quinta-feira, 17 de outubro de 2013

História de Jesus é Farsa Criada pelos Romanos - Diz Historiador - Fraude Religiosa

Você Sabe o que é “O Salto Quântico Genético”? [Clique Aqui]


Paginas Índice: [Todos os Artigos Contra a Religião] - [Índice  Jesus Uma Fraude!] - [Índice: Os Segredos da Bíblia]

Jesus Nunca Existiu - Capítulos: [Jesus Histórico?] - [Crestus o Messias dos Essênios] - [Flávio Josefo, Tácito e Plínio] - [Inteiramente Inventado] - [Incoerências da Bíblia] - [Plágio das Mitologias] - [Um Plágio Oriental] - [Cópia e Cola] - [Nunca esteve aqui]

Pesquisador diz que História de Jesus é farsa criada por Romanos:
Criado pelos Romanos para enganar as massas, manipular as mentes...

Historiador americano afirma que a figura de Jesus foi usada como propaganda pelos romanos para acalmar os povos sob seu domínio. O pesquisador americano Joseph Atwill, que afirma que a figura de Jesus Cristo foi fabricada pela aristocracia romana, e diz ter encontrado novos dados que confirmam sua teoria. O historiador diz que um relato da Judéia do século I contém diversos paralelos entre Jesus e o imperador romano Tito Flávio. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Atwill afirma que essas confissões são clara evidência de que a história de Jesus é na verdade construída, ponta à ponta, baseada em histórias anteriores, mas especialmente na biografia de um César romano. James Crossley, da Universidade de Sheffield, diz ao jornal que a teoria de Atwill é como os livros de Dan Brown. "Esse tipo de teoria é muito comum fora do mundo acadêmico e são normalmente reservadas à literatura sensacionalista". "Cidadãos alertas precisam saber a verdade sobre nosso passado para podermos entender como e por que governos criam falsas histórias e falsos deuses", diz Atwill. O americano irá apresentar seus dados em uma palestra em Londres.

Segundo o pesquisador, a criação de uma figura foi usada como propaganda pelos romanos para acalmar os povos sob seu domínio. "As facções de judeus na Palestina da época, que aguardavam por um messias guerreiro profetizado, eram uma constante fonte de insurreição violenta durante o primeiro século", diz o historiador, "Quando os romanos exauriram os meios convencionais de anular rebeliões, eles mudaram para a guerra psicológica. Eles pensaram que o meio de parar a atividade missionária fervorosa era de criar um sistema de crença adversário. Foi quando a história do messias 'pacífico' foi inventada", diz Atwill. O pesquisador diz que, ao invés de encorajar a guerra, o 'messias' inspirava a paz e ainda dizia aos judeus darem a "César o que é de César" e, assim, pagar suas taxas para Roma. Atwill diz ter encontrado um relato de Flávio Josefo (historiador romano) sobre a guerra entre romanos e judeus. O americano argumenta que o texto contêm diversos paralelos entre o texto e o Novo Testamento.

A seqüência de eventos e localidades visitadas por Jesus Cristo segundo o texto bíblico é aproximadamente a mesma da campanha militar de Tito Flávio, imperador romano durante a guerra, afirma Atwill. O Daily Mail destaca, contudo, que Tito Flávio nasceu em 39 d.C. e morreu em 81 d.C., mas isso não muda nada, a historia desse imperador foi usada para criar a figura mítica de Jesus, que foi então abraçada, e propagandeada a partir de 300 d.C. pelo imperador Constantino.



Constantino a Verdadeiro Criador do Cristianismo:
Todas as Partes - Parte [1] - Parte [2] - Parte [3] - Parte [4]

Pessoa no Facebook:

Opinião minha pelo que ví, vivi, senti e pude perceber... Jesus é mais uma tática de dominação em massa, um personagem criado á partir da figura do que chamamos hoje de hippies, que por acidente acabou dando certo e dominou a mente de gerações e gerações de pessoas presas na terra. Diria que Jesus foi criado por uma das maiores mentes da história, porque seu legado vem destruindo e dominando seus seguidores e pelo visto a coisa só vai piorar. De fato, sua mensagem bondosa não poderia ser diferente, afinal ele é o tal filho do Deus de Israel então obviamente não veio para nada mais do que submeter a grande massa ao escravismo.

Engraçado que Jesus como Messias não cumpriu sequer nenhuma profecia , tudo que o novo testamento supõe que ele cumpriu está fora do contexto das profecias originais da Torah , até porque um salvador como os Judeus esperam é impossível. Não entendo porque tanta crença num ser tão nefasto e escravista, os crentes ficam lendo somente essa biblia com "mil" livros á menos e acham que sabem de tudo. No próprio Talmud Judaico está escrito que "Quando o Messias vier, cada Judeu terá 2800 escravos", outra citação : “No tempo do Messias, os judeus exterminarão todos os povos da terra.”

Em 1673, Bar Nachmani, no “Bammidhar rabba”, fol. 172, c. 4 e fol. 173, c. O Messias que eles esperam irá concluir a promessa de seu deus YHVH de que o “Povo escolhido” irá dominar toda terra. Obviamente que já se passaram tantos anos nessa espera que hoje em dia a maior parte dos membros do Judaísmo já deixaram de acreditar em tais escritos e, ou não praticam religião nenhuma, ou estão migrando para organizações mais amplas que englobam toda a humanidade e não só um grupo seleto.

Tenho pena, conheço judeus de perto, vejo que por conta dessa história milenar eles sofrem preconceito dos cristãos, preconceitos por sua raça, obvio que há aqueles que fazem por merecer mas não dá para generalizar. Em fim , se esses Jesus é o todo poderoso filho de deus e tudo mais, a história dele é bem cheia de problemas e pelo visto ele mais derrama sangue do que salva alguém com o seu próprio como os cristãos adoram pregar.

Gezzzzuuuiiiiizzzzzzzzz!!!!!!!!

Mais Sobre o Assunto? [Clique Aqui] -  Fonte: [Clique Aqui


Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: bíblia sagrada, católicos, cristianismo, deus, escritura, escritura sagrada, evangélico, evangélicos, fé cristã, jesus cristo, milagre, pastor, religião, 

7 comentários:

Anônimo disse...

Tá na cara. A estória dos evangelhos é totalmente sem sentido. Qual a diferença do sacrifício (derramamento de sangue) de "Jesus" e das religiões pagãs? Nenhuma. Por que motivos um "Ser Superior" se deixaria matar por nós? Por amor? Aff. Outra contradição é que ele (caso tivesse existido) teria aceitado o destino dele e não teria gritado no momento da crucificação "Pai, por que me abandonaste", conforme cita os evangelhos. Há uma citação do Papa Pio XII que diz: “Para os cristãos, o problema da existência de Jesus Cristo concerne à fé, e não à história”. É claro né Papa, pois não tem como provar. Lamentável.

Anônimo disse...

Acredito eu que ele tenha existido, porém ele tenha simplesmente sido um humano igual a nós que estudou e adquiriu os conhecimentos divinos, que são claramente de filosofia budista.

Mas essa história dele ter nascido da virgem e aquele bla bla bla é pagão mesmo e muito visível diga-se de passagem, começando-se pela sua data de nascimento. A simbologia pagã é tão visivel que temos um obelisco no meio da praça de São Pedro, a igreja esfrega isso na cara de todo mundo e alguns poucos enxergam.

Embora os rituais feitos la dentro tenham sim efeito energético, tanto é que mexe com as pessoas, sabemos o que sabemos e enxerga quem quer.

Anônimo disse...

Perdeu a prova do Enem porque parou pra orar.

http://www.oprimeiroencontro.com.br/perdeu-a-prova-do-enem-porque-parou-pra-orar/

Ivani Medina disse...

“A verdade histórica é a mais ideológica de todas as verdades científicas [...]Os termos de subjetivo e de objetivo já não significam nada de preciso desde o triunfo da consciência aberta [...]. A verdade histórica não é uma verdade subjetiva, mas sim uma verdade ideológica, ligada a um conhecimento partidário”. (ARON cit. por Marrou, s/ data, p. 269)

Se a fé nunca dependeu da história, porque fazem tanta questão desta última? Por que insistem em preservar essa bruma que envolve os primeiros séculos do cristianismo? Não devia ser assim. No entanto, quando fazemos uma aproximação dos fatos com fatos e não com ideias, é possível outra conclusão.

http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/paguei-pra-ver

Anônimo disse...

A prova está na própria Igreja Católica, que se intitula Apostólica ROMANA.
Há também a Igreja Ortodoxa, que tinha sede em Constantinopla (atual Istambul), sede do Império Bizantino, uma espécie de continuação do Império ROMANO. Essa se assemelha em quase 100% com a Igreja Romana.
O Império Romano como sempre, fez uma mistura de religiões, foi assim na Antiga Grécia, onde haviam Deuses "equivalentes" aos Romanos.

O texto acima menciona "Dê a César o que é de César", e isso tem no Novo Testamento em Mateus 22, 15-21:
"15.
Reuniram-se então os fariseus para deliberar entre si sobre a maneira de surpreender Jesus nas suas próprias palavras.
16.
Enviaram seus discípulos com os herodianos, que lhe disseram: Mestre, sabemos que és verdadeiro e ensinas o caminho de Deus em toda a verdade, sem te preocupares com ninguém, porque não olhas para a aparência dos homens.
17.
Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César?
18.
Jesus, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me tentais, hipócritas?
19.
Mostrai-me a moeda com que se paga o imposto! Apresentaram-lhe um denário.
20.
Perguntou Jesus: De quem é esta imagem e esta inscrição?
21.
De César, responderam-lhe. Disse-lhes então Jesus: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus."

Veja que os judeus não queriam pagar imposto, mas Jesus disse que tem que pagar sim. Nada de sonegação

Sobre a Igreja, veja que até hoje mantém os mesmos ritos mesmo sendo acusada por alguns evangélicos de hereges, a Igreja Romana, se mantém Romana com a grande mistura de religiões e não vai mudar (mistura de religiões, adoração ao sol, Santos católicos similares ao Panteão Romano). Afinal foi criada com esse propósito. Aliás, os chamados evangélicos realmente são incompreensíveis, pois odeiam a Igreja Romana, mas seguem o Novo Testamento criado por ela. Detalhe: A própria Igreja Católica afirma ter montado o cânon do novo testamento, o que dá credibilidade as afirmações que o Cristianismo é uma invenção ROMANA.

Leonardo Oliveira disse...

Na minha opinião, religião é = alienação. Todas, sem exceção.

Samussoni Makone disse...

So quero saber o devemos fazer para entrar no reino de Deus criador do ceu e da terra? jae que o tal Jesus dito no novo testamento nae verdadeiro,
Sera que ele existiu mesmo?
Sera que ele veio na terra?
O que ele fez quando vei aqui na terra?
Me respondemcom muita urgencia no meu e-maail: samsonmakone@gmil.com ou pelos telefones +258 847008655, +258 825878337

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]