quinta-feira, 26 de maio de 2011

Dominique Strauss Kahn Vitima de Conspiração? - Ouro Norte Americano - Bancos - Banqueiros - Illuminatis

Documentário sobre o assunto que explica por que da Conspiração:

[Nota: O termo “illuminatis” é uma palavra genérica que é usada para identificar um pequeno grupo de homens e mulheres super ricos que praticam ocultismo, e pelo que tudo indica, dominam o mundo profundamente... Mais sobre eles? Clique Aqui]

[Nota em 17/07/2011]: Como eu já suspeitava quando escrevi o texto abaixo, as acusações contra Strauss Kahn são falsas, veja diversas noticias sobre o desmascaramento do complô: [Clique Aqui] culparam um "traficante", mas sei não... nunca dá para acreditar nas versões "oficiais", vide esta: [Clique Aqui]

Strauss Kahn e sua Mulher Anne

Infelizmente não pude estudar melhor o caso, não tenho certeza sobre a fundamentação da acusação de agressão sexual contra ele, mas recebi esse texto por email, e ao lê-lo fez todo o sentido.

De fato o Strauss Kahn estava fazendo movimentos positivos dentro do FMI para diminuir as diferenças sociais, defendendo um capitalismo menos radical, e mais moderado para o bem geral da população mundial.

Leia o texto abaixo, e busque maiores pesquisas, vai ver que realmente há fundamentação no que é argumentado.

Não digo que ele é “Santo”, mas certamente esse escândalo que o derrubou está com todas as características de ser uma conspiração, que nem foi bem orquestrada... leia reflita, e decida por si mesmo...




Texto [Nota: Autor desconhecido, artigo anônimo]:

Strauss Kahn estava ameaçando a elite financeira mundial...

Dominique Strauss Kahn foi vítima de uma conspiração construída ao mais alto nível por se ter tornado uma ameaça crescente aos grandes grupos financeiros mundiais. As suas recentes declarações como a necessidade de regular os mercados e as taxas de transações financeiras, assim como uma distribuição mais equitativa da riqueza, assustaram os que manipulam, especulam e mandam na economia mundial.

Não vale a pena pronunciar-nos sobre a culpa ou inocência pelo crime sexual de que Dominique Strauss Kahn é acusado, os media já o lincharam. De qualquer maneira este caso criminal parece demasiado bem orquestrado para ser verdadeiro, as incongruências são muitas e é difícil acreditar nesta história.

O que interessa aqui salientar é: quem beneficia com a saída de cena de Strauss Kahn?

Convém lembrar que quando em 2007 ele foi designado para ser o patrão do FMI, foi eleito pelo o grupo do clube Bilderberg, do qual faz parte. Na altura, ele não representava qualquer "perigo" para as elites econômicas e financeiras mundiais com as quais partilhava as mesmas idéias.

Em 2008, surge a crise financeira mundial e com ela, passados alguns meses, as vozes criticas quanto à culpa da banca mundial e à ao papel permissivo e até colaborante do governo norte-americano. Pouco a pouco, o diretor do FMI começou a demarcar-se da política seguida pelos seus antecessores e do domínio que os Estados Unidos sempre tiveram no seio da organização.

Ainda no início deste mês, passou despercebido nos media o discurso de Dominique Strauss Kahn. Ele estava agora bem longe do que sempre foi a orientação do FMI.

Progressivamente o FMI estava a abandonar parte das suas grandes linhas de orientação: o controlo dos capitais e a flexibilização do emprego. A liberalização das finanças, dos capitais e dos mercados era cada vez mais, aos olhos de Strauss Kahn, a responsável pela proliferação da crise "made in América".

O patrão do FMI mostrava agora nos seus discursos uma via mais "suave" de "ajuda" financeira aos países que dela necessitavam, permitia um desemprego menor e um consumo sustentado, e que portanto não seria necessário recorrer às privatizações desenfreadas que só atrasavam a retoma econômica. Claro que os banqueiros mundiais não viam com bons olhos esta mudança, achavam que está tudo bem como sempre tinha estado, a saber: que a política seguida até então pelo FMI tinha tido os resultados esperados, isto é os lucros dos grandes grupos financeiros estavam garantidos.

Esta reviravolta era bem-vinda para economistas progressistas como Joseph Stiglitz que num recente discurso no Brooklings Institution, poderá ter dado a sentença de morte ao elogiar o trabalho do seu amigo Dominique Strauss Kahn. Nessa reunião Strauss Kahn concluiu dizendo: "Afinal, o emprego e a justiça são as bases da estabilidade e da prosperidade econômica, de uma política de estabilidade e da paz. Isto são as bases do mandato do FMI. Esta é a base do nosso programa".

Era impensável o poder financeiro mundial aceitar um tal discurso, o FMI não podia transformar-se numa organização distribuidora de riqueza. Dominique Strauss Kahn tinha-se tornado num problema.

Recentemente tinha declarado:

Ainda só fizemos metade do caminho. Temos que reforçar o controle dos mercados pelos Estados, as políticas globais devem produzir uma melhor distribuição dos rendimentos, os bancos centrais devem limitar a expansão demasiado rápida dos créditos e dos preços imobiliários Progressivamente deve existir um regresso dos mercados ao estado”.

A semana passada, Dominique Strauss Kahn, na George Washington University, foi mais longe nas suas declarações:

A mundialização conseguiu muitos resultados...mas ela também um lado sombrio: o fosso cavado entre os ricos e os pobres. Parece evidente que temos que criar uma nova forma de mundialização para impedir que a "mão invisível” dos mercados se torne num “punho invisível”.

Dominique Strauss Kahn assinou aqui a sua sentença de morte, pisou a alinha vermelha, por isso foi armadilhado e esmagado.

Dominique Strauss-Kahn pode ser inocente, vitima de uma conspiração para difama-lo e tira-lo do cargo que exercia com brilhantismo e bondade



Dominique Strauss-Kahn se declara inocente de todas as acusações, noticia:

Washington – Ex-Diretor do FMI Dominique Strauss-Kahn se declarou inocente de todas as acusações contra ele depois que ele foi acusado de agressão sexual e tentativa de estupro, seu advogado anunciou:

- “Ele não vai se declarar culpado”, disse o advogado William Taylor.

Quando lhe perguntaram se o plano de Strauss-Kahn é rejeitar todas as acusações, o advogado disse: - “Sim, certo”- Taylor recusou fazer mais comentários.

Strauss-Kahn foi obrigado a descer de seu avião no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, um momento antes desse levantar vôo para Paris, foi acusado pela Polícia de tentativa de estupro contra uma arrumadeira no hotel onde tinha ficado.

- “Ele foi preso por suspeita de crimes sexuais, e tentativa de estupro”- disse Paul J. Browne, porta-voz da polícia de Nova York no domingo (15/5).

O porta-voz da polícia de Nova York diz que suposta tentativa de Strauss-Kahn ao estupro da camareira de Hotel [ela tem 32 anos] aconteceu da seguinte forma:

O presidente do FMI estava nu fora do banheiro do hotel [!!!], perseguindo funcionários[!!!] e a arrastou para a cama, no sábado (14/5), hora local.

Quando a camareira foi contra, Strauss-Kahn a puxou para o banheiro, e tentou forçá-la a fazer sexo oral, e a tirar sua roupa.

Felizmente, a mulher conseguiu escapar e denunciou o incidente para os outros funcionários do hotel, que em seguida informaram a polícia local.

No entanto, quando a polícia chegou ao hotel, Strauss-Kahn já tinha saído e estava a caminho do aeroporto.

Ele parece ter saído do hotel as presas”, disse Browne.

Fonte: http://www.channelnewsasia.com/ domingo (15/05/2011).



Nota do Site “Sete Antigos Hepta”:

Olha o absurdo da acusação!: “Estava nu fora do banheiro”, “perseguia os funcionários do hotel assim, nu...”, “pegou a camareira e a arrastou para a cama”, depois ao se negar a transar com ele, Strauss-Kahn a arrastou para o banheiro e a forçou a fazer sexo oral, e tentou tirar a roupa dela...

Bem se tudo isso for verdade, é incrível, por que um homem tão sensato teve um surto tão profundo de loucura?

É um ato tão descontrolado e descuidado que chega a parecer mentira mesmo...

Não digo que ele é inocente, não estudei melhor o caso, mas que é bem suspeito é...




[Atualização em 17/07/2011: Acusação contra ele é falsa, assim como já estava obvio: [Clique Aqui] e [Clique Aqui]

Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

Tags: Dominique Strauss Kahn,Vitima de Conspiração,Illuminatis,banqueiros,conspiração do ouro,grande conspiração do ouro,EUA,tesouro americano,banco,ouro,norte americano,FBI,CIA,casa branca,

6 comentários:

Anônimo disse...

Mas é claro que o homem é inocente!...Qualquer pessoa, com um mínimo de senso crítico pode chegar a esta conclusão!
Además se percebe, claramente, por sua expressão, que ele é uma pessoa decente!
Quem arquitetou esse vergonhoso plano deveria ter tido o cuidado de arranjar uma história mais verossímel.

marcos disse...

que ótimo que o blog voltou, ontem tinha mensagem de removido. valeu

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Não Marcos, o removido foi o Sete Antigos.

Esse o Sete Antigos Heptá é outro [substituto].

Abraço e abrigado pelo elogio.

Anônimo disse...

Dani Victor
Que incrível, realmente esta na cara q e armação, questionei isso logo q vi as acusações pois escândalos sexuais sao mt fáceis de se criar e surtem mt efeito na mídia, q alias e um veiculo de influencia terrível, no entanto não entendia porque isso para alguém ligado ao FMI, bom agora o Bruno me esclareceu isso, o mais abominável é que sequer se dão ao luxo de fazer algo mais elaborado, pois vale lembrar q a mesma cena ridícula fora feito para com Julian Assange, um dos fundadores da WikiLeaks, acusações que não condizem com o perfil destas pessoas e, mesmo assim as pessoas simplesmente entram na onda, que falta de vontade em usar seus cérebros não é!

Claudinei disse...

Apoizé, parece que era isso mesmo!

http://oglobo.globo.com/economia/miriam/posts/2011/06/30/reviravolta-no-caso-strauss-kahn-nao-vai-repor-suas-perdas-389657.asp

Mesmo que o inocentem agora sua carreira já foi destruída.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Sim já havia visto a noticia: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/06/acao-contra-strauss-esta-ponto-de-cair-diz-jornal.html

Mas não acho que a Carreira dele acabou, muito pelo contrario, agora sim ele poderá vencer as eleições na França.

Poderá usar do fato de ter sido acusado injustamente para se promover ainda mais.

Ele ficará super rico com as indenizações que o governo americano e jornais vai dar a ele.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget

O que Está Acontecendo?

- “Lamento, eu lamento muito... mas a maior revelação que o ‘Salto’ trás não é consolador, mas sim perturbador. O Mundo em que estamos é um campo de concentração para extermino de uma Super Potencia do Universo Local”. [Bruno Guerreiro de Moraes]