terça-feira, 4 de junho de 2013

A Matrix Não é Ficção - Filme é Baseado em Fatos Reais - Percepção Extra-sensorial

Você Sabe o que é "O Salto Quântico Genético"? [Clique Aqui] - Philip K. Dick foi um escritor de ficção norte americano que era paranormal/médium. Para criar as suas historias recorria as suas percepções extra-sensoriais e a fragmentos de memórias de existências passadas aqui na Terra, e em outros planetas. Nessa palestra em 1977 ele fala sobre as suas memórias despertadas e seus entendimentos sobre o que realmente acontece aqui nesse mundo. Ele próprio diz que não sabe ao certo o que querem dizer, mas ele chega muito perto de entender o que acorre. Nós que já fizemos o "Salto" sabemos exatamente o que acontece aqui na Terra e no universo local, tivesse Dick a possibilidade de fazer o 'Salto' na época dele, teria, quem sabe, revolucionado muito mais a ficção do que revolucionou. Essa palestra de Philip Kindred Dick foi a base fundamental para a criação da série de Filmes Matrix, notem que os principais elementos da trama são idéias originais de Dick, os irmãos Wachowski produtores dos 3 filmes apenas se apropriaram dessas idéias e elaboraram o filme, acrescentando alguns elementos, mas a base central é de autoria de Dick.

     Assista o Vídeo - Legendado - A Matrix não é Ficção:     


Legendado para o Português por Scheila Adriane Grade - Canal Dela [Clique Aqui] - Site Dela [Clique Aqui]

Philip K. Dick verdadeiro criador do Filme Matrix

Filme Matrix, apenas Ficção? A fonte para a Idéia do filme revela que a percepção nasceu de fragmentos de memória. Então era o que suspeitava... o filme foi baseado em fragmentos de memória que foram despertadas por acidente, assim como aconteceu com Guerra nas Estrelas [Star Wars]. E eu achando que os irmãos Wachowski eram gênios, eles apenas pegaram os relatos de Philip e fizeram o filme, nada mais, nada menos... Texto Abaixo é de Autoria do Site "Gamo Branco" - [Clique Aqui]. Em uma convenção de Sci-fi em Metz, na França em 1977, Philip K. Dick [Vulgo PKD] fez intrigantes revelações a respeito de recentes experiências que tivera. Dick também não só recita a idéia principal do filme Matrix, mas também passagens da história. Philip K. Dick, autor de obras como Do androids Dream of Electric, Sheep (Blade Runner), Minority Report, Total Recall, e talvez obras menos conhecidas do grande público, mas de qualidade superior às previamente citadas, como Homem do Castelo Alto, Os Três Estigmas, de Palmer Eldritch, Valis, Ubik e Identidade Perdida – O Homem que Virou Ninguém (que traduçãozinha ferrada), foi um dos escritores mais psicodélicos da ficção científica. As obras dos últimos anos de sua vida foram inteiramente baseadas em suas experiências lisérgicas, que para ele, estavam muito além do que simples efeitos psicotrópicos. Nos meses de fevereiro e março de 1974, K. Dick vivenciou uma série de experiências avistando uma espécie de “luz plásmica” que se comunicava direto com sua consciência abrindo sua mente em níveis totalmente fora de seu controle (se é que existe tal coisa como controle sobre a mente). Enquanto tudo estava sendo expressados nos livros, tudo bem. Mas Dick foi além, e num ato que aparentemente muita gente desconhece, (provavelmente só os ultra fãs dele e dedicados apreciadores de ficção científica), durante uma palestra em uma convenção de Ficção Cientifica em Metz, na França, ele abriu o jogo e revelou que tudo aquilo, expressado em suas últimas obras, é potencialmente real (seja lá o que realidade for).

Trinity é a Mulher de Cabelos Pretos que aparecia para Philip K. Dick e revelava a verdade sobre o nosso mundo

No vídeo a seguir, pode-se ver a cara de incredulidade do público, embora não possamos culpá-lo. Afinal, se hoje isso ainda soa ridículo, o que dizer de em 1977?! E isso que é o mais chocante, afinal, as idéias de Dick são cabulosas, e são de uma complexidade tão grande, que ou o escritor realmente é gênio, ou super sincero… ou doido. Todas as possibilidades são válidas. Apesar do termo realidade virtual já existir à época, obviamente era usado em outros conceitos, mas nada ligado a programas de computadores, ainda muito rústicos naquele tempo. Quando você ouve o cara falar que vivemos em uma realidade gerada por um programa de computador, talvez não te choque tanto, afinal, com certeza tu já viu Matrix. Mas pera aí? Matrix só foi lançado 20 anos depois! O que me leva a outra questão. Como já havia dito no post sobre “Blade Runner”, eu não tenho dúvidas de que todo o fundo filosófico de “Matrix” é mero acidente, ou digamos, não era o prato principal servido. Após verem esse vídeo, Matrix perderá mais ainda o seu charme, afinal, Dick praticamente recita o roteiro do filme pros Wachowski, que após assistirem-no, tiveram a brilhante idéia. Ora, não era segredo que a Obra de Dick tivera grande influência na película, mas o mais sinistro é ver Dick citando passagens do filme como o primeiro encontro em pessoa de Trynity com Neo e o mais notório: quando Neo percebe uma falha na Matrix e informa Morfeu de que vira um Déjà Vu e todos percebem que a casa caiu. Veja o vídeo e entendam o que quero dizer. Depois dessa, um Déjà Vu nunca mais será o mesmo...

Texto Completo do Vídeo - Traduzido Pelo Canal SeteAntigos7 e ScheilaGrade
Philip K. Dick revelou a existência da "Matrix" em 1977? - Discurso de PKD na convenção Sci-Fi do Metz, França, 1977

Por - Philip K. Dick:

O tema deste discurso é um tópico que foi recentemente descoberto e pode nem mesmo existir de forma alguma. Posso estar falando de algo que nem mesmo exista, assim sendo, sou livre para dizer tudo ou nada a respeito. Em minhas histórias e romances muitas vezes escrevo sobre mundos falsos, semi-reais, assim como mundos privados dementes habitados muitas vezes por apenas uma pessoa. Enquanto os outros personagens ou permanecem em seus próprios mundos ou são de alguma forma puxados para um destes mundos peculiares. Esse tema ocorre na extensão dos meus vinte e sete anos de escrita, em nenhum momento tive uma explicação teórica ou consciente quanto a minha preocupação com essas várias formas de pseudo-mundos. Mas agora acredito que passei a entender... O que eu estava percebendo era a repetição de realidades parcialmente críveis, colocadas lado a lado com o que evidentemente é a mais crível delas, a realidade que a maioria de nós somos levados a acreditar por "consensum comum". Mais tarde naquele dia, de volta em casa mas ainda profundamente sob efeito do tiopental, eu tive um curto e agudo flash de memórias recuperadas. Então na metade de Março um mês depois, o corpo total de memórias intacto e inteiro começou a retornar. Vocês são livres para acreditar em mim ou não mas por favor, tenham minha palavra de que não estou brincando, isto é muito sério e importante. Naquele momento, eu não tinha idéia do que estava vendo, não se assemelhava a nada que eu já tivesse ouvido falar, se assemelhava a energia plásmica, tinha cores, se movia rápido, se agrupava e então se dispersava. Mas o que isso era, o que ele era, não faço idéia até agora. Em outras palavras, é um tema comum em minhas obras que uma mulher de cabelos negros aparece perante a porta do personagem principal e lhe diz que o mundo em que vive é uma ilusão. Que há algo falso a respeito deste mundo. Bem, isso finalmente aconteceu comigo... Eu até mesmo sabia que seu cabelo seria preto. Eu tinha uma verdadeira completa noção de como ela seria, e do que ela iria dizer. Ela era uma completa estranha e me informou sobre esse fato, de que alguns de meus trabalhos de ficção eram, num sentido literal, verdade! Eu escrevi sobre esses sonhos em seguidos romance e seguidas estórias. Para nomear duas obras nas quais, este prévio presente feio, apareceu mais claramente cito "O homem do Castelo Alto" e meu romance de 1974 sobre os EUA como um estado policial chamado "Identidade Perdida - O Homem que Virou Ninguém". Vou ser bem franco com vocês, eu escrevi os dois livros baseados em fragmentos residuais de memórias sobre um horrível mundo em estado de escravidão. Pessoas dizem se lembrar de vidas passadas... Eu digo que me recordo de uma diferente, muito diferente vida presente. Não conheço ninguém que tenha feito tal afirmação anteriormente, mas eu prefiro suspeitar que minha experiência não é única, ou talvez seja única pelo fato de que eu esteja interessado em falar a respeito. Nós estamos vivendo numa realidade programada por computador e a única pista que temos a respeito é quando uma variável muda e alguma alteração ocorre em nossa realidade. Teremos a insuportável impressão de que estamos revivendo o presente, déjà vu, Talvez precisamente da mesma forma, ouvindo as mesmas palavras, dizendo as mesmas palavras. Sugiro que essas impressões são válidas e significativas e direi mais: tal impressão é uma pista de que em algum ponto no passado uma variável foi alterada, reprogramada e por causa disso uma realidade alternativa ramificou...  Tradução e Legendas: SeteAntigos7 e ScheilaGrade

     Galeria de imagens - Philip K. Dick o verdadeiro criador do Filme Matrix     

Philip K. Dick com Tessa B. Dick, mulher dele





Segundo Philip K. Dick uma mulher de cabelos pretos aparecia para ele, esse relato foi a inspiração para criar a personagem Trinity


- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma super potencia do universo local”. [Bruno G. Moraes]

Fontes:

18 comentários:

Gamo Branco disse...

Agradeço a citação! Sempre feliz em colaborar.

Então nesse embalo, pra quem se interessou na história de Dick, cheque esta hq do Robert Crumb, que conta com mais detalhes essa experiência paranormal que PKD teve.

O texto está em inglês.

http://www.philipkdickfans.com/resources/miscellaneous/the-religious-experience-of-philip-k-dick-by-r-crumb-from-weirdo-17/

Grande abraço!

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Foi um prazer Gamo Branco, achei seu texto ótimo, por isso coloquei aqui. Agradeço a sua indicação. Abraço

Tetsu disse...

Bruna eu gostaria de saber sua opinião sobre o relato desse homem, e o seu livro quando vai ser lançado?
Tem mais contos dos iniciados atuais?


Minha mente continua a mesma, com meus olhos eu não vejo, mas com minha mente eu sinto que o mundo se esconde por trás de uma grande mascara.

Por tetsuforlove :)

Rodrigo disse...

Se não me falha a memória, o único papel de Trinity no primeiro encontro dela com Neo foi levá-lo a Morpheus, que foi quem realmente contou sobre a Matrix.

Pena que esse vídeo não surgiu antes. Assim, quem sabe, os Wachoswky não teriam sido processados por plágio de designs inteiros do anime Ghost in the Shell e da ideia principal do livro Neuromancer.

Tetsu disse...

Erro de digitação desculpe Bruno.

Anônimo disse...

Para quem ainda duvide do controle, leiam essa matéria.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/29308/gigantes+da+internet+foram+obrigadas+a+ceder+dados+para+grampos+do+governo+dos+eua.shtml

Anônimo disse...

Mais uma; Duvidam ainda?? Essa é descarada hein!

http://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/06/03/pilulas-e-tatuagem-eletronica-podem-substituir-senhas-em-breve-diz-especialista.htm

D. L. Santos disse...

Olá Bruno, gostaria que você postasse um artigo sobre a Pedra de Dashka. É um tema simplesmente desconcertante. Desde já agradecido, --- Dillans.

SphinxRock07 disse...

To impressionado realmente. O filme é muito bem feito, pra ser simplesmente obra de ficção/arte, para entretenimento apenas. Só acho que falar o termo computador, é muito estranho, confundirá muita gente. Prefiro e acredito em Multidimensões.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

A Pedra Dashka pode ser o mapa do criador?
http://dnpb.blogspot.com.br/2010/11/pedra-dashka-pode-ser-o-mapa-do-criador.html

Nos Montes Urais da Sibéria, uma tabuleta de pedra foi encontrado por um professor de física e matemática da Universidade Estadual Bashkir, Alexandr Chuvyrov. Pesando quase uma tonelada, o tablete de três camadas, tem uma impressionante semelhança topográfica com a geografia exclusivo de uma determinada região dos Montes Urais.

Sua camada mais superficial é constituída por uma fina camada de porcelana de cálcio, que atua como uma tampa protetora contra o desgaste para as camadas estruturais abaixo.

A base do mapa é feita de uma camada de dolomita 5,5 polegadas de espessura e uma camada interna, que representa o mapa atual, composta por diopsídio-minerais com uma dureza de 6 na escala de Mohs.
Baseado em exames radiográficos, os pesquisadores acreditam que a camada de diopsídio, originalmente pensado para ser em torno de 3.000 anos, teria sido impossível para esculpir, sem o auxílio de técnicas modernas de escultura.

Talvez a característica mais surpreendente deste misterioso mapa de relevo é que os exames utilizados para a data de pedra antiga colocá-lo em cerca de 120 milhões de anos. Vários geólogos concorda que o mapa representa a região dos Urais conhecido como Bashkiria, que não se alterou significativamente para vários milhões de anos.
A área geográfica identificada na tabuleta foi representado principalmente pela grande falha da região de Ufa. Da mesma forma, o misterioso mapa descreve a riqueza da hidrografia da área, incluindo o Sutolka e rios Ufimka.

Enquanto o comprimido revela uma grande semelhança com a área que supostamente retrata, tem diferenças marcantes. Para analistas, características surpreendentes da Pedra Dashka são seus imensos sistemas de irrigação de engenharia, que incluem sistemas de dois canais e 12 barragens que, se feito em escala mediria cerca de 2 quilômetros de profundidade. De acordo com esse tablet, a área de Belaya Rio parece ser uma obra de engenharia de sistemas, em vez de um recurso natural.

Um grupo de pesquisadores, incluindo o professor Chuvyrov, acreditam que o mapa poderia ser o fragmento de um grande mapa mostrando mais montanhas. Alguns até acham que esta laje é apenas a ponta do iceberg de um mapa inteiro da Terra feito à escala.
Outra característica marcante sobre a mesa é a gravuras enigmáticas que aparecem em um lado da pedra. Originalmente, acreditava ser uma forma de chinês antigo, o alfabeto hieróglifo ainda não foi decodificado.

Segundo o jornal russo Pravda, a caça para a Pedra Dashka começou com uma referência de arqueólogos no século 18, que relatou ter encontrado cerca de 200 lajes de pedra na área. Professor Chuvyrov e seus colegas estavam procurando o que eles achavam que seria uma evidência de imigrantes chineses que chegam nos Urais.
Quando o ex-presidente do conselho local de agricultura Vladimir Krainov ouvido de busca Chuvyrov, ele contou-lhe uma laje estranho que ele tinha visto enterrado sob o seu alpendre. Chuvyrov teve que recrutar vários locais para ajudá-lo a descobrir a pedra maciça.

Segundo o Centro de Mapas históricos em Wisconsin, a Pedra Dashka (nomeado em homenagem a neta do descobridor) só pode ter sido criado com o auxílio de uma vista aérea. A pesquisa comparativa para verificar a autenticidade do mapa pedra ainda está sendo realizado com o auxílio de imagens de satélite, estimados para conclusão até 2010.
Então, quem criou tal um mapa em relevo precisos mais de 100 milhões de anos atrás? E que outras informações estão contidas no caracteres estranhos encontrados esculpidos em seu lado? Enquanto a pedra Dashka apresenta enigmas intrigantes ainda à espera de ser respondida, no entanto permanece como uma reprodução fiel de uma área nas montanhas da Sibéria.

Anônimo disse...

Optimo artigo. Agora nós sabemos de onde alguns desses cineastras tiram suas ideias para filmes de ficção cientifica. Parabéns pelo blog.

http://mtekboundless.blogspot.com.br/p/o-futuro-e-agora.html

http://mtekboundless.blogspot.com.br/2013/04/o-que-e-matrix.html

Anônimo disse...

Preciso acordar urgente desta ilusão chamada planeta terra. Parabéns Bruno pelo incrível trabalho.

SphinxRock07 disse...

E aí Bruno! Participando dos manifestos em SP? Aqui em BH, tem mais um amanha; Estarei lá.

fuhreraugusto disse...

conheçam a página https://www.facebook.com/pages/Realidade-Hologr%C3%A1fica/558453300860525?sk=photos_albums

trata sobre a ficção que é nossa realidade, o porque da criação desta, quem somos nós e o projeto que nos envolve enquanto inteligências fechadas dentro deste sistema

CΔDUCEUS disse...

Cara, você já assistiu Equilibrium? Percebi que na sua lista de filmes no Facebook, não consta esse filme, então imaginei que nunca tivesse assistido, se não certamente estaria entre os teus favoritos. Apesar de ser um filme antigo(2002) e não muito conhecido, alguns até o consideram melhor que Matrix. A mensagem central dele é claramente uma crítica indireta aos sistemas de crenças religiosas, e como elas escravizam as pessoas e as mantém totalmente inertes.


Se você substituir o Prozium(no filme, é a droga utilizado para inibir a capacidade de sentir), e substituir pela Bíblia, pela inibição de raciocício lógico e pela a lavagem cerebral imposta pela mídia, pelas escolas e pela sociedade em geral...

Se você substituir o 'pai'(no filme, é o líder supremo do Grammaton, na qual todos os 'librianos' vivem para servir à sua vontade, e segui-lo de maneira totalmente cega. Detalhe:[SPOILER] No final descobrem que o 'pai' na qual por tanto tempo depositaram sua fé, na verdade nem sequer existe, porque já havia morrido há vários anos) papel perfeitamente cumprido pelo 'deus' cristão...

Se você substituir o clero Grammaton pela religião organizada, em especial o cristianismo...

Se você substituir os 'sacerdotes', pelos padres, pastores, e líderes religiosos especializados em lavagem cerebral...

Se você substituir os 'ofensores', pelos ateus, agnósticos, não religiosos ou opositores do regime escravista mantido pela religião...

Se você substituir o 'T' o principal símbolo do clero supremo, pela cruz cristã...(uma das principais marcas do controle Illuminati)...



Entre outros pontos, estreitamente próximos...



...então você vai ter uma perfeita simulação do que já acontece.


Se você nunca assistiu, tem que assistir...

Se quiser baixar, tá aí o link:

http://depositfiles.org/files/rwtpldf6v

Valeu man!

Asfaz disse...

Bacana isso , eu queria um download de biologia , como a Trinity fez para dirigir um helicóptero

analaine pacheco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Minha opinião é que se trata de premonição, a pessoa pode ter sonhado com tal situação, mas não se lembra, quando acontece, tem a sensação de Dejavu.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]