sexta-feira, 15 de julho de 2016

O Lado Negro de Madre Teresa de Calcutá - Obscurantista - Culto a Morte - Fundamentalista Fanática Católica

Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? [Clique Aqui]

O Lado Negro da Igreja Católica - [Clique Aqui]

Páginas Índice:  [Todos os Artigos Contra a Religião] - [Índice  Jesus Uma Fraude!] - [Índice: Os Segredos da Bíblia]

Série Jesus Nunca Existiu - Capítulos: [Jesus Histórico?] - [Crestus o Messias dos Essênios] - [Flávio Josefo, Tácito e Plínio] - [Inteiramente Inventado] - [Incoerências da Bíblia] - [Plágio das Mitologias] - [Um Plágio Oriental] - [Cópia e Cola] - [Nunca esteve aqui- [Jesus é o DIABO]

Madre Teresa de Calcutá, o Anjo do Inferno - Por Christopher Hitchens, Fundamentalista Fanática, Obscurantista a serviço da Igreja Católica:

Madre Teresa, o Anjo do Inferno:

O jogo todo da igreja católica com a madre Tereza é simples de entender, ela em nome dos miseráveis do mundo todo pede doações, assim milhões de pessoas doam dinheiro, comovidas pelo sofrimento dos miseráveis. Esses milhões e até bilhões, doados em vez de irem para a ajuda aos pobres é desviado e mandado para sustentar o luxo e opulência da Igreja! Isso mesmo que você leu! O dinheiro é ROUBADO o que deveria ser usado para amenizar a miséria e sofrimento, (como por exemplo criar hospitais, comprar alimentos, roupas, etc...) para os miseráveis que morrem de fome no mundo todo é mandado para o Vaticano para alimentar as mesas fartas dos arcebispos, padres e do Papa. O dinheiro que deveria ser usado para os pobres, é usado para dar sobrevida a religião católica, construindo mosteiros, monastérios de freiras, exaltando assim a religião católica. Quem sabe né? Sem a Madre Tereza e suas missionarias da “caridade” a igreja católica já teria fechado as portas, ela teria declarado falência e o mundo já estaria livre dessa instituição inútil e fraudulenta que é a Igreja, e o cristianismo num geral estaria já bem mais enfraquecido. Então a Madre Tereza é mesmo um “Anjo do Inferno” (por tanto um Demônio), usou a miséria dos outros para roubar descaradamente dos doadores os recursos que então mandou para o Vaticano, dando sobrevida a religião cristã de cunho Católico, exaltando e fortalecendo uma religião que no tempo dela já estava moribunda. Desgraça pouca é bobagem! E eis um exemplo de como o Diabo se disfarça de devota “humilde” engana os incautos, e promove o mal. Os cristãos que tanto temem o Diabo na verdade o estão idolatrando, é para o Diabo que eles rezam! É rir para não chorar, e eu não acredito nem em Jesus imagine se vou acreditar em Diabo, mas é irônico verificar esse fato é bem como eles dizem mesmo que seria o comportamento e a esperteza do tal do "Satanás".

Fatos Perturbadores:

A Madre Teresa de Calcutá não ajudava de fato os pobres, ela na verdade criou um “campo de morte” na Índia, ali era de fato um tipo de Campo de Concentração para Extermínio, os doentes entravam e só saiam dentro de um saco preto, eles/elas não eram tratados, eram na verdade mantidos em condições desumanas até que viessem a falecer de fome, de sede, e da doença que os acometia.

A Madre Teresa era uma adepta de um culto católico que exalta a pobreza, a doença e a morte, para ela era bom as pessoas sofrerem pois assim “expurgavam seus pecados” e iam direto para o “reino dos Céus”, chegou a afirmar que “o Mundo ganhava muito com o sofrimento deles”, deles quem? Dos Pobres, o mundo ganha muito com o sofrimento dos pobres... Uma velha louca e fanática que foi mal interpretada pelos ocidentais, os acidentais que nunca visitaram o seu campo de morte em Calcutá achavam que ela ajudava os pobres, mas nada disso, na verdade ela zelava pela morte deles, não permitia que parentes, médicos, visitassem os doentes, não permitia que esses doentes fossem transferidos para hospitais para serem tratados adequadamente, ela apenas acompanhava a morte deles e ficava contente ao ver a desgraça humana acontecer. Por ter sido mal interpretada os acidentais achando que estavam ajudando os pobres faziam doações vultosas a Madre Teresa porém ela não usava o dinheiro para ajudar pobres, mas sim para ajudar os Ricos! Os ricos Arcebispos do Vaticano, todo o dinheiro doado para ajudar os miseráveis de Calcutá ia para os cofres da Igreja Católica, que então usava para os luxos do Papa, dos Arcebispos e Padres num geral, e para a criação de conventos (mais de 500) em mais de 105 países para espalhar o culto católico de exaltação da miséria e da morte para expurgar supostos “pecados” cometidos por Adão e Eva no Jardim do Éden...

Madre Teresa se orgulhava de dizer que desde que a sua fundação foi criada em Calcutá mais de 29 mil pessoas tinham morrido ali dentro, isso por que na cabeça doente dessa senhora lesada eram 29 mil “almas” que expurgaram seus pecados e agora estavam ao lado de Jesus no paraíso... Uma coisa a se considerar aqui é que na grande maioria os pobres e doentes ali da cidade de Calcutá eram Hindus! Muitos deles nunca ouviram falar de Jesus, nem de Bíblia, nem de nada relacionado a cristianismo mas para a desgraça completa deles caíram nas mãos de uma senhora demente que se deleitava com seu sofrimento e apenas aguardava eles morrerem agonizando.

Realmente é escandaloso, a tal “mãe dos pobres” na verdade era a carrasca! As cenas comoventes dela lidando com os doentes correram o mundo todo, milhões achando que ela estivesse ajudando aqueles moribundos fizeram grandes doações em dinheiro para a instituição ter mais recursos e então poder atender dignamente toda aquela gente, porem esses valores foram ROUBADOS e mandados para o Vaticano! Parece piada, seria cômico se não fosse trágico... Acompanhem o documentário acima onde tudo isso e muito mais é explicado, e conheça o Lado Negro de Madre Teresa de Calcutá, a carrasca dos pobres e dos miseráveis, o Anjo Negro que veio zelar pela miséria, decadência e ignorância humana em nome das tradições católicas obscurantistas, tradições ainda da idade média.


Madre Teresa de Calcutá é uma mulher ainda hoje admirada por muitas pessoas, inclusive por ateus. Madre Teresa de Calcutá ou Beata Teresa de Calcutá, foi uma religiosa católica de etnia albanesa, nascida no Império Otomano, na capital da atual República da Macedônia e naturalizada indiana, beatificada pela Igreja Católica em 2003. Considerada, por alguns, a missionária do século XX, fundou a congregação “Missionárias da Caridade”, tornando-se conhecida ainda em vida pelo cognome de “Santa das sarjetas”.

Mas segundo a visão de um jornalista, havia um lado da madre, que poucos reconheciam... nessa matéria poderemos conferir alguns estudos e até um documentário que afirma que a Madre serviu mais aos propósitos gananciosos da igreja católica do que aos enfermos e desamparados. Ao final da matéria poderemos conferir o documentário que dá título à essa matéria.
No documentário que poderemos ver hoje conheceremos essa face oculta da adorada Madre Teresa de Calcutá. Esse documentário - Anjo do Inferno: Madre Teresa de Calcutá - foi assinado pelo Christopher Hitchens (13/04/1949 - 15/12/2011), que foi um jornalista, escritor e crítico literário britânico e americano. Nele podemos ver algumas das severas críticas feitas por Hitchens a madre.

O Lado Negro da Madre

Madre Teresa de Calcutá (1910-1997), recebeu de doadores centenas de milhões de dólares para seus hospitais — os quais ela chamava de “casas para doentes” —, mas de acordo com muitas denúncias, o grosso (ou parte significativa) desse dinheiro ela mandou para o Vaticano, deixando os doentes em estado precário, sem remédios e cuidados. Um estudo da Universidade de Montreal, no Canadá, faz uma nova leitura da religiosa.

Médicos classificaram esses locais de casas da morte ou de necrotérios. No âmbito da Organização Mundial da Saúde (OMS) houve denúncias de que as “casas” eram locais de epidemias. Uma ex-voluntária escreveu que faltava até analgésico para amenizar a dor dos doentes. Essa são algumas das revelações do estudo “O Lado Escuro de Madre Teresa” feito por Serge Larivee, Carole Senechal e Geneviève Chenard, da Universidade de Montreal, Canadá.

Em 1979, ela foi premiada com o Nobel da Paz e em 2003 beatificada pela Igreja Católica. A missionária já tinha se tornado um símbolo da caridade cristã, mas os pesquisadores canadenses, após examinar mais de 500 documentos, constataram que os alegados altruísmo e generosidade de Madre Teresa não passavam de fantasia vendida como verdade pela imprensa internacional. A rigor, ela foi inventada pelo jornalista Malcolm Muggeridge da BBC, que lhe dedicou em 1969 o documentário “Algo bonito para Deus”, apresentando ao mundo a figura frágil de uma missionária que se dedicava aos pobres e doentes da Índia. Em 1971, o jornalista publicou um livro com o mesmo título.

A missionária abriu centenas de “casas de doentes” em vários países, mas não as tornava hospitais de fato, a ponto de os doentes serem mantidos em agonia em esteiras no chão. Fotos na imprensa desses doentes ajudaram Teresa a arrecadar milhões, inclusive de ditadores sanguinários, como François Duvalier, o Papa DOC do Haiti apenas para esses milhões serem desviados para os cofres do Vaticano em Roma, para benefício dos Clérigos. Para Larivee, Madre Teresa colocou em prática a sua convicção de que o sofrimento humano é fundamental para a salvação. Ela acreditava que os sofredores estavam mais perto do céu e de Cristo. O jornalista britânico radicado nos Estados Unidos Christopher Hitchens já tinha denunciado o embuste que era Teresa ao publicar em 1995 o livro “A Intocável Madre Teresa de Calcutá”.

Christopher Hitchens:

Diz um trecho do livro: “Tenham em mente que a receita global da Madre Teresa é mais do que suficiente para equipar várias clínicas de primeira classe em Bengala. A decisão de não fazê-lo [...] é deliberada. A questão não é o alívio do sofrimento honesto, mas a promulgação de um culto baseado na morte e sofrimento e subjugação”. Na época, Hitchens foi crucificado pelos católicos por ter criticado “a boa e santa idosa”. Um fato pouco conhecido é que a missionária acobertou um padre pedófilo, o ex-jesuíta Donald McGuire. Em 1993, o sacerdote, que era amigo de Teresa, estava afastado de suas atividades por abusar de um garoto. A missionária usou sua influência para que McGuire voltasse à ativa. Nos anos seguintes, oito outras queixas de pedofilia foram apresentadas por fiéis à Igreja e às autoridades. E McGuire acabou condenado a 25 anos de prisão.

G1 Sobre Madre Teresa: 

Mas nem todo mundo comemorou a transformação da beata em santa. Críticos questionam a comprovação dos milagres admitidos pela igreja e consideram que sua canonização é símbolo de mais um "triunfo da fé religiosa sobre a razão e a ciência". O autor britânico Christopher Hitchens, que morreu em 2011, era um dos principais. Ele descreveu Madre Teresa como "uma fundamentalista religiosa, uma agente política, uma pregadora primitiva e uma cúmplice dos poderes seculares mundanos". Em um livro famoso lançado em 1995, "A posição missionária: Madre Teresa em teoria e prática, Hitchens critica o que diz ser a "cultura de sofrimento" da freira e afirma que ela criou um imaginário de "buraco do inferno" da cidade que a acolheu, além de ter se tornado "amiga de ditadores". O autor também foi responsável por um documentário chamado "O anjo do inferno", em que explora os argumentos. Em 2003, o físico de Calcutá Aroup Chatterjee publicou uma nova crítica, depois de ter feito pelo menos 100 entrevistas com pessoas envolvidas com a congregação criada por Madre Teresa. Ele descreveu o que disse ser uma "espantosa falta de higiene" nos centros de saúde administrados pelas Missionárias de Caridade e descreveu os locais em que o grupo cuidava de doentes como "confusos e mal organizados". 

O que passou, passou, a verdade não importa mais... será?

No Facebook - Salete Camorim: Esse cara ta mesmo preocupado com os milhões ou bilhões q a igreja arrecada. Kkkk

Resposta: não só eu Salete, no Youtube Deltec Games: Madre Tereza será o mais novo ídolo católico beatificado por Roma.. Não se enganem com esta carinha inocente, ela foi a sombra de Hitler deixando milhares de pessoas morrerem a míngua e de frio, fome, sede e enfermas... usava o sofrimento humano de milhares para arrecadar milhões de dólares e aplicar nos cofres do Vaticano, para fundar conventos e alastrar o catolicismo Romano. Sua religião importava mais do que as vidas humanas...

Salete Camorim: Bruno, não estou discordando de você. Seja lá o q esta mulher fez pra arrecadar montantes de dólares pra igreja a qual ela pertencia, já foi. Não sou católica e acredito os católicos também não podem serem culpados por isso. Sou Cristã e acredito no DEUS grande e poderoso, e um dia ficaremos Face a Face com Ele.

Resposta: Fato é fato Salete, e Madre Tereza roubou para o Vaticano, era uma velhinha muito da safada e sem vergonha. E claro que isso não importa mais para os cristãos!? Já passou né? Tudo o que os cristãos querem é que a verdade seja esquecida, e só a versão “romantizada” permaneça, desde que seja a favor da fé no seu deus imaginário claro.... A mentalidade dos cristãos não mudou muito desde os tempos de Roma. O que passou, passou, a verdade não importa mais, por que se importar com a história? Com o que aconteceu, ou deixou de acontecer? O que foi, foi! O que deixou de ser não interessa mais! Vamos viver o “agora”. E assim, com esse tipo de filosofia infeliz que cristãos queimaram a biblioteca de Alexandria, mergulhando o mundo numa idade de trevas da qual ele só foi se recuperar em 1789 com a revolução francesa. Quem esquece o passado, está fadado a repeti-lo Salete... E a verdade sempre deve imperar,  você não se preocupa com a verdade, mas eu me importo sim, para mim a verdade, a realidade dos fatos importa, mas para supersticiosos religiosos pouco interessados pela realidade das coisas não. É por isso que são chamados religiosos, vivem no mundo das fantasias esquizofrênicas. 

Ela fez o que pode?

Gutto Weber: Pois pra mim, ela fez o que podia para tentar ajudar o próximo, e tu o que está fazendo para o seu próximo?? Causar a discórdia é coisa do satanás, faça algo de bom para as pessoas necessitadas e me prove o que está fazendo, caso contrário você para mim não passa de um oportunista querendo aparecer. Sem provas, sem o meu apoio.

Resposta: basicamente o que a Madre Teresa fez foi fazer caridade com o dinheiro dos outros, mas o triste é que nem isso ela fez! Os bilhões arrecadados por ela em doações foram desviados para os cofres do Vaticano, para serem usados na sustentação da religião cristã católica. As pessoas que doaram dinheiro para ela não tencionavam ajudar a igreja, mas sim aos miseráveis do mundo inteiro. Então ela agiu como aqueles pais e mães viciados em drogas que coloca seus filhos pequenos para pedir esmola na rua, as crianças pedem o dinheiro dizendo que é para comer, mas ao receberem a ajuda financeira, essa ajuda é usada pelos pois para comprar cocaína, crack, etc... e sim, a religião é o ópio do povo, e o que Madre Teresa fez, (e sabia o que estava fazendo), foi alimentar o Vaticano com vastas somas em dinheiro que na verdade deveriam estar sendo usado para aliviar a miséria dos mais miseráveis. Não acho que isso foi ético, e digo que é indefensável, ela roubou, o papa roubou, os arcebispos roubaram, os padres roubaram, e tudo um bando de ladrões sem vergonha. Deveriam ser presos, e não ovacionados como “Santos”. A instituição “irmãs da caridade” existe até hoje, e continua a desviar as doações para os cofres do Vaticano para ser usado para promover a religião Católica, e para sustentar os luxos do clero. Ps. E Satanás nunca existiu, e nem Jesus existiu, ok? Vide: http://seteantigoshepta.blogspot.com/2016/08/e-mais-uma-vez-jesus.html

Mais Dinheiro para o Vaticano

No Facebook: Juliana Karez:  Concordo com você Suzi! Queria poder tirar a igreja das ações sociais do mundo inteiro por um ano pra ver como vai fazer falta! O Estado, cheio de corrupção, em qualquer que seja o país não dá conta de atender a todos! Haja vista o Brasil! Com essa corja no Congresso Nacional, votando no aumento do próprio salário, enquanto milhares morrendo nos hospitais sem qualquer amparo, ou punibilidade daqueles que cometem crimes políticos!

Resposta: A igreja fazer falta Juliana? E como a igreja consegue dinheiro? Através de doações, se todo esse dinheiro doado para sustentar essa instituição corrupta fosse direcionado para pesquisas científicas, educação, e medicina então talvez ninguém mais precisaria de caridade aqui nesse planeta Juliana... a igreja é uma instituição EXTREMAMENTE CORRUPTA tem alguma dúvida disso? Roubaram e ainda roubam, sugando a sociedade, desviando dinheiro que poderia ser melhor empregado, hoje dão uma de coitadinhos, mas já foram responsáveis pelos maiores massacres da história. E mesmo hoje continuam a prejudicar a sociedade ao usar sua influência política, financeira para criar lobes que impedem que conhecimento precioso vindo de povos asiáticos chegue até os ocidentais, particularmente aos brasileiros, como é o caso da Nina Kulagina, John Chang, Ajarn Noo Kanpai, etc... você sabem quem são eles? O que fizeram e fazem? Claro que não sabe! Sabe por que? Por que a igreja católica, junto com evangélicos, usam o lobe para impedir que o conhecimento sobre essas figuras importantes chegue ao conhecimento dos Brasileiros, e no mundo eles fazem de tudo para “abafar o caso”, dando dinheiro para as igrejas (católica ou evangélica) você financia o obscurantismo.

A Face Impiedosa de Madre Teresa - [Fonte]:

Descaso com os doentes, ligações com ditadores e corruptos, moral dúbia: estudo reúne documentos que mostram um lado pouco nobre da biografia da religiosa que está às portas da canonização. Sinônimo de caridade no séc. XX, Madre Teresa tem sua obra social contestada por pesquisadores canadenses.

Há décadas, Madre Teresa de Calcutá é símbolo das mais elevadas causas humanas. Das centenas de sedes de sua congregação, as “Missionárias da Caridade” espalhadas pelo mundo, surgem relatos do cuidado dado aos pobres, excluídos, órfãos e moribundos. Publicamente, a missionária, que morreu em 1997 aos 87 anos, é mais do que um modelo a ser seguido. Dona de um Prêmio Nobel da Paz, conquistado em 1979, e elogiada por presidentes, papas e personalidade de alto quilate, ela foi beatificada em 2003 e está a caminho da santificação. Uma referência no céu e na terra, portanto. “Mas nem todos veem Madre Teresa e sua história com bons olhos”, revela Geneviève Chénard, pesquisadora em educação da Universidade de Montreal, no Canadá. Co-autora de uma pesquisa inédita que expõe uma face pouco conhecida da religiosa, Geneviève reviu, com dois colegas, 287 documentos sobre a freira e descobriu uma nova Madre Teresa, bem menos elogiável e nobre do que a que já se conhece. “Foi uma surpresa até para mim”, admite a estudiosa, que esperava encontrar críticas mais duras, mas não antecipava a enxurrada de acusações com as quais se deparou.

De acordo com os pesquisadores, as discrepâncias entre a realidade e a biografia heroica da candidata à santa vão da administração das sedes das congregações das Missionárias da Caridade à natureza da fé de Madre Teresa. “Vimos, por exemplo, que a congregação era pouco criteriosa na hora de aceitar doações em dinheiro”, afirma Geneviève. Da análise documental, a impressão que ficou é que, para a organização, dinheiro era dinheiro, independentemente de onde vinha. Seguindo essa lógica, Madre Teresa se associou a ditadores e famosos salafrários que, nas horas vagas, se dedicavam à filantropia. De Jean-Claude Duvalier, por exemplo, ditador do Haiti acusado de corrupção e violação de direitos humanos, ela recebeu não só dinheiro, mas também uma homenagem. Já com James Keating, nebuloso investidor do mercado imobiliário americano de quem obteve patrocínio, a religiosa topou até fazer foto. No auge da arrecadação, estima-se que a congregação tinha o equivalente a R$ 102 milhões em caixa. “E o mais curioso é que, mesmo com tanto dinheiro, as condições dos doentes nas sedes era terrível”, diz Geneviève.

FILOSOFIA OBSCURANTISTA

Falta de higiene e de remédios era a política nas congregações da religiosa, que dizia que o mundo ganhava com o sofrimento dos pobres. Aparentemente, todo o dinheiro arrecadado ia para a expansão das obras e não para a melhoria das condições de atendimento aos doentes nas instituições que já funcionavam. E as condições eram terríveis. Relatos de médicos que fizeram visitas aos centros de tratamento e cuidado geridos pela congregação apontaram, além da falta higiene crônica, ausência de equipamentos básicos para os cuidados prestados e tratadores sem treinamento ou qualificação. Seringas eram lavadas com água fria de torneira e doenças graves eram tratadas com analgésicos simples, como o paracetamol. “Esse descaso é parte da ética da religiosa, que via o sofrimento dos outros como algo que os aproximava de Cristo”, diz Geneviève. Em mais de uma ocasião Madre Teresa celebrou a dor como algo que enobrece. “O mundo ganha com esse sofrimento deles!” chegou a dizer algumas vezes. Curiosamente, quando adoecia, ela não se tratava nos centros geridos por ela, mas sim em hospitais de ponta na Índia e nos Estados Unidos...

Nos documentos levantados pelos canadenses, mais casos dessa ética eletiva são arrolados. Por exemplo, embora dura e inflexível, publicamente, em suas opiniões contra o divórcio, Madre Teresa fez vista grossa para o fim do casamento de Lady Diana, que, mesmo tendo se separado do príncipe Charles, continuou entre as preferidas da religiosa. “Diana foi uma grande patrocinadora das Missionárias da Caridade. Será que é por isso que ela continuou sendo recebida e elogiada?”, diz Geneviève. Também recaem dúvidas sobre o milagre reconhecido pelo Vaticano, que fez de Madre Teresa beata. Segundo os canadenses, o time de médicos que tratou a miraculada, a indiana Monica Besra, tem explicação científica para a cura do suposto tumor que ela tinha no abdome. Para eles, a massa, na realidade, nunca foi um tumor, mas sim um cisto, e ele desapareceu depois de nove meses de tratamento. “É de se imaginar que o Vaticano já conheça os argumentos contrários à canonização de Madre Teresa”, diz a irmã Célia Cadorin, responsável pelos processos que resultaram na canonização de São Frei Galvão e da Santa Madre Paulina. E se o processo continua correndo, é porque, aos olhos do Vaticano, as virtudes da missionária são mais fortes que seus eventuais deslizes. O motivo claro é financeiro, o Vaticano lucrou muito com a Madre, e quer continuar lucrando cada vez mais, canoniza-la assim tão rápido é questão de negócios, e não de fé, e muito menos de ciência. A verdade e a ciência passam longe quando se trata de religião e seus objetivos fundamentalmente financeiros.

O Anjo do Inferno Será Canonizada "Santa" pela Igreja Católica:



Imagens, Madre Teresa de Calcutá, O Lado Negro, Anjo do Inferno, Serva do Escuridão











Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: Madre Tereza de Calcutá,O Lado Negro,Obscurantista,Culto a Morte,Fundamentalista, Fanática, igreja católica, joão paulo II, igreja, madre, tereza, milagres, jesus, bíblia sagrada,  campo de morte, morte, caridade, pobres, demente, Estátua da Madre Teresa,Skopje, República da Macedônia,documentário,Christopher Hitchens, tradição católica,o lado negro de madre teresa,Fanática, frase, frases madre teresa de Calcutá, Fundamentalista, igreja, igreja católica, jesus, joão paulo II, madre, Madre Tereza de Calcutá, milagres,Lado Negro, Obscurantista, inferno, canonização,santa,O Lado Negro de Madre Tereza de Calcutá, canonização, santa, reconhecida santa, 

26 comentários:

Anônimo disse...

Tem esse também:

http://www.salon.com/2016/01/03/the_wests_big_lie_about_mother_teresa_her_glorification_of_suffering_instead_of_relieving_it_has_had_little_impact_on_her_glowing_reputation/

Hunted by the Empire

Anônimo disse...

Mesmo sendo um moleque na época, eu empre suspeitei que essa velha não era flor que se cheira. Quando há muito holofote envolvido, podes crer que algo de podre está bem perto. E ainda deram o Nobel da Paz pra essa louca. Aliás, o que já deram de Nobel da Paz para criminosos, cínicos e calhordas, como essa velha fanática, é estarrecedor.
Excelente matéria. Vou repassar pra ver se algumas pessoas se conscietizem do papel de trouxas que fazem ao acreditar nas várias farsas montadas pelas oligarquias religiosas

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 01: A grande mentira do Ocidente sobre a Madre Teresa: Her "glorificação do sofrimento, em vez de aliviá-la" teve pouco impacto sobre sua reputação brilhante, Madre Teresa foi um evangelista muito bem sucedida -, mas um campeão da medicina ou humanitarismo? Não muito...

Madre Teresa (Crédito: AP / Eddie Adams)
Agulhas reutilizadas, funcionários mal treinados e medicamentos expirados. A imagem Hemley Gonzalez descreve para mim não é um associado frequentemente com adjetivos como "santo" na profissão médica. No entanto, como ele discute sua experiência de voluntariado em instalações geridas por Missionárias da Caridade, a organização Madre Teresa fundou, torna-se cada vez mais evidente que poucos de seus anedotas correlacionam-se com a reputação que ela gosta. "Fiquei chocado ao descobrir a maneira terrivelmente negligente em que a caridade opera", lembra ele.

Sua história não é atípico. Escrevendo no New Internationalist revista sobre sua experiência de trabalho no Missionárias da sede da Caridade em Calcutá, outro voluntário pediu que a organização ser "finalmente responsabilizado por seus atos de abuso e negligência." Preocupações semelhantes foram criados em uma UK 1994 documentário que caracterizou o história de uma paciente de 15 anos de idade, que havia sido internado com uma "queixa renal relativamente simples." Sua condição havia se deteriorado logo após a instalação se recusou a transferi-lo para um hospital local se submeter à cirurgia.

A crítica da missão de Madre Teresa também veio da profissão médica. Dr. Robin Fox , ex-editor da revista médica Lancet t ele, descreveu as Missionárias da Caridade instalações como "aleatório" tão cedo quanto 1994, contando como ele testemunhou um jovem com a malária ser tratada apenas com antibióticos ineficazes e paracetamol. "Junto com a negligência de diagnóstico, a falta de boas notas analgesia abordagem de Madre Teresa", ele escreveu em um artigo para a revista.

Hoje, Gonzalez dirige uma campanha online chamada de parada Missionárias da Caridade . Ele espera para "educar os doadores desavisados" sobre como suas doações são gastos em que ele considera ser "uma sistemática violação dos direitos humanos." Ações Aroup Chatterjee sentimentos semelhantes. Nascido em Kolkata e agora um médico no Reino Unido, ele se inspirou para escrever um livro sobre o legado de Teresa. Ele descreve relatos detalhados de seus pacientes sendo negado visitantes, recusou analgésicos e obrigado a raspar a cabeça. "Se as pessoas soubessem o que ela era, na verdade, como, eles iriam encontrá-la repugnante", ele me diz, claramente frustrado com a maneira pela qual a mídia tem divulgado notícias de que ela está a ser canonizado este ano .

Essas ações estão em contradição com a narrativa ocidental de Madre Teresa - vencedor do Prémio Nobel da Paz , bem como uma série de outros prêmios - que é difícil responder a eles com algo diferente de descrença. Tendo recebido centenas de milhões de dólares em doações, existem aparentemente algumas desculpas para tais cuidados médicos pobres de lado a partir de qualquer imprudência ou intenção maliciosa. No entanto, nenhuma destas acusações seriam satisfeitas com a negação fervoroso de até mesmo o mais ferrenho dos secularistas. Como, então, tem alguém com um legado tão conturbado apreciado adoração quase universal de mídia do mundo?

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 02:

Grande parte da razão é, sem dúvida relacionada ao fato de que a ordem de Madre Teresa não percebe estes exemplos para ser falhas. Falando em 1997, ela comentou que "o mundo está sendo muito ajudado pelo sofrimento das pessoas pobres", descrevendo como ele era "muito bonito para os pobres para compartilhar [o sofrimento] com a paixão de Cristo". Para Madre Teresa, a pobreza ea doença eram presentes que forneceram a oportunidade de desenvolver a conexão com Deus. A sua missão não era tanto para aliviar o sofrimento, mas para garantir que isso aconteceu dentro de uma estrutura de crença religiosa. Com efeito, por sua própria admissão, ela foi motivada por um desejo de cumprir suas próprias convicções religiosas, em vez de preocupação altruísta para o mundo dos pobres. "Há sempre o perigo de que podemos tornar-nos apenas os trabalhadores sociais ... nossas obras são apenas uma expressão de nosso amor por Cristo", ela disse a um jornalista da BBC, em 1969. Esta atitude é manifestamente diferente dos princípios utilitaristas pelo qual os esforços humanitários são normalmente julgado.

No entanto, esta realidade, de Madre Teresa como missionário primeiro e um segundo altruísta, não é a imagem que tomou precedência no Ocidente. Ela ganhou o Prêmio Nobel não por suas convicções religiosas, mas "ao trabalho realizado na luta para superar a pobreza." Os relatórios dos voluntários, investigações jornalísticas e pesquisa acadêmica que denuncia a sua "glorificação do sofrimento, em vez de aliviá-la" teve pouco impacto sobre ela brilhando reputação. Esta continua a ser tão verdadeiro nas comunidades seculares como os religiosos, com os pesquisadores consistentemente relatando que os americanos a consideram uma das figuras mais admiradas do século 20.

A medida em que Madre Teresa é considerado um herói humanitária é uma vitória significativa para a Igreja Católica, que coordenou uma campanha de alto perfil de tê-la "acelerado" para a santidade. No entanto, em muitos aspectos, não é nenhuma surpresa que ela continua tão popular entre os ocidentais. Ela apresentou uma narrativa - a de uma freira Europeia vai ajudar pobres do mundo - que agiu para ambos resolver a culpa interna dos fiéis ricos ao mesmo tempo, apresentando a sua religião como uma força relevante, moderno para o bem. Enquanto isso, sua conceituação do sofrimento como uma experiência positiva desde refutação a quem criticou falhas repetidas do Ocidente para inspirar a ação tangível sobre a desigualdade global.

Falando em turnês mundiais, a sua atitude fatalista para com a pobreza, combinado com uma insistência em permanecer "apolítica", definiu seu desinteresse em confronto com as causas estruturais da pobreza. Ela apresentou ao Ocidente um modelo perfeito: um benfeitor que não ameaçam a desafiar o status quo. Nas palavras do jornalista Kolkata-nascido Mihir Bose , "Ela é parte da agenda ocidental, faz o Ocidente se sentir melhor; 'este é um de nós, mais uma vez resgatar o terceiro mundo'. "

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Parte 03:

O rebranding da missão religiosa de Madre Teresa como um esforço humanitário foi também conveniente financeiramente. Apesar contas abrangentes nunca ter sido publicado, os pesquisadores estimam que Missionárias da Caridade foi receber até C de $ 100 (USD $ 72) milhões em doações anuais até o final da vida de Madre Teresa. Uma investigação de 1991 pela revista alemã Stern revelou que apenas 7 por cento desse dinheiro estava sendo usado para a atividade de caridade.

O dinheiro que foi gasto foi espalhada incrivelmente fina - em 610 missões em 123 países - um sinal de que a qualidade do atendimento foi severamente comprometida pelo desejo de Madre Teresa de divulgar sua agenda religiosa o mais amplamente possível. Relatórios que as freiras foram ensinados a realizar "batismos secretas" em hindu e pacientes muçulmanos única sugerem ainda que as intervenções de sua ordem foram por vezes activamente prejudicial, bem como sendo uma distração de genuínos esforços humanitários.

Em missionários pioneiros da Caridade, Madre Teresa assumiu o papel de um prestador de serviços médicos. Como qualquer médico ou enfermeiro vai depor, esse papel confere certas responsabilidades: agir apenas dentro de suas capacidades, a respeitar os interesses de um paciente e não impor suas crenças pessoais, religiosas ou políticas no atendimento ao paciente. Em todos estes aspectos, Madre Teresa falhou. Julgado por qualquer métrica de normas médicas, é difícil lembrar o seu legado como algo além de uma franquia ineficiente, hipócrita e totalmente ideológica.

Teresa de Calcutá deve por todos os meios ser lembrado como um evangelista extremamente bem sucedido. Mas afirmar que ela é um campeão do altruísmo, da medicina ou humanitarismo seria não compreender, fundamentalmente, a sua missão.

George Gillett é um jornalista freelance, especializado em cuidados de saúde, investigação médica e assuntos atuais. Ele escreveu para o Independent, New Statesman, Espectador, blogs BMJ, New Internationalist, Huffington Post e Left Foot Forward. Siga-o no Twitter @george_gillett
MAIS GEORGE GILLETT.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

no Facebook:

Augusto Liberum:

A bíblia e um dos livros mais subjetivos e ambíguos que já escreveram. Cristo cura os doentes e diz que veio para que todos tenham vida em abundância e q a fé por menor q seja pode transformar tudo aí as pessoas botam fé mas não vêem o resultado e usam a desculpa lógica de quem quer me seguir (Cristo) tome a cruz e sofra.... contraditório não, pois é.

Anônimo disse...

Respondendo o comentário do Augusto: Se há uma coisa na biblia que é verdadeira é justamente em Mateus, 10, versiculo 34-36

"34.
Não julgueis que vim trazer a paz à terra. Vim trazer não a paz, mas a espada.

35.
Eu vim trazer a divisão entre o filho e o pai, entre a filha e a mãe, entre a nora e a sogra,

36.
e os inimigos do homem serão as pessoas de sua própria casa."

Fonte: http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-mateus/10/

E é justamente o que há dentro do Cristianismo: Católicos, Ortodoxos e Protestantes (estes ultimos cada vez mais subdivididos) só pensam em saber quem tem razão. Um fala que é guiado pelo tal Espirito Santo e portanto porta a verdade. Mas eu nunca vi um Espirito Santo, dito sagrado, ter tantas verdades diferentes, com cada igreja, pastores e padres diferentes, e tão contraditório.
E as brigas, discussões é verdade. Quem não conhece pessoas que brigam entre si pela tal "verdade da biblia"? Já vi sim, membros de familia discutirem porque fulano é católico e ciclano é evangélico.
Não demora muito, aqui virar um "Estado Cristão", nos mesmos moldes do EI, pois tá cheio de fundamentalista por aí.

Anônimo disse...

Essa velha louca não é a única fraude circulando no mundo. Além dela, outros "bonzinhos" de araque que arrancam lágrimas dos trouxas foram Gandhi e o atual Dalai Lama. Gandhi defendeu o apartheid, quando viveu na África do Sul, e esculachava a população negra de lá. Já a sua santidade, o Dalai Lama, é um verdadeiro embusteiro. Representante de um sistema feudal no qual a população tibetana era tratada como verdadeiros escravos até a libertação promovida pelos chineses. O Dalai Lama recebeu milhões de dólares da CIA pra agir contra a China, e a sua única proeza digna de nota foi a de conseguir ocultar do mundo o mar de lama na qual sempre viveu. Esse homem, de espiritual não tem nada. Também ganhou o famigerado Nobel da Paz (acho que foi em 1989), assim como o Obama também recebeu quando mal havia sentado o bumbum na cadeira Presidêncial.

Anônimo disse...

Parte 01: Madre Teresa da Calcutá - Tudo menos uma santa.

Mundialmente conhecida como um ícone humanitário, tendo sido inclusivamente beatificada em 2003 pela sua obra de vida, a famosa Madre Teresa sempre caiu nas boas graças do povo. Mas será que ela mereceu ser elevada a tão alto pedestal?? Vamos conhecer a real história de Anjezë Gonxhe Bojaxhiu

A MADRE TERESA DESVIAVA DINHEIRO QUE ERA DIRECIONADO PARA OS POBRES!

A madre Teresa recebia de doadores centenas de milhões de dólares para os seus hospitais — os quais ela chamava de “casas para doentes” —, mas grande parte desse dinheiro foi desviado para o Vaticano, deixando os doentes em estado precário, sem remédios e cuidados.

Os médicos classificaram esses locais de “casas da morte” ou de “necrotérios”. No âmbito da OMS (Organização Mundial da Saúde) houve denúncias de que as “casas” eram locais de epidemias. Uma ex-voluntária escreveu que faltava até AAS para amenizar a dor dos doentes.

Estas são algumas das revelações do estudo “O Lado Escuro de Madre Teresa” feito por Serge Larivee, Carole Senechal e Geneviève Chenard, da Universidade de Montreal, Canadá.

Em 1979, ela foi premiada com o Nobel da Paz e em 2003 beatificada pela Igreja Católica. A missionária já era um símbolo da caridade cristã.

Mas os pesquisadores canadenses, após examinar mais de 500 documentos, constataram que o suposto altruísmo e generosidade de Madre Teresa não passavam de fantasia vendida como verdade pela imprensa internacional.

Na verdade, ela foi um "produto" inventado pelo jornalista Malcolm Muggeridge, da BBC, que lhe dedicou em 1969 o documentário “Algo bonito para Deus”, apresentando ao mundo a figura frágil de uma missionária que se dedicava aos pobres e doentes da Índia. Em 1971, o jornalista publicou um livro com o mesmo título...mas a realidade fugia bastante de tudo isso.

Lê mais em - http://www.paulopes.com.br/2013/08/madre-teresa-desviava-dinheiro-de-doentes-para-vaticano.html#ixzz2qzhcXmWc

As pessoas enviavam-lhe milhões e milhões de dólares em donativos para que ela construísse hospitais. Apenas numa conta, nos EUA, havia mais de 50 milhões. O resto estava espalhado pelo mundo (menos na Índia, onde ela teria que prestar contas pelo que recebia).

Entretanto, esse dinheiro era usado para construir novos conventos da ordem pelo mundo...quando ela morreu, as irmãs já estavam instaladas em 150 países. Os hospitais eram, na verdade,rústicos e mal-equipados locais onde as pessoas iam para morrer.

Anônimo disse...

Parte 02: Não havia médicos nem higiene e os “diagnósticos” eram feitos por leigos, como as irmãs e os voluntários! E não havia interesse em encaminhar os doentes para hospitais verdadeiros. A ideia era a de que se deitassem nas macas ou no chão e sofressem até morrer.

Em todos eles havia um quadro na parede que dizia: “Hoje eu vou para o Céu”. Faltava morfina, anestésicos e antibióticos. Apesar dos milhões nos bancos, que permitiriam a construção de hospitais-modelo, a economia era a palavra de ordem. As injeções, quando havia o que injetar, eram feitas com agulhas lavadas na torneira e que eram usadas até ficarem infecciosas ao ponto de provocarem enorme sofrimento nos doentes.

Penalizadas, as voluntárias pediam dinheiro para comprar agulhas novas; mas as irmãs insistiam na virtude da pobreza. E quando uma irmã ficava doente? “Reze”, era a resposta.

Aliás,a  madre Teresa dava grande importância ao sofrimento. Dizia que o sofrimento dos pobres purificava o mundo e que eles davam um belo exemplo (e, naturalmente, não fazia nada para reduzi-lo). Será que alguém perguntou a opinião aos pobres? Note-se, contudo, que quando ela própria ficava doente, corria a internar-se nos melhores e mais caros hospitais, e nunca nas suas “Casas de Moribundos”.

Apesar de toda a fortuna, ela insistia em manter a imagem de uma ordem de irmãs pobres e mendicantes. Tudo tinha que ser mendigado a cada dia: comida, roupas, serviços. Se aquilo que elas recolhessem fosse em pequenas quantidades, comia-se menos.

A certa ocasião, as irmãs receberam um grande carregamento de tomates e, para que não se estragassem, simplesmente guardaram-nos. Foram severamente repreendidas por madre Teresa: “Quem guarda comida de um dia para o outro, duvida da Providência Divina”.

Lê mais: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-madre-teresa-de-calcut%C3%A1-santa-ou-fraude#ixzz3Rdp8oLiV


Vídeo do canal "Voz do Brasil" a expor a verdade.

Infelizmente, Madre Teresa não é a primeira nem a última pessoa a ser quase que literalmente endeusada pela comunicação social sem que as pessoas saibam a verdade sobre a sua obra e tudo aquilo que de mal trouxe..partilhem esta publicação com todos os que não saibam!

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Cintia Ximenes: Sério mesmo que em nenhum momento ela não pensou no próximo ??? Vc a conheceu ??? Ou esta replicando uma matéria sensacionalista ? Ela não foi santa ela só foi humana o que garante que ela não tenha salvado vidas ou ajudado ??? cuidado com a mídia sensacionalista sabemos o sacrifica da aqueles que estão em plena ajuda humanitária julgar é fácil MAS SE VC A CONHECEU E VIVENCIOU A SUA HISTÓRIA ..... Isso é outros conversa mas creio que não seja o caso ....

Tatiana Marques: Concordo plenamente!

Resposta: E você Cintia pelo menos leu o título do artigo? Teve o trabalho de ler e ver o vídeo sobre esse assunto? A mídia do mundo todo só a exalta Cintia, afinal graças a ela a Igreja conseguiu criar uma instituição que arrecada milhões todo o ano, o que ajuda a sustentar o luxo do Vaticano. https://www.youtube.com/watch?v=Nav1lu74Clg Estude mais Cintia, você está muito mal informada. Pagina: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2016/07/madre-tereza-de-calcuta-o-lado-negro.html

A propósito, antes que eu me esqueça: Parte 10: Jesus é o DIABO! http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2016/08/e-mais-uma-vez-jesus.html Kkkkk!!!!!

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

No facebook, reações:

Marina Milca Borba: vdd conheço a historia dessa mulher...desviava tdo dinheiro de donativa ao vaticano ,e o povo morria de dor ,,,pq ela falava que a dor purifica

Karyel Karine Pimentel: Lembrei disso qdo vi a reportagem que deu sobre a canonização dela ...

Susy Da Silva: Não sou católica, mas fui voluntária em uma instituição da Madre Tereza no Egito. E vi como as irmãs trabalham recolhendo pessoas doentes das ruas. Tratando-as de forma humana, cuidando de tudo o que muitas famílias não dão: um lar, Amor, carinho, e todos os cuidados necessários. Não posso afirmar quanto à Madre Tereza, mas se ela não tivesse deixado um legado, estas instituições jamais existiriam. Penso ser leviano falar de uma pessoa que já morreu e contar fatos que não se podem comprovar de fato. Desculpem posso estar enganada.

Resposta: interessante Susy pelo jeito eles corrigiram um pouco a metodologia, no tempo da Madre Tereza eles apenas recolhiam os doentes e esperavam morrer. As doações eram desviadas para o Vaticano, vai ver segundo o país, e nível de vida do povo, as instituições mudam a estratégia. O Egito não é tão pobre como a Índia. E quanto a ela ser "responsável por ter criado uma instituição assim" , isso não é mérito algum, os governos e instituições sem vínculos religiosos fazem esse tipo de trabalho no mundo todo, não precisamos de uma madre da igreja católica, exaltando a religião cristã para fazer isso, ateus e agnósticos podem, e fazem, trabalhos como estes. Então por que dar tanto mérito a essa senhora louca? Ela era apenas uma demente com ideias muito infelizes.

William Ferreira Maria Cristina Ferreira Bomente forte isso !!! Caramba.....

Maria Cristina Ferreira Bomente Não devemos julgar! Temos que investigar mais para ter uma opinião. Difícil acreditar!
Resposta: Ótimo, pesquise mesmo Maria, e acredite se puder...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

no Youtube: Deltec Games

Madre Tereza será o mais novo ídolo católico beatificado por Roma..
Não se enganem com esta carinha inocente, ela foi a sombra de Hitler deixando milhares de pessoas morrerem a minguá de frio, fome, sede e enfermas..Usava o sofrimento humano de milhares para arrecadar milhões de dólares e aplicar nos cofres do Vaticano, para fundar conventos e alastrar o catolicismo Romano. Sua religião importava mais do que as vidas humanas...

Richards Gregorio e sua amada Juci disse...

QUE HAJA LUZ!
ATÉ QUE EM FIM ALGUÉM TEVE CORAGEM PARA EXPOR ESSA VERDADE SEGREGADA A INCAUTOS E PROSÉLITOS DESSA APOSTASIA SURREAL QUE TANTO PERSISTE EM GLORIFICAR A IGNOMÍNIA DA MISÉRIA ALHEIA, COM A PSEUDO INDULGÊNCIA DA REDENÇÃO!
BASTA DE HIPOCRISIAS ACERBADAS, ESTÁ NA HORA DE TIRARMOS O VÉU DA IGNORÂNCIA SUPERSTICIOSA E MALÉVOLA, QUE DO QUAL "LÍDERES" RELIGIOSOS USAM TAL SUBTERFÚGIO EM BENEFÍCIO DE SUAS OPULÊNCIAS E MAGNIFICÊNCIAS!

Maiza disse...

A Bíblia relata um deus que mata crianças. . E ao mesmo tempo e amor. ..Não entendo esse livro.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

No facebook: Apolonio Elias Goularte Mattozo - bom dia permite me um comentário nesta materia vc autor que não crê no diabo e declara não crer em Jesus em duas coisas vc deve crer existe o bem e o mal então me esplica quem promove o bem e quem promove o mal quem vc acha que é a esquerda ou a direita concordo com vc que esta arrecadação foi direcionada de forma incorreta sim agora ignorar dois seres poderosos que nois sercam 24 hrs por dia é incencates ,me desculpe concordo com vc em partes.

Resposta: Apolonio, resumindo muito aqui minhas ideias, digo que o lado "Mal" do ser humano é por conta dos instintos puramente animais que todos nos carregamos, e o lado "Bom" é a supraconsciência, a nossa por assim dizer " porção divina" que é o contra ponto ao instinto puramente animal, o ser humano é um ser hibrido, ele é animal e deus, quem dá ouvidos ao seu lado animal, é classificado como "mal" pois o animal só quer saber de si mesmo, é egoísta e mesquinho, não imposta quem ele tenha que prejudicar, desde que ele se dê bem, assim é o lado animal instintivo do ser humano, e muitos infelizmente se entregam ao seu lado puramente animal. Já o nosso lado divino, se dermos ouvido a ele, então nos tornamos seres avançados, com propósitos maiores, éticos, morais, e com potencial para superar os limites da natureza humana. Não precisamos do Diabo nem muito menos de Jesus.

Anônimo disse...

Tanto bla Bla Bla , tanta coisa escrita que só acham nem sabe se é real .. brigas entre ateus e pessoas religiosa vai acabar quando ... Acho que tem que respeitar a decisão que a pessoa toma !!

Anônimo disse...

Engraçado, falar mal é fácil. Não vejo nenhum crente nem falando em ajudar ninguém. Pedindo dinheiro de gente pobre vejo muitos. Vendendo vassoura que varre o mal, suor de pastor e outras abominações. E tiram onda de salvos. Em vez de falar vão praticar Boas Ações. Cambada de gente sem nada pra fazer. Em vez de viver criticando as outras religiões vão cuidar da própria vida. Quem vai cobrar o certo ou o errado não somos nós.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Facebook: Salete Camorim: Esse cara ta mesmo preocupado com os milhões ou bilhões q a igreja arrecada. Kkkk

Resposta: não só eu Salete: no Youtube Deltec Games: Madre Tereza será o mais novo ídolo católico beatificado por Roma.. Não se enganem com esta carinha inocente, ela foi a sombra de Hitler deixando milhares de pessoas morrerem a minguá de frio, fome, sede e enfermas..Usava o sofrimento humano de milhares para arrecadar milhões de dólares e aplicar nos cofres do Vaticano, para fundar conventos e alastrar o catolicismo Romano. Sua religião importava mais do que as vidas humanas...

Salete Camorim: Bruno, não estou discordando de você. Seja lá o q esta mulher fez pra arrecadar montantes de dólares pra igreja a qual ela pertencia, já foi. Não sou católica e acredito os católicos também não podem serem culpados por isso. Sou Cristã e acredito no DEUS grande e poderoso, e um dia ficaremos Face a Face com Ele.

Resposta: Fato é fato Salete, e madre tereza roubou para o vaticano, era uma velhinha muito da safada e sem vergonha. E claro que isso não importa mais para os cristãos! Passou né? Tudo o que os cristãos querem é que a verdade seja esquecida, e só a versão "romantizada" permaneça, desde que seja a favor de sua fé no seu deus imaginário claro.... A mentalidade dos cristãos não mudou muito desde os tempos de Roma, o que passou, passou, a verdade não importa mais, por que se importar com a história? Com o que aconteceu, ou deixou de acontecer? O que foi, foi! O que deixou de ser não interessa mais! Vamos viver o "agora". E assim, com esse tipo de ideia infeliz que cristãos queimaram a biblioteca de Alexandria, mergulhando o mundo numa idade de trevas da qual ele só foi se recuperar em 1789 com a revolução francesa. Quem esquece o passado, está fadado a repeti-lo Salete. E a verdade sempre deve imperar. Você não se preocupa com a verdade, eu me importo.

Mical e David disse...

perfeito

Danii Siqueiraa disse...

Nunca fui com a cara dessa velha mesmo, tenho horror dela, e até agora, antes de ler a matéria, eu sempre me perguntava o porque do meu medo.

Isac disse...

Kaka santa dE PaU oco so DEUS pode dizer se ela e santa ou nao a santidade de uma pessoa so Deus ve

edinaldo jose disse...

Essa palavras só pode ter sido escrito por crentes e ateus

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Romildo Ferreira Infelizmente esta senhora deu consolo espiritual a Ditadores e exploradores ricos da época, o que dificilmente é essencia de humildade simplicidade, arrecadou mais de 500 milhões de dólares que foram desviados para construção de conventos e mosteiros. Donativos arrecadados para ajudar a casa de moribundos, na verdade eram casas de morte, agulhas eram usadas sem esterilização e os corpos falecidos eram cremados. Que o Criador tenha pena de Teresa, pois sua santidade é terrena. Canonizada por um órgão politico que não representa Deus.

Silvia Madeira disse...

Desde o dia em que li a bíblia,a igreja católica e tudo o que provem dela, foram desmascarados para mim. Sou Cristã, sou de Cristo.
A ninguém chameis de pai, pai só há um e está nos céus. Papa e padre - Deus em italiano e espanhol. O que é espiritual nunca foi carnal - anjos caídos, demônios. Não existem santos. ..Todos vão para um lugar; todos foram feitos do pó, e todos voltarão ao pó. Eclesiastes 3:20
Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Tornai-vos, filhos dos homens. Salmos 90:3
Toda a carne juntamente expiraria, e o homem voltaria para o pó. Jó 34:15
E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu. Eclesiastes 12:7...............................Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento. Eclesiastes 9:5
Curtir · Responder · 17 min

Alexandre Braga disse...

Bruno,

Suas declarações são interessantes mesmo. Sem prolongar muito, queria sua permissão para falarmos de alguns pontos. Concordo plenamente com você quando diz que Cristão querem esquecer o passado e viver o agora fim onde nada tivesse acontecido. Sou Cristão, mas um um pouco mais esclarecido e o interessante é que qto mais mergulho mais vejo que não tem outro caminho. E não é um salto no escuro pode ter certeza!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]