sexta-feira, 26 de junho de 2015

Salto Quântico Genético uma trapaça na evolução? No carma? Estamos furando fila? Iluminação artificial?

Recorrente critica estranha dos New Age... afirmar que o Salto Quântico Genético é uma “Trapaça” na evolução (algo que nem sequer existe, me refiro a evolução), uma iluminação artificial e anti-natural... vamos aproveitar esse email da pessoa para abordar o tema.

Pessoa por email fazendo perguntas típicas de uma mente embotada por conceitos da nova religião, a New Age.

Uma grande rasteira no nosso processo de evolução? Evolução? Que Evolução??... Clique Aqui


Respondendo:

Pessoa: Olá noite, blz? Gostaria de esclarecer umas duvidas. Iniciação do salto genético é uma iluminação não é?

R: Sim é, afinal vai te ligar de volta a supraconsciência, ao seus deus interior. Deus é luz, a ignorância é trevas, por isso se você tem contato com deus e estrai desse informações, então você é um iluminado. Iluminado pela sabedoria divina, a luz do conhecimento...


Pessoa: Se for, q eu imagino, q estamos aqui pra aprender, ter experiências terrenas e nos descobrir.

R: Não na verdade estamos aqui na Terra para ser escravo, para sofrer, e depois morrer, sofrendo um dia a “segunda morte” também. Essas informações vem das memórias de mais de mil pessoas já iniciadas até hoje [dia 26/06/2015]. Maiores detalhes terá ao vir ser iniciado. Na terra não temos nada para fazer, nada para aprender, nada para 'evoluir', a Terra é campo de concentração para extermínio. Leia essa pagina: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2015/03/salto-quantico-genetico-maior-revelacao.html

Pessoa: Se iluminação espiritual é uma busca pessoal, pode eu fazer o salto? Pq praticamente alguem esteja fazendo por mim.

R: Não sei do que esta falando... eu fazendo por você? Acha que a pessoa iniciada no 'Salto' está tipo “trapaceando” por que outro está fazendo a “busca por você”? Não meu amigo... nada disso.. nossa que confusão!

Pessoa: Se pode intao talvez esteja sendo guiado pra essa direção, por planos superiores?

R: Sim estou sendo guiado por planos superiores, alias as entidades se fazem presentes e realizam a operação espiritual para o Salto Quântico Genético.

Pessoa: intao não tem problema pois faziam tbm no Egito antigamente não é?

R: Isso mesmo nenhum problema... apenas trás soluções.

Pessoa: Um jeito de ajudar o outro e vivemos em unidade.

R: Vivermos em unidade? Tá com a mente toda embotada por conceitos da religião new age...

Pessoa: Mais pq maioria dos mestres apenas mostra o caminho e quem percorre e a gente?

R: E quem disse que farei diferente? Acha que eu vou te pegar no colo e te levar para o paraíso? Acha que sou eu que vou apagar imprints e implantes e limpar de forma definitiva seu sistema? Tá muito equivocado, nem sabe do que se trata o “Salto”. Você leu a apostila informativa?

- Folder o ‘Salto’:

- Apostila Instrutiva Completa [Obs. Leia as 4 partes]:

E você que vai salvar a si mesmo, eu vou apenas facilitar a sua comunicação com o Deus que habita dentro de você, aliás nós somos deus, mas estamos apenas adormecidos, apartados de nossa verdadeira natureza... a divina.


- “O que o terapeuta tem de fazer é colocar o paciente em contato com a sua intuição (supraconsciência do paciente) quando o terapeuta consegue fazer isso, seu trabalho esta feito” [Carl Jung, psiquiatra suíço, fundador da psicologia analítica]

Iniciação o ‘Salto’, Muito Além da Zona Limite da Ciência...

Complemento: Seres humanos... deuses adormecidos, ou animais sanguinolentos?

Uma pessoa anônima fez um comentário que mereceu uma resposta mais longa minha, ele abordou um tema que debato no seminário, mas não aqui na pagina, vamos então exibir esse comentário e minha resposta também aqui no corpo da pagina já que o tema é tão interessante.

Pessoa anônima:

Todos Somos Deuses Adormecidos”, premissa básica para o Salto Quântico Genético, correto?
Entretanto, analisando o tipo humano predominante na sociedade, sou obrigado a discordar. Alguns indivíduos, e seu número infelizmente é bem expressivo, não demonstram possuir nem um resquício de centelha divina. E isto não é apenas por uma simples questão do meio e da condição social em que vivem. Existem indivíduos nefastos tanto nas favelas decadentes quanto nas coberturas luxuosas e exclusivas dos corruptos e corruptores.

Portanto, o problema envolvendo essa questão seria de ordem interior; mais exatamente do que cada um de nós traz ou possui em seu íntimo. Dito isto de modo tão somente a esboçar o fundamento para a réplica contra a citada premissa, eu questiono se o Salto, como você denomina este processo de despertar o Deus latente em cada um, não seria de aplicação restrita e seletiva. Afinal, muita gente parece mais possuir um diabólico demônio ou ente maligno e pernicioso governando sua essência desde o mais profundo de seu ser do que propriamente possuírem um Deus adormecido lá. E estendendo o raciocínio, acho que tais tipos ou nunca tiveram tal centelha divina ou conseguiram exterminá-la completamente de si.

Assim, seriam humanos apenas na forma mas não na essência. Logo, a premissa de que somos todos deuses estaria errada ou não seria aplicável de modo geral. Seria algo como a Evolução: evidente na forma e na aparência, mas absolutamente insustentável na prática e na demonstração da experiência, pois, na verdade, trata-se de algo que careceria de fundamento.

É o que ocorre no mundo em que vivemos. Estamos cercados de pessoas de variadas origens, cultura, situação econômica e estatura moral. Mas as diferenças terminam somente aí ? Acho que não.
Atribuir a todos, indistintamente, uma natureza divina me parece algo muito exagerado. E sou insuspeito pra falar : já fui recusado em todas as Ordens Iniciáticas pelas quais acabei me interessando simplesmente por não apresentar os "atributos" requeridos. Portanto, posso comentar com isenção e sem ter a velada pretensão de me julgar superior em relação aos demais.

Usando uma imagem alusiva ao mito da Evolução, eu diria que sou apenas um mero peixe no oceano observando outros peixes e chegando à conclusão que os enguias e as sardinhas são bem diferentes, tanto na forma quanto no conteúdo.

Minha Resposta:

Anônimo eu entendo muito bem a sua linha de raciocínio, e em breve vou melhorar essa pagina colocando mais argumentos, coisas que ando respondendo em outros lugares e que deve ser reunido aqui.

Sobre as pessoas...

Não vou poder responder muito longamente, mas para bom entendedor poucas palavras bastam.

Primeiro: Evolução não existe... nunca existiu, Darwin está errado, ok? Se duvida leia artigos sobre o assunto, acesse a pagina índice: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/08/pagina-de-indice-todos-os-artigos-que.html

Segundo: As pessoas são hibridas animais, nós temos uma porção de DNA animal, tais como grandes felinos, (leões, tigres, leopardos, etc...) por conta disso pense no ser humano como um tipo de ser divino misturado com animal, sendo que no momento a raça está deteriorada por conta de sabotagens, e por isso a maioria é mais animal que ser humano.

Terceiro: As pessoas possuem essa porção divina, mas ela está abafada, está esmagada por conta da situação precária em que nos encontramos, por conta da sabotagem, por conta de não saber o que de fato ocorre, nessa situação as pessoas precisam lutar por sua sobrevivência, elas precisam viver num mundo cruel, em corpos pouco funcionais, lidando com competição, luta pelo dinheiro, luta pelo amor, luta pela posição na sociedade, luta para manter a posição, etc... é mesmo um inferno... Em uma situação dessa o lado animal toma conta, pois ele é o "Sagrado Instinto" é o instinto que te mantem vivo.

Quarto: Concordo que a grande maioria das pessoas, homens e mulheres, estão entregues quase completamente aos instintos puramente animais, mas isso nem é questão de escolha, é questão de sobreviver, não é culpa delas, é culpa dos "outros Deuses" que colocaram os seus colegas Deuses nessa situação miserável.

Quinto: Os seres humanos, na sua maioria parecem mesmo apenas animais em forma humana, mas por mais loucos que pareçam existe sim um principio divino ali, apenas esperando ser despertado, se o elemental quiser (entendo como elemental aquele que precisa dos elementos, é dependente deles para existir) a porção divina poderá ser ativada, e isso será ótimo, pois assim aquele animal em forma humana vai ganhar poder, força, paz, sabedoria, e continuará subindo na escala da criação, o que é exatamente a vontade do ser supremo do universo.

Sexto: Todos tem um principio divino até mesmo os animais... até as plantas, e até mesmo os minerais... acredite se puder. Mas no caso dos seres humanos nós temos corpos funcionais, corpos que podem nos permitir pensar, raciocinar e ficar ciente de nossa própria existência. Como seres humanos podemos finalmente contatar a divina porção que nos habita, a inteligência do universo, e ser guiados por ela. E esse é o meu trabalho. Tornar os humanos menos humanos... e mais divinos, nem que seja só um pouquinho mais...

A Esfinge trás um recado para os seres humanos, a raça humana é hibrida felino









Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: Salto Quântico Genético, uma trapaça na evolução, atalho, carma,Estamos furando fila,Iluminação artificial, Recorrente critica, estranha, New Age, afirmar que o, Trapaça, evolução, existe,iluminação artificial,anti-natural,contra leis divinas,scheila adriane grade, 

11 comentários:

Anônimo disse...

"Todos somos deuses adormecidos". Premissa básica para o Salto Quântico Genético, correto ?
Entretanto, analisando o tipo humano predominante na sociedade, sou obrigado a discordar. Alguns indivíduos, e seu número infelizmente é bem expressivo, não demonstram possuir nem um resquício de centelha divina. E isto não é apenas por uma simples questão do meio e da condição social em que vivem. Existem indivíduos nefastos tanto nas favelas decadentes quanto nas coberturas luxuosas e exclusivas dos corruptos e corruptores. Portanto, o problema envolvendo essa questão seria de ordem interior; mais exatamente do que cada um de nós traz ou possui em seu íntimo. Dito isto de modo tão somente a esboçar o fundamento para a réplica contra a citada premissa, eu questiono se o Salto, como você denomina este processo de despertar o Deus latente em cada um, não seria de aplicação restrita e seletiva. Afinal, muita gente parece mais possuir um diabólico demônio ou ente maligno e pernicioso governando sua essência desde o mais profundo de seu ser do que propriamente possuirem um Deus adormecido lá. E extendendo o raciocínio, acho que tais tipos ou nunca tiveram tal centelha divina ou conseguiram exterminá-la completamente de si. Assim, seriam humanos apenas na forma mas não na essência. Logo, a premissa de que somos todos deuses estaria errada ou não seria aplicável de modo geral. Seria algo como a Evolução : evidente na forma e na aparência, mas absolutamente insustentável na prática e na demonstração da experiência, pois, na verdade, trata-se de algo que careceria de fundamento.
É o que ocorre no mundo em que vivemos. Estamos cercados de pessoas de variadas origens, cultura, situação econômica e estatura moral. Mas as diferenças terminam somente aí ? Acho que não. Atribuir a todos, indistintamente, uma natureza divina me parece algo muito exagerado. E sou insuspeito pra falar : já fui recusado em todas as Ordens Iniciáticas pelas quais acabei me interessando simplesmente por não apresentar os "atributos" requeridos. Portanto, posso comentar com isenção e sem ter a velada pretensão de me julgar superior em relação aos demais. Usando uma imagem alusiva ao mito da Evolução, eu diria que sou apenas um mero peixe no oceano observando outros peixes e chegando à conclusão que os enguias e as sardinhas são bem diferentes, tanto na forma quanto no conteúdo.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Anônimo eu entendo muito bem a sua linha de raciocínio, e em breve vou melhorar essa pagina colocando mais argumentos, coisas que ando respondendo em outros lugares e que deve ser reunido aqui.

Sobre as pessoas...

Não vou poder responder muito longamente, mas para bom entendedor poucas palavras bastam.

Primeiro: Evolução não existe... nunca existiu, Darwin está errado, ok? Se duvida leia artigos sobre o assunto, acesse a pagina índice: http://seteantigoshepta.blogspot.com.br/2009/08/pagina-de-indice-todos-os-artigos-que.html

Segundo: As pessoas são hibridas animais, nós temos uma porção de DNA animal, tais como grandes felinos, (leões, tigres, leopardos, etc...) por conta disso pense no ser humano como um tipo de ser divino misturado com animal, sendo que no momento a raça está deteriorada por conta de sabotagens, e por isso a maioria é mais animal que ser humano.

Terceiro: As pessoas possuem essa porção divina, mas ela está abafada, está esmagada por conta da situação precária em que nos encontramos, por conta da sabotagem, por conta de não saber o que de fato ocorre, nessa situação as pessoas precisam lutar por sua sobrevivência, elas precisam viver num mundo cruel, em corpos pouco funcionais, lidando com competição, luta pelo dinheiro, luta pelo amor, luta pela posição na sociedade, luta para manter a posição, etc... é mesmo um inferno... Em uma situação dessa o lado animal toma conta, pois ele é o "Sagrado Instinto" é o instinto que te mantem vivo.

Quarto: Concordo que a grande maioria das pessoas, homens e mulheres, estão entregues quase completamente aos instintos puramente animais, mas isso nem é questão de escolha, é questão de sobreviver, não é culpa delas, é culpa dos "outros Deuses" que colocaram os seus colegas Deuses nessa situação miserável.

Quinto: Os seres humanos, na sua maioria parecem mesmo apenas animais em forma humana, mas por mais loucos que pareçam existe sim um principio divino ali, apenas esperando ser despertado, se o elemental quiser (entendo como elemental aquele que precisa dos elementos, é dependente deles para existir) a porção divina poderá ser ativada, e isso será ótimo, pois assim aquele animal em forma humana vai ganhar poder, força, paz, sabedoria, e continuará subindo na escala da criação, o que é exatamente a vontade do ser supremo do universo.

Sexto: Todos tem um principio divino até mesmo os animais... até as plantas, e até mesmo os minerais... acredite se puder. Mas no caso dos seres humanos nós temos corpos funcionais, corpos que podem nos permitir pensar, raciocinar e ficar ciente de nossa própria existência. Como seres humanos podemos finalmente contatar a divina porção que nos habita, a inteligência do universo, e ser guiados por ela. E esse é o meu trabalho. Tornar os humanos menos humanos... e mais divinos. Nem que seja só um pouquinho a mais...

Anônimo disse...

Obrigado por sua resposta, caro Bruno. Meu duro questionamento acerca da real natureza do caráter humano e os seus elucidativos comentários serão úteis não somente para mim mas, presumivelmente, para outras pessoas que têm dúvidas semelhantes.
Abraço.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Sim anônimo como já deve ter visto usei a sua pergunta e minha resposta para incrementar a pagina.

Abraço.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

É.K.,: Nossa. Muito interessante. Bruno, sei que é ocupado e super atarefado para questões tão infantis como esta, mas se por dalguma razão puder responder: na prática, como é um ser cuja ligação com sua porção divina está totalmente desbloqueada? Como um ser desse vive? O que ele faz? Que tipos de poderes ele tem? Quais seriam seu limites? O que ele faria, ou que tipo de obra, trabalho ou qualquer coisa ele faz para se ocupar? Com este nosso corpo híbrido, até que pontos podemos chegar? Em fim, na pratica, como é ser um Deus?

R: Bruno Guerreiro de Moraes: É, venha se submeter a iniciação o 'Salto', assim lembrará como era a sua vida antes de ser preso e encarcerado na Terra, ai já vai saber a resposta para essas questões.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

J.S.<: Muito bom e realmente essa teoria de Darwin nunca me enganou é só colocar os dois neurônios (Tico e Teco) pra funcionar se tal teoria tivesse lógica, os lagartos das Galápagos estariam dirigindo carros pelas nossas ruas.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

L.C.,: excelente texto Bruno Guerreiro de Moraes, muito elucidativo, ajuda a entender o motivo pelo qual o ser humano é uma criatura tão contraditória...

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

No Facebook - parte 1:

Kediner G Gonçalves HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Descurtir • Responder • 2 • 26 de junho às 17:08

Kediner G Gonçalves Não acredito que alguém disse isso!
Descurtir • Responder • 2 • 26 de junho às 17:08

Bruno Guerreiro de Moraes Acredite se puder... mas na verdade esse é um argumento muito comum dos New Age, eu não tive mais tempo, logo vou ampliar essa página com outros textos onde New Age estão dizendo que o Salto assim como outras iniciações para ativação de potenciais e antinatural, uma verdadeira desonestidade no "jogo da evolução"
Curtir • Responder • 4 • 26 de junho às 19:42

Marcelo Victor San New age deve ser a religião protestante moderna, é o que está aparentando ser.
Descurtir • Responder • 2 • 26 de junho às 19:55

Marcelo Victor San Gostei do "estamos furando fila?" kkkkkkk
Descurtir • Responder • 2 • 26 de junho às 19:58

Iranete Dantas nunca concordei esse papo de evolução...se tudo é agora!!!
Descurtir • Responder • 2 • 26 de junho às 21:23

Ediéli Ribeiro de Moraes Furar fila? Tô nessa haaa
Descurtir • Responder • 3 • 26 de junho às 21:43

Élisson Kario kkkk, Ediéli Ribeiro, seu senso de humor é incrível. Na verdade foi o Bruno que sugeriu essas palavras como resposta. E muito bem sugerido, porque o nosso amigo que questionou " Se iluminação espiritual é uma busca pessoal, pode eu fazer o salto?" acredita firmemente que a "iluminação" é um processo onde eu evoluo infinitamente. O que ele não sabe realmente, é que ele está "desiluminado" não porque "tem que evoluir", mas porque está preso em um sistema escravista, sua memoria foi apagada e seus poderes foram sabotados. Então, para ele é muito confuso achar um cara que realiza um tal de Salto que faz alguem "iluminado" que é onde ele acredita que chegará daqui a eons de reencarnações e evoluções (provavelmente através de muita dor e sofrimento). Tem neguinho que ja reencarnou mais de 700 vidas na terra, e ta numa m* atualmente! Puxa, 700 vida, o cara ja deveria ser um buda, não acha?
Descurtir • Responder • 6 • 27 de junho às 09:22

Ediéli Ribeiro de Moraes Eu já rodei nessas reencarnações heim rsrs. E de buda tenho nada. Só os quilinhos daquele outro "buda" rsrsrs.
Realmente o encontro com a supraconciência liberta. Dificilmente vidas e mais vidas religiosas conseguiriam efeito tal como a reconexão do ser com seu eu superior.
Curtir • Responder • 2 • 27 de junho às 09:32

Élisson Kario kkkk, nossa Ediéli, com certeza seu humor é contagiante, Estou rindo muito aqui "só os quilinhos do buda" kkkkkkkkkkkkk Eu ainda não tive essa experiência de trocar uma idea com minha supra. Mais em breve terei haha
Descurtir • Responder • 2 • 27 de junho às 09:42

Vitor Angelo Baeta Damasceno Infelizmente as pessoas tem idéias muito erradas sobre o salto, provindas de informações errôneas provenientes das várias religiões, e a falta de leitura da apostila teórica também atrapalha, pois nela o Bruno deixa bem claro que o trabalho pesado de remoção dos imprints etc a pessoa é que terá de fazer por até mesmo falta de tempo hábil de fazer tudo no seminário.Sobre evolução, no dia que me mostrarem um macaco virando ser humano, eu acreditarei, até lá, um conto de fadas defendido por Ateus e materialistas e já provado falso desde seu surgimento como teoria, por ausência de registros de fósseis de transição e averiguação in loco, o máximo que se pode dizer é que existem mutações de adaptação em seres unicelulares como bactérias, mas forçam a barra ao extrapolar para seres pluricelulares, nunca se demonstrou evidência nenhuma de evolução adaptativa nestes.Terceiro ponto, vou postar abaixo, pois será um testamento, mas só por hora, sentiram a voadora rodopiante na fuça dos esquisotéricos e pseudocéticos? rssss
Descurtir • Responder • 3 • 27 de junho às 21:19

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

No Facebook - parte 2:

Vitor Angelo Baeta Damasceno Terceiro ponto, carma. Minha postagem mais controversa, mas vamos lá. Diante de tudo que se descobriu nos inúmeros seminários realizados na iniciação o salto, a existência concreta de uma lei universal chamada lei do carma ou lei da ação e reação ou ainda lei da compensação energética enfrenta sérias contradições lógicas. Se o carma é real, em primeiro lugar atualmente não seríamos prisioneiros em um planeta prisão e nem mesmo o império poderia continuar sua expansão sem contestação, como pôde ser apurado através das experiências dos vários iniciados no salto. Pois o império subjuga, domina, tortura, disseca seres ainda vivos. De acordo com a lei do carma, em algum momento o império encontraria obstáculos à sua dominação e deveriam surgir seres que fizessem o mesmo aos seus integrantes que eles fazem conosco e outros bilhões ou mesmo trilhões de seres pelo universo local a fora, mas não existe a mínima evidência de que isso tenha ocorrido e isso que o império age dessa forma anti-ética há bilhões de anos, se o carma não agiu em relação a eles nesses bilhões de anos, tem alguma coisa que não bate. Se o carma é mesmo uma lei universal então certamente atualmente a expansão do império já teria encontrado algum obstáculo, mas não existe uma evidência de que tal tenha se passado, portanto a lógica dos fatos não é muito favorável ao carma ser uma lei universal autêntica, então só existem duas hipóteses para explicar esse conceito, qualquer outro argumento seria ir contra a lógica natural dos fatos de que o império domina, invade, age de maneira anti-ética, viola a liberdade, tortura, sequestra etc e newnhum revés jamais se sobrepôs aos seus integrantes nesses bolhões de anos em que eles assim agem.As hipóteses explicativas do carma são:
Descurtir • Responder • 3 • 27 de junho às 21:39

Vitor Angelo Baeta Damasceno 1:O carma é uma lei artificial que apenas afeta seres que perderam sua conexão com sua supraconciência, estando assim relativamente sem poder para reagir contra as circunstâncias que se impõe sobre ele e também sendo amplificado pelos imprints que criamos em nossas diversas vidas em momentos de sofrimento profundo em que podemos ser tanto atores como vítimas. 2:O carma não é uma lei universal nem uma lei artificial devido aos imprints e à nossa falta de poder para controlar as circunstâncias de nossa vida e sim um conceito inventado pelos engenheiros sociais do império para o controle social e consciencial de seres prisioneiros em planetas prisão. Esses conceitos são implantados em sessões de tortura psicológica, apagamento de memória e desconexão com a supraconsciência, e posteriormente os carcereiros da matrix, tanto os extraterrestres da base da pirâmide (greys, reptilianos, draconianos etc) como os carcereiros internos (líderes de colônias espirituais, por exemplo) dão reforço a esse conceito genialmente inventado, os incorporaram a várias religiões, justificando assim a necessidade da reencarnação, o que é uma falácia, bem como da necessidade do sofrimento para depuração de erros, erros esses em primeiro lugar tem origem na desconexão com a supraconsciência, sendo portanto esses seres co-responsáveis por nossos erros , visto que foram eles que cortaram nossa conexão com a supraconsciência em primeiro lugar. Não tenho uma opinião definitiva sobre qual dessas duas explicações é a correta ´para a suposta lei do carma, mas o que posso dizer com toda a certeza é que as ações anti-éticas do império não tendo tido um único revés comprovado até hoje certamente atestam sobre as inconsistências de algo que é suposto ser uma lei universal, pois mais uma vez, caso realmente o fosse, o império já teria encontrado alguma raça ou grupo de seres que representaria um poder de oposição aos seus interesses e até mesmo talvez os tivesse destruído, assim como eles levam à destruição milhões de almas em planetas prisão como esse em que vivemos.
Descurtir • Responder • 3 • 27 de junho às 22:04

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

No Facebook - parte 3:

Vitor Angelo Baeta Damasceno Quarto ponto.Segundo algumas religiões, principalmente as espíritas e New Age, o universo seria governado por uma hierarquia de seres iluminados que seriam os executores da vontade de um ser que eles denominam de Deus. Em primeiro lugar temos que seriamente nos questionar, o que seria esse ser que as religiões chamam de Deus?Seria ele uma consciência que existia antes de tudo existir e teria criado tudo que existe, inclusive as centelhas ou supraconsciências?Seria ele um ser que se desenvolveu assim como todas as outras supraconsciências teóricamente poderiam ter se desenvolvido, de modo natural a partir de alguma fundação energética ou conciencial que sempree existiu e que atualmente seria a alma mais avançada, mas não criou nada que existe, sendo tudo o que existe resultado da atuação de forças que sempre existiram, mas que não possuem nenhuma característica conhecida?Ou seria ele na verdade um ser do império que fez várias aparições maravilhosas em várias épocas da história remota e tamanho o impacto dessas aparições, definitivamente gloriosas, esse ser foi tido como o criador de tudo que existe? De qualquer forma, não existe nenhuma evidência de que qualquer das três possibilidades acima seja real, nem o contrário, por isso prefiro ser agnóstico nesse ponto, embora já tenha sido um teísta ferrenho, porém tanto minhas memórias, que não foram obtidas pelo salto, mas possuem boa concordância com os depoimentos que li e textos que o Bruno escreveu, quanto nas próprias memórias obtidas através do salto me fizeram perder essa convicçao. Mas vamos ao ponto, se realmente esse universo fosse regido por uma hierarquia divina de seres iluminados, jamais estaríamos vivendo a situação que estamos vivendo e o império jamais teria se expandido tanto, pois esses seres com certeza teria poder para parar o império e já o teriam feito a muito tempo, a não ser que esses seres tivessem decidido se omitir dessa situação e observar à distância. Mas caso isso fosse verdade então na verdade esses seres não são iluminados coisa nenhuma, pois assistem milhões de almas inocentes virarem homúnculos em planetas prisão como consequência do desgaste natural gerado pelos implantes e imprints sem nada fazer para impedir o império de continuar suas ações anti-éticas e violentas, seriam isso sim verdadeiros cúmplices, pois quem se omite frente a um crimee é cúmplice desse crime, e isso mesmo a porca justiça humana reconnhece, que dirá a ética universal, por isso a lógica evidencia que na verdade estamos por conta própria, e por isso devemos buscar nos fortalecer e reconectar com nossas supraconsciências para assim garantirmos nossa continuidade e podermos tentar ajudar outros seres a enxergar atrás dessa cortina de fumaça e também garantirem sua continuidade.
Descurtir • Responder • 3 • 27 de junho às 22:35

Vitor Angelo Baeta Damasceno Por fim, desculpem o testamento, mas escrevi para tentar ajudar até o próprio Bruno ou algum iniciado que for questionado sobre sua visão sobre esses temas ou mesmo que queira ajudar um amigo atolado nas mentiras e falácias das religiões New Age e espíritas a acordar para a realidade. Se o que eu escrevi bate com suas experiências pessoais durante e pós salto e você quiser usar esses escritos em argumentos com fantasistas New Age, sinta-se a vontade. Esse texto até pareceu uma voadora do akuma na praia do Ipanema que dividiu o oceano Atlântico ao meio, modéstia a parte rsss.
Descurtir • Responder • 2 • 27 de junho às 22:40

Jacky Brito • Amigo de Vanessa Silva e outras 2 pessoas
Tanta baboseira junta e sem nenhuma orientação !
Tudo isso e não diz nada,tanta confusão minha gente !
Descurtir • Responder • 1 • 28 de outubro às 21:06

CASA BRANCA AGENCIA DE VIAGEM disse...

Parabéns , quanto conhecimento!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]