver”, se satisfez rápido com uma misera evidencia, e se foi convencido. Desculpe, mas pelo que estou vendo, você é um PESSIMO investigador. Bem amador, e preguiçoso....


Fabio:

Presta atenção SCUR aqui também.
.
O problema é que entre a saida de uma turma e outra a porta fica fechada. Então quem está do lado de fora esperando para entrar não sabe o tempo que decorreu entre a saída do último e a abertura da porta. A recolocação das peneiras é feita nesse momento.

R: eles fecham a porta por um motivo bem mais plausível, apenas 30 entram no recinto, e se tem ali 150 pessoas para atender, as outras ficam na porta, observando, comentando em voz alta, e isso atrapalha a Edelarzil e incomoda quem está sendo atendido.
Você e outros aqui questionam por que preparar varias peneiras antes [deve ser apenas umas 6],não poderiam colocar o algodão apenas na hora? Na peneira encima do tanque mesmo?
O motivo é mais simples, e racional.
A Edelarzil não tem tempo a perder, ela tem de atender centenas de pessoas, o ritmo das materializações tem de ser industrial, se ela for ter de parar, para colocar o algodão na peneira, toda vez que ele acaba, vai se perder enorme tempo, fora que levanta muita fuligem, o que incomoda muito, e sabe disso, eu e você respiramos muito algodão.
E repito, VI ELES COLOCAREM ALGODÃO NOVO, SECO, DENTRO DA PENEIRA ALI, NA FRENTE DE TODOS, VARIAS VEZES, nunca vi eles tirarem peneiras já cheias da “sala misteriosa”, tem certeza que você está sendo sincero? Não se deu uma “licença poética” nesse ponto?


Fabio;

Bruno, eu vi sim pessoas com 15, 20 sacolas na minha frente e isso não me impressionou muito não….porque a grande maioria dos objetos retirados das peneiras são objetos pequenos. Um ou outro ganha um osso grande, ou uma corrente pesada.

R: Pois eu vi saírem varias coisas grandes,e até para a mesma pessoa, ossos enormes como esse fêmur humano:

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Foto 1: http://1.bp.blogspot.com/-exAkGoJr3X4/T6Q36sqT6gI/AAAAAAAAH6k/UAmDIrGq8cw/s320/osso+grande+1.JPG
Foto 2: http://1.bp.blogspot.com/-5dWsKfO0jFI/T6Q4vCMCM6I/AAAAAAAAH6s/cUHgwKRl0Rc/s1600/osso+grande+2.JPG

Queixadas de animal grande, tipo cavalo,
Foto 1: http://4.bp.blogspot.com/-NjEQx22vt8g/TsgA3fxgmRI/AAAAAAAAGH0/D5q6bMGxsOk/s1600/Altair%2BObjetos%2B2.JPG

Pés de cabra, grandes, três para a mesma pessoa: http://1.bp.blogspot.com/-aRkpZR2tJwE/T4TizQQMkWI/AAAAAAAAHRo/xFQcwvZ5NE0/s1600/tr%C3%AAs+p%C3%A9s+de+cabra+preta+1.JPG

Vejam quanta coisa saiu para uma senhora do RS:
http://2.bp.blogspot.com/-MLh9VqUXIes/T5qnnCAl05I/AAAAAAAAHyg/2p2AX_4paPs/s1600/edelarzil+caveira+materializada.JPG

O crânio de gesso era do tamanho natural, e maciço.
Bolsa de tamanho mediano: http://1.bp.blogspot.com/-u6YLmFtwGVc/T5C8_xjHrPI/AAAAAAAAHhU/rHh4L0mvrA4/s1600/Edelarzil+marcas+famosas+nos+objetos+7.JPG

Grandes ossos, e pés de cabra preta grandes, tudo saiu para apenas uma pessoa:
http://1.bp.blogspot.com/-QhopGzrEoTA/T4Tj8a4618I/AAAAAAAAHRw/FwQMPPw_jTI/s1600/tr%C3%AAs+p%C3%A9s+de+cabra+preta+2.JPG

Mais ossos grandes: http://4.bp.blogspot.com/-ZqwH2RWTUlQ/T5daltNugeI/AAAAAAAAHok/w3NuzWzqnNo/s1600/Edelarzil+objetos+7.JPG

Pedaço de vela derretida grande, tanto que tenho de segurar com as duas mãos, pesava mais ou menos uns 4 quilos: http://2.bp.blogspot.com/-9xO_wGXM5CA/Tsgdoj-ddDI/AAAAAAAAGIM/Y5YIChoYO0Q/s1600/Bruno%2BGuerreiro%2B10.JPG

Cabeça de porco, do tamanho de uma cabeça humana, pesando tanto quanto:
http://4.bp.blogspot.com/-GuRcK8qZtSc/TshcYHCJVOI/AAAAAAAAGKc/OnFwSXlcr3E/s1600/Bruno%2BBarros%2B-%2BObjetos%2B7.JPG

Continua...

________________________________________

Continuação:


Fabio:

Para uma peneira com 1 metro de diâmetro isso não é nada. Você se recorda do volume de algodão que eles colocam na peneira? É enorme…porque?

R: Você é um péssimo racionalista, postei acima fotos de objetos que tem perto de 1 metro, ou mais e você diz que essas peneiras tem 1 metro de diâmetro? Sabe o que é um “diâmetro”? Veja:

http://2.bp.blogspot.com/-X4SGUmwjjWc/T6RHC-lbg-I/AAAAAAAAH7I/3Z2KUi7fwoI/s1600/Diametro.png

Eu fiz questão de ir até uma loja de material de construção para comprar uma peneira dessas, para não restar duvidas, vi ali dezenas delas exibidas, todas do mesmo tamanho, igualzinhas as usadas pela Edelarzil. E Veja o tamanho do diâmetro dela:

http://4.bp.blogspot.com/-qoy6TWlLlpk/T6RFo08q-jI/AAAAAAAAH7A/IHLWnPOUDAw/s1600/Peneira,+apenas+50+centimetros.JPG

Apenas 50 centímetros... Perguntei ali se não tinha maior, disseram que não, é padrão.

Tá vendo como você se engana? No seu desespero em salvar a honra e o Ego, acaba aumentando, e muito, o que presenciou.
Uma peneira de um metro é muito grande, para uma pessoa segurar, para peneirar areia, é bem dificultoso, por isso o padrão da fabricação é 50 centímetros apenas de diâmetro, metade do que você falou...

E vejam só... eu escrevi que para uma pessoa apenas saiu, três pés de cabra preta, fêmur, ossos grandes de animal, tudo isso apareceu dentro de uma bola de algodão, numa peneira com APENAS 50 CENTIMENTROS DE DIÂMETRO.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Fabio:

E se ela faz o que faz então porque ela tem que trocar a peneira? Quando ela esvaziasse bastaria colocar o algodão na mesma peneira oras. Pra que ficar trocando, dixa ela lá no tanque e vai colocando algodão em cima dela e pronto


R: Já respondi, ela não tem tempo a perder, tem de atender centenas e centenas de pessoas, por isso eles preparam com antecedência, para não se perder tempo.


Fabio:

Eles trocam porque os objetos já estão nas peneiras.


R: (Risos), teimoso em... e ai, vai aceitar ir lá comigo no atendimento individual, vai poder falar com ela, olho no olho, em particular, vai ter coragem de encarar ? No aguardo de sua resposta...

________________________________________

Fabio:

Por mim o caso está encerrado, eu sei o que ví e o que presenciei. Se as pessoas querem continuar sendo enganadas, quem sou eu para impedí-las. Quem tem cérebro que use, afinal foram milhares de anos para sua evolução, porque desperdiçar não é?

Cada um vive sua vida da melhor maneira que lhe apraz. Se você quer continuar acreditando em gnomos e duendes e isso te faz feliz, ótimo. Sõ não use isso para enganar as pessoas. Fim.

Resposta:

Hã? Vai sair assim, de fininho sem nem se despedir? Vai correr como um rato corre do gato? Que vergonha... tsk,tsk,tsk...

Fabio, eu te fiz uma proposta, vou lá com você, no meu carro, ou no seu, e vamos ter nosso atendimento individual com a Edelarzil, você vai lá e vai ficar cara a cara com ela, e vai dizer para ela isso que postou aqui.

Vai ter de ter muita coragem, e sugiro, muita humildade, pois eu não sei o que ela poderá fazer com você caso xingue a mulher lá. Tem de levar e m conta que ela poderá ter mesmo poderes, já pensou ela materializando um pé de cabra preta bem no meio do seu cérebro? (Risos).

Para de frescura, e vamos combinar essa viagem, não vai se acovardar agora né? Olha o papelão que está fazendo aqui, na frente de todos os seus amigos.

________________________________________

Agora para terminar por hoje, eu acho que toda essa algazarra criada pelo Fabio no final foi bom, deu para esclarecer vários pontos, duvidas que muitas pessoas tem quanto a Edelarzil.
A maioria dos comentários aqui é totalmente irrelevantes para esclarecer o caso, uma porção de pseudoceticos vociferando alto, por estarem vendo sua religião/ideologia, cair por terra.
Afinal se as materializações da Edelarzil forem verdadeiras, então a possibilidade que o Chico Xavier e Waldo Viera realmente conseguiam materializar almas, se torna maior.

Eu, já que tive esse enorme trabalho, [e ainda vou ter mais, pois vou lá falar pessoalmente com a Edelarzil], vou fazer um favor as pessoas realmente interessadas e vou transportar esses meus textos, e alguns textos interessantes dos participantes, para o meu site, e criarei paginas, organizadas, e sem toda essa poluição dos fanáticos ateus materialistas, para servir de maior fundamentação para meus argumentos a favor da Edelarzil.

Eu não citarei o nome de vocês, apenas reproduzirei os textos.
Agora eu tenho de ir, vou viajar e ficar três dias fora, não responderei mais nada aqui até segunda feira [dia 07 de Maio de 2012]
Quanto ao Fabio, eu aguardarei sua resposta, vamos lá Fabio, encarar a Edelarzil “olho no olho” (Risos)

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

E por enquanto é só, depois volto com mais textos.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 1:

Biasetto… (Risos), que vontade de não acreditar, ou melhor, de continuar acreditando em suas crenças que estão sendo contestadas por um fato empírico. Que se dane os fatos, você quer é a mentira que sustenta a sua religião
.
Marcello Truzzi, definições sobre PseudoCéticos:
.
Pseudo-Ceticismo:
.
- O termo pseudo-cetismo ou ceticismo patológico é usado para denotar as formas de ceticismo que se desviam da objetividade. A análise mais conhecida do termo foi conduzida por Marcello Truzzi que, em 1987, elaborou a seguinte conceituação:
.
“…Uma vez que o ceticismo adequadamente se refere à dúvida ao invés da negação [descrédito ao invés de crença] críticos que assumem uma posição negativa ao invés de uma posição agnóstica ou neutra, mas ainda assim se auto-intitulam “céticos”, são, na verdade, pseudo-céticos…”
.
Em sua análise, Marcello Truzzi argumentou que os pseudo-céticos apresentam a seguinte conduta
.
(1) – A tendência de negar, ao invés de duvidar.
(2) – Utilização de padrões de rigor acima do razoável na avaliação do objeto de sua crítica.
(3) – A realização de julgamentos sem uma investigação completa e conclusiva.
(4) – Tendência ao descrédito, ao invés da investigação.
(5) – Uso do ridículo ou de ataques pessoais.
(6) – A apresentação de evidências insuficientes.
(7) – A tentativa de desqualificar proponentes de novas idéias taxando-os pejorativamente de “pseudo-cientistas”, “promotores” ou “praticantes de ciência patológica”.
(8) – Partir do pressuposto de que suas críticas não tem o ônus da prova, e que suas argumentações não precisam estar suportadas por evidências.
(9) – A apresentação de contra-provas não fundamentadas ou baseadas apenas em plausibilidade, ao invés de se basearem em evidências empíricas.
(10) – A sugestão de que evidências inconvincentes são suficientes para se assumir que uma teoria é falsa.
(11) – A tendência de desqualificar “toda e qualquer” evidência.
.
O termo pseudo-ceticismo parece ter suas origens na filosofia, na segunda metade do século 19
.
Uma vez que “ceticismo” corretamente se refere à dúvida em lugar da negação, não-crença em lugar de crença, críticos que tomam a posição negativa em lugar da agnóstica, mas ainda se chamam “céticos”, são de fato pseudo-céticos.
.
Considerando que o verdadeiro cético não faz uma alegação, ele não tem nenhum ônus para provar qualquer coisa. Ele apenas continua usando as teorias estabelecidas da “ciência convencional” como sempre.
.
Mas se um crítico afirma que há evidência para refutação, que ele tem uma hipótese negativa, dizendo, por exemplo, que um aparente resultado psi era de fato devido a uma falha nos processos de controle ou análise [artifact] ele está fazendo uma alegação e então também tem que lidar com o ônus da prova.
.
Às vezes, tais alegações negativas por críticos também são bastante extraordinárias, por exemplo, que um OVNI era de fato um plasma gigantesco, ou que alguém em uma experiência psi obtinha pistas por uma habilidade anormal de ouvir tons altos que outros com ouvidos normais não notariam.
.
Em tais casos o alegador negativo também deve ter que lidar com um ônus de prova mais pesado que o normalmente esperado. [Entendeu bem isso Fabio?].
.
Críticos que fazem alegações negativas, mas que erradamente se chamam “céticos”, freqüentemente agem como se não tivessem absolutamente nenhum ônus da prova sobre eles, ainda que tal posição só seria apropriada para o cético agnóstico ou verdadeiro.
.
Um resultado disto é que muitos críticos parecem sentir que só é necessário apresentar um caso para sua contra-alegação fundado em plausibilidade em lugar de evidência empírica.
.
Assim, se pode ser demonstrado que um indivíduo em uma experiência psi teve uma oportunidade para fraudar, muitos críticos parecem assumir não somente que ele provavelmente fraudou, mas que deve ter fraudado, apesar do que pode ser uma ausência completa de evidência de que ele realmente fraudou e algumas vezes até mesmo ignorando evidência da reputação passada do indivíduo de honestidade.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 2:

Se um crítico afirma que o resultado era devido à falha X, esse crítico tem então o ônus da prova de demonstrar que a falha X pode e provavelmente produziu tal resultado sob tais circunstâncias,[prestou atenção Fabio?].
.
Mas em muitos casos o crítico que faz um argumento meramente plausível para uma falha fecha a porta em pesquisas futuras quando a ciência apropriada exige que sua hipótese de uma falha também deveria ser testada.
.
["Desafortunadamente, a maioria dos críticos parece feliz em sentar em suas poltronas produzindo explicações post hoc. Seja que lado termine com a história verdadeira, a ciência progride melhor através de investigações em laboratório"] (Fabio,Biasetto, e companhia… tsk,tsk,tsk…).
.
Alguns argumentam, como Lombroso quando ele defendeu a mediunidade de Palladino, que a presença de peruca não nega a existência de cabelo de verdade. Todos nós temos que nos lembrar de que a ciência pode nos contar o que é empiricamente improvável, mas não o que é empiricamente impossível.
.
A ciência moderna é construída sob um tênue limiar entre o ceticismo e a credulidade. Por um lado, a ciência deve estar sempre aberta a novas idéias (por mais estranhas que pareçam), desde que apoiadas em evidências científicas, mas que posteriormente devem ser comprovadas, de modo a assegurar a veracidade de seus resultados.
.
Como em qualquer outro plano, quanto mais incomuns forem as novas idéias e invenções, mais resistência tendem a enfrentar durante seu escrutínio por meio do método científico.
.
Uma conseqüência disso é que vários cientistas através da história, ao apresentarem suas idéias, foram inicialmente recebidos com alegações de fraude por colegas que não desejavam ou não eram capazes de aceitar algo que requereria uma mudança em seus pontos de vista estabelecidos.
.
Termino por aqui, por enquanto. Já que sei que os “espertos” pseudocéticos tem preguiça de ler, e muito provavelmente vão ignorar esse texto.
.
Afinal as certezas em suas crenças,os deixa cegos para todo o restante do panorama. http://1.bp.blogspot.com/-r3zkReiwJxI/T7tQFDgAmyI/AAAAAAAAIEM/iFkYY481onI/s1600/Burro+com+tapa+olho.jpg

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Marcello Truzzi:

http://en.wikipedia.org/wiki/Marcello_Truzzi

Pagina aqui no site:

http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/08/pseudoceticos-reconheca-os-arme-se.html

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 1:

Por Edelarzil Munhóz Cardoso:

RELATO:

A todas as pessoas que já estiveram comigo e de alguma forma participou das minhas sessões, respeitando o meu Centro de Orações gostaria de poder escrever algumas palavras.
Em primeiro momento quero que fique claro que nunca vou tentar provar para qualquer pessoa sobre os meus dons, cada um é livre para crer no que quiser.

Nenhuma explicação seria suficiente para alguém que não crê, por isso acho desnecessário.

Nesta semana, recebi um relatório, feito por alguém que como ele mesmo descreve veio investigar meus trabalhos espirituais, eu atendo publicamente a mais de 40 anos.

Nesses anos já encontrei muitas pessoas que não crê, acreditando que tudo não passa de uma farsa.

Sempre respeitei até mesmo os que não me respeitaram, pois como eu disse somos livres.

Durante todos esses anos eu atendi de muitas maneiras, lugares diferentes, pessoas diferentes que colaboravam com o meu trabalho.

No período dos anos 80 e no inicio dos anos 90 eu viajava para atender as pessoas, onde elas faziam grupos e escolhiam um lugar, dependendo da quantidade de pessoas, muitas vezes eram em casas ou salões, para mim era indiferente, eles pagavam as despesas das minhas viagens e eu atendia os grupos de pessoas que na maioria das vezes era na cidade de São Paulo.

Com o tempo parei de viajar, pelo cansaço que causava e por ficar pouco tempo com a família, decidi que faria os atendimentos em um salão que minha família possuía na cidade de Parisi/SP, permaneci ali por mais de 15 anos, tinha algumas funcionarias e colaboradores, nessa época meus filhos eram pequenos e não me ajudavam. E nesse período também sempre recebia padres, pessoas investigando, estudando e fazendo programas, apesar de atrapalhar não pude impedir quem vinha somente com esta finalidade.

Em meados do ano de 2000 resolvi mudar meu Centro de Orações para uma Chácara perto da minha cidade, onde estou atualmente, no inicio atendia em um barracão bem pequeno e depois fui construindo um maior para melhor comodidade de todos.
Nesses mais de 40 anos tenho muitas histórias, muitas de pessoas que viajaram até mim simplesmente por curiosidade, para ver como é, outras e Graças a Deus a maioria, são pessoas de muita fé, que receberam graças e melhoraram muito no sentido espiritual, não atribuo a melhora somente as minhas orações e trabalhos, atribuo principalmente a fé e a preparação espiritual de cada um.

Minha família sempre pediu que eu diminuísse os atendimentos e parasse, alegando que as pessoas criticam, eu sempre resisti, acreditando que estou cumprindo minha missão, nunca e de nenhuma forma peço para alguém vir até mim, não prometo curas e nem milagres, simplesmente tenho meus guias espirituais que me direcionam a livrar algumas pessoas de suas perturbações espirituais, seja elas provocadas ou carmas que cada um tem na vida.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 2:

Um relatório feito por uma pessoa que diz investigar meus trabalhos e freqüentou por 3 vezes, diz ter descoberto como faço os “truques”, supondo a sua tese, imagino que essa pessoa freqüentou por pouco tempo as sessões, pois atualmente algumas vezes, quando necessário, as peneiras são trocadas, pois foi essa a forma mais fácil e rápida de realizar os atendimentos para muitas pessoas, muitas vezes trocamos uma peneira com menos algodão por outra mais cheia para que renda mais e atender uma quantia maior de pessoas, forma esta que nem sempre foi seguida.

As palestras nem sempre são feitas fora do salão, somente quando a quantidade de pessoas não atingem o que comporta o local. Nada é feito escondido a portas fechadas.

Existem pessoas que participam das sessões a mais de 20 anos e entendem melhor os atendimentos.

Sigo a orientação que meus guias espirituais me dão e a opinião de outras pessoas não me importam.
Na maioria das vezes quem procura uma resposta no sentido espiritual e não encontra, sempre acha uma resposta teórica, uma tese para explicar, não só os meus dons, como o de qualquer outro médium.

Desde que o mundo é mundo sempre haverá a discussão da fé, dos dons e fenômenos espirituais.

Eu sou simplesmente mais um ser vivo que as pessoas julgam, criticam e crêem. Não posso mudar a opinião de pessoas que não acreditam, não posso dizer para uma pessoa que “investigou” que ela esta equivocada em sua opinião.

Mas, posso dizer que estou aqui todos os dias acreditando que sigo o meu caminho, minha missão, minha fé. Ninguém deve ou precisa acreditar nos meus dons e eu não preciso provar o que não se prova.

Tenho 66 anos, não tenho muita instrução, mas gostaria de encerar minha missão em paz, já fiz 4 programas de televisão investigativos sérios (Globo e Record), mesmo contra minha vontade de aparecer na mídia, não pude negar as informações e esclarecimentos que me pediram, fui estudada por estudiosos do assunto, parapsicólogos, e ainda enfrentei um processo investigatório feito dentro do meu Centro pela Vigilância Sanitária e a Pericia Policial, nenhuma delas me condenaram pelos meus dons, nenhuma ficará satisfeitas com as respostas, pois no mundo espiritual as respostas não são objetivas, mas infelizmente o ser humano esta sempre buscando respostas para a fé e sempre será assim.

O que posso dizer é que não tenho essas respostas, vivo somente o que Deus me propôs e ninguém precisa acreditar e muito menos eu provar.

Que Deus abençoe a todos.

Obrigada. Edelarzil Munhóz Cardoso
30 de Maio de 2012

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Esse aviso baixo foi enviado ao Vitor Moura, dono do site difamatório e ao Fabio Figueiredo, autor do artigo difamatório por email:

AVISO EXTRAJUDICIAL / Ellen C Marin/Advª OAB/SP 284.132

Em nome de Edelarzil Munhóz Cardoso, cliente do escritório de Advocacia e Consultoria Marin, solicitamos a retirada das paginas com conteúdo em nome da requerente, conteúdo este que caracteriza os crimes contra a honra, calunia e difamação de acordo com os artigos 138 e 139 do Código Penal.

Temos uma grande quantidade de materiais sérios e necessários com grande valia probatória, principalmente documentos públicos, vistorias feito pela Vigilância Sanitária e Perícia Policial no local para defendermos nossa cliente com louvor. Ainda temos estudos sérios de estudiosos do assunto que fizeram pesquisas por muitos anos e uma grande quantidade de testemunhas a favor, dentre elas vários delegados, juízes e promotores.

A internet não pode dar direito as pessoas postarem materiais dessa forma lesando moralmente as pessoas e não serem processadas com pedido de danos morais e materiais.

Estamos fazendo uma varedura na Web para obtermos materiais necessários e tomar as devidas providências.

Sendo assim, o aviso de solicitação extrajudicial para retirada desse material do ar fica concretizado a partir desse e-mail.

Ellen C Marin/Advª

OAB/SP 284.132

Site difamatório: http://obraspsicografadas.org/2012/a-mdium-do-algodo-um-investigao/

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

A Pagina difamatória foi retirada do ar, provando assim a falta de coerência e sensatez dos críticos Pseudocéticos que preferiram fugir, em vez de enfrentar a Edelarzil em tribunal.

Dias mais tarde, outra pagina foi colocada no ar, com modificações no texto original. Foi eu me manifestar ali brevemente, e logo mais de 80% do texto foi retirado,restando então apenas um resumo de acusações infundadas feitas por pseudo-investigadores que nunca provaram suas alegações infelizes.

Assim termina essa pequena perturbação gerada por pessoas absolutamente ignorantes, tendenciosas e mal intencionadas, que não se importam com a ciência, nem com a verdade dos fatos, mas apenas em defender dogmas de suas religiões/ideologias preferidas.

O Tal "Fabio Figueiredo" fugiu, e nunca mais deu as caras, provando sua covardia completa e irrestrita.

Esse é o link para a pagina difamatória nova, que de qualquer modo não tem mais nenhum conteúdo relevante a não ser meus comentários: http://obraspsicografadas.org/2012/a-mdium-do-algodo-uma-investigao-verso-revista-e-atualizada/

- “As vezes por ser tão inacreditável, a verdade deixa de ser reconhecida...” (Heráclito - Filósofo Grego)

- “Toda verdade passa por três estágios: Primeiro é ridicularizada, Segundo é violentamente combatida e Terceiro, é aceita como obvia...” – (Arthur Schopenhauer, filósofo alemão)

- “Só tem medo da verdade, aquele que ganha com a mentira” [Bruno G. Moraes]

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Do Artigo:

PseudoCéticos, Quem são Eles? Você é um?? - Ciência Honesta e Lucida

http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/08/pseudoceticos-reconheca-os-arme-se.html

Os pseudoceticos são pessoas que tem uma crença profunda, um dogma, uma ideologia preferida, e que por conta disso rejeita de imediato qualquer coisa que vá a contestar essa visão de mundo predileta.

Não é uma questão de fatos, nem de ciência. Não estão preocupados com a verdade, ou pelo que seja justo. O pseudocético quer apenas manter a sua ideologia a qualquer custo, como se sua vida dependesse disso. É como um torcedor fanático, não importa o quanto o jogador do outro time é talentoso, inteligente, ou carismático, não... o adversário é simplesmente classificado como “inimigo”, e deve ser hostilizado. Ponto final...

Por isso não se espera nada de um pseudocetico a não ser desonestidade, arrogância, criticas baseadas em pura ignorância, cinismo, e um desprezo completo e total pelo método cientifico. Os pseudoceticos não se importam em estudar nada, não querem ver os dados, não querem analisar as evidencias, não se importam com as testemunhas.Tudo o que eles querem é que a Teoria adversária, suma do mapa o mais depressa possível, antes que outros fiquem sabendo dela.

Eu já tive muitos embates contra pseudocéticos, e é triste mesmo o quadro... são criaturas cegas, estúpidas, teimosas, tendenciosas, e principalmente IRRACIONAIS.

Praticamente não são pessoas, mas sim animais. Não espere nada de um pseudocético, a única coisa que podem oferecer é cinismo e deboche sem qualquer base. Eles/elas são covardes, desonestos, malandros, preguiçosos, estúpidos e mentalmente retardados.

Pseudocetismo tem cura?

Muito difícil... por isso não perca seu tempo, eles/elas são incorrigíveis, apenas a “solução biológica” surte algum efeito real:

- “uma importante inovação científica raramente faz seu caminho vencendo gradualmente e convertendo seus oponentes: raramente acontece que 'Saulo' se torne 'Paulo'. O que realmente acontece é que os seus oponentes morrem gradualmente e a geração que cresce está familiarizada com a idéia desde o início” -
[Max Planck, físico alemão. É considerado o pai da física quântica, e um dos físicos mais importantes do século XX. Planck foi agraciado com o Nobel de Física em 1918, frase acima é de seu livro “The Philosophy of Physics” (A Filosofia da Física), de 1936]

Infelizmente o pseudocetismo parece ser uma tendência natural da raça humana, um defeito congênito, e talvez incurável...

Abaixo Marcello Truzzi [Sociólogo, professor universitário dos EUA] define o que é um Pseudocético, como identificá-lo, e refutá-lo.

Continua: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/08/pseudoceticos-reconheca-os-arme-se.html

Julio disse...

Muito bom dia à todos. Eu gostaria de relatar minha primeira e única visita à Dona Edelarzil, bem como a experiência que tive por lá, meus medos e desconfianças, as pessoas que conheci e o que vi.

Eu tomei conhecimento da Dona Edelarzil pela internet, sem querer. Aprofundei as pesquisas e resolvi fazer a viagem, por meio de uma das muitas pessoas que organizam excursões para lá.

Esse fato me chamou a atenção, já que lá no centro existem diversos banners de pessoas que organizam e ganham dinheiro com excursões. Isso me deixou receoso.

Na Van que partiu de SP haviam 13 pessoas, muitas das quais não eram primeiros visitantes. Todos estes afirmaram categoricamente que seus problemas foram resolvidos.

Li no site do Fábio, bem como em outros, relatos e teorias sobre milagres e fraudes. Como nesta vida a gente tem que desconfiar antes para poder dar crédito depois, fiquei atento à todos os detalhes da visita.

Sem experiência, não sabia que cada materialização (pedido) é cobrado à parte. Eu imaginava que fosse por pessoa. Isso me intimidou um pouco, pois sempre ouvi dizer que não se pode cobrar por dons dados por Deus.

O local, embora simples, é muito agradável, o que fez o tempo de espera passar muito rápido.

Na hora da materialização, primeiro ela tirou bolas de algo parecido com sangue coagulado, isso para todos, que eram entregues para cada um dos presentes.

Porém, no atendimento individual, coisas maiores apareceram pelas mãos de Dona Edelarzil, como uma grande queixada de animal, um coração bovino, caveira de gesso, correntes, o que ia deixando o algodão com aspecto de sujeira, até que este acabasse.

No meu caso, pedi para mim e mais 3 pessoas. Notei pela simbologia dos objetos, que em todos os casos não eram muito grandes, tinha algo a ver com os problemas pelos quais roguei por solução.

Quanto os argumentos dos que defendem que tudo não passa de uma fraude, digo que todos estão furados: ela fez a oração com a porta aberta; as peneiras com algodão permaneceram no mesmo lugar até seu uso definitivo; o volume e o peso dos objetos retirados não permitem que sejam escondidos no meio do algodão; as peneiras foram empilhadas, de modo que o volume e massa dos objetos retirados deixariam o algodão das peneiras de baixo totalmente amassados, e a pilha ficaria desequilibrada; quando uma peneira era retirada para o tanque, ficava visível seu peso leve.

Ninguém gosta de ser enganado, e afirmo que nada vi que evidenciasse uma fraude, ao contrário, encontrei pessoas com muita fé, todos baseados nos relatos de gente que já se beneficiou em épocas passadas e necessitava de ajuda novamente. Um deles disse que presenciou cenas de vidros da janela se quebrando e quedas de objetos, há muito tempo.

Eu não fui para investigar, e sim para ser ajudado. Todos temos nossa fé e ninguém tem o direito de criticar a fé dos outros. Se alguém foi lá com o intuito de esclarecer alguma fraude pensando em eventuais enganados, parabéns, pois foi com bondade no coração. Mas se foi com objetivo de criticar, melhor que fique em casa.

Ainda não percebi diferença ou melhora em minha vida ou nas pessoas pelas quais busquei ajuda. Não sei se esta ajuda vem para todos ou mesmo se ela demora, também não sei se me falta fé ou vontade divina, mas rogo à Deus e espero obter as graças pedidas.

Se alguém tem vontade de ir, minha recomendação é vá com tranquilidade, boas intenções e pensamentos limpos. Eu aprovo e talvez vá novamente.

Abraços à todos e fiquem com Deus.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Obrigado Julio por seu depoimento.

Engraçado isso das pessoas acharem errado se cobrar por serviços "espirituais". Essa bobagem é coisa da doutrina espírita, que falando modestamente, é uma grande de uma asneira...

Em debates com os pseudocéticos, eu comentei sobre esse assunto, e preciso atualizar a pagina para esclarecer essa questão, eu não falei dela inicialmente, por que nem me passava pela cabeça que as pessoas questionassem uma coisa dessas.

Vou então colar aqui o que disse ao pseudocético, quando eu tiver tempo, farei a atualização.

Biasetto[o bunda Salgada]: - "que ela não fez/faz uso do dinheiro que entra no negócio lá, em benefício próprio" -

R: Hã? E dai que ela faz uso do dinheiro em beneficio próprio? Ela é funcionaria publica por acaso?

Sabe acho esse argumento completamente insano, não interessa se ela está ficando rica, se ela anda coberta de ouro, se a casa dela é uma mansão maior que da Madonna. Não importa se ela vive num luxo maior que a rainha da Inglaterra...

Se o fenômeno que ela gera for real, se ela realmente faz o que promete, então tem mais é que ficar rica mesmo, juntar milhões, e quem sabe superar o Eike Batista no rank da Forbes.

Um jogador de futebol tem o "dom da bola", ganha milhões, e ninguém acha errado, um pintor talentoso tem o "dom" da arte, ganha milhões [geralmente fica para os descendentes (Risos)], e ninguém acha errado, uma cantora, tem o "dom" da voz, ganha milhões e novamente ninguém acha errado.

A Edelarzil tem um BAITA de um dom, um poder fantástico, espetacular mesmo, e quando ela ganha dinheiro com isso, as pessoas a critica! Dá para entender essa lógica?

Que doideira louca né? Insanidade pura...

Ps. para quem não pode pagar, a Edelarzil faz materializações de graça, bastando para isso que a pessoa informe a equipe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

Triste Realidade:

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma super potencia do universo local”. [Bruno G. Moraes]